quarta-feira, 27 de maio de 2015

Duas tragédias antes da tragédia da manchete do jornal Extra: a propagação da alienação marxista e a covardia dos bonecos de Judas da esquerda

Abigail Pereira Aranha

Olá, meus amigos e minh@s inimig@s! Quem mora no estado do Rio de Janeiro deve ter tido o desgosto de ver esta primeira página do jornal Extra de 22 de maio de 2015:


Esclarecendo para quem não é do Brasil: o menor da foto é um dos acusados de matar a facadas o médico Jaime Gold enquanto ele andava de bicicleta no Botafogo, Rio de Janeiro, no dia 19. Outro esclarecimento para quem não é do Brasil: o jornal Extra é das Organizações Globo, um dos demônios favoritos da esquerda brasileira.

Esta imagem foi compartilhada por um amigo no Facebook. Aí eu fui ao endereço original (https://www.facebook.com/jornalextra/photos/a.208847352481556.57414.190833037616321/995170607182556) e vi alguns comentários que eu não podia pra acreditar. Ou melhor, o pior é que eu podia. Ah, vou transcrever os comentários, a data e o número de curtidas / gostos. Com dois deles, eu fiz até uma piadinha.


Julia Pedra Vocês estão de parabéns por essas capas que desafiam o senso comum! A de ontem foi linda e a de hoje, melhor ainda.

3.443 · 22 de maio às 08:21

Lucas Aguiar Tem que ter coragem para bater de frente com o senso comum. Parabéns, Extra!

1.848 · 22 de maio às 13:36

Temos que desafiar, bater de frente com a verdade, principalmente quando ela é notória e reconhecida publicamente (também conhecida como senso comum). Abaixo a decência moral e mental! Abaixo a verdade! Patocracia e histeria coletiva já!

Pessoal, eu também achei que a Júlia Pedra estava fazendo uma ironia. Não estava. Aqui estão mais alguns comentários, nas respostas do primeiro:


Renan Luiz Não espero muito das Organizações Globo. Talvez alguém dentro da redação tenha ficado com vergonha e decidido fazer jornalismo.

17 · 22 de maio às 09:52

Julia Pedra Pensei nisso também, mas ainda acho que o responsável pela capa teve uma atitude bacana ao escrever isso. Trabalhando para a Globo isso é um ato de coragem.

16 · 22 de maio às 09:57

Lavínia Bárbara http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/05/ex-mulher-de-ciclista-morto-na-lagoa-rio-diz-ser-contra-maioridade-penal.html "Foi um ente querido dela, e ela é contra a redução da maioridade penal. Qual é o próximo argumento?"

Ex-mulher de morto na Lagoa diz ser contra redução da maioridade penal

G1.GLOBO.COM

40 · 22 de maio às 10:05

Pessoal, eu ia fazer uma piada com a Júlia Pedra, mas ela ia responder "eu sou esquerdista sim, eu estou junto com a população marginalizada sim, eu defendo a descriminalização das drogas e Pedra é o meu sobrenome".

E como parte da tragédia, vejam a matéria indicada. Um trechinho, dito pela quase viúva: "São gerações de vítimas do nosso sistema, da nossa falta de educação, saúde. O ser humano caiu no valor banal, onde não existe o menor valor humano". É, a mãe dos filhos da vítima (o falecido) teve "serenidade" pra dizer isso!

Mas fora o farol do trem, existe luz no fim do túnel. Tivemos gente dando ao jornal Extra e aos esquerdistas a resposta que eles não queriam. Aqui vão algumas, e os outros como eles se sintam representados:


Patrícia Vianna Não! Eu não posso acreditar que acordei e li essa manchete! Trabalho em uma escola pública e outro dia fui xingada por tentar trazer as crianças que estavam matando aula na praça na frente da escola em q eu trabalho. Eles subiram a rua aos berros e me xingando. Já levei porrada por tentar separar briga de adolescentes. E trabalho só há 3 anos lá. E qd chamamos os pais eles nos ligam dizendo que não podem ir pq estão trabalhando. Eu tbm estou e não mereço ser agredida por aluno! Ano passado as crianças ganharam os kits de material no início do ano e no fim do dia rasgaram os cadernos e largaram tudo na praça! Eles não sabem o valor das coisas! E a culpa é da escola? E a escola o abandonou? Conheço pessoas que cresceram em lares destruídos, sem família... e hj são p essoas de boa índole! Como a família desse médico está lendo essa notícia? Então pq ele não foi bem criado pode matar quem quiser? Essa criatura tem 15 anotações e não pode ser chamado de bandido! Essa matéria é um soco na cara de quem se mata de trabalhar e estudar pra ser alg melhor na vida! #revolta #atéqd #nojo

1.052 · 22 de maio às 09:52


Durval Henry Se todo mundo que sofresse na vida tivesse que matar alguém...hahaa estaríamos extintos !!

791 · 22 de maio às 08:24

Rick Lima Engraçado como se usa esse.tipo de.desculpa todo o tempo para.menores infratores. Ja vi relatos de pessoas sem escola e sem familia, que venceram na vida usando uma.coisa bem.simples : CARATER

1.179 · 22 de maio às 08:17

Pedro Silveira Que legal. Estudei em escola pública. Fui criado sem pai. Nunca morei em casa própria nem tive pistolão. Nunca recebi bolsa do governo. Nunca fui incluído em cota. Nunca tive programa social. E nunca dormi em delegacia. Nunca matei. Nunca assaltei. Nunca freqüentei boca de fumo. Cresci honesto. O que deu errado comigo?

188 · 22 de maio às 11:33

E teve até ato falho esquerdopata (royalties para Reinaldo Azevedo), com respostas merecidas:


Jailton Correia Adorei os comentários de quem nunca será julgado por absolutamente nada...

112 · 22 de maio às 08:19

Eduardo Izidorio da Silva Se nao matar, roubar, cometer crimes pq teríamos que ser julgado? Para de defender bandido, amanha pode ser com vc ou familiar teu.

29 · 22 de maio às 08:53

Mas vou ter que voltar às coisas ruins e dar mais detalhes da tragédia (a servilidade do boneco de Judas da esquerda brasileira). Os amigos que não viram o jornal impresso e viram aquela foto podem não ter visto um detalhe: uma chamada na parte de baixo no meio. Como a resolução não está boa, eu vou mostrar o detalhe ampliado e transcrever o texto.


Mãe de jovem morto quer um encontro com Pezão e Beltrame

Mãe de Wanderson, morto no Dendê, teve o depoimento à polícia adiado. Agora, quer conversar com o governador e com o Secretário de Segurança.

A matéria é "Mães de jovens mortos no Morro do Dendê criticam ação da polícia", está em http://extra.globo.com/noticias/rio/maes-de-jovens-mortos-no-morro-do-dende-criticam-acao-da-policia-16230473.html. Esta matéria e aquela do G1 têm uns paralelos interessantes. A mãe do Wanderson disse que o policial "matou a família toda". A ex-mulher do dr. Jaime Gold mal conseguiu pensar no futuro dos filhos depois de fazer aquele discurso esquerdista. A mãe do Wanderson quer falar com o governo do estado. Se ela conseguir, o jornal Extra deve nos contar como foi. E quem vai explicar por que o local onde o dr. Jaime Gold foi atacado tinha só uma viatura depois de dois casos de esfaqueamento no mesmo local no mês passado?

Ah, e eu li há poucos dias: as Organizações Globo estão indo à falência com mais de três bilhões de dólares de dívida. A matéria está em http://www.portalmetropole.com/2015/02/auditora-financeira-revela-que-rede.html. No fim, o autor diz uma coisa que liga isso a coisas como aquela matéria do Extra: "a Globo faz o que sempre fez… negocia favores de salvação do PT em troca de sua própria salvação". Talvez a Rede Globo seja mesmo quebrada pelo PT, com alguma picuinha para dar o que fazer para a militância de desonrados imbecilizados e lésbicas histéricas, esconder algum passado e elevar um grupo concorrente que vai estar nas mãos do Partido. Se isso acontecer, a Rede Globo já vai tarde para onde merece pelo menos por covardia.

Como diz a letra daquela coisa que chamam de funk, "tá dominado, tá tudo dominado". Não apenas as nossas escolas e faculdades, também os grandes capitalistas como as Organizações Globo, a classe alta como a ex-esposa do dr. Jaime Gold e a oposição política formal, que aceitava como normal uma presidente supostamente reeleita em uma eleição duplamente fraudada (urnas eletrônicas fraudáveis e apuração secreta). A oposição ao Socialismo no Brasil só existe porque já existia internet livre e democracia formal antes do PT chegar à Presidência da República. E essa oposição é de indivíduos organizados no lugar dos políticos, ou no mínimo de gente que prefere conversa normal em redes sociais no lugar de pseudointelectuais com dinheiro ou holofotes sem coragem ou inteligência para desagradar militantes parasitas. Nós não nascemos chineses ou muçulmanos, nós já vimos o que é democracia nem que seja em teoria e não queremos perdê-la. A militância esquerdista brasileira de hoje não entendeu o que é indivíduo que vive e tem sucesso com o próprio trabalho. O governo esquerdista não entendeu o que é indivíduo com pensamentos próprios. A mídia convencional ainda não entendeu o que é a internet. Se o governo esquerdista for para o precipício, a militância esquerdista que vive de parasitar a coisa pública vai com ele. Mas a mídia convencional que se submete à militância esquerdista que vive do governo esquerdista vai na frente.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Se informe para não dizer que dois mais dois são quatro - episódio 3: estupro de homens, Lola Aronovich tenta fazer ironia e diz a verdade



Ele parte da dúvida “Seria Dilma uma feminazi?” (pois Dilma, numa entrevista pro Washington Post, disse que era contra o apedrejamento de mulheres). Mais adiante, nos comentários, ele diz que sim, a declaração de Dilma poderia ser interpretada como de uma feminazi, já que ela condenou apenas a morte de mulheres, não de homens. Ou seja, sempre que estivermos falando de estupro, devemos dizer que somos contra os estupros de homens também. Caso contrário, estaremos nos manifestando a favor do estupro de homens.

("Como falar bobagens e ser publicado num blog famoso", Escreva Lola Escreva, 10 de dezembro de 2010, http://escrevalolaescreva.blogspot.com.br/2010/12/como-falar-bobagens-e-ser-publicado-num.html - itálico no original)

A Real andando pra trás 3: 30 parágrafos que ninguém merece

Abigail Pereira Aranha

A página Metendo a Real compartilhou o texto "30 verdades que ninguém quer ouvir", do William R. Silva (http://www.williamrsilva.com/2015/04/30-verdade-que-ninguem-quer-ouvir.html). A maioria do texto é banalidades e o resto é contraproducente. Vou reproduzir e comentar.

1-Quem hoje te jura amor eterno, no futuro, poderá não sentir mais nada por você.

Comentário: Em que isso ajuda? Aliás, qual a novidade? Vinícius de Morais já dizia "que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure".

2-Muitos que te elogiam por estar acima do peso, sentiriam-se extramente infelizes se estivessem no seu lugar.

Comentário: Poxa, que papo de periguete!

3-Você até não pode ser feliz sozinho, mas nada te garante que será feliz com outro.

Comentário: Esta parte é verdade. Só não vale a leitura do texto inteiro.

4-85% das pessoas ao seu redor nem lembra que você existe e os outros 12% quer que você se dane! Apenas 3% delas querem verdadeiramente que você vença na vida! (E nesses 3%, incluem-se poucos parentes e raros amigos).

Comentário: Em que isso ajuda? Aliás, você quer vencer na vida para que e para quem?

5-Quando uma mulher é cortejada por muitos homens, não significa que ela seja especial, mas sim que eles vêem uma boa oportunidade de se satisfazerem sexualmente usando o corpo dela.

Comentário: Boa oportunidade seria se ela desse pros caras, cacete!

6-Seu(a) parceiro(a) amoroso poderá se sentir atraído sexualmente por outras pessoas que não sejam você. Mas isso não quer dizer que será traído(a). Não seja ignorante!

Comentário: Se isso vale para o seu parceiro ou a sua parceira, isso vale pra você também, né? Por isso eu defendo o casamento aberto.

7-Você pode até ter lido uma centenas de livros sobre relacionamentos humanos, mas somente experiências reais comprovam teorias. Não pense que sabe das coisas só por que leu muito. É bem provável que um idoso analfabeto tenha muito a lhe ensinar.

Comentário: Exaltação da ignorância.

8-Pode ser que seus pais tenham cometido erros no passado dos quais você se envergonhe. Mas isso não quer dizer que eles não devam ser amados.

Comentário: Amor também se conquista.

9-Se você desistir de seus sonhos enquanto for jovem, viverá amargurado pelo resto da vida. Então, mexa-se!

Comentário: É mais fácil fazer besteiras por causa de sonhos, mas é uma boa lembrança.

10-Você pode frequentar sua igreja, converter-se a um religião, orar e ler a bíblia, mas mesmo assim, ter grandes chances de queimar no inferno.

Comentário: Admitindo que Deus existe e a Bíblia é a Palavra de Deus, a certeza da salvação para o salvo é bíblica. Além de tagarelice, falou asneira.

11-De tanto querer mudar os outros, quem acabará mudando será você. E para pior! Ninguém muda ninguém, frustrações, sim!

Comentário: O risco é grande, mas você ainda pode mudar para melhor se não cair na síndrome de mulher de malandro.

12-Grande parte daqueles que te rodeia só se associarão a você se ver alguma vantagem nisso.

Comentário: O problema é o que você tem a oferecer e para quem você vai oferecer.

13-Quase todas as pessoas que você ajudou nos momentos difíceis, poderão te esquecer quando estiverem em melhor situação.

Comentário: Lamúria de velha subempregada. Em que isso ajuda?

14-Se você não tem um rosto bonito e um corpo bem modelado, terá que desenvolver outras habilidades para que as pessoas reparem em você (No caso dos solteiros e em determinados empregos). Infelizmente, beleza física conta! Não se iluda!

Comentário: Beleza, mas quem você quer que preste atenção em você e o que você tem ou gostaria de ter de especial?

15-O seu namorado(a) provavelmente não te ama como você pensa, o que ele(a) ama, são as boas sensações que você é capaz de despertar nele (a). Ainda há um longo caminho para o amor verdadeiro, isso se dá com a convivência.

Comentário: Ouviu demais os avós que tiveram o casamento arranjado pelos pais.

16-Aqueles que te amam podem até aceitar suas fraquezas emocionais (no caso do homem), mas será esmagado pelo mundo, se agir assim fora de casa.

Comentário: É pra preparar o filho pro mundo que existe a família. Ou que deveria existir.

17-Se você é homem com mais de vinte anos e ninguém nunca o viu na companhia de uma mulher, saiba que muitos poderão taxá-lo de fracassado social ou "gay". Homens também sofrem com o "Machismo". Mas, lembre-se, ninguém paga suas contas.

Comentário: Se eu quisesse ler "ninguém paga minhas contas", eu estaria no Facebook lendo perfil de lésbica mal resolvida.

18-Mais de oitenta por cento dos casais que você conhece tem uma vida conjugal insatisfatória. E é bem provável que você, algum dia, entre nessa estatística.

Comentário: Cadê o "marriage strike", cacete? Alguma zinha invadiu a sua conta? Ah, e é por isso que eu defendo o sexo fora do casamento, hehehehe.

19-O único amor que é garantido por toda a vida, é o que seus pais (ou entes queridos) tem por você. Todo o resto pode evaporar com o tempo.

Comentário: Realmente, alguma vadia deve ter roubado a sua senha. Ou algum mangina filho de mãe solteira. Amor puro de pai e mãe é carochinha, pelo menos como regra universal. Só a minha série especificamente sobre a ligação entre a família e as escrotices feministas começou em 2012.

20-Pode ser que você não seja tão bom naquilo que faz quanto pensa ser. A humildade sempre será a melhor das habilidades.

Comentário: Não confunda humildade com engolir assédio moral ou criticismo de vaca mal comida.

21-Seus defeitos sempre serão mais comentados que suas qualidades. Pois, muitas pessoas se usam da pratica de criticar os outros para esquecer (ou camuflar) as próprias falhas.

Comentário: A solução que o autor devia ter dado é você ter autoestima para reconhecer suas qualidades sem deixar de reconhecer os seus defeitos, ambos o mais perto possível das suas verdadeiras medidas.

22-Nem todas as pessoas que você considera como amigos, são seus amigos de verdade.

Comentário: Podia ter desenvolvido mais esse ponto.

23-Se você não alcançou um alto posto, não tem um bom salário e não ostenta bens materiais, para a maioria das pessoas, você não é nada.

Comentário: Ninguém vai chegar a este texto pra ler isso, cacete!

24-Seu dom só será admirado quando lhe render frutos financeiros, beneficiar pessoas ou transmitir alguma forma de status.

Comentário: E eu lá quero saber de ostentação social? E vem cá, você está lendo muita literatura PUA ou de autoajuda?

25-Dinheiro não trás felicidade, pobreza, menos ainda.

Comentário: Dinheiro pode custar felicidade, embora falta de dinheiro seja uma coisa muito chata.

26-Ninguém quer saber dos seus problemas, guarde-os para você!

Comentário: Os inimigos do masculinismo e as parasitas de pensão alimentícia iriam adorar que os homens seguissem esse conselho.

27-Um homem de quarenta anos solteiro, sem dinheiro e sem bens materiais é tido como fracassado perante a sociedade.

Comentário: E daí? Vai puxar saco pra ganhar promoção ou entrar em esquema de corrupção no serviço público pra ganhar dinheiro e uma vadia interesseira?

28-Se você morrer hoje, amanhã o mundo continuará o mesmo.

Comentário: Thomas James Ball iria adorar ler isso.

29-Caso tudo que leu acima tenha te deixado deprimido, é bem provável que esteja fraco emocionalmente. Isso não é bom!

Comentário: Você devia ter colocado este item no começo. Quem ficou deprimido com isso já decidiu se suicidar.

30-Não pense demais nesses verdades que acabou de ler, ainda há muitas coisas boas no mundo, pode acreditar!

Comentário: Agora que você se lembrou? Há mesmo um bocado de coisas boas. A Real que devia estar neste blogue, as boas amizades, um bocado de hobbies, a putaria responsável,...

terça-feira, 19 de maio de 2015

Do perfil da Abigail: esclarecendo sobre o Anarquismo

Bradon Kamato

vc defende anarquismo seu blog!mas não entendo o anarquismo defende uma ideologia direita ou de esquerda!vejo anarcocapitalista!os black blocks são também anarquista!aparece uma pergunta idiota !esclarece esta duvida!

Abigail Pereira Aranha

Obrigada pela mensagem, gatinho. Eu até estava mesmo devendo isso, eu digo que sou anarquista mas não esclareço. A anarquia é uma sociedade organizada sem autoridades. Mas não sem regras, estas podem ser acordos comuns. O anarquismo é a ideologia que defende a anarquia.

O anarquismo não é nem de esquerda nem de direita. E nem de centro. Não existe Estado anarquista, no sentido de governo. E também não existe capitalismo na anarquia. Ah, e acracia é o mesmo que anarquia.

Anarcocapitalismo é um termo errado. Eu também estou devendo um texto a respeito. O correto é Ultraliberalismo. O Ultraliberalismo é uma doutrina que defende a extinção do Estado para que tudo seja administrado pela iniciativa privada. O Liberalismo defende o Estado de um lado e a iniciativa privada do outro. Anarquismo Liberal é o mesmo que Ultraliberalismo.

Ah, e a maioria dos que se apresentam como anarquistas são só a escória da extrema-esquerda (veja bem, dentro da extrema-esquerda, a escória). Uns vagabundos maconheiros baderneiros boquirrotos. Os anarquistas de verdade se separam da esquerda desde o começo do século XX. Por exemplo: Mikhail Bakunin, Proudhon, Kropotkin, Errico Malatesta.

Ah, e há um grupo que se intitula Anarcofeminismo. Entra no grupinho de vagabundos de esquerda que eu citei.

Abigail Pereira Aranha

Via Facebook, 12 de maio de 2015

http://www.facebook.com/abigail.pereira.aranha.91

https://plus.google.com/+AbigailPereiraAranha

http://www.stumbleupon.com/stumbler/AbigailPereira

http://pinterest.com/abigailpereira

segunda-feira, 11 de maio de 2015

VALENTINA NAPPI - Nem com o Papa, nem com o diretor

vnappi"Quem sou eu para julgar?": poucos slogans são mais agradáveis para as pessoas comuns como este, que é uma expressão do rosto tranquilizadora da autoridade, que é revigorada pelo populismo, pelo cerchiobottismo[1], pela retórica pauperista e da misericórdia. "Quem sou eu para julgar?", pergunta o Papa. "Você é um ser humano dotado de razão prática", Kant responderia. Mas é aqui o cerne da questão: a idéia de que ninguém menos do que o Papa - dos homens - não deve julgar é um ataque contra a faculdade humana de julgamento moral. De julgamento moral autônomo, no sentido kantiano. "Quem sou eu para julgar?", dito pelo Papa, faz o seu caminho para o "quem é você para julgar?", dito para o cidadão comum, que por sua vez abre o campo para a aceitação de uma moral heterônoma, comunitária. "Quem sou eu para julgar?" é muito diferente de "quem é a igreja / comunidade para julgar?".

Mas há mais. O "quem sou eu para julgar?" assume que, se a sentença foi proferida, seria negativa. Deixe-me explicar com um exemplo. Eu sou uma mulher solta, que dá sem problemas na primeira ocasião que acontece. Quem me diz "eu não te julgo" toma como certo que, se o julgamento fosse dado, não seria positivo. Idem quem me diz "todo mundo faz o que quer". Mas o fato da questão é que eu não sou absolutamente uma libertária que reivindica o direito de fazer o que quer, se lícito, independentemente de se é moralmente certo ou errado (a famosa distinção entre pecado e crime). Não! Eu reivindico o nível de julgamento moral. É aí que nós jogamos o jogo. Quem me diz "eu não te julgo" derruba tal plano, e derrubando-o deixa, com ele, a forma como as coisas estão.

Eu não sou uma estrela pornô que diz "eu sou assim, mas cada garota faça o que ela quer". Não! Eu espero entrar no discurso sobre o que é certo ou errado, sobre o que é bom ou ruim, sobre o que deve ser feito ou não deve ser feito. Eu afirmo que ser puta é certo, mas acima de tudo eu afirmo que não ser é errado. Errado no sentido de moralmente repreensível, mau. Mau, porque logicamente errado. Como vocês podem ver, meu estrito cognitivismo ético não é absolutamente nem alinhado nem alinhável com as posições de MicroMega e de Paolo Flores d'Arcais, que eu acredito que abre o campo para uma concepção estilo Londonistão da moral (consequente tendência da ideia de que os juízos morais têm falta de um fundamento cognitivo-verdade).

A posição do Papa Francisco, no entanto, é muito mais sutil e perniciosa, porque não é absolutamente um não acreditar em uma ética objetiva, longe disso: é um derrubar a comparação lógico-teórica sobre os valores, em virtude de um "quem sou eu para julgar?" que desloca a questão para outro plano, aquele humano-existencial (que é habitado por outras categorias, tais como a misericórdia e a compaixão), tendo como certo que o discurso lógico-teórico sobre valores éticos é algo que está sempre e somente sob a jurisdição da igreja / comunidade. O que é tudo isso além de demagogia trivial, vulgaríssima, jesuíta?

Valentina Nappi

(19 de novembro de 2014)

[1] "Malabarismo oportunista entre posições opostas, especialmente na política, tentando não contrariar ninguém" (http://dizionari.repubblica.it/Italiano/C/cerchiobottismo.php) - Nota da Tradutora

Original: Micromega, http://blog-micromega.blogautore.espresso.repubblica.it/2014/11/19/valentina-nappi-ne-con-il-papa-ne-col-direttore

Tradução: Abigail Pereira Aranha

Testo originale in italiano: Né con il papa né col direttore, http://blog-micromega.blogautore.espresso.repubblica.it/2014/11/19/valentina-nappi-ne-con-il-papa-ne-col-direttore, riprodotto a http://avezdoshomens2.blog.com/2015/05/11/ne-con-il-papa-ne-col-direttore e http://avezdoshomens2.blogspot.com.br/2015/05/valentina-nappi-ne-con-il-papa-ne-col.html
Traducción al español: Ni con el Papa ni con el director, http://avezdoshomens2.blog.com/2015/05/11/ni-con-el-papa-ni-con-el-director y http://avezdoshomens2.blogspot.com.br/2015/05/valentina-nappi-ni-con-el-papa-ni-con.html
Translation to English: Neither with the Pope nor with the director, http://avezdoshomens2.blog.com/2015/05/11/neither-with-the-pope-nor-with-the-director and http://avezdoshomens2.blogspot.com.br/2015/05/valentina-nappi-neither-with-pope-nor.html
Tradução para o português: Nem com o Papa, nem com o diretor, http://avezdasmulheres.blog.com/2015/05/11/nem-com-o-papa-nem-com-o-diretor e http://avezdoshomens.blogspot.com.br/2015/05/valentina-nappi-nem-com-o-papa-nem-com.html

domingo, 10 de maio de 2015

VALENTINA NAPPI - Sobre o uso (impróprio) do corpo na mídia

vnappiÉ indiscutível que os meios de comunicação e da publicidade fazem uso impróprio do corpo feminino e do corpo masculino. Uma abordagem bastante difundida, confrontada com este problema, é aquela crítica da hiper-sexualização que marcaria a nossa sociedade. Falando nestes termos, em geral, são mulheres que transmitem uma imagem de si mesmas - vinculada não à aparência física ou ao modo de se vestir, mas sim à escolha de palavras, ao modo de interação, às idiossincrasias dialéticas - que sugere que admitir publicamente que às vezes ela tocou um pênis seria para elas simplesmente inconcebível. Eu, por outro lado, toco pênis (é amplamente documentado) e com os mecanismos relacionados com a excitação sexual com que tenho muito a ver. Eu acho que a familiaridade com esses mecanismos deve estabelecer um conhecimento prático que, como todos os conhecimentos, práticos e não práticos, se beneficia com a transmissão pública, o intercâmbio e a evolução rápida que é um resultado desta natureza pública.

Agora, uma coisa que eu facilmente percebo é que a "sexualidade" que é vista em outdoors, nas colunas da direita dos jornais on-line etc. não tem nada, absolutamente nada a ver com a gramática - mesmo psicológica - da excitação efetiva relacionada à esfera sexual. Se eu me interpretasse uma modelo de um outdoor publicitário, eu não só interpretarei mal a atriz pornô, mas acima de tudo - e eu enfatizo: acima de tudo - eu faria o contrário de uma atriz pornô. Não são apenas duas direções diferentes: são duas direções opostas, que exigem duas abordagens opostas e dois tipos de tekne com finalidades opostas. Uma pista para esse caráter completamente antiético é o fato de que, enquanto o uso impróprio do corpo pelos meios de comunicação e na publicidade prospera, e prospera também na internet e nas redes sociais, a pornografia, ao contrário, está em crise e em perigo de desaparecer, e é criticada e vista como mal absoluto por canais de publicidade tradicionais na web e das redes sociais.

Alguém vai perguntar por que a presença de pelo menos um biquíni minúsculo pode produzir uma diferença tão absoluta no tratamento e na comercialização em termos de publicidade ou comerciais. Uma foto minha em um biquíni vale, na web, comercialmente mais do que uma foto minha nua, porque a primeira pode ser usada em um site com publicidade tradicional e a segunda não pode. Quando eu digo que eu tiro o biquíni porque eu tenho ética, em vez do que ele pode vender chegar ao topo, eu costumo despertar o riso de quem não entende determinados mecanismos. Mas como você explica esse aparente paradoxo? É a pergunta que devem colocar a si mesmos todos aqueles que colocam na mesma panela a pornografia, a alegada hiper-sexualização da nossa sociedade e o uso impróprio do corpo feminino e masculino pelos meios de comunicação e pela publicidade.

Valentina Nappi

(01 de setembro de 2014)

Original: Micromega, http://blog-micromega.blogautore.espresso.repubblica.it/2014/09/01/valentina-nappi-sulluso-improprio-del-corpo-nei-media

Tradução: Abigail Pereira Aranha

Testo originale in italiano: Sull’uso (improprio) del corpo nei media, http://blog-micromega.blogautore.espresso.repubblica.it/2014/09/01/valentina-nappi-sulluso-improprio-del-corpo-nei-media, riprodotto a http://avezdoshomens2.blog.com/2015/05/10/sulluso-improprio-del-corpo-nei-media e http://avezdoshomens2.blogspot.com/2015/05/valentina-nappi-sulluso-improprio-del.html
Traducción al español: Sobre el uso (indebido) del cuerpo en los medios, http://avezdoshomens2.blog.com/2015/05/10/sobre-el-uso-indebido-del-cuerpo-en-los-medios y http://avezdoshomens2.blogspot.com/2015/05/valentina-nappi-sobre-el-uso-indebido.html
Translation to English: On the (improper) use of the body in the media, http://avezdoshomens2.blog.com/2015/05/10/on-the-improper-use-of-the-body-in-the-media and http://avezdoshomens2.blogspot.com/2015/05/valentina-nappi-on-improper-use-of-body.html
Tradução para o português: Sobre o uso (impróprio) do corpo na mídia, http://avezdasmulheres.blog.com/2015/05/10/sobre-o-uso-improprio-do-corpo-na-midia e http://avezdoshomens.blogspot.com/2015/05/valentina-nappi-sobre-o-uso-improprio.html

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Abaixo o Socialismo, viva a liberdade e a prostituição

Abigail Pereira Aranha

Olá, meus amigos e minh@s inimig@s! Eu escrevi há duas semanas sobre como a maioria dos meus amigos no Facebook é de cristãos sendo eu ateia, de direitistas sendo eu anarquista e de defensores da família sendo eu contra a família; e sobre como eles são boicotados por alguns que deviam ser aliados. Eu acho que entendi por que eu tive esses amigos inesperados e eles tiveram essa amiguinha diferente. Mas vou fazer algumas considerações antes de dizer.

A primeira parte é sobre fins e meios. Um projeto funcional tem objetivos, que requerem certas formas de serem alcançados, o que faz o projeto ser uma cadeia de tarefas. Uma tarefa pode exigir que outra tenha sido terminada e ser requisito para outra tarefa. Algumas tarefas podem ser feitas juntas. Mas cada tarefa tem características pelas quais deve ser feita com tais ferramentas e pode produzir A ou B, mas não C; e essa tarefa pode ter um resultado se o pré-requisito dela produzir D, ter outro se este produzir E e nem ser possível se este produzir F.

A segunda parte é de alguns pontos de Lógica. 1) Se p implica em q, p e não-q não podem ocorrer ao mesmo tempo. 2) Se mais A implica em menos B e mais B implica em menos A, mais A e mais B não podem ocorrer ao mesmo tempo. 3) Afirmar "se q, então p" a partir de "p implica em q" é a Falácia de Afirmar o Antecedente. 4) Afirmar "se não-p, então não-q" a partir de "p implica em q" é a Falácia de Negar o Consequente. 5) Por 3 e 4, se todo A é não-B e todo B é não-A, afirmar que algo não-B é A só é correto se os conjuntos A e B juntos fazem o conjunto universo, ou pode existir um não-B que também é não-A.

A terceira parte é sobre o entendimento do movimento de esquerda. Quais são os objetivos e quais são os meios? Quais são as etapas intermediárias que podem tanto produzir o objetivo quanto dar em resultado contrário, e como uma coisa ou a outra podem acontecer? O não-cumprimento de uma etapa intermediária específica vai prejudicar em que o projeto como um todo?

A quarta parte é sobre a mentalidade ou o raciocínio socialista. Não é necessário ser simpatizante do Socialismo para ter raciocínio socialista. Este é o problema. Se um não-esquerdista entender o Socialismo como opinião divergente em um debate honesto com pessoas de mentalidade normal, ele está condenado. Quando Marx disse que os filósofos estavam interpretando o mundo e era necessário transformá-lo, ele não disse uma bobagem. O problema é EM QUE a ideologia socialista vai transformar o mundo. Ela nem é uma filosofia de má qualidade, é a teoria de um movimento para ajustar o mundo a si mesmo em vez de vice-versa. E para isso, o Estado socialista vai estatizar a vida em geral. Vou dar um exemplo de raciocínio socialista: o Manifesto Comunista diz que o Estado vai se dissolver depois de socializar os meios de produção. Mikhail Bakunin entrou em divergência com Marx exatamente por saber que ia acontecer exatamente o contrário: com a concentração dos bens, a elite dirigente iria fazer uma ditadura horrível como nunca houve. Quando ele alertou isso em "Os perigos de um estado marxista", a União Soviética nem existia. A mentalidade socialista é raciocínio lógico deficiente, frases de efeito, incoerência no discurso, conflito do discurso com a prática, duplo padrão, histeria, macaquice. Isso começando entre a massa de militantes, depois se espalhando entre a população em geral. Mesmo quando havia gente inteligente na militância de esquerda, a melhor parte dela era de pessoas de bom caráter que não sabiam a porcaria para a qual estavam colaborando, algumas percebendo e saindo para trabalhar contra. E por esta difusão do modo de raciocínio socialista, ele também existe entre os direitistas cristãos. Mas como os chavões deles são diferentes e eles também aceitam alguns chavões difundidos no público geral, eles podem nem perceber quando raciocinam como socialistas.

E eu não disse "direitistas cristãos com raciocínio socialista" só para dar impacto. Vou dar um exemplo que talvez esclareça aquela volta toda que eu dei: censura ao sexo em nome da proteção da família. O modelo de família que temos é um modelo cristão. Tudo que ataca a família cristã é contra o Cristianismo, mas nem tudo que ataca o Cristianismo é contra a família cristã. E mesmo que os socialistas planejem a destruição da família tradicional, isso não é um objetivo, é um meio. Uma sociedade sem a família cristã não pode ser uma sociedade cristã, mas pode não ser socialista (foi o caso de algumas sociedades antigas). Mas no Brasil, a única vez até hoje que eu vi oposição de alguém da direita à classificação indicativa, na época ainda um projeto, foi um deputado dizendo em um noticiário de televisão que o estado soviético (palavras dele) não podia decidir o que a filha dele de 12 anos poderia ver ou não. Na mosca! E no Canadá, relembro o caso, lideranças femininas cristãs chegaram ao ponto de se unirem à lesbonazista Gail Dines para censurar a pornografia na internet em nível nacional [1]. Censura estatal, cacete! E elas se uniram contra quem?

E enquanto eu ainda estava organizando as ideias para esse texto, eu li um caso no jornal Super Notícia: o Ministério Público de Minas Gerais se dá ao trabalho de abrir processo contra uma professora e a diretora de uma escola em Santa Luzia só porque mães de alunos deram queixa de um dever de casa com um "poema erótico" (eu achei só meio tosco, mas vá lá). Eu copiei os comentários, um deles meu. Alguns foram bons, mas vou destacar dois: "Aposto que a vice-diretora e a professora são petistas" e "Isso tem o dedo do pessoal de humanas da ufmg". Eu acredito nisso também. Sobre casos como este, eu escrevi em agosto "O Puritano-Feminismo episódio 17: mulheres tradicionais contra mulheres feministas e todas contra as mulheres licenciosas (ou: Leis de De Morgan aplicadas ao 'machismo' e Feminismo)" [2]. Mas será que esses comentaristas estão associando militância de esquerda a liberalidade sexual hétero? E as mães que reclamaram, são cristãs de direita? Quantas delas são lésbicas insuportáveis que os pais dos filhos largaram? Se a sexualização das crianças é obra do PT e o PT se apoderou do Judiciário, por que o Ministério Público estadual interveio se o governador (Fernando Pimentel) também é do PT? E onde entrou a militância esquerdista ou o sindicato dos professores dominado pela esquerda, fora o próprio PT que foi citado? Perceberam a falta de sequência?

A luta dos direitistas e dos cristãos honrados hoje, no Brasil e em vários outros países, não acaba em tirar socialistas notórios do governo formal. A derrota do Socialismo é o raciocínio íntegro e princípios morais sadios como padrões da vida social. Com isso, os socialistas vão sofrer vergonha pública automaticamente. Aliás, vejamos só o caso dos antifeministas para ver a mentalidade socialista: trazemos casos de ataques aos direitos dos homens em notícias de grandes jornais, mostramos o Manifesto SCUM propondo genocídio masculino na década de 60, e NÓS é que pregamos o ódio. Eu mesma comecei um trabalho humilde na internet na segunda metade da década de 2000 para mostrar um raciocínio normal de uma mocinha normal com algum bom caráter. E a minha vida sexual é mais normal do que os meus leitores pensam, hehehehe. E quando eu comecei, eu nem dava muita atenção ao Socialismo, só estava observando o cotidiano, em especial a pobreza de espírito do universo feminino. Depois que eu fui procurar mais gente de raciocínio normal pela internet que fui descobrir os que criariam o movimento da Real. Eu sempre me mostrei como ateia, anarquista, contra a família tradicional e defensora do pecado da carne. Mas nos grupos de direita e/ou de cristãos tradicionais, eu fui, aí sim, uma discordante de mentalidade normal em um debate honesto. Eu questionei o lesbianismo ou o Socialismo entre os meus "iguais", fui atacada. Aqui está o ponto. Eu e quase todos os ateus e anarquistas que eu encontrei temos algumas ideias declaradas em comum, mas nossos objetivos são opostos. Eu e os direitistas cristãos tradicionais que eu encontrei temos alguns objetivos em comum, como liberdade, embora eu discorde dos meios. E eu entrei na turma para somar o meu trabalho com o deles. Aí, o meu perfil do Facebook juntou os poucos ateus e agnósticos que eu conheci na década de 2000 que ainda me prezam, e eles conheceram os meus amigos cristãos tradicionais de direita, e estes conheceram os meus amigos que gostam de ver mulher pelada. E quase sem conflitos. Porque eu defendo o bem-viver, a honradez, a liberdade, a valorização dos homens que prestam e boas relações das mulheres com os homens (olha o duplo sentido!). E os meus amigos também.

NOTAS:

[1] Tradução em "O Puritano-Feminismo episódio 9: algumas mulheres conservadoras e evangélicas se unindo a feministas para censurar a pornografia (e o que mais?)". Versão sem putaria em http://avezdasmulheres.blog.com/2013/12/12/o-puritano-feminismo-episodio-9. Versão com putaria em http://avezdoshomens.blogspot.com/2013/12/o-puritano-feminismo-episodio-9-algumas.html.

[2] Versão sem putaria em http://avezdasmulheres.blog.com/2014/08/05/o-puritano-feminismo-episodio-17. Versão com putaria em http://avezdoshomens.blogspot.com/2014/08/o-puritano-feminismo-episodio-17.html.

Apêndice

Alunos de 10 anos recebem poema erótico como atividade escolar, Super Notícia, Belo Horizonte, 05/05/2015. Disponível em http://www.otempo.com.br/cidades/alunos-de-10-anos-recebem-poema-er%C3%B3tico-como-atividade-escolar-1.1033990.

EM SANTA LUZIA

Alunos de 10 anos recebem poema erótico como atividade escolar

A prefeitura disse à Comissão de Educação que a atividade foi intencional, mas pais de alunos disseram que a vice-diretora da escola contou que imprimiu o texto sem ler e passou para a turma

PUBLICADO EM 05/05/15 - 17h32

JULIANA BAETA

JHONNY CAZETTA

Escola

Vereador que repassou o caso à Comissão de Educação conta que a situação da escola também é precária

Durante uma aula na escola municipal Jaime Avelar de Lima na última semana, em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, os estudantes de cerca de 10 anos receberam um poema erótico como atividade escolar. O caso gerou repercussão entre os pais dos alunos e foi parar no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

No dia 28 de abril a vice-diretora da escola, substituindo a professora de português que havia faltado naquele dia, teria imprimido o poema "Ciuminho básico", que encontrou na internet e teria passado para os alunos. À mãe de um estudante, ela contou que não havia lido o texto antes de passar para a turma. Ninguém da direção da escola foi encontrado para comentar o caso.

"A gente viu essa poesia no material dos meninos. Perguntei ao meu filho onde ele tinha conseguido um poema daqueles e ele me disse que foi na escola. Juntei-me a outras mães vizinhas e, imediatamente, fomos até a escola e procuramos a diretora. A vice-diretora disse que estava lá também e que ela que tinha imprimido esse texto na internet e dado aos alunos. Ela disse que fez isso porque uma professora de português havia faltado. O que houve ali foi um absurdo, e mesmo assim a direção não fez nada a respeito", contou a diarista de 37 anos e mãe do aluno. Ela não será identificada.

FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Atividade
Poema que os alunos receberam (CLIQUE PARA AMPLIAR)

Como a escola não tomou nenhum providência na ocasião, os pais e mães de alunos enviaram um e-mail ao vereador Ailton Gomes, que mora no mesmo bairro da escola, o Bom Destino, com a atividade que os estudantes receberam.

"Passei a denúncia para a Comissão de Educação da Câmara dos Vereadores, que é formada por educadores. Eles estão analisando o caso. Mas a resposta que a prefeitura nos deu em relação a isso foi muito vaga e mostra que eles estão querendo responsabilizar os professores, e não a administração da escola, que é a culpada", explicou o vereador.

À reportagem, no entanto, a prefeitura informou, por meio de nota, que irá instaurar um processo administrativo disciplinar para apurar as responsabilidades do ocorrido e que não descarta a possibilidade de demissão da servidora responsável pela atividade ou seu afastamento provisório.

A assessoria do MPMG informou que a promotoria já está ciente do caso, que chegou ao órgão no dia último dia 30, e que as medidas que serão tomadas em relação ao ocorrido estão sendo analisadas.

Intencional

Diferente da resposta enviada à imprensa, o comunicado da prefeitura enviado à Comissão Permanente de Educação e Cultura da Câmara dos Vereadores nessa segunda-feira (4) reafirma a intenção em utilizar o poema na atividade.

No documento, a Comissão de Processo Administrativo da prefeitura colocou duas professores da escola como as mentoras da atividade.

FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Documento
Resposta da prefeitura à Comissão (CLIQUE PARA AMPLIAR)

Ainda no documento, o vereador Ailton Gomes, que fez a denúncia, é citado como cunhado de uma das professoras que estariam a frente do projeto. "Minha cunhada é concursada na escola e trabalha há anos na instituição, e ela me disse que nunca deu esse tipo de declaração que consta na carta. Parece que eles ficaram com raiva de mim por causa da denúncia e estão tentando responsabilizar as professoras pelo que aconteceu, quando na verdade, o problema é da direção da escola. E esse não é o único problema. A quadra está desativada porque os banheiros não funcionam, os alunos não podem fazer educação física, o telhado tem vazamentos e o local está infestado de pombos", comenta o vereador.

Comentários

Euclides Silva

Aposto que a vice-diretora e a professora são petistas...Brasil, Pátria Educadora!

6:57 PM May 05, 2015

Paul Henrique

Isso tem o dedo do pessoal de humanas da ufmg kkkkkkkkkkkkkk.............

7:25 PM May 05, 2015

Henrique Chateaubriand

Não sei nem o que é pior: se é a diretora, propositalmente, dar uma lástima dessas (que dizem ser um poema) para crianças discutirem, ou se é sua versão de que copiou da internet, não leu, e passou como atividade para os alunos. Tanto uma quanto a outra comprovam que é uma verdadeira desgraça a educação pública deste país.

8:51 PM May 05, 2015

Helen

Hummm até se fosse antigamente ... tudo bem ... mas hoje??? Tem criança mais sabida do que muitos adultos! Ao meu ver ... quem passa um texto para uma sala de aula deveria ler primeiro... parece que esse texto foi passado para encher linguiça... isso sim!

12:39 AM May 06, 2015

eder

Este poema deve ter sido a Dilma Rousseff que escreveu Sr Coxinha Euclides Silva... Vai pra Miame,eles adoram analfabetos políticos pra poder lavar pratos por lá, e analfabeto politico com ensino superior vc pode ser um pouco mais valorizado.O que vc esta fazendo por aqui, perdendo O Tempo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!?

2:16 AM May 06, 2015

cláudia celestino dos santos

Brasil!!!!

8:31 AM May 06, 2015

Doutor Gatão

O nome técnico disso é desídia funcional. Ou, trocando em miúdos, pouco caso. Má vontade. Bairro desfavorecido. Em todos os aspectos. Fomentar a educação vai muito além da construção de prédios meia boca e da investidura desse tipo de servidor arcaico e desinteressado. Retrato da educação brasileira. Só faltou algum aluno sacar um finco e espetar a docente para o circo se completar.

1:38 PM May 06, 2015

claudio junior

Se fosse no Paraná o Beto Richa ia chamar o tropa de choque para a professor. Deu sorte!!! É melhor ligar com os pais ou o ministério público que não bomba, cacete ou pitbull.

6:12 PM May 06, 2015

claudio junior

Alguém sabe por onde anda o will Smith? Os comentários dele eram muito engraçados. Volta Will Smith!!!

6:15 PM May 06, 2015

Abigail Pereira Aranha

Pessoal, eu já digo há anos que 1) o Cristianismo tradicional nunca foi impedimento para o marxismo e 2) o Socialismo e o Feminismo nunca defenderam a liberação (heteros)sexual. Vamos ver umas coisinhas: 1) De todos os adultos citados na matéria, só o vereador é homem. O Feminismo está de que lado? 2) Algumas das mães revoltadas, digo sem medo de errar, são mães solteiras de histórico duvidoso, e estão revoltadas contra um textinho mais tosco que "indecente". 3) O vereador disse que a escola tem mais problemas que um textinho de gosto duvidoso melindrando mocreias anorgásmicas. E ele tem razão. Se bobear, o caso inteiro é uma armação contra ele em particular. 4) Os nossos estudantes da educação básica estão entre os mais analfabetos do mundo. Por menos que isso na Educação, figurão perde cargo em países que querem ser sério. No Brasil, o MINISTÉRIO PÚBLICO só se mete em uma escola pra um chilique puritano. 5) E tem gente de direita achando bom essa intervenção estatal. Viva a sexualidade! Abaixo o lulopetismo e o Socialismo!

8:35 PM May 06, 2015

Texto original em português sem filmes de putaria no A Vez das Mulheres de Verdade: Abaixo o Socialismo, viva a liberdade e a prostituição, http://avezdasmulheres.blog.com/2015/05/07/abaixo-o-socialismo-viva-a-liberdade
Texto original em português com filmes de putaria no A Vez dos Homens que Prestam: Abaixo o Socialismo, viva a liberdade e a prostituição, http://avezdoshomens.blogspot.com/2015/05/abaixo-o-socialismo-viva-liberdade-e.html
Seção de sexo, safadeza, putaria, mulher pelada, pornografia
Sezione de sesso, libertinaggio, lussuria, donna nuda, pornografia
Section of sex, lust, licentiousness, naked woman, pornography
Sección de sexo, perrez, putaría, mujer desnuda, pornografía

Lisa Ann MILF gangbang with 4 bbc interracial

Lisa Ann gangbang interracial de coroa com 4 BBC (grandes paus pretos)

Lisa Ann Orgia interracial de madura con 4 BBC (grandes pollas negras)

Lisa Ann gangbang interrazziale di matura con 4 BBC (grandi cazzi neri)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook