terça-feira, 29 de novembro de 2011

Seja qualificado e tenha caráter, mas não seja otário

Você é uma pessoa amável, que não deseja o mal pra ninguém e só quer um mundo legal pra você e todo mundo, certo? Beleza. Só que...

  1. O mundo nunca vai melhorar enquanto o justo pensar que o pior que ele pode fazer é fazer alguma coisa.
  2. O mundo nunca vai melhorar enquanto ser sábio significar respeitar o tolo, e não o contrário.
  3. O mundo nunca vai melhorar enquanto a pessoa de grandeza dorme agradecida pelo que tem e o idiota fazendo planos de ter mais do que já tem e do que merece.
  4. O mundo nunca vai melhorar enquanto como quer que seja a vida da pessoa justa, sábia e agradável ela dá graças a Deus por ela não ser ainda pior.
  5. O mundo nunca vai melhorar enquanto o perdão foi direito de quem ofende receber e obrigação do ofendido dar.
  6. O mundo nunca vai melhorar enquanto for preocupação dos nobres de espírito conviverem com os pobres de espírito, e não o contrário.
  7. O mundo nunca vai melhorar enquanto os maus forem ativos e os bons forem, quando muito, reativos.
  8. O mundo nunca vai melhorar enquanto os bons esperam a justiça e os maus agem.
  9. O mundo nunca vai melhorar enquanto os que usam os muros, os postes e as fachadas de prédio para publicar alguma coisa forem os que querem vender alguma coisa e os marginais pichadores.
  10. O mundo nunca vai melhorar enquanto o nobre de espírito acredita num Deus, qualquer um, que dizem que é justo e sábio mas está mais preocupado em combater o sexo do que a maldade.
  11. O mundo nunca vai melhorar enquanto o pequeno de espírito puder contar com a pessoa de caráter durante e depois de cada maldade ou desrespeito ao próximo.
  12. O mundo nunca vai melhorar enquanto o caráter do justo for aquilo que o hipócrita usa contra ele.

Um mundo onde o caráter, a verdade, a inteligência e a gentileza são valorizados é de interesse apenas de quem dá valor a isso de verdade. Vamos por isso na cabeça.

Então, uma humilde proposta de ação.

Se você é homem solteiro e sem filhos, continue assim. Não vamos dizer que você nunca vai encontrar uma mulher que presta, mas dizemos que é quase certo que você se arrebente pensando que achou. Estar solteiro, sem zona, virgem pode ser horrível, mas estar solteiro e sem filhos é vital para você ter autonomia, tempo, dinheiro e paz de espírito para pensar em qualquer coisa.

Ateísmo é fundamental. Deus é uma farsa. A Bíblia tem mais mandamentos contra o sexo fora do casamento do que contra o roubo. Deus foi uma invenção de canalhas para controlar analfabetos. Falo de Bíblia e Deus, mas isso é pra qualquer religião. Acreditar que um Deus vai salvar você do império da canalhice ou acabar com ele é fantasia. Se ele existisse, o mundo seria um lugar decente.

Cuide bem da sua auto-estima. (texto meu de setembro de 2009)

Lembre-se de você mesmo. Para chegar a uma bela situação profissional em que hoje você nem almoçou ou vai chegar em casa depois de uma hora e meia no trânsito engarrafado ou em pé no ônibus pra encontrar a esposa que fala grosso, você passou noites estudando na faculdade ou no curso técnico. Você tem que sustentar a vaca da esposa ou ex-esposa, bancar filhos mal acostumados, cuidar de um irmão doente ou da mãe que já é uma carcaça imprestável, dar conta de um trabalho onde só leva desaforos... O que VOCÊ ganhou com tudo que fez na vida além de uma vida que outros infelizes PENSAM que gostariam de ter?

Se você quer estar bem, o que vai te atrapalhar? Essa pergunta é só pra te fazer pensar. Todas as coisas e pessoas extremamente desagradáveis se apresentam com alguma justificativa pra serem suportadas. Necessidade, falta de opção, uma coisa necessária para o que realmente se quer. Ou é uma coisa ou pessoa "boa" com "momentos" desagradáveis. Pare de suportar, comece a ser feliz. Pare de dar sem receber, comece a querer alguma coisa. Você se sente feliz com a felicidade de alguém? Beleza. O que a outra pessoa realmente faz pra você ser feliz?

Conheça mais de Direito. A legislação federal pode ser vista em http://www4.planalto.gov.br/legislacao. A Página da Câmara dos Deputados é http://www2.camara.gov.br/. A Página do Senado é http://www.senado.gov.br/. Nas duas têm seções "atividade legislativa" (não estão em branco, hehehehe). Muita gente boa acha que a nossa Justiça não vale nada, mas sabe qual é o problema? Os canalhas conhecem as leis; os bons muitas vezes não.

Se encontre com outras pessoas para se fortalecer, mas pra daí SAIR PRO PAU. Levar a vida numa boa no seu canto, caso você não tenha notado, era exatamente o que você estava tentando quando todas as pessoas toscas, imbecis, atrasadas e sádicas que você conhece apareceram na sua vida. Se não houvesse o que fazer, poderia até ser justificável, mas o mal não é inatingível. Você já é ateu? Céu é coisa de covardes sem esperança, e ele não existe. Deus é as pessoas com nobreza de espírito juntas e fazendo alguma coisa. Elas podem abrir espaços para receber as outras, informar, responder perguntas, dar o ombro. Mas daí, sair pra ação. Ficar quieto no seu canto é deixar a mediocridade, a canalhice e a insanidade tomarem o ambiente. Eles têm que levar o troco.

Faça a sua ação ser boa pra você. Faça o que é preciso. Diga o que outros deixam preso na garganta. E, sempre que for necessário protestar, use a ironia, a brincadeira. Porque algumas pessoas gostam da infelicidade dos outros.

Abigail Pereira Aranha

terça-feira, 22 de novembro de 2011

"As mulheres não são nada românticas; os homens são românticos": copiando e comentando texto do Sílvio Koerich

Estava em http://silviokoerich.blogspot.com/2010/12/as-mulheres-nao-sao-nada-romanticas-os.html.

As mulheres NÃO são NADA românticas; Os homens são românticos

Na real, a maioria dos homens que sabem do mito do amor romântico (matrix) sabem que as mulheres NÃO SÃO NADA românticas e de fato INSENSÍVEIS aos homens nos relacionamentos. Eu apenas vou escancarar a verdade.

As mulheres não tem nenhum romantismo na suas veias. Elas são seres absurdamente passivos que ESPERAM serem veneradas e tratadas como deusas sem defeitos. Ao se verem como tal, elas passam a ver os homens como o que? Ora como súditos, como inferiores, como aqueles que a veneram e aqueles que fazem de tudo por elas e que tem que se esforçar por elas.

Os homens tem profunda admiração, tesão, curiosidade, obsessão pelas mulheres. Fazem de tudo por elas e realmente sentem algo verdadeiro por elas.

A disparidade de comportamento de ambos acaba no romantismo masculino que é infinitamente maior que o feminino. E para comprovar basta vermos o que os homens são capazes romanticamente pelas mulheres:

  • - TODA a indústria de música, fonográfica tem como tema principal as mulheres. Desde Beatles, desde cantores clássicos como Frank Sinatra, TODOS os ritmos musicais tem como carro chefe o amor do homem pela mulher.

    Sofrimento, tristeza, homenagem, traições sofridas, amores perdidos, amores conquistados, venerações, de cada 10 músicas que tocam na rádio umas 8,9 são homens cantando para mulheres odes a elas.

    Agora pegue e compare as cantoras femininas. Nem se compara as homenagens que fazem aos homens e sim a maioria é de xingamentos por homens cafas que a traíram ou inflando o ego em cima de betas. Nem compositoras femininas cantam coisas pra homenagear os homens. Onde está o sexo romântico?

  • - 99% dos atos de heroísmo masculino envolveram namorados, maridos, filhos salvando suas mulheres do perigo, muitas vezes dando sua vida. Não se enche uma mão com atos ao contrário.

  • - Nos dias de namorados e de amor, a maioria dos gastos são feitos pelos homens para dar presentes às mulheres.

  • - A maioria das homenagens, pedidos de casamento em público, cartas de amor são feitas de homens para mulheres. O contrário quase nunca acontece. Elas pouco se importam em fazer coisas pelos homens mas sim reclamar.

  • - As grandes poesias mundiais em toda a história envolveram odes de amor a mulher amada. Poetisas que homenageiam homens simplesmente não existem ou escrevem um poema porco pra cada 10 que fazem.

  • - Por amor, os homens pagam faculdade, cursos, buscam reerguer a mulher muitas vezes sacrificando sua própria faculdade e estudo pelo da mulher.

    Nenhuma mulher deixa de estudar pra pagar estudos masculinos ou o fazem tendo grana. O amor masculino protege, ergue, eleva, cuida da mulher por bom coração.

    A mulher exige, exige, exige e pouco dá em troca. De fato a mulher que pagar algo pra homem é considerada otária e o homem gigolô.

  • - Na maioria dos namoros a distância quem vai até a mulher? O homem. O homem sempre faz o caminho pra ver a mulher, e de fato 99% dos primeiros encontros a distância, o homem é que vai até a mulher, gastando seu tempo, energia, grana pela mulher amada. As mulheres esperam passivamente o homem e pouco retribuem com visitas para a cidade do homem.

  • - Quando um esportista masculino faz gol, ponto, score, touchdown, vence uma competição, é costumeiro beijar aliança, fazem símbolo de coração, dar beijo pra câmera, falar pro repórter do amor que sente pela namorada e esposa.

    Esportistas femininas quando fazem ponto ou vencem algo, simplesmente NUNCA mencionam o marido ou namorado. As homenagens e carinho feminino por seus companheiros é simplesmente inexistente. No máximo mencionam os filhos.

  • - Quando um homem está no poder, em cargo político, sempre menciona as mulheres em tons de admiração, falando que irá fazer política especiais, falando das “guerreiras trabalhadoras”. Quando é mulheres no cargo de poder, menções aos homens e políticas especiais a estes simplesmente nunca são mencionadas.

E não para por aí. Nos relacionamentos existe um mito que as mulhes sofrem HORRORES pelo desdém masculino ás coisas do coração. Isso é uma mentira deslavada. Nos relacionamentos o homem sempre sofre mais pelas oscilações de humor da namorada/esposa, sofrem com falta de carinho (elas querem receber mas dar não). De fato, um homem fica numa posição terrível pois se pedir carinho, mais atenção, mais preocupação com ele, mais sexo, será totalmente rechaçado e tido como fracote reclamão.

Falar dos sentimentos, tentar o famoso “diálogo” com ela é ainda mais perigoso porque ela irá te acusar de grudento insuportável. Agora o contrário... elas irão te exigir esforço total de ti e irão reclamar que ou é demais ou é de menos. Não há meio termo. E elas tem o direito de exigir carinho, atenção, romantismo, diálogo, e terão todo o direito de receber isto. Enquanto isso o homem que fizer o mesmo será tido pra sensivelzinho de merda.

Os homens se preocupam demais com suas mulheres e sempre observam o humor, frieza e distância delas em relação ao homem e ficam preocupados. Os homens são o verdadeiro sexo sensível e romântico.

Só acrescentando

  1. "8 pedidos de casamento que deram errado". Desnecessário dizer: sempre do homem, achando que a mulher vai achar bonito (romântico) e passando vergonha na frente de centenas de pessoas. Numa praça de alimentação: a mulher sai correndo. Durante um talk show nos EUA: "a ex futura noiva, dá um fora bastante educado até e deixa o namorado todo tristonho". No Natal na casa da moça com a família: ela sai correndo. No meio do jogo de beisebol: "Ele pede ela em casamento no meio do intervalo do jogo de beisebol e sabe o que ganha como resposta? Um tapa". No jogo de basquete: ela sai de fininho. Em um estádio na Bélgica (ao contrário dos outros 7, sem anel): a mulher faz cara de espanto e sai correndo. Em um programa de auditório na Austrália: a mulher saiu correndo (e ela é meio nariguda, as outras pelo menos eram mais arrumadinhas). Fora este, um caso que a moça aceitou, mas o anel de noivado estava num balão que escapou da mão dela e saiu voando. Está no blog Acidez Feminina: http://acidezfeminina.com.br/noticias/8-pedidos-de-casamento-que-deram-errado/. É da AcidGirlTestosterona, uma ninfetinha que tenta dizer coisas decentes.
  2. Sobre músicas de mulheres. Uma música da Rihanna, aquela com jeito de vadia e amada pelas vadias: "Love The Way You Lie". Letra e tradução em http://letras.terra.com.br/rihanna/1695402/traducao.html. Trechinho: "Só vai ficar lá e me veja queimar / Que está tudo bem porque eu gosto da maneira que dói / Só vou estar lá e ouvir-me chorar / Tudo bem, porque eu amo o jeito que você mente / Eu amo o jeito que você mente". E quando ela foi agredida pelo Chris Brown quem se lembrou dessa porcaria? Outras lembranças, de músicas asquerosas da Alcione: "Não quer se dar mal, se contenha / Sou fogo onde você é lenha / Não manda o seu casco / Que eu te tasco a 'Maria da Penha'" ("Maria da Penha", http://letras.terra.com.br/alcione/1092644/). "Sou mulher de te deixar / Se você me trair / E arranjar um novo amor / Só pra me distrair..." ("A Loba", http://letras.terra.com.br/alcione/74305/).
  3. Sobre o que o homem faz quando ama uma mulher e como isso não chega perto do que uma mulher faz por um homem, tem caso em que a mulher paga amor e dedicação com canalhice. Tem o tópico dos Homens Honrados que eu vou copiar no final: http://www.homenshonrados.com/forum/viewtopic.php?f=2&t=3598. Está certo que isto não é regra, antes que uma lésbica enrustida idiota venha fazer ironiazinha. Mas o que aconteceu com este rapaz do relato NUNCA aconteceu com uma mulher (chifre sim, mas sacrifício pago com chifre não). Se alguém souber de um caso assim com os gêneros trocados, por favor me mande.

Abigail Pereira Aranha

[Relato Old] Fui otario mas aprendi.

por Predador em 29 Ago 2011, 17:28

Esse relato foi escrito por um membro chamado Sábio na comunidade Epoc em 2007 , esse relato é conhecido pela maioria dos guerreiros , considerado por muitos o melhor relato.

Como cada dia aparecem novos membros aqui no fórum , resolvi trazer o relato pra cá , sei que muitos já conhecem , mas para quem nunca leu , é uma porrada no estomago da maldita matrix.

Créditos Sábio

Fui otário, mas aprendi.

Já fui otário.

Namorei por 5 anos a mesma mulher, nunca a traí. Noivamos e sempre fazia as vontades dela. Eu pagava as contas dela, inclusive o aluguel do apartamento dela. Ela saiu de casa por se desentender com os pais dela, e quis morar sozinha pra ter privacidade e liberdade, apoei como um bom namorado. No dia que noivamos, depois de 4 anos, comprei um carro pra ela. Dei entrada, pûs no nome dela e eu pagava as prestações. Comprei calças da fórum, equatore, bolsas da Ellus, victor hugo... marcas q eu desconhecia. Minha família a tinha como uma filha, irmã, sobrinha. Tranquei minha faculdade por 2 períodos pq na época eu tava apertado e precisava pagar a faculdade dela. Ou seja, coloquei os estudos dela em primeiro plano. Pra mim, tudo girava em torno dela.

Porém, destino é foda.

Uma vez, numa festa de família, presenciei uma cena estranha. Meu primo que já estava bêbado, soltou uma graçinha do tipo: "a tatiana sabe do que estou falando né?". Porra, não sou burro. Guardei aquilo pra mim e não falei nada. Apesar de pagar o aluguel dela e pagar as contas dela, eu tinha horários pra ir visitá-la, pré determinado por ela. Mas ela não contava que eu tinha a chave do apartamento. Dormi com ela, acordei e fui trabalhar. No almoço eu passei por lá e ví meu primo saindo do apartamento dela aos beijos com ela. Nem precisei entrar aquela cena já falava por si.

Porra, foi foda!

Um filme passa na cabeça. Lembrei de todos os sacrifícios que fiz pela aquela vagabunda, caralho, foi foda.

A partir desse dia começei a ver um jeito de me vingar. Eu precisava me vingar. E o fiz.

A partir daquele dia parei de pagar as contas dela, faculdade, prestações do carro, aluguel, faturas do cartão de crédito, tudo. E sem dar nenhuma explicação. Ela me ligava e eu não atendia, me procurava e eu saía fora. A vadia ficou louca. Mas era isso o que queria mesmo, deixá-la confusa.

Logo em seguida, teve o noivado do irmão dela (dias depois). Minha família foi, já q as famílias eram amigas. E não pude deixar de ir, e fui. Fiquei normal, mas com ela eu estava frio e calculista. Qd ví meu primo chegar no portão, já desci baixando a porra nele, porra bati muito naquele filho da puta e quando nossos pais conseguiram nos separar, falei em alto e bom som que ela era uma vagabunda, uma puta. Que ela se deitava com o meu primo e se fazia de boa moça. Que ela merecia o respeito da minha família, muito menos o meu. E que o meu primo era a escória do mundo, ele cresceu cmg, eu o tinha como um irmão e o filho da puta me apunhalou. Nem preciso dizer que o noivado do irmão dela foi pras cucuias.

Foi o pior dia da minha vida.

Meu primo parou no hospital, levou 7 pontos no nariz, e fraturou o braço esquerdo pelas porradas q levou. Isso foi pouco, tinha que ter apanhado mais pra aprender a ser homem. Filho da puta do caralho. Desse dia em diante a família se dividiu. Nada mais foi como antes.

Quanto a vadia, teve que voltar pra casa dos pais, perdeu o carro, o apartamento, trancou a faculdade já q os pais dela não podiam arcar com as mensalidades. Foi escrachada e humilhada na rua dela, no orkut, e de quebra levou umas porradas do pai dela, que me deu toda a razão.

Tempos depois, me implorou perdão, chorou, foi a minha casa... e abri a porta. Eu tava carente, arrasado e mal. Mas um momento de fragilidade é só um momento, logo me recuperei. A comi de todas as formas, bati na cara dela e ela crente q com isso tava me ganhando. Se fudeu! Qd ela voltou do banho ainda enrolada na toalha, a peguei joguei ela no corredor do prédio e joguei uma nota de 50 reais e disse: Caso o meu primo não venha te pegar, isso aqui é pra vc pegar um táxi! boa noite" E joguei as roupas, bolsa e sapato pela janela.

Detalhe: moro no 14º andar. Ela teve q descer tudo, enrolada numa toalha.

Ainda dói lembrar dessa porra toda. É muito ruim sofrer tanto por uma vadia que nunca mereceu um esforço sequer.

Hoje, quase 2 anos depois desses episódios, voltei a namorar. Estou com alguém legal, porém, não confio um terço do que eu confiei no passado. Tudo é diferente. Cada um tem sua vida e suas coisas. Não arco com nada, nossas saídas são divididas igualmente. Hoje por exemplo, saímos e ela quem pagou minha gazolina. Foi até estranho, já que nunca tive isso.

Não me iludo mais, não me empenho mais, deixo rolar. É bem melhor assim.

http://www.homenshonrados.com/forum/viewtopic.php?f=2&t=3598

domingo, 20 de novembro de 2011

A universidade NÃO produz transformação

Abigail Pereira Aranha

Não tem uns filhinhos de papai que dizem que o papel da instituição de ensino é de transmitir conhecimentos, de preparar a meninada pro mercado de trabalho? Eles não dizem isso quando um professor diz qualquer coisa sobre ética, política, consciência social, consciência ecológica? O tal professor pode até estar mesmo errado (mais no conteúdo que na forma), mas os senhores que dizem isso são formados em universidade, com pós-graduação no exterior.

Está certo que a universidade é uma instituição mais técnica e científica que qualquer coisa, mas se ela lida com pessoas ela pode ter a ética e a ideologia de quem vem até ela. Se o professor da universidade não está lá pra ensinar o comunismo, também não pode falar que mundo melhor é coisa de maconheiro vagabundo. É como diz uma frase que eu li uma vez: "'Não estamos falando sobre moral' é o começo de todo discurso hipócrita".

Enquanto eu tento mostrar que a universidade não produz mudanças no mundo, eu espero desmentir também outra falácia que é muito repetida por aí: a ideia de que mais negros e mulheres entrando na universidade (e saindo formados) vão transformar a sociedade pra melhor.

Qual a importância da universidade? O farmacêutico, o engenheiro de software, o médico, o engenheiro civil aprenderam o que sabem fazer lá? Beleza. Mas olha só. Quase toda a população nem sabe quando uma greve de universidades públicas em nível nacional já dura dois ou três meses. Quando está acontecendo um encontro de especialistas para discutir sobre um tema importante, como pobreza, melhorar o transporte urbano, melhorar o ensino, meio ambiente, não se enche uma quadra de colégio com quem ficou sabendo na própria cidade (claro, fora os experts que estiveram lá).

A glória de qualquer universidade é produzir milhares de escritos que quase ninguém vai ler, entre artigos, teses, livros, monografias. Trabalho pra aumentar currículo de quem escreve e patrimônio de empresa privada.

Aliás, na visão de quase todos, conhecimento é bem de produção. Você faz uma faculdade pra ganhar mais dinheiro. Diploma é investimento. É isso, inclusive, que as propagandas de faculdades enfatizam, de maneira mal disfarçada. O sujeito sabe inglês fluente, já pensa em se mudar pro exterior. Aliás, sabe a conversa de machismo na ciência e no curso de Ciência da Computação? Só apareceu quando ter um diploma universitário virou uma coisa atraente e as mulheres cresceram o olho, como acontece em todo o feminismo. Deem uma lida em "Por que existem poucas mulheres na ciência?", do Questionando o Feminino.

E já viu blog de mulher com curso universitário, completo ou cursando? Ou é blog pseudointelectual falando de tudo como se entendesse a fundo cada assunto, ou fala de futilidade, ou fala do casamento, ou dos filhos, ou do lugar onde mora ou passeou no exterior. Na melhor das hipóteses, é um blog feminista (entenda-se: lésbico-totalitarista). A piriguete faz questão de citar frases em outro idioma sem traduzir, ou copiar trecho de livro ou tese com citação padrão ABNT (mas sem a referência). Veja se você já viu alguma coisa assim:

FRANÇA (1992), sugere acrescentar no final da referência uma indicação das notas especiais entre parênteses no final da própria referência.

Agora, o que significa "FRANÇA (1992)", e que a página (http://iaracaju.infonet.com.br/users/stocker/Referencia.htm) não explica e eu tive que pesquisar no Google? Júnia Lessa França, uma edição publicada em 1992 (que deve ser a primeira), do livro que deve ser "Manual para normalização de publicações técnico-científicas". A turma da faculdade sabe disso, e deve até conhecer a obra, mas e quem não chegou lá? Está vendo como é que essa turma é exibicionista?

Outra: os universitários são muito menos inteligentes e estudiosos do que quem é de fora pensa. Que tem gente que cola na prova, copia trabalho na internet, paga pra alguém fazer trabalho dele e menina que dá pra professor ou passa o trabalho pro miguxo inteligente fazer você já sabe. Na universidade também. Às vezes, aluno que vai se formar em menos de um ano.

Ah, a Abigailzinha aqui defende a anarquia, o ateísmo, a putaria, o casamento aberto e assume. As mocinhas que chaparam em todas as cervejadas, usaram maconha, fizeram aborto, faziam Pedagogia e casaram com o namorado da Engenharia Mecânica grávida do cafajeste da História, pagavam trabalho se formaram e viraram santinhas, profissionais competentes, que estudaram, que se fizeram sem a ajuda de ninguém (claro, tirando o papai classe média, o ex-namorado otário ou o professor que levou a moça pro motel).

Já reparou que ...

  1. ... o sonho de um estudante de jornalismo é trabalhar na Globo?
  2. ... se o percentual de negros na universidade é baixo, no movimento estudantil é menor ainda?
  3. ... nenhum movimento que preste, a não ser que seja um movimento reacionário, é encabeçado por alguém com pós-graduação?
  4. ... nenhum advogado ficou conhecido por dizer "eu não defendo canalha por dinheiro nenhum"?
  5. ... qualquer protesto de moradores de bairro da periferia consegue fazer mais diferença pra uma cidade do que o trabalho de muitos especialistas que trabalham na prefeitura?
  6. ... todo perfil de gente de nível universitário em rede social é comportadinho (a não ser de mulher protestando contra o machismo, homossexual protestando contra a homofobia, professor protestando contra o salário e coisas do tipo)?
  7. ... uma postagem de blog bem escrita, ou até uma carta de leitor de jornal, pode ser mais instrutiva sobre transporte público do que 10 artigos de um alto funcionário do órgão responsável com pós-graduação no exterior?
  8. ... toda pessoa extremamente desagradável é especialista em alguma coisa?
  9. ... toda pessoa extremamente desonesta é um dos grandes nomes em alguma coisa?

A importância da universidade, isso para o próprio povo, é dar um diploma para a filhota do pedreiro ter um apartamento na área nobre de uma cidade grande em vez de ser empregada doméstica. Eu não tenho nada contra pedreiro ou empregada doméstica, mas eles têm (eu tenho contra falta de dinheiro, não contra andar de ônibus). Aliás, quase ninguém na universidade ou fora é contra as coisas erradas que viraram normais, desde que possa se dar bem na vida.

Pra encerrar, a gente poderia citar, e talvez o querido leitor também, grandes empresas com ambientes de trabalho horríveis. Abusos de autoridade, humilhações, colega tentando passar a perna no outro, excesso de trabalho, ameaça de demissão. E quem está lá aguenta tudo isso. Ninguém pensando "eu vou sair daqui e vou pra uma empresa melhor pra trabalhar, nem que seja com menos de um terço do salário". Não, o sujeito tem que andar de carrão, dar vida mansa pro filhote, pagar tudo que a esposa quer comprar, porque foi pra isso que ele entrou na universidade. O gerente, o diretor, o cientista da computação, toma antidepressivo ou vai se suicidar no dia seguinte, mas continua lá. Em alguns órgãos públicos, gente com pós-graduação pode ser subordinado de uma amante de vereador ou um sobrinho de deputado com competência questionável, mas vai ficando lá. Ou seja, quem se forma na universidade muitas vezes não tem coragem nem de lutar pela própria dignidade.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Crise feminista: comunidade de ódio contra homens

Crise feminista

idioma: Português (Brasil)

categoria: Romances e Relacionamentos

tipo: público

visível por: público

criada em: 22/10/2009

local: Reino Unido

proprietário: lady jean mod

moderadores:

ocultar perfil

Não precisamos de macho. É. São tudo uns cachorro, filhos de uma mãe, te traem, bando de porco, esquece do seu aniversário, só pensa em sexo, assobia pra tudo quanto é piranha que aparece, só abre a boca pra come e pra grita gol, a maior parte é pobre e os que tem grana são tudo uns canalhas. No caso, faço logo inseminação artificial, compro um vibrador, pinto a casa de rosa e caso com a minha melhor amiga. PONTO FINAL.

http://www.orkut.com.br/Main#Community?rl=cpp&cmm=95472507

Fiz exatamente o que qualquer lésbica de nariz empinado faria no meu lugar por muito menos: denunciei.

Abigail Pereira Aranha

sábado, 12 de novembro de 2011

Tania Rocha, minha sucessora de Valerie Solanas preferida, fechou o blog para o público

Abigail Pereira Aranha

Gente, eu fui visitar o Cinderela se Rebela, da senhorita Tania Nienkotter Rocha, e essa eu tenho que contar pra vocês:

Aí, eu ia passar no texto dela "Os homens cometem 97% de TODOS os crimes no planeta Terra", que eu também copiei aqui e ia mostrar a pequena lista que eu fiz em 07/11: "Garotas malvadas – crimes de mulheres", fora os casos que já estavam no texto "Os homens são culpados por 97% dos crimes, mas não se preocupem, o feminismo está cuidando disso" de 23/09. Então, hoje, dia 10/11 eu descubro que:

Quiá, quiá, quiá, quiá!

Estatística de frouxo: "Mulheres lidam melhor com as finanças do que os homens"

Poderosas e econômicas

Mulheres lidam melhor com as finanças do que os homens

Por Elliana Garcia

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010 mostram que o número de famílias chefiadas por mulheres cresceu quase 80% em 10 anos, e um quarto dos domicílios brasileiros já está sob o comando exclusivo delas. Através de pesquisas sobre o comportamento das mulheres em relação às finanças, Reinaldo Domingos, educador e terapeuta financeiro, autor do livro “Terapia Financeira”, chegou a uma conclusão que, para o sexo feminino, não chega a ser novidade: a mulher lida melhor com o dinheiro do que os homens. “Embora comprem mais, isso não quer dizer que sejam relapsas com as finanças, ou que gastem mais do que deveriam”, diz.

Domingos esclarece que vários mitos em relação às mulheres foram desfeitos depois de algumas pesquisas. “As mulheres conseguem poupar mais que os homens. Dizem que gastam mais, mas esse é um pensamento machista, pois elas possuem um controle muito maior de suas finanças, o que muitas vezes proporciona adquirir mais bens que os homens”, esclarece.

Teste de educação financeira:

Descubra se você tem controle sobre seus gastos

Segundo o terapeuta, a mulher é como se fosse um caixa de um banco: transita muito dinheiro por ele, mas o dinheiro não é dele. Acontece o mesmo com muitas mulheres, sejam elas profissionais ou donas de casa. “Cada vez mais a mulher é responsável pela movimentação do dinheiro em prol da família. Sendo assim, elas se tornaram grandes administradoras e conscientes. Como buscam promoções e preços bons, o dinheiro rende na mão delas. Ciente disso, o mercado publicitário voltou suas ações para o público feminino, responsável pela compra de eletrodomésticos, alimentação, roupas e até medicamentos para a casa”, ressalta.

Outro ponto interessante nas finanças do universo feminino é que as mulheres têm tendência a anotar todos os gastos, e o educador vê isso como um ponto positivo. “No exercício de registrar tudo o que gasta, a mulher descobre onde pode economizar para atingir seus sonhos.”

E para quem ainda não se encaixou nesse perfil de consumidora consciente, Domingos dá uma dica: “Guarde de 10% a 20% dos rendimentos. Isso vale tanto para as profissionais quanto para a dona de casa. O ideal é guardar o dinheiro com um objetivo, senão a pessoa gasta impulsionada por uma propaganda, por exemplo. Quando poupamos para realizar um sonho, não agimos por impulso, comprando itens desnecessários.”

Para quem é dona de casa e não tem uma renda fixa, o terapeuta aconselha a guardar uma reserva para uma poupança privada, que garantirá uma aposentadoria mais tarde. Eliminar gastos pensando no futuro é algo que tem que envolver toda a família. “Faça uma reunião da qual as crianças participem e estabeleça prioridades, eliminando excessos, supérfluos e criando uma linha de ação, onde todos estejam na mesma direção. É importante ter sonhos, objetivos, diálogo, e respeito ao dinheiro”, finaliza.

http://www.arcauniversal.com/economiaeconsumo/noticias/poderosas_e_economicas-611.html

Comentários de Universidade Plebéia Revolucionária

Agora as piadinhas com a inteligência de quem tem estão vindo até de instituto de pesquisa. Daqui a vinte anos, vamos ver os analfabetos das escolas da periferia que entraram na universidade pelo ENEM e pelas cotas sendo especialistas, e aí vai vir mais asneiras.

"A mulher lida melhor com o dinheiro do que os homens". Mas que brincadeira é esta? Qualquer homem casado ou pai de moça adolescente já teve várias discussões com a mulher ou a filha porque ela gasta mais do que deve, ou conhece outro homem que tem.

Sabe quando mulher sabe o valor do dinheiro? Quando não tem pai nem marido pra bancar, ou quando é pobre. Se tem um trouxa com dinheiro suficiente na mão, ela não compra sapato mais barato, não mora em qualquer bairro, se o palhaço tem carro faz ele de taxista, e por aí vai. Quantas vezes você já viu mulher pedindo dinheiro pro marido? E franguinha universitária ligando pro pai pedindo dinheiro (e dinheiro grosso)?

Mulheres em geral não sabem controlar dinheiro. O que elas sabem é ter o que querem nas costas dos homens otários. Você já viu em entrada de noitada quantas moças com calça que nem tem bolso? A maior preocupação da vida financeira de muitos homens é estudar e trabalhar pra ganhar dinheiro para pagarem as próprias contas. A maior preocupação da vida financeira de muitas mulheres é com quem vão casar, de quem vão ganhar pensão ou quem vão usar de escada profissional.

Qualquer semianalfabeta feia e disforme pode ter uma vida que um homem (ou uma mulher mesmo, pelo próprio esforço) só vai conseguir com duas ou três décadas de esforço e estudo só porque achou o marido certo (ou o otário certo pra dar pensão). Uma mulher pode até aprender a administrar uma casa financeiramente, mas o príncipe encantado não anda a pé.

Vamos lembrar também daquela senhorita que mora só ela e os filhos, ganha menos de dois salários mínimos e está sempre com roupa, bolsa, sapato novo.

E será que algum mangina estrado de salto agulha acreditou neste lixo de pesquisa?

E quanto à parte de quebrar os preconceitos, eu ainda vou escrever outro texto.

Abigail Pereira Aranha

Qual a pior coisa que um homem machista/misógino pode dizer das mulheres?

Abigail Pereira Aranha

Qual a pior coisa que um homem machista/misógino pode dizer das mulheres?

É dizer que o lugar das mulheres é em casa? Não.

É dizer que mulher é só pra sexo? Não.

É dizer que mulher tem que ser bonita e gostosa pra ter algum valor? Não.

É dizer que as mulheres são burras? Não.

É dizer que inteligência de mulher é pra roubar carreira de homem, dar golpe ou prender carteira de homem com filho? Não.

É dizer que as mulheres são egoístas? Não.

É dizer que as mulheres são manipuladoras? Não.

É dizer que as mulheres são mais falsas que nota de 300 reais? Não.

É dizer que as mulheres têm inveja do pênis? Não.

É dizer que as mulheres riem do pênis porque os homens frouxos e os escravos da buceta dão a elas tudo que elas querem? Não.

É dizer que as mulheres só gostam de canalhas e tratam quem tem caráter como lixo? Não.

É dizer que as feministas são lésbicas abortistas? Não.

É dizer que as mulheres tiveram uma participação quase zero no progresso da humanidade e agora querem gozar tudo que os homens conseguiram e além meter o pé na bunda deles ainda amaldiçoam o prato em que comeram? Não.

É dizer que as mulheres ignoram os homens feministas? Não.

É dizer que as mulheres usam os homens para atender o próprio egoísmo? Não.

É dizer que as mulheres estão dando mais que chuchu na cerca? Não.

É dizer que as mulheres são frígidas, sexualmente reprimidas? Não.

É dizer que as mulheres usam uma palavra boa pra dizer uma coisa ruim? Não.

É dizer que as mulheres não conversam sobre nada que preste? Não.

É dizer que as mulheres cuidam muito do cabelo e pouco do cerébro? Não.

É dizer que as mulheres são histéricas e desequilibradas? Não.

É dizer que as mulheres vão da estupidez à boa educação em minutos, e dão uma patada como se a dignidade do outro não fosse nada? Não.

É dizer que as mulheres conseguem se superar em tudo que é falha de caráter, e conseguem revirar o estômago até de quem escreve contra elas há anos? Não.

A pior coisa que se pode dizer das mulheres é dizer que, sejam quais forem os erros das mulheres, ninguém tem capacidade moral ou intelectual de perceber, detestar e condenar publicamente estes erros sem ser um homem.

Se isso fosse verdade, ser misógino seria a melhor coisa que um homem poderia fazer, por ele mesmo e pelos outros. Como amar uma pessoa que adora ser tola? Mas se uma mulher percebe as falhas das outras mulheres, ou até as dela mesma, e evita esses erros ao mesmo tempo em que desce a lenha nas outras, essa mulher não odeia as mulheres. E além de tudo, ela é uma mulher de verdade que merece respeito e admiração.

Se uma mulher só consegue se revoltar porque o casamento lésbico não é legal, porque são poucas mulheres na política e nas chefias, porque uma patricinha não é levada a sério, porque a Vadia da Penha está sendo pouco pra acabar com a violência contra a mulher, vamos odiar as mulheres. Mais do que isso, vamos legalizar a porrada nestas desgraçadas, e até o estupro. Mas se uma mulher consegue se revoltar por causa dos mil defeitos das mulheres em geral, ainda existe uma mulher que pode ser amada.

Sabe por que estou escrevendo isso? Porque de vez em quando alguém suspeita que eu sou homem. Isso me lembra as lesbonarcinazistas que eu estou criticando há anos. Elas são um bando de cretinas pseudointelectuais, e convém pra elas que quem não as põe no pedestal sejam todos ou homens frustrados ou mulheres que ainda têm que se juntar a elas. E muitos homens já estão tão acostumados com lixos morais com buceta que não acreditam que alguém com algum valor pode ser mulher.

E é por isso que eu tenho esse blog. Pra mostrar que uma mulher pode ter caráter, coragem e inteligência. E caráter não é religião, casamento e horror a pica. E coragem não é brigar com o mundo pra ficar com um cafajeste ou defender o lesbianismo. E inteligência não é ser pseudointelectual ou passar a perna em homem pra arrumar pensão.

Também em http://avezdasmulheres.wordpress.com/2011/10/14/a-pior-coisa-que-um-machista-pode-dizer/

Seção de sexo, safadeza, putaria, mulher pelada, pornografia

Outra coisa que é muito grave é quando as mulheres dão a entender que uma mulher só sabe falar de sexo quando o assunto é preservar o casamento, mandar homem pra cadeia, defender o lesbianismo ou falar mal de outra mulher.

Beauty Dior vid01, Beauty Dior vid02 e Beauty Dior vid03 - http://www.pornpros.com/40ozbounce/galleries/vb12/vb12_beautydior/index.html?nats=ODM4NzoyOjg,0,0,0,

Tai-Black-Boobs-1 e MILF-Carla-1 - http://www.bigbraowners.com/news/23102011/index.html

Big curves

Mulata bunda grande (e peito pequeno) com um mulato pauzudo. Com anal.

http://xxxgx.com/42857/big-curves

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Canal do Búfalo: "Respeitar a opinião pública é para perdedores"

Um trechinho:

Não precisamos de agradar a opinião pública. Temos é que continuar a criar um ambiente onde os oxímoros da opinião pública sejam expostos.

A opinião pública não tem sensibilidade. A opinião pública é composta por um bando de desmiolados programados para consumirem porcarias orgânicas e eletrônicas. Afinal, eles são estúpidos o suficiente para pensarem que feminismo é sobre igualdade, não é?

(...) Para todos que acham que tenho que me moldar as vontades deste sistema moralmente corrupto e misândrico estejam avisados que deveriam pensar primeiro na morte e na desumanização póstuma de Thomas James Ball promovida por eles.

http://canaldobufalo.galacta.org/2011/07/01/respeitar-a-opiniao-publica-e-para-perdedores/

E você deve ter visto o nome de um tal Thomas James Ball. Quem é esse cara? No texto tem um atalho pra outro texto contando o caso dele.

Beijos

Abigail Pereira Aranha

Página no Facebook