sexta-feira, 28 de abril de 2017

Introdução à comunicação com pré-humanos - parte 1

Abigail Pereira Aranha

Para uma pessoa canalha ou de mente fragmentada, a linguagem humana é um meio de ação no mundo real, não um meio de expressão ou de transmissão de informações ou ideias. Uma linguagem humana criada para ser usada entre um grupo de pessoas normais não tem só regras de gramática, de sintaxe, de ortografia. Ela é uma regra geral de comunicação. Qualquer palavra ou elemento não-verbal tem vínculo com algum objeto do mundo real, de um conjunto criado ou da própria linguagem. Aquelas pessoas que usam a linguagem humana sem essa preocupação com o mundo real ou que recebem a linguagem humana dessas primeiras sem a consciência de o que é a linguagem humana, eu chamo aqui de pré-humanas. Não as chamo de animais porque pelo menos os animais domésticos sabem usar e receber a linguagem. Quem tem um gato ou um cachorro de uns 5 anos sabe que ele entende algumas palavras da linguagem humana e, por exemplo, um assovio; e sabe também que ele usa alguns sinais para se comunicar com os humanos dele (por exemplo, mexe no portão quando quer sair da casa). Os pré-humanos, quando conhecem o mundo real, mal passa do suficiente para parecer erudito e conhecer a reação das pessoas de mentalidade normal a certas palavras ou elementos não-verbais. É com isso que podemos entender o movimento esquerdista. Vou dar alguns exemplos.

1) A pessoa pré-humana não entende o que vê, não entende o que ouve, não entende o que ela mesma diz e, por isso mesmo, entende que as outras pessoas têm as mesmas deficiências. Então, o pré-humano acha que está sendo claro quando não diz nada ou apenas repete o que disse, em geral porque está acostumado a dar indiretas a quem não é do seu tamanho ou tem educação suficiente para não mandá-lo pro Inferno.

2) Quando a pessoa diz "X é X" ou "X é X, Y é Y", ela acha que diz uma informação poderosa exatamente porque não entende o que está dizendo. Uma coisa é igual a ela mesma é um caso de uma estrutura lógica chamada tautologia, que só pode ter valor de verdade verdadeiro. Se essa pessoa lê a frase anterior, ela entende que quando eu digo que "X é X" só pode ser verdadeiro, eu digo que é indiscutível que o primeiro X é o Z que ela pensa que disse; ou que quando eu digo que "X é X, Y é Y" só pode ser verdadeiro, eu digo que é indiscutível que o segundo X e o segundo Y são coisas diferentes.

3) A pessoa pré-humana pode usar o truque de teatralizar um conhecimento da língua pátria. Quando a pessoa, por exemplo, diz que usou uma conjunção quando usou uma preposição ou que usou o pretérito do subjuntivo quando usou o futuro do pretérito, a farsa fica mais óbvia para quem tem o conhecimento da língua pátria. Mas o que essa pessoa faz com frequência nas redes sociais, e o truque funciona cada vez menos, é copiar um trecho de uma obra que não tem relação com o que ela pensa que responde.

4) A pessoa pré-humana pode usar a ironia, que é o uso de um absurdo para reforçar a verdade, para dizer o absurdo usando a verdade como se fosse ela o absurdo. Isso acontece porque a pessoa não sabe perceber a realidade como realidade, ou interage com pessoas que acredita que não sabem.

5) Os esquerdistas dos países democráticos costumam falar mal de escritores e jornalistas sem dizer o título de um artigo que eles tenham escrito. Eles desmascaram autores de 15 livros ou 1.000 artigos de jornal juntando histórias reais ou imaginárias do que eles fizeram há 30 anos atrás. É pior do que falta de argumentos. É incapacidade mental para lidar com a verdade ao ponto de sequer debater com uma pessoa real.

6) A pessoa pré-humana pode falar com outra e não ouvir o que a outra diz. Um exemplo: o pré-humano faz uma pergunta, ouve a resposta e repete a pergunta como se não tivesse ouvido a resposta. Outro exemplo: o pré-humano diz uma coisa, ouve uma resposta que mostra que ele disse bobagem e continua falando o que disse no começo.

7) A pessoa pré-humana pode atacar ideias que ninguém defenderia ou defender ideias que ninguém atacaria, pelo menos não abertamente, como se fosse um soldado em uma cidade repleta de inimigos. A pessoa pode pegar uma ideia absurda ou um termo absurdo sem qualquer lastro na realidade, não raro sem sequer coerência interna, para descrever o mundo real. Aí, uma ideia como "cultura do estupro" ou "erotização infantil", que uma pessoa normal nem daria atenção de tão grosseiramente absurdo, pode ser a base para um artigo de jornal, um livro ou mesmo um encontro de especialistas em uma universidade. Aqui, eu esclareço que os pré-humanos não são só esquerdistas, os conservadores ou tradicionalistas em geral também são pré-humanos.

Ainda vou dar um exemplo de 2015 no Brasil para esclarecer o problema. Um artigo da revista Carta Capital diz que as emissoras de televisão receberam quase 14 bilhões de reais de verba publicitária do governo PT;[01] um artigo do mês seguinte da página do PT menciona, com uma certa alegria, uma pesquisa que diz que "13,2% confiam sempre no que a mídia publica, contra 21,2% não confiam nunca", sendo quase 5% os que disseram que a imprensa era a instituição em que mais confiavam.[02] No segundo semestre de 2014 e no primeiro de 2015, o povo brasileiro não confiava cada vez menos só na imprensa e na televisão, também acreditava cada vez menos no governo Dilma Rousseff. Mas se a "mídia" estava dando o que os aliados do PT chamam de golpe, por que recebeu 14 bilhões de reais em 12 anos até então? Mas se quando eles falavam de "PIG" (Partido da Imprensa Golpista), era só teatro (e era), vamos imaginar uma cena. Dilma Rousseff ainda está na Presidência da República e liga pro dono da Rede Globo.

- Você viu a pesquisa? Eu te paguei meio bilhão ano passado pra você fazer esta m%$£@? A sua credibilidade está indo pro buraco e levando a minha junto. Resolve essa p¢$$@ aí. Melhora a sua imagem aí porque você tem que me tirar da m%$£@. Eu já tenho 60% de rejeição, eu não posso cair, p¢$$@! Você quer me f#£%$?

Se esta conversa nunca aconteceu, o que é muito provável, por que o PT usou dinheiro público para propaganda dele mesmo disfarçada de propaganda da Administração Pública, uma campanha publicitária bilionária não deu o resultado que era esperado e nem parece que o cliente está possuído de raiva por isso? Porque isso foi um uso pré-humano da comunicação de massa. Ninguém pensou em fazer alguém que votou em Aécio Neves ou Levy Fidelix em 2014 gostar da Dilma, isso não foi uma campanha publicitária normal como uma propaganda de refrigerante. A propaganda pró-PT era para quem já era simpatizante do PT; se a propaganda era de baixo nível intelectual, também era para quem tinha baixo nível intelectual mesmo que não fosse entusiasta de Lula e Dilma. Essa fala na comunicação de massa era para os simpatizantes do PT e os idiotas se sentirem representados e os inteligentes antiesquerdistas se sentirem sozinhos. Se não fosse a internet, isso poderia ter dado certo. Mas se houve uma série de manifestações pelo impeachment de Dilma Rousseff organizada principalmente nas redes sociais e elas conseguiram seu objetivo, isso prova que os do outro lado chegaram a um nível de decadência mental em que não conseguem perceber a fraqueza das próprias mentiras. O que não significa que os farsantes se dêem mal. A fala em si (pode ser também um texto escrito, por exemplo) tem efeitos que podem atender os objetivos do pré-humano.

Esses motivos para o investimento da esquerda em uma imprensa cada vez menos crível são os mesmos pelos quais um governo de esquerda investe mais em educação e não consegue aumentar nada além das taxas de semianalfabetos, delinquentes e militantes parasitas dentro das escolas e das universidades. E o público não sabe quando todas as universidades públicas do Brasil estão em greve há três meses, e uma tese de pós-graduação ou um artigo acadêmico é desconhecido na universidade onde foi publicado.

Então, como se comunicar com um pré-humano? Vou dar uma resposta geral rápida.

1) Tenha você mesmo uma integridade mental e linguística junto com uma inteligência psicológica. Por que você sente raiva, piedade ou constrangimento em relação a uma pessoa? Por que uma coisa, um conjunto de palavras, uma expressão facial te deixa sem graça, ou irritado? Você consegue descrever isso em palavras? Você já explicou o significado de uma palavra que você usa com frequência para alguém que nunca a ouviu antes, ou conseguiria fazer isso se fosse o caso? Você tem um medo de alguma coisa e conseguiria explicar porque esse medo é razoável em palavras? Aliás, você sabe por que choramos, temos medo, temos raiva, etc? O pré-humano tem uma parte considerável dele próprio que ele bloqueia para a análise racional. Daí, qualquer habilidade profissional ou bagagem de informações é dedicada a alimentar a farsa pessoal ou a vaidade. O caso da mulher feia e sexualmente frustrada que se destaca no meio técnico-acadêmico é uma ilustração rápida bem conhecida.

2) Não discuta ideias, discuta a pessoa. Argumentos em torno de ideias são para conversas honestas com pessoas com integridade mental. Os canalhas têm de ser expostos ao público e os fracos têm de ser expostos a si mesmos.

3) Desenvolva o bom humor e o humorismo. Os pré-humanos em geral se incomodam com pessoas que parecem felizes, e se incomodam mais ainda com o risco de serem desmascarados pelo ridículo.

4) Juntando os três ítens anteriores: use a comunicação não-verbal do pré-humano contra ele mesmo.

NOTAS:

[01] "Publicidade federal: Globo recebeu R$ 6,2 bilhões dos governos Lula e Dilma", Carta Capital, 29 de junho de 2015, https://www.cartacapital.com.br/blogs/midiatico/emissoras-de-tv-receberam-mais-de-r-10-8-bilhoes-publicidade-federal-7609.html.

[02] "Maioria dos brasileiros não confia na imprensa", Partido dos Trabalhadores, 22 de julho de 2015, http://www.pt.org.br/maioria-dos-brasileiros-nao-confia-na-imprensa.

Apêndice

Capturas de tela mandadas pelo parceiro Arthur Tavares.

Seção de sexo, safadeza, putaria, mulher pelada, pornografia
Section of sex, lust, licentiousness, naked woman, pornography
Section de sexe, luxure, débauche, femmes nues, pornographie
Sezione de sesso, libertinaggio, lussuria, donna nuda, pornografia
Sección de sexo, perrez, putaría, mujer desnuda, pornografía
Black cock vs tiny white teen (feat. Goldie Baby)
Pau preto contra adolescente branca minúscula (com Goldie Baby)
Coq noir vs petite adolescente blanche (avec Goldie Baby)
Gallo negro vs pequeña adolescente blanca (con Goldie Baby)
Cazzo nero contro minuscola teen bianca (con Goldie Baby)

Nubiles-Porn Sharing my boyfriend with my best friend (feat. Aubrey Gold and Rebel Lynn)
Nubiles-Porn Compartilhando meu namorado com minha melhor amiga (com Aubrey Gold e Rebel Lynn
Nubiles-Porn Partage mon copain avec ma meilleure amie (avec Aubrey Gold et Rebel Lynn)
Nubiles-Porn Compartiendo mi novio con mi mejor amiga (con Aubrey Gold y Rebel Lynn)
Nubiles-Porn Condividendo il mio ragazzo con la mia migliore amica (con Aubrey Gold e Rebel Lynn)

domingo, 23 de abril de 2017

Até que veio o dilúvio (eu votei no Aécio)

Abigail Pereira Aranha

Nada mais justo para quem trata a preocupação com um problema geral como falta do que fazer do que não fazer outra coisa na sua vida particular além de lidar com as consequências dele. Eu vou na sequência da minha série "A hora de fechar a arca" (parte 1 e parte 2) e vou continuar na ilustração do dilúvio.

Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos (...).

(Mt 24: 38, 39)

Em questão de uns 10 dias, aqui no Brasil, o cantor Victor Chaves sendo denunciado por agredir a esposa depois de ela mesma retirar a queixa e o laudo não comprovar a agressão;[01] o ator José Mayer ser denunciado por assédio sexual oito meses depois e sendo vítima de uma campanha feita por colegas mulheres da Rede Globo, a maioria atrizes com menos anos de idade que ele de profissão;[02] um participante do "reality show" Big Brother Brasil sendo denunciado por violência contra a mulher[03] por reagir à violência por uma mulher[04], além de eliminado do tal programa. Os três acusados estavam na Rede Globo, um era jurado de uma competição musical, o The Voice Kids, um era ator de uma novela recente, o outro era participante de um "reality show". Não foram só esses homens famosos que não foram conhecidos por se expressar a favor dos Direitos Humanos dos Homens e Meninos que agora são vítimas do LGBT-Feminismo, muitos homens comuns que nunca se interessaram pelo assunto também esbarraram nele.

Pode ser porque eu fiquei até meio tonta vendo esses casos todos juntos, mas o que eu pensei? Em mim mesma e nos meus confrades. Eu comecei a criticar o LGBT-Feminismo na blogosfera, eu tinha 15 anos e usava blogues gratuitos. Eu vi o Silvio Koerich ser falsificado para dar pretexto para o verdadeiro ser preso, e eu denunciei isso no meu modesto alcance. Eu comecei a escrever em inglês aqui no Brasil antes que defender os direitos dos homens fosse transformado em crime nos Estados Unidos. Eu fiz uma série de casos de violência de mulher contra homem e no segundo caso já tinha gente me perguntando se o meu objetivo era justificar a violência de homens contra mulheres. Eu tinha 20 anos quando uma leitora feminista tentou chamar mais gente pra me denunciar à Polícia Federal por racismo, porque ela leu o que não quis sobre o caso de uma vadia mirim que por coincidência era negra. Já fui chamada de racista, misógina e homofóbica pela grande lesbofeminista Lola Aronovich (grande em proeminência), ainda em 2012. Perdi o meu blogue no Wordpress, o meu perfil no Wordpress é bloqueado, perdi três perfis no Facebook, tomei três suspensões no Google Plus, tudo isso porque fui atacada pelos feministas (mulheres e homens) e pela parte mais burra do meio cristão conservador. Pelos feministas porque eu gosto de homens e pelos conservadores porque, digamos, eu gosto de homens. E eu não sou uma pessoa muito ativa na militância. E a minha vida no mundo físico não teve sobressaltos e até o meu trabalho na internet nunca foi interrompido. Mas eu vi blogues da Real sendo fechados porque os autores foram ameaçados (ou de morte ou terem a identidade revelada). E vi antifeministas de fora da Real sendo vítimas de falsas acusações.

Como o Feminismo de hoje é parte do movimento socialista e da política de esquerda, não é só coincidência no tempo que outras coisas sinistras aconteceram nos mesmos dias na política do Brasil. Por exemplo, o empresário Marcelo Odebrecht finalmente delatou Lula e Dilma Rousseff na Operação Lava Jato, mas não antes de fazer uma lista de políticos que receberam alguns milhões de reais cada um para campanhas políticas ou suborno.[05] A Operação Lava Jato foi criada para investigar o Petrolão, esquema de corrupção exclusivo do PT que usava a Petrobrás para subornar a "grande mídia" e financiar publicações na internet específicas para difamar a oposição, além de subornar o Facebook para censurar o antiesquerdismo, tudo isso disfarçando o dinheiro de verba de publicidade estatal. Quando a Polícia Federal e o Supremo Tribunal Federal podiam fazer um trabalho honrado, desviaram o trabalho para criar o eu-comi-a-sua-irmã da política. E um artigo no jornal O Globo diz que a Construtora Odebrecht financiava Lula e o PT desde a década de 1970 (na época, com o pai do Marcelo).[06] A empresa antes era uma empreiteira pequena do sul da Bahia, cresceu muito, estava tudo muito bem, até que a Rainha Louca fez muita besteira e ela teve de cair para não levar o PT inteiro junto. Agora, em vez de herdeiro de uma grande empresa de construção civil, Marcelo Odebrecht é um empresário desmoralizado que vai ter que ajudar não a destruir o PT, mas a destruir a oposição enquanto salva o PT, para ele mesmo passar menos tempo na cadeia.

E o impeachment de Dilma Rousseff aconteceu, em última análise, porque o governo PT atingiu o mesmo público que a elegeu. Por exemplo, enquanto a educação ficava cada vez pior do que já era, mas dava diploma universitário para gente que não sabia interpretar ou escrever decentemente um texto de três parágrafos, eram 60, 70, até 80 por cento de aprovação. A mesma coisa quando esse diploma dava expectativa de um emprego no serviço público onde se podia ganhar muito sem fazer um trabalho decente. Quando os descadastros do Bolsa Família vieram, o diploma universitário do filho semianalfabeto ficou em perigo porque o financiamento estudantil teve menos dinheiro e até o serviço público teve onda de demissão, tudo isso por causa do encolhimento da economia, foi aí que a rejeição ao governo chegou a 60, 70 por cento.

A culpa não é minha, eu votei no Aécio. Adesivo de carro em 2014, 2015.

Eu faço minhas as palavras de um adesivo de carro que circulou pelo Brasil em 2015 e 2016: "a culpa não é minha, eu votei no Aécio". Por acaso, eu realmente votei no Aécio Neves para presidente no segundo turno da eleição de 2014. Ele foi o voto útil da direita, era ele ou Dilma. Eu mesma escrevi sobre o que devíamos fazer se ele ganhasse[07] (e na verdade, ele ganhou, mas não levou, a apuração foi fraudada). Por sinal, se o brasileiro que tinha mais de 15 anos na década de 2010 ainda estiver vivo quando o Brasil for decente, ou vai provar que foi um gigante moral pelo menos no governo Dilma Rousseff ou vai ter de se dar por feliz se os netos o tratarem com educação.

Ah, e eu escrevi ainda em 2010, logo depois da eleição da vitória da Rainha Louca, que o grande problema foi a vitória do público que a elegeu.[08] E na época, Lula tinha uns 60 ou 70 por cento de aprovação. A Marcha das Vadias ainda não tinha acontecido, e quase todas as mulheres que criticaram o Feminismo nos últimos 4 anos ainda eram desconhecidas, nunca se pronunciaram sobre o assunto ou eram simpatizantes do movimento. Quem se dizia antifeminista ainda eram, a grosso modo, tarados enrustidos mal sucedidos, provincianas neuróticas, "sugar babies" falsas moralistas e vadias em fim de carreira. E eu já escrevia contra o Feminismo e contra o esquerdismo com uma certa dedicação já havia algum tempo.

Noé pregou por muito tempo que o dilúvio estava por vir. De acordo com alguns comentaristas, ele pagou empregados para construir a arca. Mas, como diz aquele texto do evangelho de Mateus, o povo estava seguindo a vida normal até ela acabar em questão de horas. Nós já temos um grande número de acusações falsas contra homens, talvez mais acusações falsas do que verdadeiras, por crimes sexuais contra mulheres, meninas adolescentes e crianças. Nós já temos minoria de homens nas universidades do Brasil e do mundo. Nós já temos maioria de homens vítimas de assassinato e suicídio, e boa parte dos homens que se suicidam são homens casados. Nós já temos países do mundo decente onde um homem é preso por procurar uma prostituta. Nós já temos países do mundo decente onde o transporte público tem vagões, ônibus ou trens inteiros exclusivos para mulheres. Mas nós não podemos falar isso que eu listei aqui com qualquer homem, pelo menos não esperando que ele entenda o tamanho da porcaria.

Nós podemos não ter feito o que estava ao nosso alcance até esse abril de 2017, mas os mais improdutivos dos antifeministas conservadores fizeram comentários raivosos em redes sociais e comentários de notícias na internet. Mesmo as moças que nós chamamos de "conservadias" têm, no mínimo, esse crédito. Mas aqueles que nem isso fizeram vão ser vítimas da própria burrice. E talvez eu tenha sido gentil de comparar essas pessoas com aquelas pegas no dilúvio. Uma pessoa no meio de uma inundação não age como se ela só atingisse o vizinho. Muitos homens só vão acordar para a questão de direitos humanos, e não só das violações dos direitos fundamentais dos homens, quando forem linchados por uma falsa acusação de crime sexual ou quando forem presos por estuprar uma mulher com que eles mal falaram na vida. A maioria, nem assim.

NOTAS:

[01] "Por imagem de câmera de segurança, Polícia Civil indicia Victor", Veja, 04 de abril de 2017, http://veja.abril.com.br/entretenimento/por-imagem-de-camera-de-seguranca-policia-civil-indicia-victor.

[02] "José Mayer: 'Eu errei'", Veja, 04 de abril de 2017, http://veja.abril.com.br/entretenimento/jose-mayer-eu-errei.

[03] "BBB: Marcos deve ser denunciado na Delegacia da Mulher nesta segunda-feira", Correio 24 Horas, 10 de abril de 2017, http://www.correio24horas.com.br/single-entretenimento/noticia/bbb-marcos-deve-ser-denunciado-na-delegacia-da-mulher-nesta-segunda-feira.

[04] "Emilly manipulou todo mundo, inclusive Marcos, para vencer o BBB 17", Deborah Bresser, R7, 14 de abril de 2017, http://entretenimento.r7.com/blogs/blog-da-db/emilly-manipulou-todo-mundo-inclusive-marcos-para-vencer-o-bbb-17-20170414.

[05] "República de Banânia já pode adotar um novo nome: Findomundistão", Reinaldo Azevedo, 12 de abril de 2017, http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/republica-de-banania-ja-pode-adotar-um-novo-nome-findomundistao.

[06] "Emílio Odebrecht relata ajuda de Lula contra greve nos anos 70", O Globo, 14 de abril de 2017, http://oglobo.globo.com/brasil/emilio-odebrecht-relata-ajuda-de-lula-contra-greve-nos-anos-70-21209544.

[07] "Aécio Neves passou para o segundo turno, mas se ganhar, é só o fim do começo", A Vez dos Homens que Prestam, 06 de outubro de 2014, https://avezdoshomens.blogspot.com/2014/10/aecio-neves-passou-para-o-segundo-turno.html.

[08] "Dilma Rousseff eleita presidente: em 2010, quem ganhou foi a gentalha", A Vez dos Homens que Prestam, 18 de novembro de 2010, https://avezdoshomens.blogspot.com/2010/11/dilma-rousseff-eleita-presidente-em.html.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Garota Conservadora, acabou!: bate no privado porque apanha em público

A conversa por mensagem privada


Abigail

Agora que você decidiu se expor, explique também que você não falou a ninguém da Garota Conservadora que você era prostituta e por isso estava na moderação. Explique que você só estava na moderação porque fingia que nunca tinha feito nada disso. Porque a página não tem nada a ver com seu passado e não deve se sujar por isso!

[Comentário, já apagado, em https://www.facebook.com/anynha.istrisoski/posts/1332110870208470. A visualização é do compartilhamento que eu fiz no meu perfil no Facebook do texto "Moderação da página Garota Conservadora tinha uma ex-profissional do sexo quando baniu uma amadora, e ela confessa isso um ano depois" http://avezdasmulheres.over-blog.com/2017/04/moderacao-da-pagina-garota-conservadora-confessa.html]

Oi. Vi que você visitou o meu perfil esta semana. Vi o seu comentário no perfil da Anny Istrisoski e um dos meus homens registrou. Não precisa se acanhar, pode me visitar à vontade. Ah, tenho que te mostrar o penúltimo texto que escrevi sobre o Garota Conservadora: "Eu disse uma vez que a Garota Conservadora não passava de outro feminismo, agora é o mesmo", http://avezdasmulheres.over-blog.com/2017/04/garota-conservadora-outro-feminismo-agora-e-o-mesmo.html e https://avezdoshomens.blogspot.com/2017/04/eu-disse-uma-vez-que-garota.html.

Um abraço hétero.

E viva a prostituição!


Dálet Calazans

Olá, tudo bem? Rs

Eu acho engraçado o que vcs fazem rs. Nada tenho do que me queixar ja que tenho a consciencia limpa.

Que tal vc sair de trás de um fake para a gente conversar como pessoas civilizadas colocando os pontos nos i's?

Sim, estou desafiando sua coragem. Um aperto de mão hetero.


Abigail

Quais os pontos que você quer conversar? O que nós fazemos de engraçado?

Dálet Calazans

Só depois os assuntos serão abordados.

Vcs agem engraçado quando generalizam todo mundo daquela página sem ao menos ter conversado com alguém de lá. (Creio eu).

Ela tem seus erros? Claro. Pessoas que já a administraram cometeram erros? Evidente que sim. Mas, minha cara, eu nada tenho a ver com isso.

Tanto que naquela discussão no meu comentario, eu näo fiz questao de me envolver, até porque não era assunto meu.


Abigail

Vamos conversar sobre o que eu já publiquei sobre a página. 22 de fevereiro de 2016: http://avezdasmulheres.over-blog.com/2016/02/pagina-garota-conservadora-mostrando-que-o-antifeminismo-conservador-nao-passa-de-outro-feminismo.html

Página Garota Conservadora mostrando que o antifeminismo conservador não passa de outro feminismo - A Vez das Mulheres de Verdade


26 de fevereiro de 2016: http://avezdasmulheres.over-blog.com/2016/02/o-puritano-feminismo-episodio-26.html

O Puritano-Feminismo episódio 26: um pouco da página Garota Conservadora - A Vez das Mulheres de Verdade


05 de abril de 2017: http://avezdasmulheres.over-blog.com/2017/04/garota-conservadora-outro-feminismo-agora-e-o-mesmo.html

Eu disse uma vez que a Garota Conservadora não passava de outro feminismo, agora é o mesmo - A Vez das Mulheres de Verdade

Dálet Calazans

Vamos conversar, mas saia de trás de um fake que a gente conversa.


Abigail

Saia você do inbox. Tudo que você disse está na minha linha do tempo: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1029604433851112&set=a.818508154960742.1073741827.100004046962593

Dálet Calazans

Não, porque diferente de muitos, não curto vexame rs

Se vc quiser conversar de modo amigável e respeitoso com seu perfil, tudo bem. Mas nao tem como levar um assunto com uma pessoa que nem tem coragem de se mostrar rs

Abigail

Você também não tem coragem de se mostrar.


Dálet Calazans

Como não? Esse é meu perfil. E eu que nem sei quem vc é?

Rs

Abigail

Você não sabe quem eu sou porque não voltou ao meu perfil. Mas eu estou mostrando lá quem é você.

Dálet Calazans

E quem sou eu, srta?

Abigail

Mas eu não estou sendo não-amigável.

Eu até te chamei pra voltar à minha linha do tempo. Só te mostrei uma crítica que eu tinha escrito sobre a sua página.

Dálet Calazans

A página não é minha. Rs

Eu só sou editora lá.

Um flagrante rápido de comentários feministas na página


Sou mulher e não devo nada ao Feminismo. Minha liberdade vem da cruz.

Débora Lopes Estava vendo outras postagens dessa página... Pra quem não sabe, o movimento feminista se consolidou em torno da luta pela igualdade de direitos para homens e mulheres. Mulheres se organizaram e protestaram contra as diferenças contratuais, a diferença na capacidade de conquistar propriedades e contra os casamentos arranjados que ignoravam os direitos de escolha e os sentimentos das mulheres, tudo isso em meados do século XIX...concordando ou não, devemos muito ao feminino sim...aliás, vocês só podem dizer, publicar e compartilhar essas merdas graças às conquistas das feministas que lutam por nossos direitos.

11 de março de 2017 às 12:15

Paula Ramos E Ramos O melhor comentário

11 de março de 2017 às 16:20

Débora Lopes Muita gente fala mal do feminismo sem saber o que é...falta estudo...de certo foram favoráveis ao golpe...

11 de março de 2017 às 16:25

Rosa Oliveira Exatamente

11 de março de 2017 às 21:52

https://www.facebook.com/gconservadora/photos/a.906785519466863.1073741828.778933445585405/1088557931289620/?type=3&comment_id=1090061394472607


Danielle Souza Passando pra dizer que se você acredita que homens e mulheres devem ter os mesmos direitos, você é feminista, mesmo dizendo que não! Bjs

13 de março às 11:19

https://www.facebook.com/gconservadora/photos/a.906785519466863.1073741828.778933445585405/1088557931289620/?type=3&comment_id=1091761124302634

Beatriz Úlima Sou cristã e sei reconhecer que se não fosse o feminismo nem acesso à internet teríamos, muito menos saberíamos escrever pois o estudo era um direito privilegiado ao homens.

12 de março às 23:36

https://www.facebook.com/gconservadora/photos/a.906785519466863.1073741828.778933445585405/1088557931289620/?type=3&comment_id=1091323887679691

Meus comentários

Eu devia ter registrado os cascudos épicos que as garotas conservadoras levaram de feministas na própria página em agosto do ano passado, agora a página acabou (era https://www.facebook.com/Garota-Conservadora-1643378225925406). No endereço antigo, eu fui banida por dois perfis e tenho de memória três confrades conservadores que também foram banidos. Porque nós dizíamos algumas verdades. Mas elas ainda apanham no endereço novo. Não apanham de homens conservadores ou de guerreiros da Real, elas apanham de mulheres e homens feministas de esquerda. E pior, elas apanham dos militantes medíocres com os clichês mais surrados. E vimos lá atrás que até feminista cristã apareceu.

Aí, quando eu desço o pau na página, vem uma administradora que não sai da mensagem privada. Ou talvez ela ache que eu sou administradora da página Hipocrisia Da Mulher Conservadora 2, de um parceiro meu. Mas a equipe Garota Conservadora, como a grande maioria do antifeminismo conservador, está acostumada a fazer deboche de fim de Ensino Fundamental contra o Feminismo de caricatura e não sabe discutir nem com o Feminismo real nem com o antifeminismo funcional.

Abigail Pereira Aranha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook