segunda-feira, 26 de abril de 2010

Não é o que você pode fazer por uma mulher, mas o que ela vai fazer por você

Abigail Pereira Aranha

A mulher está acostumada a pensar que só ser mulher já é grande coisa, não tem obrigação de nada e tem direito ao mundo. A gente conhece mulheres que são paparicadas, cobertas de regalias e que não fazem nada por ninguém.

Quando uma mulher está no auge da sua beleza e da sua juventude, ela curte a vida com amigas fúteis, veados e cafajestes. Quando um homem está no auge da sua vida, cai na besteira de se agarrar com a primeira piranha gostosa que lhe dá mole.

Se um homem está interessado em uma mulher e ela nele, ele toma todas as iniciativas e ela, quando muito, dá uns sinais indiretos para ele chegar nela. E vai ter que casar se quer ter uma vida sexual fora da zona. E daí, vai ter de desistir da sua vida desde o namoro. Dez anos depois, ele vai dividir a cama com uma gorda horrorosa, que enche ele de contas e amolações, que acabou com a sua vida social e que não transa com ele há semanas ou meses.

Se uma mulher ganha bem, tem que ter um marido à altura dela. Se um homem tem sucesso financeiro, qualquer piranha siliconada está excelente pra ele. Um homem honesto, que trabalha muito e ganha pouco, mora longe e anda de ônibus deve dar graças a Deus por qualquer encalhada que lhe dê atenção por falta de opção melhor. Mas se um homem não quer namorar uma mulher que já tem filhos de outro homem, é um preconceituoso.

Quantos maridos deixam de fazer isso ou aquilo pra esposa não encher o saco? Quer dizer, eles têm que fazer alguma coisa pra esposa ficar calada. Gente, que porcaria é essa?

Outro caso que a gente tem que tomar cuidado: a nossa mãe. Existem mães maravilhosas, e não estou falando daquelas patetas sem vida própria que ficam em casa sustentadas pelo marido e que acham que a maior qualidade duma mulher é se casar virgem com o único homem que vai encostar na vida. Mas a maioria das mães não dão formação moral, umas maltratam os filhos, umas deixam os filhos largados andando com não sabem quem enquanto recebem a pensão do trouxa do pai deles, umas deixam os meninos sozinhos em casa, com um irmão ou com a mãe pra ficar na noitada até voltar de porre na manhã seguinte e umas deixam de pôr os filhos na escola pra eles trabalharem na roça ou venderem bala na rua aos 8 anos. Mas se um desses coitados dá certo na vida e não vira um bandido ou um derrotado e a mãe está velha, ela é a mãe dele e ele tem que cuidar.

A pornografia pra um homem é o reino dos sonhos. Não é só pelo sexo gostoso que ele nunca vai fazer a menos que pague por isso. É porque até ser tratado com respeito por uma mulher não é comum.

Eu sou admirada dentro e fora da internet só porque eu tenho alguma inteligência, alguma humildade, procuro tratar todo mundo bem, tenho algum assunto que preste pra conversar, falo a verdade sobre as mulheres, assumo que gosto de sexo, defendo a safadeza com equilíbrio e responsabilidade e trepo com alguns gatinhos que prestam de vez em quando. Aos que gostam de mim, muito obrigada, mas eu não sou tão grande coisa assim. Mas quando vindo de uma mulher até educação é difícil, uma mulher com um mínimo de decência vale ouro.

Se uma mulher tem um pouco de simpatia, inteligência, maturidade e humildade, geralmente é feia, gorda, velha ou pobre (dessa nem eu escapo, porque eu sou pobre). E teve que cair muito feio do alto do pedestal pra isso.

Se uma mulher cumprimenta um homem, ele não deve esperar muita conversa. Se ele pode conversar, não deve esperar muita coisa que preste. Se ele não tem amizade com ela, tem medo de tentar ter. Se tem amizade, tem medo de perder. Isso não falando em sexo. Se ele consegue transar com uma mulher, não pode esperar mais nada.

Nós estamos acostumados (os homens principalmente, mas algumas mulheres também) a dar graças a Deus por qualquer coisa que venha de uma mulher.

Nós (os homens principalmente, mas algumas mulheres também) temos que mudar. Homem, chega de só ser lembrado pela amiga ninfetinha na hora de dar o ombro amigo pra ela chorar por causa de um canalha qualquer. Chega de atender telefonema tarde da noite de uma mulher que mal fala com você pedindo pra fazer um trabalho da escola pra dali a dois dias. Chega de fazer serviços mais baratos por amizade com uma mulher que mal conversa com você.

Não é o que podemos fazer por elas, é o que elas estão fazendo e vão fazer por nós. Não é o que podemos receber das mulheres, é o que nós merecemos receber delas.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Identificando uma pseudo-intelectual no orkut


Existe um macete para identificar uma pseudo no orkut. Compare as comunidades em que ela está com os livros e citações no perfil.
Geralmente as pseudos estão em várias comunidades, mais de 100, sobre assuntos intelectuais (filosofia, politica, Karl Marx, Michel Foucault, Machdo de Assis, Tolstoi, psicologia, teoria musical, etc). Se ela estiver em comunidades desse tipo e tiver no perfil citações de autores como Zibia Gasparetto e Paulo Coelho ou ainda livros como "Quem mexeu no meu queijo" e "O Segredo" ou qualquer outro livro/autor esotérico ou de auto-ajuda do momento ela provavelmente é uma pseudo.
Outras colocam no perfil do orkut citações de gente respeitada no meio intelectual (Machado de Assis, Fernando Pessoa, Nietszche, etc), mas olhe as comunidades, se ela estiver em comunidades do tipo "Adoro praia", "Curto balada" e nenhuma ou poucas comunidades intelectuais ela tbm é uma pseudo.
Em ambos os casos olhe os tópicos das comunidades que elas participam, se não houver nenhuma ou poucas postagens ela é pseudo. O motivo é simples: elas não entendem nada do assunto da comunidade que participam.
Existe um terceiro tipo de pseudo. Estas tem citações e livros de autores consagrados no perfil (Clarice Lispector por ex) e estão em um monte de comunidades intelectuais no orkut onde participam ativamente. O macete é o seguinte: observar os argumentos delas nos debates. Se ela for pseudo ela irá:
1- Citar o mesmo teórico, direta ou indiretamente, trocentas vezes no debate. Ela usará o mesmo teórico para defender suas idéias malucas em comunidades tão distintas quanto comunidades de literatura, história, biologia, psicologia… mesmo que esse teórico não seja da área em questão.
2- Transcrever passagens imensas de um livro do tal teórico no debate, e tudo de acordo com as normas da ABNT, com o numero das páginas, o ano da edição e a referência bibliográfica.
3- Usar de ironias, sarcasmos e deboches quando estiver acuada e sem argumentos no debate. Atacar o interlocutor(es) no debate.
Uma última observação: a pseudo geralmente tem o link de seu blog no seu perfil do orkut onde ela profere bobagens sobre os mais variados assuntos (cinema, economia, moda, etc)
Identificando uma pseudo-intelectual no dia a dia.
Essa é mais fácil, uma vez que vc tem contato direto com a mulher.
- A pseudo-intelectual costuma ser aquela garota que tem opinião formada sobre tudo, mas TUDO mesmo, incluindo aquilo que ela não conhece. Caso ela se veja numa saia justa ela dirá algo do tipo "tenho muito interesse nesse assunto" e irá se calar.
- A pseudo-intelectual tem sempre um autor/teórico favorito*, conforme já dito(provavelmente o único que ela leu). Não importa se vcs estão falando de futebol, política, filosofia, música ou culinária, ela SEMPRE citará o teórico "fulano de tal" para embasar suas opiniões idiotas.
*Atenção especial a Michel Foucault, este autor é estudado em várias áreas do conhecimento, principalmente nas ciências humanas, e é o teórico favorito das pseudos. Nada contra Foucault, é um grande teórico, embora pseudos não o compreendam direito e se limitem a decorar suas frases.
- Quando vc perguntar para a pseudo que tipo de música ela ouve e que tipo de filmes que gosta prepare-se para ouvir a seguinte resposta: "Sou eclética, gosto de tudo um pouco, mas adoro música clássica/MPB e cinema europeu". Embora ela ache que Visconti é marca de panetone.
- A pseudo-intelectual é politizada, e geralmente participa do DCE da universidade, ou é filiada a algum partido político ou é representante discente de sua turma.
- A pseudo-intelectual está sempre criticando a sociedade de consumo e mulheres que se preocupam com a aparência. Embora ela própria só use roupas de marca e esteja sempre maquiada, com a pele bem-cuidada e cabelos arrumados.
AVISO: Não tome pseudo-intelectual por sinônimo de mulher feia. Tem muita gostosa metida a pseudo.
Jack Deth, comunidade "Mulheres pseudo-intelectuais", http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=41702019&tid=5245548562275597253

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Indireta feminazista: homem que trai é burro (mas mulher não)

Vamos à obra-prima.

=====================

Estudo liga infidelidade masculina a QI mais baixo

Homens que não traem as mulheres seriam mais 'evoluídos', diz estudo

Homens que traem as esposas e namoradas tendem a ter QI mais baixo e ser menos inteligentes, segundo um estudo publicado na revista especializada Social Psychology Quarterly.

De acordo com o autor do estudo, o especialista em psicologia evolutiva da London School of Economics, Satoshi Kanazawa, “homens inteligentes estão mais propensos a valorizar a exclusividade sexual do que homens menos inteligentes”.

Kanazawa analisou duas grandes pesquisas americanas a National Longitudinal Study of Adolescent Health e a General Social Surveys, que mediam atitudes sociais e QI de milhares de adolescentes e adultos.

Ao cruzar os dados das duas pesquisas, o autor concluiu que as pessoas que acreditam na importância da fidelidade sexual para uma relação demonstraram QI mais alto.

De acordo com o estudo, o ateísmo e o liberalismo político também são características de homens mais inteligentes.

Evolução

Kanazawa foi mais longe e disse que outra conclusão do estudo é que o comportamento "fiel" do homem mais inteligente seria um sinal da evolução da espécie.

Sua teoria é baseada no conceito de que, ao longo da história evolucionária, os homens sempre foram “relativamente polígamos”, e que isso está mudando.

Para Kanazawa, assumir uma relação de exclusividade sexual teria se tornado então uma “novidade evolucionária” e pessoas mais inteligentes estariam mais inclinadas a adotar novas práticas em termos evolucionários – ou seja, a se tornar “mais evoluídas”.

Para o autor, isso se deve ao fato de pessoas mais inteligentes serem mais “abertas” a novas ideias e questionarem mais os dogmas.

Mas segundo Kanazawa, a exclusividade sexual não significa maior QI entre as mulheres, já que elas sempre foram relativamente monogâmicas e isso não representaria uma evolução.

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2010/03/100301_qifidelidade_ba.shtml

=====================

Engraçado, eu achava que homem inteligente nem casava.

Mas vocês estão sentindo cheiro de feminazismo no ar? Boa descoberta pra contar em rodinha de buteco, não acham?

Abigail P. Aranha

domingo, 4 de abril de 2010

Por que seu chefe terá menos de 30 anos e será uma mulher

http://galleries.pichunter.com/krawl/263/2632816/index.html


"Em 2020, você trabalhará em casa, seu chefe terá menos de 30 anos e será uma mulher" (O futuro do trabalho, revista Galileu de julho de 2009)

E sabe por quê? Porque muitas mulheres têm as qualidades para serem chefes. Veja:

  1. Agora é moda empresa dar preferência a mulher. Os programas de esportes da Globo e da Record já são apresentados por mulheres. Daqui a pouco vamos ter uma guria de vinte e poucos narrando futebol no lugar do Galvão Bueno.

  2. Algumas mulheres são cheias de capricho e querem coisas absurdas.

  3. Algumas mulheres não sabem ouvir nem dialogar.

  4. Algumas mulheres parecem que não têm data de nascimento, têm dia de chegada do Inferno.

  5. Algumas mulheres são histéricas e instáveis.

  6. Uma filhinha de papai ou uma piranha que saiba pra quem abrir as pernas vai mais longe que muito homem com o dobro da inteligência, o triplo da competência e dez vezes a ética.

Claro, nem todas as mulheres são assim. E nem todos os chefes. O meu por exemplo é uma excelente pessoa.

Abigail Pereira Aranha

Página no Facebook