segunda-feira, 14 de abril de 2014

Por que a Abigail, a pregadora da devassidão, nunca defendeu a liberdade da mulher sobre o próprio corpo?

  1. Porque liberdade sexual da mulher é o caso da moça de 15 ou 16 anos que briga com pai e mãe para morar com marginal.
  2. Porque liberdade sexual da mulher é abortar o filho que vai atrapalhar a carreira, o curso universitário ou a imagem de moça séria.
  3. Porque "em uma sociedade patriarcal, toda relação sexual heterossexual é estupro porque as mulheres, como um grupo, não são fortes o suficiente para consentir". (Catherine MacKinnon) Nota da Wikiquote: "Estas palavras foram citadas pelo escritor conservador Cal Thomas como vindo de 'Professing Feminism' (Professando Feminismo), um livro que ele erroneamente atribuiu a Catharine MacKinnon. A passagem aparece nesse livro, mas é dada como uma caracterização do autor das visões de MacKinnon, em vez de uma citação direta.
    Em vez disso, MacKinnon argumenta que a heterossexualidade 'institucionaliza a dominação sexual masculina e a submissão sexual feminina' (1982) e que 'o acesso sexual é regularmente forçado ou pressionado ou feito rotineiro além da negação' (1991)."
    Tá bom, se "toda relação heterossexual é estupro" é distorção das palavras da distinta, "a heterossexualidade institucionaliza a dominação sexual masculina e a submissão sexual feminina" significa o quê?
  4. Porque liberdade sexual da mulher é amar homem ou mulher se quiser, só que sem querer amar homem.
  5. Porque nenhuma mulher se encontrou escondido com um rapaz que trabalha de dia e estuda à noite para os dois perderem a virgindade aos 15 ou 16 anos.
  6. Porque nenhum homem que vale a pena (e seja pobre) encontrou uma mocinha feminista dizendo "o corpo é meu, as regras são minhas e eu estou a fim de transar com você".
  7. Porque nenhuma feminista disse para um marginal ou um agressor de mulheres que ele só viu corpo feminino decente em material pornográfico.
  8. Porque liberdade da mulher de transar com quem quiser é quase sempre a liberdade de não querer transar com qualquer homem a não ser o cretino ciumento que ela já denunciou à polícia e ela mesma tirou da delegacia.
  9. Porque ter um caso com um professor da faculdade tendo um namorado pode ser liberdade sexual feminina, mas ser prostituta ou atriz pornô é ser mantida em cativeiro explorada pelo patriarcado.
  10. Porque ser prostituta ou atriz pornô gostando do que faz é degradar a imagem da mulher.
  11. Porque liberdade da mulher sobre o próprio corpo é entrar num ônibus com uma roupa provocante e fazer cara feia para qualquer homem que olhe.
  12. Porque liberdade da mulher sobre o próprio corpo é ir seminua para um protesto contra o machismo / sexismo e se sentir desrespeitada quando os homens que aparecem gostam.
  13. Porque quem apoia a legalização da prostituição não faz marcha no centro da cidade com os seios de fora, porque a minoria não pode ser descoberta como "parte interessada" e a maioria nem tem seios.
  14. Porque ser uma mulher bonita de rosto e de corpo e posar para uma foto de lingerie ou biquíni é ser objeto colaborando para imposição do padrão de beleza da sociedade machista.
  15. Porque mocinhas que têm fotos sensuais soltas na internet não falam de liberdade sexual, falam de processo por danos morais.
  16. Porque nós nunca vimos uma defensora da liberdade sexual feminina receber um amigo homem heterossexual em casa para uma visita de amigo.
  17. Porque você nunca viu uma mulher ser alvo de maledicência porque recebeu dois amigos ou parentes homens em casa e responder para a fofoqueira "da próxima vez vou trazer dois pra você também" (porque a Abigail não mora em apartamento, hehehehe).
  18. Porque nós nunca vimos uma defensora da liberdade sexual feminina receber um amigo homem heterossexual em casa para fins libidinosos.
  19. Porque toda mulher com namorado ou marido possessivo fala do queridinho dela para os outros homens, não dos outros homens para o queridinho.
  20. Porque o maior problema da mulher amada por vários homens em todos os duplos sentidos é a mulher que não é.

Por isso, a devassa aqui nunca pregou a liberação sexual. Primeiro ela liberou a cabeluda, depois ela contou como é bom e quem realmente não gosta do que ela faz. Quiá, quiá, quiá, quiá, quiá!

Eu não mereço ser estuprada, mas ninguém merece mulher com horror a rola

"Ninguém merece mulher com horror a pica". (Nota para os não-brasileiros: esta é uma homenagem para a turma do "eu não mereço ser estuprada" que se empolgou com a temporada de caça a tarados do metrô e a trapalhada da pesquisa do IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - que dizia que 65,1% da população brasileira acredita que mulher de roupa curta merece ser atacada. "Ninguém merece" é uma gíria brasileira para algo muito ruim).

"Nessuno merita donna con orrore a cazzo". (Nota per i non-brasiliani: questo è un omaggio alla banda di "Io non merito di essere violentata", che ha entusiasmato con la stagione di caccia sui perversi della metropolitana e la confusione nella ricerca di IPEA - Istituto di Ricerca Economica Applicata - che dice che il 65,1% della popolazione brasiliana è convinto che le donne che indossano abiti corti merita di essere attaccati. "Nessuno merita" è un gergo brasiliano per qualcosa di molto brutto).

"Nobody deserves woman with horror to dick". (Note to non-Brazilians: this is a tribute to the gang of "I do not deserve to be raped" that thrilled with the hunting season on the subway perverts and the mess in the search of IPEA - Institute of Applied Economic Research - saying that 65.1% of the Brazilian population believes that women wearing short clothes deserves to be attacked. "Nobody deserves" is a Brazilian slang for something very bad).

"Nadie merece mujer con horror a la polla". (Nota para los no brasileños: ese es un homenaje a la banda de "Yo no merezco ser violada" que emocionóse con la temporada de caza a los pervertidos de metro y el desastre en la investigación de IPEA - Instituto de Investigación Económica Aplicada - diciendo que el 65,1% de la población brasileña cree que las mujeres que usan ropa corta merece ser atacadas. "Nadie merece" es un argot brasileño para algo muy malo).

http://www.facebook.com/abigail.pereira.aranha.91

https://plus.google.com/102494518729286023431

http://www.stumbleupon.com/stumbler/AbigailPereira

http://pinterest.com/abigailpereira

Abigail Pereira Aranha

Questo testo in italiano senza fumetti di dissolutezza, in Concrete Paradise: Perché Abigail, la predicatore di dissolutezza, mai difeso la libertà delle donne sul proprio corpo?, http://avezdoshomens2.blog.com/2014/04/14/perche-abigail-mai-difeso-la-liberta-delle-donne
Questo testo in italiano con fumetti di dissolutezza, in Paraíso Tangible: Perché Abigail, la predicatore di dissolutezza, mai difeso la libertà delle donne sul proprio corpo?, http://avezdoshomens2.blogspot.com/2014/04/perche-abigail-la-predicatore-di.html
Eso texto en español sin caricaturas de libertinaje, en lo Concrete Paradise: ¿Por qué Abigail, la predicadora de libertinaje, nunca defendió la libertad de la mujer sobre su propio cuerpo?, http://avezdoshomens2.blog.com/2014/04/14/por-que-abigail-nunca-defendio-la-libertad-de-la-mujer
Eso texto en español con caricaturas de libertinaje, en lo Paraíso Tangible: ¿Por qué Abigail, la predicadora de libertinaje, nunca defendió la libertad de la mujer sobre su propio cuerpo?, http://avezdoshomens2.blogspot.com/2014/04/por-que-abigail-la-predicadora-de.html
This text in English without debauchery cartoons, at Concrete Paradise: Why Abigail, the preacher of debauchery, never defended the freedom of women on their own bodies?, http://avezdoshomens2.blog.com/2014/04/14/why-abigail-never-defended-the-freedom-of-women
This text in English with debauchery cartoons, at Paraíso Tangible: Why Abigail, the preacher of debauchery, never defended the freedom of women on their own bodies?, http://avezdoshomens2.blogspot.com/2014/04/why-abigail-preacher-of-debauchery.html
Texto original em português sem cartuns de safadeza, no A Vez das Mulheres de Verdade: Por que a Abigail, a pregadora da devassidão, nunca defendeu a liberdade da mulher sobre o próprio corpo?, http://avezdasmulheres.blog.com/2014/04/14/abigail-nunca-defendeu-a-liberdade-da-mulher
Texto original em português com cartuns de safadeza: Por que a Abigail, a pregadora da devassidão, nunca defendeu a liberdade da mulher sobre o próprio corpo?, no A Vez dos Homens que Prestam, http://avezdoshomens.blogspot.com/2014/04/por-que-abigail-pregadora-da-devassidao.html, e no Viver a Vida e Planejamento Estratégico, http://imaculadaeabigail.blogspot.com.br/2014/04/por-que-abigail-pregadora-da-devassidao.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página no Facebook