terça-feira, 27 de setembro de 2016

Direita cristã, acabou! - parte 21: bem-vindo, Michel Temer, e tchau, direita! (e tem pras conservadias também)

Abigail Pereira Aranha

Michel Temer assumiu definitivamente a Presidência da República em 31 de agosto. Eu disse em 16 de maio:

Agora é só Michel Temer recuperar a economia, a Polícia Federal prender meia dúzia de militantes parasitas mais notórios e alguns militantes parasitas no serviço público perderem o emprego e já era. O pensamento liberal-conservador volta à irrelevância e à quase invisibilidade do começo da década passada. E os "reaças" ainda vão achar bom consertar a bagunça deixada por Dilma Rousseff e seu grupo. "Tchau, querida" também é "tchau, direita".

(http://avezdasmulheres.over-blog.com/2016/05/direita-crista-acabou-parte-16.html)

Olavo de Carvalho disse em 07 de agosto:

Prenderam o Lula? Grande merda. Começarei a soltar rojões quando me contarem que dominaram uma redação de jornal.

(https://www.facebook.com/olavo.decarvalho/posts/10154372938697192)

12 de agosto, no portal G1: "Veja a cronologia do caso que envolve jornalista, Feliciano e seu assessor" "Patrícia [Lélis] acusa deputado de abuso e diz que foi ameaçada por assessor. Polícia descarta sequestro e apura se ela fez falsa comunicação de crime." O caso foi tão mal contado, e teve imagens de vídeo provando o contrário, que o próprio portal publica no dia seguinte: "Jornalista será indiciada por caluniar e extorquir assessor de Feliciano".

Bastou isso para um certo Paulo Eneas, aluno do Curso Online de Filosofia do prof. Olavo de Carvalho, escrever no dia 06 de setembro, já com o nosso novo presidente: "Solicitada a Prisão de Patrícia Lélis: Alguns Blogs Precisam Agora se Explicar" (https://criticanacional.wordpress.com/2016/09/06/solicitada-a-prisao-de-patricia-lelis-alguns-blogs-precisam-agora-se-explicar). O cidadão compartilhou essa postagem no perfil dele, marcando Olavo de Carvalho, e eu disse a ele algo como: "Alguns meses antes, saiu uma decisão do STJ de que qualquer vadia pode denunciar um homem por estupro com a palavra dela valendo como prova. Isso foi depois daquele caso da garota do Rio de Janeiro que foi estuprada por 33 homens e o exame de corpo de delito que foi feito quatro dias depois não deu nada. No meio-tempo, saiu uma outra decisão do Supremo Tribunal de Justiça de que estupro não exige contato físico. Então, a distinta só foi desmascarada tão rápido porque era muito ruim de serviço. Se ela fosse um pouquinho mais competente, ela teria acabado com o Marco Feliciano". O analista aluno do prof. Olavo me bloqueou.

19 de setembro, Luciano Ayan publicou: "STF abre inquérito contra Feliciano. Eu avisei. E, enfim, o olavete Paulo Eneas vira pó. Também avisei." (http://www.ceticismopolitico.com/feliciano-e-denunciado-no-stf-eu-avisei-e-enfim-o-olavete-paulo-eneas-vira-po-tambem-avisei).

O amigo Robson Otto Aguiar publicou em 23 de setembro: "Luana Basto reaparece no 'Whatsapp' com seu noivo Arthur Mangabeira (o carinha que desviou R$40 mil dos R$50 mil que iria para Patrícia Lélis)" (http://robson-otto-aguiar.blogspot.com.br/2016/09/luana-basto-reaparece-no-whatsapp-com.html)

Então, um amigo me mandou uma fotinha por mensagem.

Steh Papaiano / Stephany Ribeiro, Lu Morena, Bruna Luíza, Luana Basto, Blogueira Reaça / Rachel Dias

Não tenho a data, mas ela foi enviada para mim e outros amigos nesta sexta, 23. Vocês devem ter reconhecido a Luana Basto, mais à direita. A de trás é a Lu Morena (Facebook/lu.morena.549). As do meio, da esquerda para a direita, são Rachell Dias (Facebook/rachelldias.reaca), Bruna Luíza (Facebook/bruna.luiza.165033) e Luana Basto (Facebook/luana.basto.505). Mas quem me chamou a atenção foi a mocinha da frente: Steh Papaiano (Facebook/steh.papaiano). Outra coisa: elas estão com garrafas de cerveja. Poxa, se lembram do tempo em que moça crente não bebia? A minha primeira impressão da Steh era que ela era mais uma neta de latifundiário nervosinha representando a direita caipira e neurótica. Agora, eu vejo que ela também é meio mal acompanhada. Hua, hua, hua, hua, hua!

Um amigo, que vou deixar anônimo, comentou no meu perfil quando eu compartilhei a foto:

A loira fake se chama bruna, eu tinha ela no meu perfil, eu tinha dois perfis dela aki mas exclui. Ela bebe até cair, péssima mulher, hein?

Puta q pariu, até a morgue girl (apelido carinhoso que eu e meus amigos demos a Rachel Dias), esta ali [à esquerda]. Pqp, pq a papaiano está ali junto dessas mulheres, esses belos exemplos do conservadorismo???????? A pergunta que não quer calar...

Apareceu um paspalho direitista, que me chamou de esquerdista só porque eu chamei a Steh de "neta de latifundiário", e eu respondi pra ele:

Eduardo Ruiz Barrochielo (https://www.facebook.com/eduardo.barrochielo), vou pegar a única parte aproveitável do seu comentário antes de apagá-lo: "A Steh está todos os dias denunciando doutrinação nas escolas, lutando pelo escola sem partido". Eu sei, e ESTE é o problema. Você tem pelo menos um blogue? Acesse avezdoshomens.blogspot.com e veja há quanto tempo eu escrevo antes de nós sabermos da sua existência.

Uma amiga comentou:

Isabela Miléo Sinceramente, não vejo problema no fato delas defenderem os bons costumes e ao mesmo tempo digerir bebida alcoólica. Acontece que muitos tem uma interpretação muito equivocada, se você defender os bons costumes em vez da " anarquia ", você literalmente se torna um cristão de Jesus de uma hora pra outra, aos olhos de quem não conhece. Exemplo disso foi o caso do divórcio da Rachel Sheherazade, muitos questionaram seu conservadorismo pelo simples o fato do término do seu casamento. Bolsonaro se batizou no próprio rio Jordão, mas digeri bebida alcoólica, chama palavrões, e apesar disso, é considerado o maior nome do conservadorismo brasileiro atualmente. Porque defende a família, e é contra tudo que possa destruir certos valores.

Novamente, como eu disse a ela, ESSE é o problema.

Apareceu um outro paspalho direitista quando eu compartilhei a pérola em um grupo em que eu sou administradora:

Weiller Sathler Cardoso Abigail Pereira Aranha, excluir comentários que explanam um criticismo estúpido mostra o quão adulto você é a respeito das críticas a seu respeito. Pessoas como você só merecem descrédito. Flw vlw.

Eu respondi:

Weiller Sathler Cardoso (https://www.facebook.com/leco.rlz), eu sou anarquista. E eu dou mais sinais da minha existência na internet do que picuinhas em grupo fechado do Facebook.

Ele me bloqueou 15 minutos depois.

Mas ainda tem mais. Um outro amigo me mostra umas fotos da Steh Papaiano no Carnaval. Fotos publicadas 10 de fevereiro de 2016 às 16:41:


(https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1077144652329599&set=a.343121485731923.79279.100001022244326)


(https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1077144548996276&set=a.343121485731923.79279.100001022244326)

Outra:


Steh Papaiano

01 de janeiro de 2015 às 01:56

Virar o ano trabalhando pq o que eu desejo pra 2015 é mto oroooo - insh alaaaaa

#FELIZANONOVO

(https://www.facebook.com/photo.php?fbid=865616940149039&set=a.343121485731923.79279.100001022244326)

E essa mocinha aqui, achando isso um escândalo, olha só a roupa dela à luz do dia no Centro de Campinas.


Sem falar que essa Abigail P. Aranha prega o ateísmo, a pornografia, a prostituição, o casamento aberto e a licenciosidade no blogue dela. Como eu comentei na época do caso Patrícia Lélis, eu não consigo fazer contra a direita pregando o ateísmo e a licenciosidade o que algumas moças fazem com discurso família.

Ah, e também temos o Feminismo Libertário ou Feminismo Individualista. E no dia 11 aconteceu um hangout de Jéssica Pinheiro, uma "libertarian" (libertária, até onde eu sabia, é anarquista), e Juliana Schettino, uma feminista individualista. Está em https://www.youtube.com/watch?v=LwD-VaQ5ux8. A Juliana Schettino (Facebook/Jujubsrj) é administradora do Clube das Feministas - Feminismo Individualista e Liberal (https://www.facebook.com/clubedasfeministas). O debate foi uma hora e dezessete minutos. Foram duas perguntas. A primeira foi "O feminismo individualista é incoerente?" A Jéssica explicou rapidamente que sim. A Juliana disse que não, porque o feminismo individualista prega a não-interferência do Estado, é claramente contra isso e contra aquilo. E a Juliana também fala, sem explicar, que feminismo individualista é diferente de feminismo liberal. A segunda pergunta: "As mulheres precisam do Feminismo?" A Juliana diz que sim porque existe estupro. Não falou "cultura do estupro", mas chegou perto. A Jéssica disse que não, porque as necessidades do indivíduo seriam atendidas pelo individualismo. No geral, foi muita pseudocultura de "Fulano disse isso", as falas passaram do tempo combinado na maioria das vezes, e foi um bocado de ataques pessoais. O que eu mais gostei foi a fala da Juliana de que o subconjunto não nega o conjunto. C. Q. D.

Vou encerrar com um vexame da Garota Conservadia:

Garota Conservadora. Meu marido vai ter casa limpa, comida feita e roupa lavada sim. A moça da foto é a Dita Von Teese.

Eu Escolhi Transar

28 de agosto de 2016

Por #BPanther

Tem umas conservadoras por aí que adoram dizer que o maridinho vai ter comida e casa limpa (o que é problema seu, todo seu, desde que seja uma escolha sua) elas estão dizendo isso e usando fotinhas dessa moça aqui de ilustração.

Essa é a moça da foto é a Dita Von Teese.

Ela é um dos símbolos de independência feminina, não é casada (inclusive já se divorciou de Marilyn Manson), mora sozinha numa casa vintage e faz performances burlescas em Las Vegas completamente nua.

É esse o modelo de vocês, conservadoras?! Parabéns continuem assim ;-)

Créditos do texto Isabela Prudêncio

Visite e curta Eu Escolhi Transar

(Imagem: https://www.facebook.com/EuEscolhiTransar69/photos/a.641653202544839.1073741828.641641542546005/1151181298258691)

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Uma vindoura vingança anti-pornografia?

Abigail Pereira Aranha

O caso de Tiziana Cantone, de acordo com a própria mídia mainstream, foi como se segue: uma vadia tentou zombar seu ex-namorado através do envio de um vídeo de sexo dela com seu novo namorado para ele e algumas amigas; ele não fez nada além de compartilhar o vídeo com a identificação dela; ela foi reconhecida publicamente como uma vagabunda e já não poderia ter uma vida de falsa moralista normal; então, ela cometeu suicídio. Este pode ter sido o primeiro caso de justiça de gênero na história do mundo. Ela foi deixada sozinha com o que ela fez, como isso é visto pela sociedade e o que isso pode trazer como consequência. Se o ex-namorado ficasse deprimido e cometesse suicídio, eu não saberia disso através de um artigo no portal de notícias brasileiro G1. Se ele cometesse violência contra essa mulher, ele seria representado nas notícias como a única parte condenável. Além disso, se ela dissesse que ele a estuprou no Twitter, ele estaria hoje morto por linchamento, preso ou a tentar recuperar a sua vida profissional. Assim, a pior coisa que o ex-namorado de Tiziana fez não foi tentar fazer justiça por seus próprios meios, foi CONSEGUIR justiça por seus próprios meios. Portanto, não só fora do Judiciário, foi contra ele.

Mesmo uma participante da Marcha das Vadias em toda a sua incapacidade de administrar um confronto com padrões externos teria uma vida e uma morte com mais decência. Ela poderia dizer algumas palavras precisas sobre falso moralismo, a repressão sexual ou os benefícios do sexo. Se Tiziana não acreditasse que "o sexo desinibido e brincalhão ainda é o pior dos pecados", como Roberto Saviano disse seus compatriotas acreditam, ela não teria se matado, em primeiro lugar. Isso é o que torna este alvoroço mais estúpido: ela não morreu EM CONSEQUÊNCIA da repressão sexual, ela morreu EM DEFESA dela.

Enquanto isso, estas notícias apareceram na imprensa internacional:

1) O Pornhub foi censurado na Rússia. O censor disse a um cidadão no Twitter para "conhecer alguém na vida real". Como se não fosse suficiente, uma certa vaca lésbica chamada Grace Dent escreveu no The Independent que "não é de admirar que que a geração do milênio está com raiva que a Rússia proibiu o Pornhub - esta geração pensa que o mundo deve-lhes um orgasmo" ("No wonder millennials are angry Russia's banned Pornhub – this generation thinks the world owes them an orgasm", The Independent, 16 de setembro de 2016, http://www.independent.co.uk/voices/pornhub-youporn-russia-ban-millennials-porn-angry-sex-masturbation-generation-owes-them-orgasm-a7311266.html). A autora foi estúpida o suficiente para fornecer argumento contra si mesma: "minha geração foi acusada em toda a nossa juventude de pensar que 'o mundo nos devia uma vida'". Nos comentários, ela está sendo muito bem respondida. Mas o que me chamou a atenção é que uma censura antipornô russa está sendo elogiada em um grande jornal do Ocidente e a colunista prefere lançar escárnio aos descontentes. Homens descontentes, mais precisamente. E o Reino Unido, onde ela está, bloqueou a pornografia em nível nacional e tem algumas feministas lésbicas repugnantes na sua grande mídia.

2) "O Japão tem um número preocupante de virgens, descobre o governo" ("Japan has a worrying number of virgins, government finds", The Independent, 17 de setembro de 2016, http://www.independent.co.uk/news/world/japan-has-a-worrying-number-of-virgins-government-finds-a7312961.html). "De acordo com o Japan Times, um novo levantamento de japoneses com idades entre 18 a 34 descobriu que 70 por cento dos homens não casados e 60 por cento das mulheres não casadas não estão em um relacionamento. Pior: cerca de 42 por cento dos homens e 44,2 por cento das mulheres admitiram que eram virgens". E nós sabemos que se uma mulher de 21 anos de idade diz que ela é virgem, é um pouco duvidoso, mas se um homem de 21 anos de idade diz que ele é virgem, certamente ele é virgem. O que explica isso? Feminismo. Para termos uma noção, "empresa japonesa oferece plano de seguro para proteger contra falsas acusações de encoxamento em trens" ("Japanese company offers insurance plan to protect against false train groping accusations", Rocket News 24, 12 de novembro de 2015, http://en.rocketnews24.com/2015/11/12/japanese-company-offers-insurance-plan-to-protect-against-false-train-groping-accusations).

Eu não encontrei algo sobre isso, mas podemos esperar nestes próximos meses algumas ações do governo no Japão contra as bonecas sexuais hiper-realistas, a prostituição e a pornografia. Em todos esses países, estas notícias podem confirmar uma campanha futura anti-pornografia e anti-masculina. Por que eu estou colocando pornografia aqui (na discussão)? E por que eu ligo a censura contra a pornografia a ataque contra os homens? Eu não sou nem uma viciada em sexo e nem uma profissional do sexo, eu sou apenas uma amadora, hehehehe. A pornografia foi trabalhada para os homens, e foi o material mais acessado na internet por mais de uma década, até que Orkut e Facebook a ultrapassaram no fim dos anos 2000. A pornografia feminista não é levada a sério mesmo dentro da própria militância. A pornografia heterossexual sempre terá clientes esmagadoramente homens, e na indústria pornô, o foco será sempre em homens e o que lhes agrada. E hoje em dia, dizer que algo está orientado para agradar aos homens é dizer isso que tem de ser alterado ou aniquilado. Aliás, quando veio a informação de que uma ligeira maioria da comunidade de jogadores era de raparigas, a imprensa internacional comemorou.

Dizer a um homem o que ele deve ser ou fazer com base no interesse da sua comunidade, no bem-estar da sua família ou no que agrada as mulheres desagradáveis é como falar sobre nutrição de raposa no galinheiro. Mas temos cada vez mais homens nestes e em outros países, percebendo isto. Estes homens não estão desistindo da sociedade porque eles descobriram o Ativismo de Direitos dos Homens. Eles estão percebendo um ambiente social em que não só eles têm falta de sexo e seu contato com as mulheres cada vez mais se transformando em caso de polícia, não só eles têm cada vez mais mulheres dizendo e mostrando que não precisam deles, só tendo um contato mais próximo com eles para cada vez exigir mais e oferecer menos; estes homens percebem que a única razão para cumprir suas tarefas sociais é que os outros dizem que isso é seu dever, enquanto que a sua depressão ou suicídio não parece importar, mas qualquer falatório feminista sim.

Ah, no Japão, 2007, o ministro da Saúde Hakuo Yanagisawa disse às mulheres, sobre a diminuição da população, que "o número de máquinas e dispositivos de criar filhos é fixo, tudo o que podemos pedir é que elas façam o seu melhor por cabeça, embora possa não ser tão apropriado chamá-las de máquinas". Ele teve de se desculpar sob advertência do primeiro-ministro Shinzo Abe ("Yanagisawa sexist remark draws Abe ire", Japan Times, 30 de janeiro de 2007, http://www.japantimes.co.jp/news/2007/01/30/national/yanagisawa-sexist-remark-draws-abe-ire). 2011, quando eram uma massa de homens que não estavam interessados em sexo, os "herbívoros", Amy Chavez dedicou um artigo no Japan Times para desdenhar deles e pregando o que devem fazer para ser interessantes ("Herbivorous men, where’s the beef?", Japan Times, 17 de dezembro de 2011, http://www.japantimes.co.jp/community/2011/12/17/our-lives/herbivorous-men-wheres-the-beef).

Se vemos o Feminismo-Socialismo levando países sob risco de colapso da população porque os falsos relatos de crimes sexuais levaram os homens a se tornar desinteressados em sexo, ou leva um governo a atrair animosidade notória dos seus próprios cidadãos; NÓS NÃO VEREMOS essa bagunça em um ponto de retorno. A mudança de mentalidade e ações, depois de um grande sentimento de vergonha, quando os erros vulgares são públicos e notórios é esperado em pessoas com mentes normais. Visto que o Feminismo é insanidade lésbica e o Socialismo é o sistema político para tirar proveito da estupidez coletiva, erros bizarros se tornando público ainda podem levar a mais erros. Porque o esquerdismo é uma guerra pela mediocridade, portanto, alguém que representa uma vitória da nobreza ou do conhecimento ou, pelo menos, uma melhor qualidade de vida contra a mediocridade coletiva é um inimigo a ser vencido, não alguém que traz uma oportunidade de autocrítica e melhoria.

Isso é o que explica o The Independent fazer zombarias pueris sobre russos contra a censura na internet russa, ou o governo italiano tentando apoiar Tiziana Cantone para ela ter uma nova identidade para ela fugir de seu passado como se ela fosse apenas outra mulher puritana desde a infância, não uma vadia notória. Aquelas notícias pode marcar uma temporada de caça aberto a homens que reagem a uma sociedade que tem mulheres que são pródigas em dizer-lhes o que ser e o que fazer, mas, literalmente, não dão porra nenhuma em troca.

sábado, 17 de setembro de 2016

Castidade é ódio contra os homens - parte 1: casos Tiziana Cantone e Feiticeira

FOTOS: Tiziana Cantone comete suicídio depois que seu ex-namorado vaza sua fita de sexo com cara novo

tiziana-cantone-1

A italiana Tiziana Cantone que se filmou fazendo sexo com seu novo namorado e enviou para seu ex-namorado para ameaçá-lo cometeu suicídio depois que ele compartilhou o vídeo on-line e ela foi bombardeada com um grande número de abusos online.

Tiziana Cantone, de Nápoles, na Itália, foi filmada realizando um ato sexual com um homem e o vídeo foi enviado para a internet antes de ser amplamente compartilhado.

Seu ex-namorado compartilhou a fita de sexo altamente explícita da mulher de 31 anos de idade e até revelou sua completa identidade on-line como sua própria forma de vingança.

De acordo com amigos e parentes próximos, a mulher de 31 anos estava profundamente deprimida e à beira do suicídio por meses antes de sua morte.

tiziana-cantone-2

O vídeo foi compartilhado e baixado centenas de milhares de vezes e ela não podia lidar com a atenção negativa vinda da mídia social.

Tiziana largou seu emprego e se mudou de Nápoles para Toscana depois de supostamente ser reconhecida e ridicularizada e maltratada on-line e na vida real.

A srta. Cantone poderia supostamente ser ouvida na fita de sexo dizendo: "Você está fazendo um vídeo? Bravo."

tiziana-cantone-3

A fita de sexo tornou-se tão amplamente conhecida que ela também foi forçada a mudar seu nome.

Ela estava no processo de mudar legalmente seu nome quando ela foi encontrada morta, segundo a imprensa local.

A srta. Cantone passou por um processo legal na corte de Nápoles do Norte, onde lhe foi concedido um novo nome legal para evitar ser reconhecida.

tiziana-cantone-7

Os promotores abriram um inquérito em sua cidade natal de Nápoles que poderia trazer acusações criminais.

A advogada dela, Roberta Manzillo, se diz ter tomado medidas legais contra uma série de motores de busca na internet, bem como as pessoas responsáveis ​​por compartilhar a fita de sexo em redes sociais.

"Por que essas imagens ainda estão lá?

Por que as pessoas ainda podem zombar e rir desta jovem que terminou seus dias devido a esta humilhação que ela sofreu?", ela escreveu no jornal de Nápoles Il Mattino na quinta-feira.

tiziana-cantone-4

Teresa Petrosino, sua amiga, disse ao jornal italiano Corriere della Sera que a srta. Catone foi destruída pelo abuso.

"Ela tinha falado de seu desejo de deixar tudo para trás, e fechar com o passado", disse ela.

"Eu me pergunto como alguém pode ser tão feroz, como lançar raiva contra uma garota que não fez nada de errado.

tiziana-cantone-5

Eu acho que eles deveriam ter vergonha de todos aqueles que tenham enchido a internet de insultos e, enquanto isso, observavam secretamente as imagens."

"PHOTOS: Tiziana Cantone Commits Suicide After Her Ex-Boyfriend Leaks Her Sextape w/ New Guy", Campus Heat, 15/09/2016, http://campusheathq.com/photos-tiziana-cantone-commits-suicide-after-her-ex-boyfriend-leaks-her-sex-tape-w-new-guy

Meus comentários

Vou pular o artigo de James Reynolds, BBC News, em que é citado que o Primeiro-Ministro Matteo Renzi disse que isso é "violência contra a mulher". Temos dois homens aqui. Em vez disso, vou citar um outro artigo sobre este incidente. Mas, antes disso, vou citar um artigo sobre uma celebridade brasileira, depois vou explicar por que.

A empresária Joana Prado está longe dos holofotes há alguns anos, mas ela ainda tem dificuldades em falar de seu passado na TV. Em entrevista ao "Programa do Gugu" de quarta-feira, ela relembrou sua personagem Feiticeira e disse que não gostava de interpretá-la: "Nos primeiros programas, quando o Luciano [Huck] me chamava, eu entrava perdida. Eu era uma menina também. Quando voltava, ia pro camarim e chorava de soluçar! Eu ouvia o que eu queria e o que não queria. Aprendi a administrar, mas me fazia mal".

(...) "Me vi interpretando uma personagem que não fazia parte dos meus sonhos. Tem mulher que sonha em ser símbolo sexual, em ser famosa, mas eu nunca quis isso", contou.

"'Chorava de soluçar', revela Joana Prado sobre época da Feiticeira", O Dia, Rio de Janeiro, 11/02/2016, http://odia.ig.com.br/diversao/televisao/2016-02-11/chorava-de-solucar-revela-joana-prado-sobre-epoca-da-feiticeira.html

Agora, de volta para Tiziana:

Tiziana Caltone

Tiziana Cantone, 31 anos, foi encontrada morta terça-feira por se enforcar depois de uma fita de sexo de 2015 em que ela foi destaque tornar-se viral.

O escritor Roberto Saviano disse que a Itália tem uma relação "mórbida" com o sexo e a rejeição que ela sentiu do público depois que a fita se tornou viral resultou desses sentimentos. "Eu lamento por Tiziana, que se matou porque ela era uma mulher em um país onde o sexo desinibido e brincalhão ainda é o pior dos pecados", disse Saviano no Twitter. Clique na galeria para ver mais imagens de Cantone. (Instagram/tizianacantonereal)

"Tiziana Cantone Photos: A Tribute to the Italian Beauty", Heavy.com, 16/09/2016, http://heavy.com/news/2016/09/tiziana-cantone-photos-gallery-instagram-rip-facebook-italy-pictures-sex-tape

Vamos ligar este caso e o caso da Feiticeira. Os pensamentos são semelhantes. O que Tiziana achou brincalhão foi compartilhar este vídeo com algumas amigas (de acordo com outras fontes) e seu ex-namorado. Ela não era tão desinibida para ser vista pelos homens heterossexuais. Por quê? Bem, você vai ver neste blogue ou nos meus perfis de redes sociais que eu não estou mostrando meu rosto ou meu corpo. É para minha segurança por causa deste trabalho na internet. Mas se você ver os meus blogues, você pode ver alguma "diversão" e alguns escritos sobre minhas "travessuras" na vida cotidiana. Mas Tiziana era uma garota normal. Ela provavelmente teve relações sexuais com menos homens em sua vida do que eu nesta semana. Aquele homem, Roberto Saviano, não acredita que "o sexo desinibido e brincalhão ainda é o pior dos pecados" para uma mulher. Mas esta mulher acreditava. E ela se suicidou por causa disso. É por isso que os registros sexuais DELA foram surpreendentes, mas os meu não são. Se houvesse um vídeo de sexo meu na internet e Tiziana visse, ela poderia me chamar de prostituta. Se eu visse o vídeo dela, eu poderia achá-lo medíocre. Porque eu acredito que o sexo é bom, não é para o casamento tradicional e um homem não deveria ter que ter um para obter sexo. Acima de tudo, não só eu acredito que um homem tem o direito ao prazer que eu tenho, eu não acredito que o prazer de um homem implica necessariamente em uma perda para mim.

Antes que alguma lésbica feminista diga que eu estou fazendo "slut shaming" e "culpando a vítima"... porra! Eu disse que ela era uma puta, eu disse que era uma vergonha se ela tinha vergonha de realizar um vídeo sexual heterossexual, eu culpei a vítima! Mas vamos pegar um trecho naquele primeiro artigo:

Eu me pergunto como alguém pode ser tão feroz, como lançar raiva contra uma garota que não fez nada de errado.

Eu acho que eles deveriam ter vergonha de todos aqueles que tenham enchido a internet de insultos e, enquanto isso, observavam secretamente as imagens.

Sim, ela não fez nada de errado, mas os homens que viram o vídeo fizeram o errado de assistir ao vídeo. A questão não é os insultos, a zombaria ou a chantagem. Os pontos são a heterossexualidade masculina e, no caso do seu ex-namorado, a recusa de ser ridicularizado por uma vadia enrustida. Aqui, estar certo e estar errado é uma questão de gênero. Você se lembra da demonização da prostituição e da pornografia? Melhor: você se lembra do Modelo Nórdico?

Bem, você pode mencionar que a moral conservadora está presente aqui. Você está certo, e este é o problema: o Conservadorismo e progressismo juntos em suas piores partes. A castidade é misandria.

Abigail Pereira Aranha

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Abigail sobre o incesto

Abigail Pereira Aranha

Papai, agora que eu fiz 16 anos e comecei a trabalhar, descanse um pouco. Pai, o sr. me deu amor e me preparou para o mundo, agora vai me ter dentro dele. Muito obrigada por tudo! Olhe aqui o resultado da comida e dos cuidados que o sr. trabalhou para me dar. Feliz Dia dos Pais!

Eu fiz um cartum para o Dia dos Pais que pareceu defesa do incesto, uma garota adolescente mostrava os seios para o pai. Mas foi só piada mesmo, foi uma homenagem ao meu pai e às minhas piadinhas que nem sempre dão certo. O meu pai já viu e até gostou. Do desenho. Os meus melões ele viu também, algumas vezes em que eu estava com amigos na casa deles, mas se ele gostou, eu preferi não perguntar. Eu já disse algumas vezes que eu gostaria de transar com o meu pai, mas não é o incesto em si que eu defendo. Eu também não teria problema em dar para os meus quatro irmãos homens. Nem se eles viessem juntos, hehehehe. Se eu tiver um filho biológico, eu não teria problema em dar pra ele, pelo menos não por ele ser meu filho.

Eu não defendo o incesto, mas nenhuma das objeções à prática em si tem uma base que não seja sexo para reprodução ou risco maior de doenças hereditárias. Para o sexo não-reprodutivo, parece não sobrar argumentos.

Mas como eu posso dizer que eu não defendo o incesto se eu digo que gostaria de levar a pistola do meu pai na minha periquita? Porque eu sou contra a família, eu não vejo um valor especial da família como instituição, e o incesto, em última análise, reforça os laços familiares. Uma feminista radical, Shulamith Firestone, disse que "o tabu do incesto é necessário agora apenas para preservar a família; então, se nós acabarmos com a família, na verdade acabaremos com as repressões que moldam a sexualidade em formas específicas". Mas parece que ela errou na primeira parte: não é o "tabu do incesto" que preserva a família, é a sacralização da família que cria o "tabu do incesto". Por sinal, vamos à Bíblia. Abraão era meio-irmão de Sara (Gn 20:12), Isaque era primo do pai de Rebeca (Gn 24:15) e Jacó era primo de Raquel e Lia (Gn 28:2), e eles foram os ancestrais de Israel. Se não fosse esse detalhe, a história do povo de Israel podia não ter chegado até o Êxodo, não como um povo com aquela identidade. O povo israelita chegou a Canaã com uma lei que proibia o casamento com estrangeiros (Dt 7:1 - 4) e mandava que quando um homem morria casado e sem filhos, o irmão do homem devia se casar com a viúva (Dt 25:5). Não era para eugenia. Era para preservar uma identidade cultural. Por isso que a mesma lei proibia o incesto, não só porque a endogamia não faria mais sentido, era também porque o incesto, aqui, seria a introdução de uma outra cultura, a dos canaanitas, por isso a mesma parte da lei é onde se proíbe o sexo com mulher menstruada, o sexo homossexual e o sexo com animais (Lv 18 e 20).

Mas mesmo desprezando a família, eu consigo amar a minha família. Porque a minha família é muito melhor que a média. O meu pai, a minha mãe e os meus irmãos são pessoas muito amáveis, corretas, inteligentes. Se o meu pai fosse um de muitos homens que eu conheço, eu o odiaria e ele a mim. Não são o meu pai e os meus irmãos, são as pessoas que eu amo. Bom, a minha mãe e as minhas três irmãs, eu tenho um amor heterossexual.

A questão do incesto também tem a ver com o próprio valor daquele grupo familiar específico: eu gostaria de ter aquela pessoa como amiga, como colega de trabalho ou como vizinha se ela não fosse meu pai, minha mãe, meu irmão, minha irmã? A valorização da família acima de qualquer outro grupo de pessoas, de qualquer opção de atividade, de qualquer escolha que vai influenciar o futuro, tem uma probabilidade quase certa de ser a inversão histérica da visão nítida de que aquele grupo é ridículo, sem nada especial e, talvez, daninho para a vida daquela pessoa. Se nós formos conhecer a biografia de prostitutas e atrizes pornôs que entraram no ramo por opção, nós vamos ver coisas vindas de pai e mãe que não são comuns entre inimigos declarados. Então, a exaltação da família como símbolo do amor é Síndrome de Estocolmo caipira.

Então, vamos tentar imaginar o incesto desde o começo. Não é o começo do que vocês estão pensando. Vamos pensar numa história de namoro bonito da vida real. É muito mais que sem-vergonhice e tesão reprimido, né? Aliás, como o casal se apaixonou? Interesses comuns, ideias muito parecidas, valores em comum, algumas coisas de trabalho ou de diversão que os dois gostam de fazer juntos. Ou os dois não se parecem muito, mas têm um núcleo em comum e sentem que se completam onde são diferentes. Um incesto é a mesma coisa entre uma filha e um pai ou entre um casal de irmãos. Muitos casais perdem a paixão depois que se conhecem. Você já imaginou uma pessoa que conhece você ou que você conhece desde a infância se apaixonar por você? A condenação do incesto também tem um pouco de inveja.

Bônus: um caso em um print screen compartilhado por um amigo por mensagem enquanto eu escrevia esse texto


Meninas, preciso desabafar uma situação que aconteceu há uns dias atrás.

Tenho um filho adolescente, e uma outra menina de 10 anos. Ambos de relacionamentos diferentes. Há 3 semanas atrás, eu levantei de madrugada para ir na cozinha beber água e tals. Quando estou passando pelo corredor, vi que a luz do quarto estava acesa e, curiosa, fui dar uma olhada no buraco da porta para ver se meu filho estava dormindo ou acordado, e pedir para apagar a luz e ir dormir. Foi aí que tudo aconteceu! Quando eu olhei pelo buraco, meu filho estava acessando esses sites pornográficos e SE MASTURBANDO.

Fiquei abismada com a situação!

Não sabia se o repreendia por aquela situação, ou se deixava pra lá. Pois não gosto de ser essas mães chatas que ficam invadindo espaço. Mas enfim. Fazia um bom tempo que não via o órgão do meu filho. Fiquei chocada (pela idade dele) pelo tamanho do PIU PIUZÃO que ele tem. Sabe daqueles pênis cabeçudos, grossos, cheios de veias, cheio de nervos, que a gente fica apaixonada quando vê? Pois bem... incrível! Porém ele é meu filho, e não posso pensar nessas coisas. ADMITO! Enfim, tô há alguns dias sonhando com isso, e infelizmente, tive alguns sonhos devassos, inclusive abocanhando O MEMBRO dele, acordei "daquele jeito", porém... me sentindo muito mal com isso. Por favor, não me julguem. Só vim aqui desabafar e pedir conselhos.

Boa tarde a todas!

Caralho! Me lembrou eu quando vi o do meu pai, uma vez que ele estava com a minha mãe no quarto. Na parte do conselho, colega, prefiro me abster. Fiquei me imaginando na sua situação e melhor eu não dizer o que eu faria no seu lugar.

Seção de sexo, safadeza, putaria, mulher pelada, pornografia
Section of sex, lust, licentiousness, naked woman, pornography
Section de sexe, luxure, débauche, femmes nues, pornographie
Sezione de sesso, libertinaggio, lussuria, donna nuda, pornografia
Sección de sexo, perrez, putaría, mujer desnuda, pornografía

"After dad leaves" - featuring India Summer, Tysen Rich and Tyler Nixon, MomsTeachSex.com

Moms teach sex dot com. Excluding the part of woman licking woman, I liked this movie. Specially, I liked to imagine myself in the future like India Summer (having plus tits and buttocks) with a son like Tyler Nixon, hehehehe.

"After dad leaves" (Depois que o papai sai) - com India Summer, Tysen Rich e Tyler Nixon, MomsTeachSex.com

Mães ensinam sexo ponto com. Excluindo a parte de mulher lambendo mulher, eu gostei deste filme. Especialmente, eu gostei de me imaginar no futuro como a India Summer (com mais peito e bunda) com um filho como Tyler Nixon, hehehehe.

"After dad leaves" (Après le papa quitte) - avec India Summer, Tysen Rich et Tyler Nixon, MomsTeachSex.com

Mamans enseignent sexe point com. Hors de la part de femme léchant femme, j'aimé ce film. Spécialement, je me plaisais à me imaginer à l'avenir comme l'Inde Summer (ayant plus seins et fesses) avec un fils comme Tyler Nixon, hehehehe.

"After dad leaves" (Después que papá sale) - con India Summer, Tysen Rich y Tyler Nixon, MomsTeachSex.com

Madres enseñan sexo punto com. Con exclusión de la parte de mujer que lame mujer, me ha gustado esta película. Especialmente, me gustó imaginar a mí misma en el futuro como India Summer (con más pechos y nalgas) con un hijo como Tyler Nixon, jejejeje.

"After dad leaves" (Dopo papà lascia) - con India Summer, Tysen Rich e Tyler Nixon, MomsTeachSex.com

Mamme insegnano sesso punto com. Escludendo la parte di donna che lecca donna, mi è piaciuto questo film. Specialmente, mi piaceva immaginare me stessa in futuro come India Summer (con più seni e glutei) con un figlio come Tyler Nixon, hehehehe.


Swedish mom fucks his own son and his friend
Mamãe sueca fode seu próprio filho e o amigo dele
Maman suédoise baise son propre fils et son ami
Mamá sueca folla a su propio hijo y el amigo de él
Mamma svedese scopa il proprio figlio e il amico de lui




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook