terça-feira, 30 de junho de 2009

Sexo e amizade

Abigail Pereira Aranha
A falta de um compromisso de exclusividade sexual entre um homem e uma mulher não exclui outros compromissos, como de respeito mútuo e companheirismo. Aqui eu não vou tratar do sexo casual, que pode mesmo ter a atitude "use e jogue fora". Só a relação de amizade homem-mulher com sexo.
O casamento é um vínculo social e jurídico antes de ser uma relação de respeito. Prova disso é a violência doméstica. Até não muito tempo atrás, os casamentos eram impostos pelos pais (isso ainda acontece em alguns lugares mais atrasados do mundo). Nesse contexto, ou quando os cônjuges se escolhem pelo sentimento de obrigação de se casarem, os cônjuges geralmente não têm uma relação de amizade ou intimidade, têm uma relação de censura mútua e possessividade.
Para muitos, parecem incompatíveis a amizade e o sexo. Na verdade, aprendemos a vincular o sexo ao casamento, daí o sexo fora do casamento é difícil para alguns enxergar como normal. Mas a ligação entre sexo e casamento não é obrigatória. São só regras de controle social e religioso que nos dizem que é. Então, é possível um homem e uma mulher terem um envolvimento sexual sem perspectiva de casamento e ainda assim terem estima um pelo outro. Eu já tive alguns amigos homens que tinham vergonha de me olhar como mulher, até que eu encostei os rapazes na parede. Encostei, beijei à força e peguei na ferramenta. E depois disso, a amizade ficou melhor, hehehehe.
Há quem diga que fazer sexo sem compromisso de casamento ou sem casamento é tratar o outro como objeto de prazer. Não necessariamente. São freqüentes a violência e o egoísmo nas vidas conjugais. Então, casamento não é sinônimo de respeito. Nem a falta do casamento exclui o respeito. Ah, e nas minhas peripécias com os amigos, eu já fiz uma coisa que um deles contou pra uma prostituta e ela disse que não teria coragem: ficar de quatro no sofá para sexo anal com quatro amigos um... depois do outro. No dia seguinte, um deles, que era meu colega da escola, insistiu pra pagar a minha merenda no recreio e eu aceitei.
Os puritanos podem falar do sexo fora do casamento como fonte de doenças. Por esse raciocínio, doenças venéreas não tem a ver com microorganismos, mas com um julgamento divino de um deus com problemas com o sexo, assim como catástrofes naturais são frutos da ira divina. Vida sexual mais intensa traz mais risco de doença como andar mais de carro aumenta o risco de acidente.
Há quem diga que o sexo dentro do casamento é o de maior qualidade que existe. Isso nunca vem de uma pessoa que sabe alguma coisa de vida sexual além da vida conjugal. Pelo menos não uma pessoa que fale disso honestamente.
Quem é contra o sexo fora do casamento é só por uma educação dada pela religião. O fogo do Inferno não deixa quem crê nele pensar com lógica e clareza.
Agora, vamos para as vantagens de uma relação sexo e amizade. Para começar, o sexo tende a ser de qualidade. Imagine transar com uma pessoa que tem em mente que você tem a obrigação de transar só com ela. É o que muitos casados pensam, por isso tantos casamentos com sexo horrível uma vez por semana ou menos. Além disso, vai ser pela boa qualidade que ambos vão continuar o envolvimento sexual, enquanto muitos casados investem na vida sexual de casamentos infelizes e nos casamentos infelizes como um todo apenas para continuarem casados. Além disso, os dois não prendem um ao outro, assim eles podem gostar mais um do outro.
Ah, se existe a amizade como sentimento, pode ser por alguma coisa de qualidade que um vê no outro. Se acontece o sexo, a relação é o sexo mais a amizade. Eu não estou considerando aqueles casos, até comuns, de homem que se finge de amigo para transar com a mulher, porque aí é sexo sem amizade.
Para muitos, o sexo é uma coisa cheia de culpa e impureza, só sendo aceitável pouco mais que o papai-mamãe dentro do casamento. Por isso a dificuldade para alguns de pensar em um homem e uma mulher que gostam um do outro fazendo sexo.
~ * ~ * ~ * ~ * ~ * ~

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook