sábado, 26 de março de 2016

Dilma Rousseff já foi cassada... pela militância esquerdista?

Abigail Pereira Aranha

Amigos, eu achei uma conversa entre esquerdistas que pode ser um sinal do futuro da Rainha Louca e talvez do PT. Não é grampo. E também não é de grandes figuras do PT ou de partidos de esquerda. E este é o ponto: são postagens no Facebook de dois militantes esquerdistas comuns. Um disse que "Dilma pode até ter sido e/ou agido como uma traidora de suas bases, militantes, eleitores e do povo brasileiro", mas "ela não é o inimigo histórico do povo brasileiro". O outro comenta que "a Dilma está à direita do Aécio". Sério! Já vou mostrar as íntegras, mas antes vou fazer algumas considerações.

Está certo que há mais de 10 anos que a esquerda brasileira não é só PT-PCdoB e muitos que se dizem de esquerda querem distância deles. Não são só partidos criados por gente que saiu do PT por achar que ele era socialista de menos, temos militância organizada que já trata Lula e Dilma como pelegos desde o começo do primeiro mandato da Dilma. Mas mesmo assim, quem era militante de esquerda e não gostava do PT ainda conseguia se unir a petistas para lutar contra a "direita".

Se cada pessoa que participou das manifestações do dia 13 conhecer duas pessoas que simpatizam com o PT, o Lula podia mesmo prometer que as manifestações do dia 18, a favor dele, iam ser o dobro. E por que elas foram um fiasco? Não foi só porque a militância profissional não se comunicou com as pessoas do povo de verdade que apoiam o PT (e essas pessoas são milhões). É porque o filme do PT está queimado, quem é pego em escândalo ou ataca para não se defender ou queima os comparsas para não cair sozinho. Quem votou no PT em 2014 sem ser militante profissional foi desligado do Bolsa Família, teve neto que perdeu bolsa na faculdade, teve irmão que ficou desempregado porque a empresa fechou, é funcionário público que viu colega ser demitido para redução da folha de pagamento. Nem o "com o Aécio seria pior" anima a sair pra rua pra defender o PT, seja sexta-feira no fim da tarde ou domingo de manhã. Sem muito alarde fora da internet para quanto os grandes veículos de comunicação de massa tradicionais ganharam para aliviar as notícias contra o governo ou para quanto o Facebook ganhou para atrapalhar as páginas das manifestações contra o PT, já sabemos da retração do PIB de 4% em 2015 e vemos notícias sobre o Petrolão nos jornais.

Então, ter poder político ou mesmo um cargo decisivo no serviço público neste país vai ser um pesadelo. Por isso a Dilmaligna está sendo isolada. Por isso o PT está começando a apanhar até de quem apanhava quieto. E o pior nem é a crise em si, é que sair dela é, vou inventar uma palavra, insonhável. Mesmo que fosse questão de recuperar PIB e diminuir gastos do Estado, o problema é maior do que a própria direita percebe. Quantos brancos que perderam dois anos até não perderem vaga de universidade para cotistas vão arregaçar as mangas pra tirar o Brasil da crise? Quem vai convencer um homem de bem que foi vítima de falsa denúncia de crime sexual de que o bem do Brasil é interesse dele? E pegando o boi que o ódio dos ricos contra os pobres, dos homens contra as mulheres, dos brancos contra os negros e do Sul-Sudeste contra o Norte-Nordeste são muito menos do que a tagarelice esquerdista diz.

Acontece que a porcaria não pode ir para a ficha da esquerda. Então, Dilma Rousseff, Lula e o PT têm de ser direita. E primeiro, nós não temos partidos com "liberal" no nome desde a década passada; segundo, a direita ainda pensa que o contrário de Socialismo é empoderamento da iniciativa privada mais inquisição puritana. Então, direita é o contrário do que a esquerda diz que ela mesma é: esquerda é direitos do trabalhador, controle popular dos meios de produção, "de cada um segundo a sua capacidade e a cada um segundo a sua necessidade", etc.

Parei de enrolar, vamos às pérolas, mas peço ao leitor que tenha em mente o que eu disse.

======

Rafael Scovino

17 de março às 12:21 · Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Dilma pode até ter sido e/ou agido como uma traidora de suas bases, militantes, eleitores e do povo brasileiro.

Mais ela não é o inimigo histórico do povo brasileiro e que defende medidas muito piores que os já tenebrosos ajuste fiscal, tarifaço, concessões de patrimônio público, cortes nos serviços essenciais, juros extorsivos, dívida pública imoral e a chantagem do superávit primário.

É só relembrar como foi para o povo a vida na Era FHC e como foi nos governos de Lula e no primeiro de Dilma.

A direita liberal historicamente entreguista, anti-nacional e anti-popular quer simplesmente por completo e definitivo o desalento do povo, a entrega da nação e a fragmentação territorial.

São aqueles que acham a fome normal, que pregam o fim da CLT, que apóiam a PL das terceirizações, que querem entregar o pré-sal as 7 irmãs do petróleo, que pregam a extinção do serviço público e tantos outros disparates que porão nosso povo mendigando novamente as ruas, se vendendo por um prato de arroz com feijão.

Nosso cenário político é desalentador, agora daí perfilar justo com oque há de pior nele, dar crédito ao udenismo e a Rede Globo é em definitivo estar entre os inimigos do Brasil.

A quem o mercado financeiro, o rentismo dá apoio tácito subindo e descendo bolsas ante a possibilidade destes retornarem ou permanecerem fora da Presidência da República ?

(https://www.facebook.com/rafael.scovino/posts/995555033831820)

Heleno Papadopoulos só não enxerga que a Dilma está à direita do Aécio quem não quer... a moliér assentou menos sem-terra em 4 anos do que o FCH em 2 anos (sim: isso mesmo), entregou pré-sal, cortou pensão por morte, lançou decreto aprovando pela PRIMEIRA VEZ DESDE 1963 REDUÇÃO SALARIAL À REVELIA DA CARTA DE 88, colocou latifundiária na pasta da agricultura, tornou manifestações populares em "terrorismo" antes da Copa (lei ainda válida!), cortou direito dos pescadores e das populações ribeirinhas, deu colher de chá pra Samarco quando do rompimento da barragem (vide decreto lançado pela presidente caracterizando a tragédia de Mariana como "desastre natural"), lutou com unhas e dentes por Belo Monte (apesar das inúmeras denúncias de irregularidades e agressões ao meio ambiente), facilitou que a reserva florestal de propriedades rurais fossem reduzidas, aumentou juros pra favorecer aos bancos como nunca, aumentou o custo da energia elétrica e das importações NO MESMO ANO, causando a falência de MILHARES DE EMPRESAS, restringiu o acesso ao seguro desemprego, depois de causar desemprego com o fechamento de empresas, cortou verba na educação e os repasses para os municípios, privatizou aeroportos, portos e hidrelétricas! Vendeu hidrelétricas pra China à preço de banana no começo do ano! E tem gente que ainda finge que não vê os ataques perpetrados contra os trabalhadores e a indústria nacional. A única prioridade dela são os bancos, as empreiteiras e os latifundiários!

(17 de março às 17:31, https://www.facebook.com/MarcusValerioXR/posts/10209228449051279?comment_id=10209230107892749)

Heleno Papadopoulos não é à toa que 94% da população desaprova o governo. Não é por acaso, não é por ignorância política.

(17 de março às 17:32, https://www.facebook.com/MarcusValerioXR/posts/10209228449051279?comment_id=10209230129933300)

Nenhum comentário:

Postar um comentário