sexta-feira, 13 de abril de 2018

Lula, Reinaldo Azevedo e insegurança jurídica

Abigail Pereira Aranha

Lula teve a condenação confirmada em 24 de janeiro no caso em que era acusado de ter um apartamento tríplex como pagamento de propina.[01] Reinaldo Azevedo comentou no programa "O É da Coisa", na rádio BandNews FM, do dia 26: "Como condenaram Lula sem prova, um ex-presidente da República, podem condenar qualquer um".[02] Reinaldo, vou explicar por que você está errado.

Eu vi uma falsificação do blogue do Silvio Koerich feita especificamente para ele ser denunciado ao Ministério Público, porque ele desmascarava o Feminismo e o universo feminino. O blogue falso tentava igualar o antifeminismo a desde violência contra mulheres e abuso sexual de crianças até tortura de animais. Esse blogue forjado teve a participação de gente da própria Presidência da República ou eles já sabiam que o blogue era forjado, no governo Dilma Rousseff. A pista é que a nota da Presidência da República errou a digitação de "blogspot", onde estava o blogue verdadeiro, mas não a de "silviokoerich". O verdadeiro Silvio Koerich só não foi preso porque não deu chance para isso.[03] Isso foi em 2011.

Eu vi o caso de uma adolescente que disse que foi estuprada por mais de 30 homens e só foi fazer o exame de corpo de delito quatro dias depois. O exame não deu nada e tiveram que afastar o delegado que investigava o caso, e que disse que o estupro não existiu, para sustentar a estória.[04] Logo depois, o Supremo Tribunal de Justiça decretou que a denúncia de estupro (denúncia de mulher contra homem) é prova de si mesma porque estupro não deixa marcas.[05] Isso foi em 2016.

Eu vi o Supremo Tribunal Federal dizer que o sistema de cotas para negros em universidades, que discrimina os negros em relação aos brancos, não viola o princípio constitucional da igualdade de todos diante da lei[06], o que não seria dito se as cotas fossem para brancos. Isso foi em 2012.

Eu vi uma decisão do Supremo Tribunal Federal que diz que quando o artigo 37 da Constituição diz que um funcionário público não pode ganhar mais que uma certa remuneração e tem dois cargos, isso significa que o funcionário público pode ganhar mais que esse limite desde que as duas remunerações sozinhas estejam dentro.[07] Isso foi em 2017.

Eu vi um presidente, Michel Temer, sofrer duas denúncias de impeachment cuja única prova era uma gravação vagabunda que um juiz teria obrigação legal de rejeitar na justiça comum.[08] Isso foi em 2017.

Eu vi o processo do Mensalão parado quando o senador Demóstenes Torres, opositor a Dilma Rousseff com honestidade reconhecida até por inimigos, foi cassado e condenado a 15 anos sem direitos políticos sob a acusação de participar de um esquema de corrupção, acusação do qual ele foi inocentado depois.[09] Isso foi em 2012.

Insegurança jurídica, Reinaldo, é um homem comum ir para o trabalho e não voltar pra casa porque esbarrou em uma mulher no ônibus e descobriu que estupro não exige contato físico.[10] Insegurança jurídica é um homem ser atacado por uma mulher bêbada e, dando uma cotovelada nela, ele ser acusado de tentativa de homicídio qualificado.[11] Insegurança jurídica é você mostrar o vídeo de u'a manifestação pedindo o fim da polícia militar a pretexto do assassinato de uma lésbica esquerdopata[12] e VOCÊ receber um processo (e o Judiciário atender).[13] Insegurança jurídica é você homem não deixar o namorado da sua enteada adolescente dormir na sua casa e passar cinco meses preso acusado de ter estuprado a menina.[14] Mas não vou encerrar aqui dizendo que, em resumo, já estamos em instabilidade legal. Também não vou encerrar com o comentário do Pedro Tenvia no seu próprio blogue[15]:

Caro Reinaldo, quando os ilustríssimos ministros do STF, começaram a julgar coisas até banais, como a discriminação positiva, para facilitar o acesso aos negros nas faculdades, e quando começaram a julgar que casamento gay tinha respaldo constitucional, bem como a limitação do financiamento de campanhas políticas, decisões todas que afrontavam a constituição, mas que se baseavam em supostos e vagos princípios de direito, todos nós aplaudimos, e eles foram em frente, agora o caminhão está sem freios, e será um Deus nos acuda.

Saindo um pouco do assunto, Reinaldo, por que você ataca incondicionalmente Jair Bolsonaro, contra quem nem os inimigos acharam acusação digna de nota, mas não tem vergonha de dizer que tem apenas divergências, mas consegue ter debate civilizado, com o colega na Band News FM e criminoso Ricardo Boechat? Sim, que é de conhecimento público, ele cometeu dois crimes: apologia ao crime na morte do cinegrafista Santiago Andrade[16] e insulto a religião contra o pastor Silas Malafaia[17]. E Rachel Sheherazade, com quem Ricardo Boechat não se dava bem, sofreu represálias do Ministério Público a pretexto de ela defender a violência contra adolescentes.[18] Por que contra Jair Bolsonaro, Reinaldo, você chegou a fazer coro à intriga dos lulopetistas de que ele fez "apologia ao estupro", mesmo ao preço de sacrificar a amizade de Olavo de Carvalho?[19] E isso justamente quando ele tentou avisá-lo de que "se aceitamos esse tipo de manipulação da linguagem e ainda queremos fazer dele a base para uma condenação judicial, então fica difícil criticar o mesmo expediente quando usado pelos petistas".

Mas Lula foi vítima de arbitrariedade jurídica? Foi. Parte da mesma bagunça que o deixou solto até ali.

Explico melhor: o erro não tem lado. A instabilidade não tem tendência. Para uma coisa certa dentro de um sistema, o padrão é um ou alguns poucos. As formas erradas são inumeráveis. A única coisa que as formas erradas não são, com certeza, é as formas certas. Um sistema estável também só tem um padrão ou alguns poucos. As formas de sair da estabilidade também são inumeráveis, mas para as partes. Para o conjunto ser instável, as possibilidades são limitadas, são aquelas inumeráveis menos as que vão desfazer o conjunto e as que o próprio funcionamento normal pode levar ao equilíbrio. O problema da corrupção não é que ela seja um erro ou uma instabilidade, é que ela é um acerto e uma estabilidade em uma direção diferente da que o sistema deveria ter. Um esquema de corrupção pode usar arbitrariedades, insubordinações e absurdos, mas a coleção dessas coisas isoladas não é a corrupção. A corrupção é um desvio sistêmico do funcionamento normal, formando ele mesmo um sistema com funcionamento diferente. O que pode fazer uma corrupção cair é exatamente que ela, em relação à estabilidade, é um erro ou uma instabilidade, daí o funcionamento normal freia o funcionamento corrompido; ou, ao contrário, a corrupção sobrepujou o sistema normal e cai sob si mesma ou sob outro esquema de corrupção. Aliás, do jeito que quase todos os brasileiros falam de corrupção, até o dizer "Fulano roubou" mostra que a pessoa não sabe minimamente de Administração Pública, como se desviar dinheiro público fosse igual a roubar um produto numa loja ou a balconista tirar dinheiro do caixa quando o dono ainda não chegou. Pra fazer um desvio de verbas numa prefeitura de cidade pequena, o orçamento da secretaria é aprovado pela Câmara Municipal, a pessoa tem que dar e receber documentação do que entrou e do que saiu, tem que mostrar o que foi feito com o dinheiro, tem que se preocupar com subordinado ou superior denunciar, etc. Sem uma corrupção de todo o caminho onde esse dinheiro vai passar, na primeira vez é só um processo administrativo e acabou.

Lula não foi condenado pelo Mensalão. Nem condenado nem absolvido. Para não discutirmos isso, tivemos Demóstenes Torres, Michel Temer e outros feitos de bodes expiatórios. A prisão do Lula não foi uma prisão preventiva. Essa, pelo processo errado, ficou sendo.

O mesmo desvio do sistema judiciário que prendeu Lula deu a Dilma Rousseff um impeachment com direitos políticos. O mesmo desvio do sistema judiciário deu a Lula uma acomodação melhor que a dos presos da Operação Lava Jato. É, para o Lula foi uma acomodação, é a adaptação de um antigo dormitório para policiais no último andar do prédio.[20] Por sinal, ele está em melhor condição que, por exemplo, o empresário Léo Pinheiro, preso na custódia, e foi ele quem disse que o tal apartamento era pagamento de propina. Eu não estou dizendo que Lula merece coisa pior (ele merece), mas ele pagar por um crime que não cometeu, e é o que parece que está acontecendo, é o preço de não ter sido punido da forma certa pelos crimes certos. Lula não vai ter sequer a honra ou o favor de ser assassinado, como Marielle Franco teve há cerca de um mês. Pessoas que sabem demais sobre "a corrupção" já não são bandidos ou testemunhas-chave do esquema, são pessoas como nós, às vezes lendo matérias especiais dos veículos tradicionais. Não digo que não temos a quem denunciar, mas o próprio esquema a ser denunciado absorveu o funcionamento normal da vida nacional. É por isso que entre os presos da Operação Lava Jato estão alguns dos maiores empresários do país (vejamos que o nome do esquema de corrupção, Petrolão, já sumiu das notícias). Já chegamos ao ponto em que é o Diabo quem escreve certo por linhas tortas.

Bom, em alguns aspectos, também é regra entre os conservadores gostar de leis loucas ou bagunça jurídica. A diferença entre eles e a esquerda é que a esquerda estava no controle e usou o que os conservadores disseram, fizeram ou aplaudiram contra eles mesmos. Nós já tivemos em 2015 duas crianças proibidas pelo Judiciário de apresentar um programa infantil, o Bom Dia e Companhia do SBT, que já era classificado como impróprio para menores de 10 anos.[21] Consequência de uma legislação em nome da proteção das crianças e adolescentes. Depois, os conservadores brasileiros tiveram de lutar para que a Ideologia de Gênero não fosse ensinada nas escolas e perderam a luta para aprovar o projeto de lei da Escola Sem Partido. Agora, um rapaz de 13 anos não pode ver seios nus em um filme por causa da classificação indicativa, mas pode dizer que é gay ou mulher sem que os pais possam protestar; um empresário não precisa se incomodar em demitir uma funcionária que tem fotos "íntimas" circulando no WhatsApp, mas não pode demitir ou recusar a contratação de uma lésbica sem se preocupar com homofobia; e um rapaz com uma namorada de 13 anos pode ser preso por estupro enquanto, conforme a cidade, não pode reclamar quando vê dois gays ou duas lésbicas se beijando na rua. A questão que eu lembro aqui é que os conservadores não pareceram diferentes do pior da esquerda (esquerdistas como o ativista LGBT Jean Wyllys diriam que os esquerdistas é que se parecem com os conservadores) quando o assunto é a educação sexual das filhas, a vida sexual da empregada, o acesso a conteúdo adulto do vizinho. Agora não temos muitos políticos conservadores parecendo a voz da sensatez, da ética e da coerência na redação e na aplicação das leis. Quando os conservadores, inclusive os políticos, falam de justiça, a regra geral é pregar a prisão de um esquerdista, a proibição de mulheres em poses sensuais na televisão ou a morte de tarados. Como em vários outros aspectos, os conservadores aqui ficaram na insignificância e no opróbio até que a esquerda pareceu ainda mais louca.

Então, nós não temos um risco de absurdos judiciais acontecerem contra qualquer cidadão porque aconteceram contra Lula; era ele, esse tempo todo, que teve o risco de acontecer com ele o que aconteceu ou podia ter acontecido contra qualquer um.

NOTAS:

[01] "Tribunal confirma condenação de Lula no caso tríplex", Folha de São Paulo, 24 de janeiro de 2018, https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/01/1952994-tribunal-confirma-condenacao-de-lula-no-caso-triplex.shtml.

[02] "O É da Coisa, com Reinaldo Azevedo - 26/01/2018", Rádio BandNews FM, https://www.youtube.com/watch?v=lkQzzX2Bw_Q, 14:40 a 14:44.

[03] "As mulheres odeiam ser criticadas 5: minha carta para a Polícia Federal sobre o Sílvio Denorex", A Vez das Mulheres de Verdade, 27 de janeiro de 2012, http://avezdasmulheres.blogspot.com/2012/01/as-mulheres-odeiam-ser-criticadas-5.html.

[04] "'Minha convicção é de que houve estupro', diz delegada sobre denúncia de jovem", Extra, 30 de maio de 2016, https://extra.globo.com/casos-de-policia/minha-conviccao-de-que-houve-estupro-diz-delegada-sobre-denuncia-de-jovem-19400689.html.

[05]

Superior Tribunal de Justiça (STJ)

31 de maio de 2016 às 19:58

O STJ já decidiu que, em se tratando de delitos sexuais, a palavra da vítima tem alto valor probatório, considerando que crimes dessa natureza geralmente não deixam vestígios e, em regra, tampouco contam com testemunhas.

Não se cale, denuncie! Disque 180.

Para ver outras decisões do STJ sobre Valor Probatório da Palavra da Vítima acesse o tema em nossa Pesquisa Pronta: http://ow.ly/ZTR5300Moyr

#PraCegoVer : foto de uma mulher falando com um megafone e o texto acima "ESTUPRO. Palavra da vítima vale como prova em crimes contra liberdade sexual".

https://www.facebook.com/stjnoticias/photos/a.10150813555331852.397476.122690696851/10153471769581852

[06] "Supremo decide que cotas raciais são constitucionais", Consultor Jurídico, 26 de abril de 2012, https://www.conjur.com.br/2012-abr-26/supremo-tribunal-federal-decide-cotas-raciais-sao-constitucionais.

[07] "Teto constitucional incide em cada cargo nos casos em que é permitida a acumulação, decide STF", Notícias STF, 27 de abril de 2017, http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=341877.

[08] "Perícia aponta mais de 50 cortes em áudio Joesley-Temer. É o fim!", Reinaldo Azevedo, Veja, 19 de maio de 2017, http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/pericia-aponta-mais-de-50-cortes-em-audio-joesley-temer-e-o-fim.

[09] "STF anula provas contra ex-senador Demóstenes Torres", Veja, 25 de outubro de 2016, http://veja.abril.com.br/brasil/stf-anula-provas-contra-ex-senador-demostenes-torres.

[10] "Estupro de vulnerável não exige contato físico entre agressor e vítima", Consultor Jurídico, 04 de agosto de 2016, http://www.conjur.com.br/2016-ago-04/estupro-vulneravel-nao-exige-contato-entre-agressor-vitima.

[11] "Desacato a autoridade de gênero: homem é condenado por dar uma cotovelada em uma mulher alcoolizada (e a insanidade jornalística no caso)", A Vez das Mulheres de Verdade, 19 de agosto de 2015, http://avezdasmulheres.blogspot.com/2015/08/desacato-autoridade-de-genero-homem-e.html.

[12] "Marielle Franco virou palanque politico", Etnia Brasileira por Lívia Zaruty, 16 de março de 2018, https://www.youtube.com/watch?v=3vSO0O7e5HE, 03:30 a 04:13.

[13]"A censura chegou no brasil - fui processada? (caso Marielle)", Etnia Brasileira por Lívia Zaruty, 25 de março de 2018, https://www.youtube.com/watch?v=crunueXrhIg.

[14] "Falsa denúncia deixa homem inocente preso cinco meses por erro de julgamento da ju...menta da denunciante", A Vez das Mulheres de Verdade, 04 de maio de 2013, http://avezdasmulheres.blogspot.com/2013/05/falsa-denuncia-deixa-homem-inocente.html.

[15] Comentário em "Em que país a Constituição corre o risco de de ser declarada… bem, inconstitucional??? Engenheiros constitucionais em ação!!!", Reinaldo Azevedo, 10 de abril de 2018, http://www3.redetv.uol.com.br/blog/reinaldo/em-que-pais-a-constituicao-corre-o-risco-de-de-ser-declarada-bem-inconstitucional-engenheiros-constitucional-estao-em-acao/?fb_comment_id=1627065184048737_1627143200707602.

[16] "Os 'pensadores' que deveriam ir ao velório do cinegrafista da Band, a carta de sua filha e as declarações da viúva", Felipe Moura Brasil, 16 de fevereiro de 2017, https://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/os-8220-pensadores-8221-que-deveriam-ir-ao-velorio-do-cinegrafista-da-band-a-carta-de-sua-filha-e-as-declaracoes-da-viuva.

[17]


O pastor Silas Malafaia, uma figura que dispensa maiores apresentações, acabou de colocar no Twitter dele um desafio pra debater comigo ao vivo, pra eu parar de falar asneiras no programa de rádio, "sozinho é mole, deixa de ser falastrão, não incite o ódio". "Avisa ao jornalista Boechat que está falando asneira, dizendo que pastores incitam os fiéis a praticar intolerância. Verdadeiro idiota". Ô, Malafaia, vai procurar uma rola, vai. Não me enche o saco. Você é um idiota, um paspalhão, um pilantra, tomador de grana de fiel, explorador da fé alheia, e agora vai querer me processar pelo que acabei de falar. Que é que você faz? Você gosta muito é de palanque. Eu não vou te dar palanque porque tu é um otário, tu é um paspalhão. O que eu falei e repito, e não vou participar de debate com você porque eu não vou te dar confiança, é o seguinte: que é no âmbito de igrejas neopentecostais que estão acontecendo atos de incitação à intolerância religiosa. Mais do que em outros ambientes. Em nenhum momento, em nenhum momento, é pegar as minhas falas que estão todas gravadas, eu disse qualquer coisa que generalizasse esse comentário, qualquer coisa. Até porque, diferente de você, não sou um idiota. Então você é homofóbico, você é uma figura execrável, horrorosa, e que toma dinheiro das pessoas a partir da fé. Você é rico. Eu não sou rico porque tomei dinheiro das pessoas pregando salvação depois da morte. O meu salário, os meus bens, o meu patrimônio veio do meu suor, não veio do suor alheio. Você é um charlatão, cara, que usa o nome de Deus, de Cristo, pra tomar dinheiro de fiéis. Você é tomador de grana, você e muitos outros. Tenho medo de você não, seu otário. Vai procurar uma rola, repetindo em português bem claro.

(https://www.youtube.com/watch?v=Dq3PvGnmS9A&t=2m30s. Transcrição de 22 de junho de 2015)

[18] "Ministério Público pede indenização do SBT por comentário de Rachel Sheherazade", Pragmatismo Político, 08 de junho de 2017, https://www.pragmatismopolitico.com.br/2017/06/ministerio-publico-indenizacao-sbt-rachel-sheherazade.html.

[19] Olavo de Carvalho, 16 de dezembro de 2014, https://www.facebook.com/carvalho.olavo/photos/a.275188992633182.1073741828.275181425967272/417831648368915. Também no blogue O Retrógrado em http://www.oretrogrado.com.br/2016/06/22/olavo-escreve-para-reinaldo-azevedo-em-defesa-de-bolsonaro.

[20] "Sala onde Lula ficará na PF em Curitiba não tem grades na porta", G1, 06 de abril de 2018, http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2018/04/sala-onde-lula-ficara-na-pf-em-curitiba-nao-tem-grades-na-porta.html.

[21] "Justiça proíbe crianças no comando do 'Bom dia e Cia', do SBT", Ego, 15 de julho de 2015, http://ego.globo.com/televisao/noticia/2015/07/justica-proibe-criancas-de-apresentarem-programa-infantil.html.

segunda-feira, 26 de março de 2018

O estranho caso de Juliano Vieira Pimentel de Souza

Abigail Pereira Aranha

Quem é o homem que confessou ter matado Naiara em Caxias do Sul

Homem também confessou outro estupro ocorrido em outubro do ano passado

24/03/2018 | 12h34 Atualizada em 24/03/2018 | 13h37


Quem é o homem que confessou ter matado Naiara em Caxias do Sul reprodução/Facebook

Juliano Vieira Pimentel raptou Naiara Soares Gomes no dia 9 enquanto ela caminhava em direção à escola

Foto: reprodução / Facebook

Lizie AntonelloLizie Antonello

lizie.antonello@pioneiro.com

Juliano Vieira Pimentel, 31 anos, preso na tarde da última quarta-feira e que confessou ter raptado, estuprado e matado Naiara Soares Gomes, 7 anos, que estava desaparecida desde o dia 9 deste mês em Caxias do Sul, é natural de Vacaria, mas morava já há anos em Caxias. Há cerca de seis meses mudou-se com a mulher para uma casa alugada no bairro Serrano - dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Na garagem, guardava o carro comprado recentemente: um Palio branco, que norteou toda a investigação da Polícia Civil sobre o caso.

O aluguel no novo endereço foi tratado direto com os donos, "de boca" (sem contrato), e os R$ 400 sempre foram pagos rigorosamente em dia. Segundo a polícia, mantinha o mesmo emprego de operador de máquinas desde 2013, com conduta profissional irrepreensível.

— Era uma pessoa que tinha uma vida muito regrada no tocante ao trabalho, excelente servidor na empresa em que trabalhava. Desde 2013 trabalhava nesta empresa. Só a criminologia pode explicar o porquê dele pegar as meninas. São dois casos, mas não descartamos outros — disse o delegado regional da Polícia Civil, Paulo Roberto Rosa da Silva.

À época do sumiço de Naiara, ele trabalhava das 17h às 2h. Na semana seguinte, conseguiu transferência para o turno diurno.

Sem suspeitas também era a vida dele em casa com a mulher e na comunidade — eles não têm filhos. Vizinhos relataram que era "uma pessoa trabalhadora".

— Nós ficamos apavorados. Estamos até agora. Nunca desconfiamos. Ele não demonstrava — disse uma moradora.

Ninguém percebeu movimento de crianças na casa onde ele mora. Tanto que crianças pequenas, filhos de vizinhos, frequentavam a moradia.

— Eu ia na casa com minha netinha conversar com a mulher, que gosta muito de criança. Até agora (quarta-feira), a gente não acredita — contou uma moradora da redondeza.

— Aparentemente, pessoa boa. Não via nele nada de diferente, que fosse maldoso. Mas, começa a passar um monte de coisa pela cabeça... que poderia ser minha filha. A gente não pode, realmente, confiar em ninguém — acrescentou uma vizinha que tem duas filhas, uma de oito e outra de um ano.

O proprietário de um estabelecimento próximo, do qual Pimentel era cliente, também afirma desconhecer detalhes sobre a vida dele. Ainda assim, comenta que pessoas que pegavam ônibus com o homem para ir ao trabalho passaram a suspeitar do seu comportamento nas últimas semanas.

— Ele vinha aqui (no estabelecimento), mas nunca entrou em detalhes sobre a própria vida. Parecia uma pessoa tranquila. Mas os caras que pegavam o ônibus com ele me contaram que ele estava agindo de um modo muito estranho e tinha até pedido para ser transferido de turno — relata.

Para os demais vizinhos, prevalecia o tom de surpresa, embora todos os abordados pela reportagem assegurassem pouco saber sobre a intimidade do autor confesso.

— Era bem discreto. Só víamos saindo ou chegando em casa ou fazendo trabalhinhos no próprio terreno, como cortar a grama. É chocante. Não imaginamos que uma pessoa dessas possa estar na porta ao lado — ressaltou outro empresário das imediações que preferiu não se identificar.

A mulher de Pimentel mudou para outro local e a casa onde morava o casal foi desmanchada por iniciativa dos donos na última sexta-feira. A polícia disse, à reportagem, que o imóvel havia sido liberado depois do levantamento feito ainda no dia da prisão. Em depoimento, a mulher falou que desconhecia os crimes confessados pelo marido.

Inicialmente, Pimentel foi levado para o Presídio Regional de Caxias, mas foi transferido no dia seguinte para uma outra penitenciária do Estado.

Segundo o delegado que conduz o caso, Caio Márcio Fernandes, "a ideia é fechar o inquérito anterior" sobre o abuso que ele confessou ter cometido em outubro do ano passado contra uma menina que à época tinha oito anos. 

— Mas, possivelmente, num prazo não muito distante um do outro, concluiremos também o da Naiara — disse o delegado. 

Ao concluir o primeiro procedimento, a polícia pedirá a prisão preventiva, o que deve garantir que ele fique preso até o julgamento.

Pimentel deve ser indiciado por estupro de vulnerável, homicídio qualificado (as qualificadoras ainda serão determinadas conforme a causa da morte) e ocultação de cadáver. A pena é aumentada por se tratar de vítima criança.

Após o caso de 2017, o Instituto-Geral de Perícias fez um retrato falado do suspeito com base na descrição da vítima. Porém, não houve denúncias a partir da divulgação, mesmo Pimentel tendo uma característica física peculiar, o estrabismo.




Após caso registrado em outubro, polícia divulgou retrato falado do então suspeito

Foto: Instituto Geral de Perícias / Divulgação

"Quem é o homem que confessou ter matado Naiara em Caxias do Sul", Pioneiro, 24 de março de 2018, http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/geral/policia/noticia/2018/03/quem-e-o-homem-que-confessou-ter-matado-naiara-em-caxias-do-sul-10198286.html.

As coisas estranhas

1) Que o rapto da Naiara tenha acontecido justo no dia em que o primo dela só a acompanhou até o meio do trajeto, vá lá. Mas como tudo isso aconteceu justo num ponto cego de câmeras de segurança?[01] E por que as testemunhas mencionaram não uma pessoa, mas um carro?[02] "A suspeita sobre o carro branco surgiu no relato de duas testemunhas, que apontaram ter visto a menina próximo a um veículo com estas características na Rua Júlio Calegari."

2) Seis dias antes, uma prima e uma tia da Naiara deram entrevista ao mesmo Pioneiro parecendo que não faziam a menor ideia de o que aconteceu.[03] Quatro dias depois, segundo matéria da StudioFM (quando o acusado já estava preso), "o homem atuava como um predador e ia para as ruas premeditado a raptar crianças. Seu alvos prediletos eram meninas de menos 10 anos que seguiam sozinhas para a escola."[04] Havia um tarado à solta e ninguém disse nada? E por que ele só foi acusado deste e de um outro caso de abuso sexual de criança?

3) Como a polícia foi de uma menção a um carro branco para o culpado confessando o crime em três dias?[05] "'Em cima de um detalhe que ele [carro] tem no lado direito, na parte traseira, e no vidro traseiro também. Assim chegamos a um determinado veículo. Quem é o proprietário? Coincidiu com esse cidadão', explicou o delegado regional Paulo Roberto Rosa da Silva."

4) Matéria do G1 do dia 21 às 22:32, atualizada no dia 22 às 10:23: "'O corpo dela estava em um banhado, no mato, já em estado de decomposição', relata o delegado. Não havia sinais de violência."[06] Matéria da Rádio Caxias, dia 22 às 12:20: "O depoimento prestado pelo suspeito, Juliano Vieira Pimentel de Souza, 31 anos, na noite de ontem, revelou com detalhes como a menina foi morta. (...). Com facilidade, ele estuprou a criança, que mesmo semiconsciente reagiu e tentou gritar, mas imediatamente foi contida por uma camiseta sendo colocada sobre a boca, enquanto seguia a prática sexual. Nos momentos seguintes percebeu que a menina respirava com dificuldades, e que o corpo estava mole."[07]

5) "Ninguém percebeu movimento de crianças na casa onde ele mora. Tanto que crianças pequenas, filhos de vizinhos, frequentavam a moradia". Na mesma casa onde aconteceu o crime.

6) De acordo com o portal LEOUVE, "ele teria aproveitado uma viagem da companheira e da filha para abusar sexualmente de Nayara, na casa da família".[08] De acordo com a Rádio Caxias, "na manhã do desaparecimento de Naiara, ele teria levado a esposa e a filha para um culto religioso, no bairro Esplanada e encontrado a menina na rua, quando fez a abordagem à vitima".[09] E as duas matérias são do mesmo dia, 21.

7) "Casa onde morava autor confesso de estuprar e matar Naiara é demolida em Caxias do Sul".[10] De acordo com matéria do Pioneiro do dia 23, "a iniciativa de demolir partiu dos donos do imóvel, que haviam alugado a casa para o investigado há cerca de seis meses. Desde que o homem foi preso, circulam ameaças em redes sociais para incendiar o imóvel." Mas no dia anterior, não tinha sido só ameaça, a casa já havia sido incendiada.[11]

8) Pesquisa via Google Maps: da rua Armindo Luiz Rech, no bairro Serrano, onde morava o acusado, até a rua Júlio Calegari, no bairro Esplanada, de onde a menina desapareceu, são 15 ou 16 km; da rua Armindo Luiz Rech até a represa do Faxinal, onde o corpo foi encontrado, são uns 10 km; da rua Júlio Calegari até a represa do Faxinal são uns 25 km. Com quase duas semanas do desaparecimento, o acusado aparece do nada confessando o crime e mostrando onde está o corpo, num lugar onde não seria achado tão cedo e já com a polícia atrás dele (o acusado).

Antes de fazer os meus comentários, eu vou copiar o comentário que eu fiz no vídeo "Teste para detectar possíveis pedófilos nas ruas do Brasil causa polêmica", Jornal Folha do Povo, 08 de janeiro de 2016[12]:


O legal é que, sem ter visto esse vídeo, eu publiquei um texto sobre o assunto NO MESMO DIA: "Seis e dezesseis", https://avezdasmulheres.blogspot.com/2016/01/seis-e-dezesseis-ou-direita-crista.html O problema começa com a confusão de pedofilia com sexo com adolescente. Se a "adolescente de 13 anos" tivesse aceitado as propostas, ela seria biologicamente capaz de ir em frente.

Ah, e já houve um caso de um rapaz que tinha uma namorada de 13 anos que foi condenado por estupro (contra a namorada), só por ela ser menor de 14.[13] Até onde vocês vão protegendo as suas filhas adolescentes da heterossexualidade masculina que vocês acham ofensiva PRA VOCÊS MESMOS?

Nos Estados Unidos, a atriz podia ser uma policial se passando por prostituta para PRENDER homens que procuram uma prostituta ADULTA. Enquanto isso, Donald Trump tem de se explicar por ter cometido adultério com uma atriz pornô e uma coelhinha da Playboy.[14]

Agora, de volta ao caso Juliano. Eu já escrevi em junho de 2015: "Esqueça a pedofilia, o perigo é outro".[15] Prefiro não tentar resumir aqui o que eu disse nesse texto ou no "Seis e dezesseis", que eu citei há pouco. Só adianto que interesse sexual por crianças é inverossímil (lá eu explico por que, a conversa é longa). E como se eu já não tivesse visto casos de falsas denúncias de sexo com crianças acabando em agressões, prisões arbitrárias ou morte, e casos estes contados na imprensa tradicional, eu vi este caso e já me soou meio mal contada a história.

A paranoia do estupro (de mulher por homem), a demonização do estupro (de mulher por homem) e o incentivo prático das falsas denúncias de estupro (de mulher contra homem) são um ataque ao homem mediano (não, lésbica imbecil, praticar a heterossexualidade não é ser estuprador nem vice-versa). O combate à pedofilia, incluindo a confusão do próprio conceito da pedofilia, é outro ataque. Sexo de homens adultos com meninas de 12 ou 13 anos não é pedofilia, é sexo com adolescente, idade em que muitas mulheres estavam casadas há uns 100 anos atrás. Se a lei não sabe a diferença entre comer uma menina de 13 anos e uma de 7, a lei é confusa, o que não transforma a burrice em algo respeitável. A criminalização do sexo de homens com meninas adolescentes tem a mesma raiz da criminalização do sexo como um todo. E a publicidade de casos reais, suspeitos, imaginados ou inventados de sexo de homens com crianças já não é a demonização do sexo, é a demonização do homem. Não é por acaso que a Liga Cristã Juvenil Antissexo tagarela que a pornografia leva à pedofilia e ao abuso sexual de crianças (veja bem, são duas coisas diferentes). Também não é por acaso que casos reais, suspeitos, imaginados ou inventados de abusos sexuais de crianças por mulheres são proporcionalmente muito menos divulgados. Se isso te parece estranho, eu te chamo a voltar àquela matéria do início do texto: por que a autora descreve o suposto estuprador de uma criança como um homem comum? Não digo que ela tenha feito isso por ser uma lesbofeminista, mas, na melhor das hipóteses, porque realmente acredita que o homem comum que ela descreve pode estuprar uma criança de 7 anos, uma adolescente de 13, uma adolescente de 17 ou uma mulher adulta, desde que ele não seja gay.

E por que um conservador dificilmente vai fazer essa análise que eu fiz ou sequer ler o que eu disse? Porque o homem conservador não é um homem, é um protetor de mulheres e crianças. O papel dele, pelos valores conservadores, é defender mulheres e crianças (não necessariamente esposa, mãe, irmã e filhos), estar atento a qualquer suposta ameaça como um cachorro quando vê uma pessoa diferente na casa dos donos. Na Bíblia, uma mulher briga por Deus, pelo povo de Deus, pelo marido ou pelo filho; um homem pode brigar para defender uma mulher estranha, como Daniel fez por Suzana em Daniel 13, ou porque uma mulher estranha foi estuprada, como 11 tribos de Israel guerrearam contra uma em Juízes 20. O problema aqui é que os próprios homens desumanizam outros homens pela simples acusação de sexo ou tentativa de sexo com uma mulher, como aconteceu com José quando foi acusado de tentativa de estupro pela mulher de Potifar. Em vez de uma mulher, pode ser uma criança.

Mas esse caso (o caso Juliano, não o caso Naiara) me cheira a mistura de Héberson Lima de Oliveira com Irmãos Naves. Se o Juliano for inocente e foi obrigado a confessar o crime, e se a esquerda pegar o caso, será uma vergonha para a turma do "bandido bom é bandido morto".

NOTAS:

[01] "Polícia investiga se menina desaparecida em Caxias do Sul foi levada por carro branco", G1, 13 de março de 2018, https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/policia-investiga-se-menina-desaparecida-em-caxias-do-sul-foi-levada-por-carro-branco.ghtml.

[02] "Polícia relaciona carro branco com o desaparecimento de menina em Caxias", Gaúcha ZH, 13 de março de 2018, https://gauchazh.clicrbs.com.br/seguranca/noticia/2018/03/policia-relaciona-carro-branco-com-o-desaparecimento-de-menina-em-caxias-cjeq2nb3i01co01p48lfkej8w.html.

[03] "'Fazemos as buscas no mato esperando não encontrá-la', afirma prima de menina desaparecida em Caxias", Pioneiro, 18 de março de 2018, http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/geral/policia/noticia/2018/03/fazemos-as-buscas-no-mato-esperando-nao-encontra-la-afirma-prima-de-menina-desaparecida-em-caxias-10193006.html.

[04] "Saiba como foi o depoimento colido do acusado de ter raptado, estuprado e matado menina Naiara", StudioFM, 22 de março de 2018, https://www.studio.fm.br/2018/03/saiba-como-foi-o-depoimento-colido-do-acusado-de-ter-raptado-estuprado-e-matado-menina-naiara.

[05] "Polícia encontra corpo de menina de 7 anos desaparecida e prende suspeito em Caxias do Sul", G1, 21 de março de 2018, https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/policia-encontra-corpo-de-menina-de-7-anos-desaparecida-e-prende-suspeito-em-caxias-do-sul.ghtml.

[06] "Grupo pede justiça após corpo de Naiara ser encontrado em Caxias do Sul", G1, 21 de março de 2018 22:32, atualizado 22 de março de 2018 10:23, https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/grupo-pede-justica-apos-corpo-de-naiara-ser-encontrado-em-caxias-do-sul.ghtml.

[07] "Caso Naiara: autor confessa com detalhes como matou a menina no mesmo dia do desaparecimento", Rádio Caxias, 22 de março de 2018, http://www.radiocaxias.com.br/portal/noticias/caso-naiara-autor-confessa-com-detalhes-como-matou-a-menina-no-mesmo-dia-do-desaparecimento-86770.

[08] "Suspeito de matar e ocultar corpo da menina Nayara é identificado", LEOUVE, 21 de março de 2018, http://leouve.com.br/suspeito-de-matar-e-ocultar-corpo-da-menina-nayara-e-identificado.

[09] "Força-tarefa da Polícia Civil esclarece desaparecimento da menina Naiara Gomes", Rádio Caxias, 21 de março de 2018, http://www.radiocaxias.com.br/portal/noticias/forcatarefa-da-policia-civil-esclarece-desaparecimento-da-menina-naiara-gomes-86742.

[10] "Casa onde morava autor confesso de estuprar e matar Naiara é demolida em Caxias do Sul", Pioneiro, 23 de março de 2018, http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2018/03/casa-onde-morava-autor-confesso-de-estuprar-e-matar-naiara-e-demolida-em-caxias-do-sul-10197458.html.

[11] "Casa de suspeito da morte de Naiara Gomes é alvo de tentativa de incêndio", Rádio Caxias, 22 de março de 2018, http://www.radiocaxias.com.br/portal/noticias/casa-de-suspeito-da-morte-de-nayara-gomes-e-incendiada-86751.

[12] https://www.youtube.com/watch?v=1ZOA1uvMkGE&lc=UgwH2c8tXWqIKJbkSiN4AaABAg

[13] "Por estupro de namorada de 13 anos, jovem é condenado a 8 anos de prisão", Midiamax, 05 de setembro de 2017, https://www.midiamax.com.br/por-estupro-de-namorada-de-13-anos-jovem-e-condenado-a-8-anos-de-prisao.

[14] "Ex-modelo da Playboy vai à Justiça para falar sobre caso com Trump", Notícias ao Minuto Brasil, 20 de março de 2018, https://www.noticiasaominuto.com.br/mundo/566014/ex-modelo-da-playboy-vai-a-justica-para-falar-sobre-caso-com-trump.

[15] "Esqueça a pedofilia, o perigo é outro", 08 de junho de 2015, A Vez das Mulheres de Verdade, http://avezdasmulheres.blogspot.com/2015/06/esqueca-pedofilia-o-perigo-e-outro.html; e A Vez dos Homens que Prestam, https://avezdoshomens.blogspot.com/2015/06/esqueca-pedofilia-o-perigo-e-outro.html.

sábado, 24 de março de 2018

O Puritano-Feminismo episódio 36 (ou: Seu corpo, minhas leis episódio 6): a nova Lara Croft, versão feminista (bônus com Danuza Leão e Ludmila Lins Grilo comentando o funeral do Globo de Ouro)

Abigail Pereira Aranha

Diário filosófico da Abigail P. Aranha: a morte da Lara Croft boazuda (e onde as lesbofeministas acertaram)

@aquarelata: "triste dia para os punheteiros". Lara Croft. A morte de um sex symbol: a nova Lara Croft é parte do fenômeno de castração feminina exigido pelas feministas

palestrinha

@aquarelata

triste dia para os punheteiros

POP Liberal. Lara Croft. A morte de um sex symbol: a nova Lara Croft é parte do fenômeno de castração feminina exigido pelas feministas POP Liberal. Lara Croft. A morte de um sex symbol: a nova Lara Croft é parte do fenômeno de castração feminina exigido pelas feministas

POP Liberal

12 h [17 de março às 01:04]

A MORTE DE UM SEX SYMBOL

A nova Lara Croft é parte do fenômeno de "castração feminina" exigido pelas feministas a Square Enix. Um sex symbol morto. Atualmente parece um homem magro de feições carrancudas, o corpo sempre sujo, com texturas poluídas na paleta de cores, um busto pudico sempre escondido e uma pele grosseira, indelicada. Sem decotes e com poucas curvas. Freud falada da "inveja do falo" que permeava o meio feminista. Curiosamente, essa mulher masculinizada é o padrão do que a mídia tem vendido atualmente. É de se notar que a antiga Lara, personificada por Angelina Jolie, era uma mulher forte, cuja sensualidade apenas atestava esse atributo.

13:47 - 17 de mar de 2018

https://twitter.com/aquarelata/status/975051040365203461


Gilberto Barros

@Apo_Filho

Quando eu preciso atacar quem gosta de um padrão estético pra me sentir melhor

08:18 - 19 de mar de 2018

https://twitter.com/Apo_Filho/status/975692866734436352

Gilberto Barros @Apo_Filho 19 de mar

@AbigailPAranha

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 19 de mar

Obrigada, gatinho. O @DoodAires compartilhou o original comigo no Facebook. Comentei no original: https://www.facebook.com/POPliberal0/posts/2022323804756514?comment_id=183698745750993. Vou copiar aqui.

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 19 de mar

(Parte 1) Da parte de tirar as formas voluptuosas da Lara Croft, eu até acho bom, porque não cabia no contexto. Vocês fazem ideia de o que é correr pra pegar o ônibus para uma mulher de seios grandes?

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 19 de mar

(Parte 2) Aliás, a Lara Croft nem mete na estória. O problema foi corrigir um erro para cometer outro. Primeiro, o negócio era abusar da heterossexualidade masculina; agora, é atacá-la.

Diogo Aires @DoodAires 19 de mar

Usando o contexto do @CasaDelFritz usou em um gameplya de beat n up: a Lara Croft dos anos 90 retratava uma época, hoje ela retrata outra. Só que você não pode condenar a fantasia. Será que a autora do tweet também não tem a sua fantasia? É uma questão pertinente.

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 19 de mar

Olha, gatinho, fantasia do Superman, do Robocop ou do Indiana Jones é uma coisa, ainda vai; fantasia de boazuda seminua como soldado no meio do mato, brigando com brutamontes é outra, que não dá. No tempo em que não havia pornografia acessível, dava pra tolerar.

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 19 de mar

O desenho abaixo à esquerda: como uma pessoa, nem digo uma mulher, anda no meio do mato com as pernas de fora? Quanta área pra mosquito picar! Você parou pra pensar a dureza que é essa situação pra uma mulher de seios grandes, ainda mais com decote? Dá pra cair um bicho dentro.

Gilberto Barros @Apo_Filho 19 de mar

E o Tarzan? Conan?

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 19 de mar

É exatamente o contrário. Os dois têm corpos muito diferentes do normal, o do Conan até meio deformado, mas para as aventuras deles, aquilo faz sentido, é até uma vantagem. O He-Man, a mesma coisa. A She-Ra fazer o que o He-Man faz já fica estranho.

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 19 de mar

Pessoal, eu achei este texto via Catraca Livre: https://superela.com/seios-grandes-realidade-de-quem-tem

Seios grandes: 5 coisas que só quem tem entende - SUPERELA

Alô alô turma do sutiã de bojo! Vamos falar de seios grandes? Tem tanta mina querendo ter uns peitões, mas vou contar umas coisinhas a vocês:

superela.com

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 19 de mar

E mais este, no BuzzFeed: https://www.buzzfeed.com/kristinchirico/23-coisas-que-apenas-as-mocas-com-seios-grandes-en

23 Coisas Que Apenas As Moças Com Seios Grandes Entenderão

Essa garotas tem muito peito.

buzzfeed.com

Diário filosófico da Abigail P. Aranha: Danuza Leão e Ludmila Lins Grilo comentando o funeral do Globo de Ouro (2017 e o fim da vida normal)


Ludmila Lins Grilo

@ludmilagrilo

Papo reto:

21:27 - 10 de jan de 2018

https://twitter.com/ludmilagrilo/status/951234154959687680


"O Globo de Ouro me pareceu um grande funeral"

por Danuza Leão, escritora

O que não está claro para mim é o conceito de assédio. É uma paquera? Avanços sexuais entre homens e mulheres começam sempre de um lado. Às vezes, o outro lado não quer, e isso é normal. Como definir?

Espero que essa moda de denúncia contra assédio sexual não chegue ao Brasil. O que aconteceu no Globo de Ouro me pareceu um grande funeral. Apesar dos vestidos lindíssimos, acho que aquelas mulheres (que foram à cerimônia de preto) foram muito pouco paqueradas e voltaram sozinhas para casa.

Não acho que as denúncias de assédio possam gerar uma "caça às bruxas" porque são uma coisa ridícula, para começo de história. É doloroso saber que uma mulher pode fazer uma acusação e tirar o emprego de um homem. É algo pecaminoso. Mas isso é coisa de americano. Lá eles não têm noção de sexo. É ótimo passar em frente a uma obra e receber um elogio. Sou desse tempo. Acho que toda mulher deveria ser assediada pelo menos três vezes por semana para ser feliz. Viva os homens.

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 23 de mar

Fonte: https://oglobo.globo.com/sociedade/brasileiras-entram-na-polemica-sobre-assedio-sexual-em-hollywood-22272513 Revista Marie Claire: https://revistamarieclaire.globo.com/Blogs/De-repente-perennial/noticia/2018/01/catherine-deneuve-e-danuza-leao-erram-ao-criticar-feministas-e-defender-direito-de-assediar.html

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 23 de mar

Eu não fiquei surpresa de achar pelo Google, por acaso, uma comparação da Danuza Leão com a Catherine Deneuve. E a última foi acusada de apologia do estupro e acabou pedindo desculpas no Libération (sem deixar de dizer que é feminista).

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 23 de mar

Mas você já viu alguma mulher na grande imprensa nos anos 1990 e 2000 que não tratava a heterossexualidade do homem médio como ofensa pessoal? Agora que as radfems estão fazendo sandices e até outras feministas estão criticando, é fácil ir pra imprensa criticar.

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 23 de mar

Eu escrevi sobre isso em janeiro: "2017 e o fim da vida normal", http://avezdasmulheres.blogspot.com/2018/01/2017-e-o-fim-da-vida-normal.html Antigamente, mulheres normais iam pro movimento feminista porque achavam que sexo não é pecado nem estupro. Hoje, mulheres heterossexuais sensatas criticam pelo menos o Feminismo Radical.

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 23 de mar

Eu estou há mais de 10 anos criticando o puritanismo dos conservadores e dos progressistas. E eu já avisei em 2015: o Feminismo pode estar dispensando as mulheres como o Socialismo fez com os proletários. http://avezdasmulheres.blogspot.com/2015/03/mulheres-contra-o-feminismo-e-o.html

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 23 de mar

Eu já fazia críticas ao LGBT-Feminismo e ao universo feminino quando antifeminismo era coisa de semianalfabeto criado no interior e senhoras que tinham medo de ter um orgasmo na vida. Eu já vi conservadores se unindo a feministas para combater a prostituição e a pornografia.

Abigail P. Aranha @AbigailPAranha 23 de mar

E eu também já estou avisando desde 2015: a esquerda vai descartar a parte louca dela mesma levando os conservadores junto. Quando você vir alguém comparando as feministas radicais antissexo com o pior do Conservadorismo, você pode se lembrar disso. http://avezdasmulheres.blogspot.com/2015/09/o-puritano-feminismo-episodio-25-uma.html

sábado, 17 de março de 2018

Sobre quando é tarde demais (e um pouco de Felipe Neto e Marielle Franco)

Abigail Pereira Aranha

O Livro dos Trinta e Seis Estratagemas Chineses diz que o sábio apreende os perigos ainda em germe, podendo assim preveni-los, ao passo que o homem vulgar só percebe o fato consumado quando é tarde demais para evitá-lo.

O que o autor do Livro não poderia imaginar é que um dia haveria um país no qual os homens vulgares se tornariam incapazes de perceber não apenas as raízes presentes dos problemas futuros, mas as raízes passadas dos perigos presentes.

Isso foi uma série de postagens do Olavo de Carvalho no Twitter.[01] E no artigo dele "Visão curta e visão mais curta", ele menciona "os intelectuais, numa gama que vai desde os estudantes tagarelas, passando pelos ideólogos de partidos, até os assessores e conselheiros de potentados da política e das finanças, culminando nos círculos discretos ou até semi-secretos de inteligências privilegiadas (como por exemplo a Fabian Society de 1883, o núcleo fundador da Escola de Frankfurt, o grupo de Stefan George ou a tariqah de Frithjof Schuon)".[02] Confundir sábios com esses intelectuais, e "vulgares" com os do povo, faz sentido na cultura chinesa. Vamos fazer essa confusão aqui.

É errado que a pessoa do povo "só percebe o fato consumado quando é tarde demais para evitá-lo", a não ser que os produtores do fato mantenham o povo em desconhecimento. Ainda mais na época da internet e em lugares onde a internet é acessível ao povo, isso é impraticável, mesmo quando uma coisa séria é pouco compartilhada. O máximo que pode acontecer, ou que acontecia mesmo em épocas em que o analfabetismo era majoritário, é que um popular inteligente tenha uma desconfiança que não tenha dados ao seu alcance para provar, ou que tenha uma percepção que não consegue expressar em palavras, ou, se não tiver esses problemas, não ter interlocutores ou meios de expressão para dizer o que acredita que precisa ser dito. Mas sempre a pessoa típica do povo é a primeira a experimentar e a perceber toda porcaria que acontece. Você e os seus avós quando tinham a sua idade, mas não o seu grau de escolaridade ou de informação, sempre perceberam quando a economia estava uma porcaria, quando o serviço de saúde não estava bem, quando gente estúpida e despreparada estava nos postos de comando de uma obra pública. Isso era menos óbvio nos campos filosófico, pedagógico, jornalístico ou religioso, mas você sabe que a verdade não tem cara de mentira, a inteligência não tem cara de burrice, a sanidade não tem cara de loucura.

Então, sempre foi mais fácil a classe política, a classe jornalística, os profissionais de artes e entretenimentos e até a classe intelectual deixarem de perceber um problema grave que já está em formação. Digo deixar de perceber mesmo, acreditar de verdade que uma coisa ruim é boa ou vice-versa. E ainda temos o que dizia o escritor, romancista e reformador social Upton Sinclair: "é difícil fazer um homem compreender algo quando seu salário depende, acima de tudo, que não o compreenda".[03] Nós temos hoje, em países decentes, artistas e outros profissionais muito bem pagos proibidos por contrato de manifestar opiniões sociopolíticas, e outros demitidos por terem feito isso em seus perfis pessoais de redes sociais.

E esta semana, quase no mesmo dia, nós tivemos duas notícias de impacto aqui no Brasil, vou listar em ordem cronológica. A primeira foi o vídeo do vlogueiro Felipe Neto, no dia 13, "A decisão mais burra do Youtube".[04] Ele já havia publicado um outro vídeo falando da intriga do Wall Street Journal em que o jornal criou um boato de que alguns vídeos do Youtube estavam levando pessoas ao suicídio, e o Youtube reagiu criando regras draconianas para manter a monetização (pagamento ao autor do vídeo por acesso) e a publicação de comerciais (que também dava um dinheiro aos produtores de vídeos).[05] Ele começa aquele, o desta semana, dizendo que não imaginava como a direção do Youtube poderia tomar uma decisão ainda mais burra que a anterior, e eles conseguiram. Ele conta que o canal dele é voltado para adolescentes e o canal do Lucas Neto, irmão dele, é para crianças; e um vídeo do Lucas Neto foi excluído sem qualquer comunicação porque mostrou uma garotinha, ao lado de uma piscina, entrando na piscina... usando trajes de banho... e um short; e um vídeo dele, Felipe, também foi excluído sem explicação, e quando ele foi perguntar ao Youtube o porquê, ele recebeu a resposta de que a exclusão foi por causa... dos comentários de outro usuário. O outro vídeo dele é de 08 de abril do ano passado. Sete dias antes, Nando Moura publicou um vídeo dizendo que o Youtube estava censurando e boicotando canais conservadores, foi um vídeo dele mais um vídeo legendado do Paul Joseph Watson, do Inforwars, denunciando essa censura nos Estados Unidos.[06] Oito meses depois, e três meses antes do vídeo mais novo do Felipe Neto, o Luiz César Rangel publicou um outro vídeo com uma denúncia parecida.[07] Só que aqui, os vídeos já eram sinalizados como conteúdo suspeito, o autor tinha que pedir análise ao Youtube para retirar a "bandeirinha", o vídeo não era monetizado, nem os inscritos do canal eram notificados da publicação e não aparecia na seção "Em Alta" mesmo quando conseguia um número de acessos significativo. Um leitor meu compartilhou comigo no Twitter um áudio do Amer comentando o vídeo do Felipe Neto, onde ele acrescenta que até "desinscrições" são feitas.[08] O Felipe Neto tem hoje 19 milhões de inscritos, isso dá quase 10% da população brasileira. O Nando Moura naquela época tinha um milhão e poucos. O Luiz César Rangel estava perto dos 100 mil. O Amer não tem 2 mil ainda. Só que isso não me assustou: eu disse desde 2009 que salvar as crianças e os adolescentes de ver mulher seminua ou pelada na internet, em computadores particulares, em intranets de empresas, em redes sociais e até na internet como um todo em alguns países, eu disse que isso ia dar porcaria mais censura política contra a direita sensata ou a esquerda ajuizada.[09] E nesse meio-tempo, já tivemos, no Facebook, páginas de direita e perfis de conservadores sendo bloqueados ou apagados sob a acusação de publicar nudez. Por exemplo, o Gustavo Nogy foi publicar uma foto da Marcha das Vadias onde uma das participantes enfia um crucifixo nas partes íntimas, o Facebook apagou o perfil DELE e deixou várias páginas das Marchas das Vadias.[10] E também bloqueou vários perfis de atrizes pornôs em que nenhuma foto tinha mamilo ou pelos pubianos aparecendo, assim como apagou vários grupos secretos de cinema adulto. Mas se os conservadores não entenderam o que eu estava dizendo, quanto mais os cidadãos que não discutem política.

A segunda notícia foi no dia 14, o assassinato da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco, uma negra lésbica do PSOL, Partido Socialismo e Liberdade, que era também ativista do que é chamado de Direitos Humanos (na prática, defesa de bandidos e linchamento moral de policiais e ativistas conservadores). "Feminista, negra, mãe e cria da favela da Maré. Era dessa forma que a vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada na noite desta quarta (14), no centro do Rio de Janeiro, se definia."[11] E eu vou dizer aqui para não tentar ser hipócrita: eu não consigo lamentar a morte dela. Vida humana independente de ideologia? Quem vem pregando essa isenção não disse nada quando militantes de extrema-esquerda como ela defenderam a morte de Jair Bolsonaro, Sérgio Moro, Aécio Neves, Marco Feliciano, Reinaldo Azevedo ou Gilvan Macêdo dos Santos (autor do livro "A discriminação do gênero-homem no Brasil em face à Lei Maria da Penha"). Mais para não tentar ser hipócrita: eu odeio lésbicas, e eu não defendo assassinato de lésbicas porque elas não merecem. A Marielle merecia no mínimo ver Jair Bolsonaro tomando posse na Presidência da República em 2019. Mas por que ela morreu? A revista Veja, veja só, publicou uma reportagem intitulada "Marielle Franco: a quem interessava seu assassinato?".[12] A matéria completa é só para assinantes, mas a introdução já esquerdou mais que a Carta Capital (matéria no apêndice). Vamos na onda da versão oficial dos parceiros dela, ela foi executada por policiais por causa de uma denúncia de violência policial. Uma polícia não executa ninguém. Quem executa são policiais envolvidos em práticas criminosas. Portanto, elementos desviantes da polícia. E os policiais denunciados, eram só sádicos que gostam de agredir favelados? E se eles estavam envolvidos com o narcotráfico, por exemplo, qual a posição que ela, Marielle Franco, tinha em relação ao viciado e ao pequeno traficante? Eles são excluídos sociais enquanto os verdadeiros bandidos são a polícia, os abastados e a classe política? E se as denúncias já eram fatos conhecidos da polícia, quem acobertava aqueles policiais eram os mesmos que mandavam os subordinados só olharem quando viam manifestantes de extrema-esquerda ofender autoridades ou quebrar vidraça de banco? Eu estou tentando explicar que não há hipótese plausível de que ela não tenha sido vítima, de alguma forma, das ideias que ela defendia e do movimento de que ela participou. Mas nós somos especializados em produzir fuzilamentos e desaparecimentos de esquerdistas nas redes sociais, com dois comentários eles já criam um bloqueio. Porque é tortura ler o povo de verdade assumindo o lugar de fala.

Marielle Franco foi a quinta vereadora mais votada da cidade do Rio de Janeiro, com 46.502 votos. "Filho do deputado Jair Bolsonaro (PSC), Carlos Bolsonaro (PSC) foi o candidato a vereador mais votado do Rio, com 106.657 votos".[13] Ela representava o povo, o Carlos Bolsonaro representa a elite, a polícia, o Fascismo, o Nazismo, o lobby das armas e aqueles que não gostam de pobre viajar de avião. Sim, é verdade que ela era representante do povo. Os votos dela vieram de LGBT-feministas, de africanistas, muitos deles homens brancos heterossexuais, e de negros e pobres do povo de verdade. Porque ela foi uma favelada de verdade. Mas eu digo com certeza, eu nem tenho aqui os dados mais precisos da distribuição desses votos, que ela recebeu menos votos que o Carlos Bolsonaro tanto dentro quanto fora da periferia, e digo que provavelmente ela recebeu menos votos também do público feminino. E uma das explicações para isso, se eu estiver certa, é que a mulher, o negro e o pobre do povo de verdade acham que as ideias da turma dela são "furadas". O pobre honesto sabe que a polícia não mata pobre, nem mesmo bandido; o policial padrão pode matar um bandido ou até um inocente, mas em circunstâncias particulares, não por ele ser pobre ou negro ou traficante. A mulher do povo de verdade pode ter medo de andar à noite em uma rua deserta sem iluminação, mas ela não acredita na cultura do estupro e não vai pro banheiro do shopping center com medo de um homem entrar lá. Um homossexual pobre do povo de verdade não tem medo de ser agredido perto de uma igreja num final de culto. Coisa parecida acontece também entre os homens, brancos e ricos do povo de verdade. Nenhum deles viu um grupo de homens brancos ricos em um clube contando às gargalhadas um que estuprou uma mulher, outro que humilhou um empregado negro, outro como deixar os pobres mais miseráveis. Mesmo quando o movimento socialista era mais ajuizado e pessoas inteligentes de bom caráter se identificavam com ele, não era raro haver aquele ponto em que a pessoa percebia alguma coisa em teoria ou na prática e, no mínimo, questionava aquilo. Quando um país socialista ia mal, o povo de verdade era o primeiro a sentir. Quando o movimento esquerdista se degenera, é o povo de verdade ou a categoria representada o primeiro que percebe que algo está errado.


Esse meme, eu achei no Facebook e não faço ideia de quem fez. "Trate bandidos como vítimas e um dia a vítima será você".

Eu mesma estou há mais de 10 anos criticando o LGBT-Feminismo e a frigidez da esquerda. Eu quero dar a buceta, cozinhar para os meus amigos homens, dar a um homem um prazer de conversar comigo ou de receber um serviço meu. Aí, eu percebo, e tenho cada vez menos como deixar de perceber, que o movimento que diz que me representa como mulher diz pra mim que um homem é perigoso e me prejudica de todas as formas que pode, e diz para o homem que olhar pro meu corpo é desrespeito e tocar nele é estupro. Pra piorar, eu descubro que o Manifesto SCUM, do fim dos anos 1960, diz que eu sou uma tola porque eu PENSO que gosto de homem. Isso não vai certo.

Faz uns 3 ou 4 anos que eu estou compartilhando artigos e matérias de portais de notícias nas redes sociais e comentando que eu escrevi mais ou menos aquilo 2 dias, 3 meses, 5 anos antes. Os meus leitores mais antigos podem ter observado isso. Se não era tarde demais quando eu escrevi, pode ser quando alguém com mais status ou fama do que eu escreve a mesma coisa.

NOTAS:

[01] Olavo de Carvalho, 06 de outubro de 2017, https://twitter.com/OdeCarvalho/status/916142269463396354, 916142354804994049, 916142434844803073 e 916142469011697666. Também em https://olavodecarvalhofb.wordpress.com/2017/10/05/5-10-2017.

[02] "Visão curta e visão mais curta", Olavo de Carvalho, Diário do Comércio, 02 de setembro de 2012, http://www.olavodecarvalho.org/visao-curta-e-visao-mais-curta.

[03] https://kdfrases.com/frase/135936

[04] "A decisão mais burra do Youtube", Felipe Neto, 13 de março de 2018, https://www.youtube.com/watch?v=Gf1yK4FOQ1A.

[05] "Vários youtubers vão falir se ficarmos calados", Felipe Neto, 08 de abril de 2017, https://www.youtube.com/watch?v=H_hwDLyHPro.

[06] "Nando Moura - Este Canal Será Censurado!!!", Nando Moura, 01 de abril de 2017, https://www.youtube.com/watch?v=n0d5eJK2ho4.

[07] "Para Não Sairmos do Ar Só Depende de Vocês! Estão Caçando Canais Políticos!", Luiz César Rangel, 21 de dezembro de 2017, https://www.youtube.com/watch?v=aaD7oXIekCg.

[08] "Podcast do Amer 19: Vá pro inferno Youtube", Canal do Amer, 14 de março de 2018, https://www.youtube.com/watch?v=7cnuN1rimyc.

[09] "Em nome da proteção às crianças e aos adolescentes, vamos dar apoio a um Estado fascista-muçulmanóide?", 05 de janeiro de 2009, A Vez das Mulheres de Verdade, http://avezdasmulheres.blogspot.com/2009/01/em-nome-da-protecao-as-criancas-e-aos.html; e A Vez dos Homens que Prestam, https://avezdoshomens.blogspot.com/2009/01/em-nome-da-protecao-as-criancas-e-aos.html.

[10] "Good Morning, Obama!", Gustavo Nogy, 30 de julho de 2013, original apagado em http://www.adhominem.com.br/2013/07/good-morning-obama.html. Disponível no blogue Escrivaninha do Darta em https://zanela.blogspot.com/2013/07/good-morning-obama.html e no blogue A Agonia de Prometeu em http://paulooliveiramello.blogspot.com/2013/07/good-morning-obama-gustavo-nogy-msm.html.

[11] "Feminista, negra e 'cria da Maré': quem foi a vereadora Marielle Franco", UOL, 15 de março de 2018, https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2018/03/15/mulher-negra-e-cria-da-mare-quem-foi-a-vereadora-marielle-franco.htm.

[12] "Marielle Franco: a quem interessava seu assassinato?", Veja, 16 de março de 2018, https://veja.abril.com.br/brasil/marielle-franco-a-quem-interessava-seu-assassinato.

[13] "Carlos Bolsonaro é o candidato a vereador mais votado do Rio", O Estado de São Paulo, 03 de outubro de 2016, http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,carlos-bolsonaro-e-o-candidato-a-vereador-mais-votado-do-rio,10000079800.

Apêndice

"No Rio e no País, milhares choram e lutam por Marielle Franco", Carta Capital, 16 de março de 2018. Disponível em https://www.cartacapital.com.br/sociedade/em-atos-milhares-choram-e-lutam-por-marielle-franco.

No Rio e no País, milhares choram e lutam por Marielle Franco

por Redação — publicado 16/03/2018 00h41, última modificação 16/03/2018 01h05

Multidão foi às ruas para pedir respostas sobre a execução da vereadora


Guilherme Prado / PSOL

Ato

Em homenagem à vereadora, milhares de cidadãos se concentraram em frente à Alerj

O luto tomou conta do País pela morte da vereadora carioca Marielle Franco, do PSOL, e do motorista Anderson Gomes. Milhares optaram, porém, por transformar sua dor e indignação em atos políticos. No Rio de Janeiro, uma multidão uniu-se para cobrar respostas pela execução da parlamentar, relatora da comissão sobre a intervenção federal na Câmara e responsável por denúncias recentes de homicídios nas comunidades.

Após o velório de Marielle na Câmara dos Vereadores, uma multidão se reuniu na Assembleia Legislativa do Rio em vigília pelo esclarecimento do assassinato da parlamentar, reconhecida por sua luta pelos direitos humanos e por pautas sensíveis aos direitos das mulheres e da população negra.

Leia também:
Presidenciáveis condenam execução de Marielle
Morte de Marielle repercute em todo o mundo

Em seu twitter, o PSOL definiu: "quiseram te enterrar, mas não sabiam que era semente". Foi certamente um dos maiores atos do campo progressista desde o início das jornadas de junho, quando centenas de milhares foram às ruas em São Paulo e no Rio de Janeiro em resposta à brutalidade da polícia militar nos primeiros atos do Movimento Passe Livre.

Protestos se espalharam pelo País. A vigília por Marielle teve grande adesão na capital paulista, onde milhares se concentraram desde o início da noite na frente do vão do Masp. Em Brasília, centenas de cidadãos se reuniram na praça Zumbi dos Palmares, que ostenta um busto do líder do quilombo.

O dia em que o Rio de Janeiro parou: dezenas de milhares de pessoas lotam a Cinelândia neste momento em memória de Anderson e Marielle. #MariellePresente pic.twitter.com/DCAvNZBnAZ

— Gregorio Duvivier (@gduvivier) 15 de março de 2018


Chico Buarque presta sua solidariedade na vigília de #MariellePresente e #AndersonPresente, no Rio de Janeiro. #NãoFoiAssalto #MarielleFranco #AndersonGomes ? pic.twitter.com/wmDhyirCuX

— Manuela (@manudeputada) 15 de março de 2018


O que se sabe até agora sobre o assassinato?

Segundo os primeiros relatos da mídia, policiais da Divisão de Homicídio acreditam que os responsáveis sabiam exatamente o lugar onde a parlamentar estava, no banco traseiro à direita. Os disparos foram feitos de trás para frente do veículo e perfuraram a janela lateral traseira. O veículo era um Choverolet Agile branco, com vidros escurecidos. O carro dos criminosos era um Chevrolet Cobalt. Não houve qualquer item furtado.

Foram encontrados nove estojos no local. Marielle foi atingida por três tiros na cabeça e um no pescoço, e Anderson com quatro tiros nas costas. A assessora de imprensa de Marielle, Fernanda Chaves, foi atingida por estilhaços.

O deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ) reuniu-se com o comando da Polícia Civil na manhã desta quinta-feira 15. Estavam presentes o novo chefe da Polícia Civil, Rivaldo Barbosa, além dos delegados Fábio Cardoso e Ginilton Lages, que acaba de assumir a titularidade da Divisão de Homicídios, responsável pela investigação do caso.

De acordo com Barbosa, Richard Nunes, secretário de Segurança, deu "total apoio e transparência nessa investigação".

O novo chefe da corporação há apenas dois dias. Ele foi convidado para o posto pelo interventor federal, o general Walter Braga Netto.

De acordo com a Polícia Civil, o encontro teve como objetivo "reiterar o compromisso da Instituição na elucidação da morte da vereadora." "Nós vamos dar uma resposta necessária e suficiente para esse crive gravíssimo", diz em nota Barbosa. Ele afirmou que a investigação está sob sigilo. A Polícia Civil não descarta "nenhuma possibilidade sobre a motivação do crime".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook