domingo, 4 de dezembro de 2011

Respeitar uma mulher é uma coisa, respeitar babaquice é outra - parte 2

Abigail Pereira Aranha

A grande maioria das mulheres são nojentamente hipócritas, e usam palavras bonitas para os seus defeitos, a sua falta de caráter, a sua imbecilidade. A grande maioria das mulheres têm uma falta de humildade, de respeito e de caráter abomináveis, e exigem ser tratadas tão bem quanto tratam os outros no mínimo sem grandes cuidados, e fazem aos outros o que não aceitam que façam com elas. Por terem um auto-conceito obeso, inchado, não admitem crítica ao seu "jeito de ser", daí quando têm a imitação de decência de se preocuparem em dizer algo melhor que "eu falo o que eu quiser" ou "sou o que sou", usam palavras que são caras para os que realmente se importam com a inteligência, a sanidade, a ética, a gentileza (ou seja, os homens que prestam e algumas mulheres). Palavras como "respeito".

Está certo que esse comecinho ficou parecendo altamente misógino, mas por favor tenha isso em mente enquanto estiver lendo este texto.

Vamos começar com uma pergunta idiota: sexo hétero, ou um homem perceber uma mulher em termos sexuais, é um desrespeito à mulher?

Em 2009, organizaram no Twitter o Lingerie Day, em que se pedia que as mocinhas trocassem os avatares por fotos de lingerie. Duas mocinhas das Blogueiras Feministas resolveram participar. Foram criticadas por alguns feministas, entre eles a minha querida Cynthia Semíramis e o tapete de salto agulha do Túlio Vianna. A Lola conta em http://escrevalolaescreva.blogspot.com/2009/07/eu-nao-resisto-minha-opiniao-sobre-o.html. A Lu dá uma resposta até boa no blog dela: "#lingerieday, o dia em que eu virei um bife", http://ebompraquemgosta.wordpress.com/2009/07/23/lingerieday-o-dia-em-que-eu-virei-um-bife/

Qualquer homem já teve problemas em tentar se aproximar de uma mulher amigavelmente, ou sabe de outro homem que teve. Casos que eu tenho conhecimento: um amigo meu mandou mensagens pra duas mulheres no Orkut que foram entendidas como assédio sexual, um outro amigo olhou pra uma mulher 5 segundos e ela mostrou a aliança pra dizer que é casada.

Falando do Lingerie Day, vamos a outra pergunta idiota: é possível um homem ter respeito e tesão por uma mulher ao mesmo tempo? Antes que alguma lésbica que fez curso de Humanas por falta de capacidade de raciocínio lógico venha ironizar, eu não estou dizendo que TODOS os homens que olham com tesão para uma mulher de lingerie, ou na pornografia, respeitam a mulher. Só vou dizer que É POSSÍVEL um homem olhar pra uma mulher num catálogo de lingerie, numa revista de mulher pelada, num site pornô ou na zona e ver, além de uma mulher gostosa, um SER HUMANO, que gosta ou deixa de gostar disso ou daquilo, que tem inteligência, que tem projetos, que merece respeito. Aliás, um companheiro nosso escreveu no A Vez das Mulheres de Verdade o texto "Um cliente pode respeitar uma prostituta?" e foi ironizado por uma senhorita. Pra deixar bem claro pras lésbicas hipócritas: sabe a regra de ouro, faça com os outros o que você quer que façam a você? É isso que chamamos de respeito, onde vocês, lésbicas asquerosas, falham sem razão e sem perdão.

Os masculinistas estão muitos deles colocando nas capas dos blogs e nos rodapés de perfis de fóruns avisos de que não têm ligações com pedófilos e racistas, sendo que qualquer tipo de crime nunca foi defendido por eles e qualquer um que acessa esses blogs, esses fóruns e as comunidades em que eles participam há pelo menos uns 6 meses sabe disso. Tudo porque um bando de lésbicas malditas, ajudadas por hackers cafajestes, fizeram blogs falsos se passando por grandes blogs como o do Sílvio Koerich e do Doutrinador, invadiram perfis no Orkut e colocam material racista e pedófilo pra acabar com os grupos de discussão onde nos argumentos elas sempre perdem de maneira humilhante. Qualquer pessoa ou grupo que tenha qualquer sinal de caráter e queira mostrar faz isso. Alguns dos caras podem ser machistas, mas eles têm vergonha na cara. Agora, procure uma feminista que diga "nós não defendemos o extermínio de homens", ou "esse blog não defende as ideias de Valerie Solanas e outras feministas extremistas". As feministas nem se preocupam em falar dos homens como se algum deles fosse um ser humano decente.

Sabe por que esse faz silêncio sobre as lésbicas psicóticas? Porque, o dito feminismo é um movimento lésbico totalitarista. Você é um homem feminista? AS FEMINISTAS DESPREZAM OS HOMENS, SEU CAPACHO RETARDADO. Desculpa, mas esse tratamento de choque é pra você acordar pra vida mais rápido.

No blog da Cynthia, por exemplo, você pode ver isso aqui:

"Feminismo é a ideia radical de que mulheres são gente!". Esse é o problema. Mulher é gente, homem é uma fêmea incompleta. Sabe quem disse isso, feminista? Fala você ou falamos nós?

Por isso, nenhuma outra mulher além de nós pensou em desmentir as frases nojentas de feministas dizendo que sexo hétero é estupro. Quando alguma mulher além de mim fez isso, foi pra responder mal e porcamente alguém que jogou a lama no ventilador. Os direitos sexuais defendidos pelas feministas se resumem a duas coisas: ficar longe de homem e ficar perto de mulher. Não é de graça que todo grupo dito feminista defende o lesbianismo.

Isso é fruto do narcisismo psicótico da maioria das mulheres, em que a mulher considera o seu corpo sagrado demais, assim como ela é superior demais aos outros, para ser olhado, quando mais tocado ou penetrado, por um homem.

Alguma senhorita vai dizer que não achou a buceta no lixo? Então uma mulher levar mais de uma pica é tratar a vagina como lixo? É por isso que eu falo de putaria e tem mulher achando que eu sou homem disfarçado?

O movimento feminista promove a histeria, a TPM, o mau caráter, a inveja, a falta de educação das mulheres. Porque essas mulheres amam o lado obscuro das mulheres.

Respeito, para quase todas as mulheres, significa "eu posso fazer e falar com você o que me dá vontade, e que por muito menos vindo de você eu te quebraria a cara e te mandaria pra cadeia, e você deve aceitar isso". Se pelo menos fingirmos que admitimos que, para as mulheres medianas, "se valorizar" é se entregar a um auto-conceito inchado baseado no imbecil, "direito" é ter o que sua arrogância e a sua cobiça querem e "respeito" é calar a boca e se submeter à sua imbecilidade e a sua falta de educação, vamos ver muita coisa estranha do feminismo fazer sentido.

Vamos encerrar falando de violência contra a mulher. O blog lesbonazista "Quem o Machismo matou hoje?" nos traz a informação de que são assassinadas 10 mulheres por dia no Brasil. Você sabe o que isso significa? Menos que o total de homicídios da cidade de São Paulo. Ou pouco mais da metade do total de homicídios da cidade do Rio de Janeiro. Mais uma pérola do blog:

Em 2009, 8,5% das vítimas assassinadas no Brasil eram mulheres – quase 40 mil morreram nos últimos dez anos. “Falta um acompanhamento sistemático e eficiente sobre a violência contra as mulheres no Brasil. O trabalho da CNM é um dos pioneiros porque os homens são responsáveis pela marca de 90% das vítimas de homicídios”, avalia o dirigente da CNM [Confederação Nacional de Municípios].

"Homens são responsáveis por 90% dos homicídios por arma de fogo do Brasil", http://machismomata.wordpress.com/2011/05/05/homens-sao-responsaveis-por-90-dos-homicidios-por-arma-de-fogo-do-brasil/

Engraçado, homens cometem 90% dos homicídios, mas em menos de 10% a vítima é mulher. De resto, você entendeu o que eu falei?

Veja também: Respeitar uma mulher é uma coisa, respeitar babaquice é outra – parte 1: comentário sobre a Marcha das Vadias

Seção de sexo, safadeza, putaria, mulher pelada, pornografia

The black rider

Negra, peituda, interracial, bela chupada, foda gostosa, anal, gozada

http://www.pornhub.com/view_video.php?viewkey=1fa7c3dfa8cfabe747f5

The black rider brought to you by PornHub

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook