quinta-feira, 2 de julho de 2015

Boas maneiras em queixas de estupro

Abigail Pereira Aranha

Já foi dito e provado que a degradação moral e a degradação mental estão ligadas, tanto em indivíduos quanto em comunidades. Um exemplo de trabalho neste sentido é o livro "Political Ponerology", do dr. Andrew M. Lobaczewski. Mas se não existe degradação moral sem degradação mental, tanto intelectual quanto psiquiátrica, também é verdade que não existe excelência moral sem boa inteligência e boa sanidade mental? Sim.

Se você conhece a Bíblia (eu não creio nela), pode ter notado que pelo menos a parte boa do Cristianismo bíblico não é para frouxos. Elias chamou os 450 profetas de Baal, que comiam na mesa da rainha Jezabel, para um desafio público do deus deles contra o Deus do qual ele era o único representante na hora (1Rs 18: 17 a 40). O próprio Jesus Cristo teria sido um paspalhão estilo Dalai Lama, e teria vivido tanto quanto ele, se não tivesse feito coisas como expulsar os comerciantes da porta do templo (Lc 19: 45 a 48) ou denunciar a hipocrisia dos escribas e dos fariseus (o capítulo 23 de Mateus é dedicado inteiro a isso). Quantos profetas sobrariam na Bíblia se eles se preocupassem em falar manso com o rei ou com os sacerdotes? Vamos pegar casos menos arrojados? As parteiras egípcias de quando o Faraó queria controlar o crescimento do povo hebreu, elas tinham ordens de matar os recém-nascidos se fossem meninos, mas elas desobedeciam por temor a Deus (Êx 1: 15 a 21). Gideão recebeu um chamado de Deus para derrubar um altar de Baal, fez isso à noite, mas fez (Jz 6: 25 a 27). A Abigail (1Sm 25: 2 a 42) levou comida para os servos de Davi destratados pelo marido pelas costas dele. Mas a minha personagem bíblica feminina preferida não é a Abigail: é a Raabe, que além de esperta e corajosa, era prostituta, hehehehe. Quando os espias hebreus chegaram a Jericó, ela os escondeu do rei da cidade na própria casa, em cima do muro da cidade (Js 2). E apesar de "bem atendida", a cidade era minúscula!

Mapa da Jericó antiga - Antigo Testamento, época de Josué

("Travels on a D.N.A. molecule - the first farmers", http://midgleywebpages.com/dna.html)

Mas tem outra, de Jesus aos seus discípulos, mas que podia ser uma promessa a quem não era: "e aquele que der até mesmo um copo de água fresca a um destes pequeninos, na qualidade de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá a sua recompensa" (Mt 10: 42, Almeida Revisada Imprensa Bíblica). Quanta boa vontade, ou até coragem, poderia estar por trás daquele copo d'água?

Vamos lembrar as palavras de Jesus sobre os falsos profetas, mas que também se aplicam aos seus próprios discípulos: "Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?" (Mt 7: 16). Mt 7: 15 a 20 são sobre os frutos como consequência da natureza, mas o verso 16 também mostra outra coisa: os frutos nos fazem reconhecer a árvore. Se você, por exemplo, nunca viu uma goiabeira, mas conhece uma goiaba e está andando no campo quando vê uma árvore com goiabas, pronto, você descobriu como é uma goiabeira. Mais textos bíblicos sobre boas obras: Tg 2: 14 a 26, Ef 2: 10, Mt 5: 16. A lista de Hb 11 é chamada de "heróis da fé", entre eles a Raabe no verso 31. Muitos otários argumentam que as boas obras não levam à salvação e acham que liquidaram o assunto, mas o que esses textos dizem é que existem boas obras que são CONSEQUÊNCIA da salvação e da diferença de quem segue o Evangelho.

Chega de Bíblia! Eu sou pregadora do ateísmo e da fornicação e já pegou mal pra mim, hehehehe! O ponto que eu destaco aqui é que o bom discurso e as boas ações PRÁTICAS caracterizam, JUNTOS, as pessoas honradas. Mas nós estamos tão acostumados com o mal, a estupidez, a mediocridade e a acomodação que consideramos que uma pessoa é de bom caráter só porque nunca fez nada ERRADO.

Eu mesma, como os leitores mais velhos já me viram dizer, tenho procurado ser a alegria dos meus amigos e conhecidos homens que prestam do mundo físico desde os meus 14 anos. Conversas recheadas de risadinhas é coisa de vadia amiguinha de trocador e motorista de ônibus, ela viaja seminua sem pagar passagem em troca de olhadelas disfarçadas e comentários indecentes por trás. Eu tenho mais que eu posso dar e tenho achado homens que merecem o que eu tenho pra dar. E tenho dado. Não é o que vocês estão pensando, mas só nessa parte foram 247 gatinhos em 10 anos.

Hoje, até as igrejas evangélicas, que há pouco tempo tinham uma conduta moral reconhecida até pelos piores inimigos, foram levadas pela crise moral do Ocidente cristão, que é anedótica no Brasil em particular. "Angola proíbe operação de igrejas evangélicas do Brasil", matéria da Folha de São Paulo de 27/04/2013. Entre as igrejas proibidas estão Igreja Universal do Reino de Deus e Igreja Mundial do Poder de Deus. O fundador da última, Valdomiro Santiago, era pastor da primeira e criou uma facção. A primeira, no ano seguinte, apoiaria a então candidata à reeleição à presidência do Brasil, a ex-terrorista lesbossocialista Dilma Rousseff. Pessoal, vou ter que trazer mais três textos bíblicos. Vamos registrar: eu, sendo uma ateia licenciosa, coloquei mais textos bíblicos nesse texto do que muito pastor em uma pregação. E se alguém disser na maioria das igrejas de hoje "sede meus imitadores, como também eu de Cristo" (1Co 11: 1)? É capaz de ouvir: "Não é boa a vossa jactância" (1Co 5: 6a). Pessoal, eu não podia perder a piadinha. Nós chegamos ao ponto de que o texto de Mt 7: 1 a 5, aquele que começa com "não julgueis", passar de admoestação de Jesus contra a hipocrisia a clichê de vadia em fim de carreira contra o senso moral. O cristão típico de hoje entende qualquer demonstração de zelo pela virtude como hipocrisia, porque ele perdeu a capacidade moral e mental de imaginar uma virtude autêntica, mesmo que seja imperfeita. Logo, para ele, toda virtude é uma farsa em si mesma. Aliás, este cristão só enxerga virtudes falhas quando são, na verdade, a persistência dele próprio ou da sua turma na sem-vergonhice e na estupidez. Mas os cristãos medianos não percebem, pelo analfabetismo funcional e moral, que a mensagem de Jesus não é que o resto do mundo é tão sórdido quanto eles mesmos ou pior, é que ele mesmo, Jesus, vai meter neles as varas que eles gostam de usar nos outros (pessoal, naquela época se usava canas como fitas métricas). É por essa crise que a igreja evangélica cresceu numericamente, porque, como se diz no meio evangélico, o mundo entrou na igreja. Não é por acaso que as incoerências que observadores como Luciano Ayan, Olavo de Carvalho ou Thomas Sowell apontam nos esquerdistas hoje, tanto políticos quanto "elite pensante", se parecem muito com os absurdos que ateus intelectualmente razoáveis documentavam no meio cristão na década de 2000. Mesmo as igrejas históricas já passaram da fase da hipocrisia, a regra é a aversão à grandeza de caráter junto com a exaltação do semianalfabetismo e da gimnofobia.

Já que eu não acredito nem em Deus nem na castidade, eu posso ver com mais clareza um erro dos cristãos que é perigoso inclusive para os próprios cristãos: o "controle familiar" na programação de televisão, na internet, etc. O leitor cristão talvez possa fazer uma defesa aceitável da castidade. Mas foram décadas em que os cristãos ajudaram na luta contra a pornografia, a prostituição e o sexo fora do casamento e, por isso, consolidaram o socialismo enquanto prostitutas eram assassinadas por omissão estatal, mas pessoas eram presas ou processadas por obras consideradas indecentes. Eu já trouxe uma pequena seleção ainda em dezembro de 2007 e outra em setembro de 2010: o que já aconteceu com pessoas porque viram ou fizeram material erótico ou pornográfico não se fez, pelo menos não com tanta rapidez, a muitos envolvidos comprovados em corrupção ou a muitos empregados notoriamente ruins. Já em novembro de 2014, eu escrevi "Viva a prostituição, a pornografia e... as liberdades civis", onde além de mostrar que a repressão à pornografia e à prostituição se associa à repressão política, eu citei exemplos (trecho de outro texto) mostrando que os mesmos instrumentos usados para censurar mulher pelada JÁ ERAM USADOS para censurar conteúdo antiesquerdista ou cristão tradicional. Aliás, é ilustrativo ver o rev. Augustus Nicodemus Lopes, que escreveu o texto "Qual o problema em gostar um pouco de pornografia?" repetindo as mesmas mentiras grosseiras usadas pelas piores facções do Feminismo para transformar a heterossexualidade masculina em caso de polícia, escrever "Não estou ofendido", comentando uma encenação de um transexual pregado em uma cruz em uma Parada LGBT patrocinada pelo menos pela Caixa Econômica Federal e pela Prefeitura de São Paulo só para fazer um teatro de superioridade indiferente - ou, pior ainda, para mostrar com sinceridade a própria incapacidade de perceber quando a fé que ele professa é atacada publicamente.

Os amigos cristãos brasileiros talvez possam citar nomes do próprio círculo de convivência de gente que se vai à igreja no domingo à noite, não vai de manhã, mas bloqueia o irmão no Facebook porque ele critica o PT. Amigos cristãos e ateus antifeministas já viram que quando se compartilha alguma pérola de feministas "radicais", ou apenas uma atrocidade cometida por uma mulher, no Facebook, podem aparecer mulheres feministas moderadas e não-feministas como um enxame de abelhas dizendo que não se deve generalizar, mas nunca uma delas diz que já foi bloqueada por uma mulher feminista por discordar de que todos os homens são monstros. No caso da professora Tericka Dye, que eu citei naquele texto de 2007, quanto o sistema educacional dos Estados Unidos tinha avançado como fabricante de esquerdistas semianalfabetos e sinecura de lésbico-socialistas desqualificados até 2006, quando achou que uma mulher não devia ser mais professora por ter feito um filme pornográfico cerca de 10 anos antes? O título desse texto, aliás, não foi uma provocação banal. A debilidade moral usa a hipersensibilidade a porciúnculas como se fosse demonstração de sanidade moral por si mesma. É como exigir que uma vítima de estupro use uma linguagem apropriada para adolescentes de 13 anos ao registrar o caso na delegacia, ou que o boletim de ocorrência a use. Quem acha que a linguagem do boletim de ocorrência pode ser mais digna de nota que o estupro que ele relata, na melhor das hipóteses é um frouxo que valoriza mais a polidez do que a defesa da justiça, ou que despreza menos o mal em si do que a linguagem dura na denúncia dele. Na pior, é alguém que defende o criminoso ou o crime com uma desconversa embelezada. Isso pode ser para uma pessoa comum sem muita esperança não encarar o mundo. Pode ser para uma pessoa de mau caráter não encarar o próprio interior. Mas, fatalmente, a debilidade moral acaba se transformando em força motriz imoral.

Questo testo in italiano senza film di dissolutezza in Men of Worth Newspaper / Concrete Paradise: Buone maniere nei rapporti di stupro, http://avezdoshomens2.blog.com/2015/07/02/buone-maniere-nei-rapporti-di-stupro
Questo testo in italiano con film di dissolutezza in Periódico de Los Hombres de Valía / Paraíso Tangible: Buone maniere nei rapporti di stupro, http://avezdoshomens2.blogspot.com/2015/07/buone-maniere-nei-rapporti-di-stupro.html
Eso texto en español sin videos de putaría en Men of Worth Newspaper / Concrete Paradise: La urbanidad en los informes de violación, http://avezdoshomens2.blog.com/2015/07/02/la-urbanidad-en-los-informes-de-violacion
Eso texto en español con videos de putaría en Periódico de Los Hombres de Valía / Paraíso Tangible: La urbanidad en los informes de violación, http://avezdoshomens2.blogspot.com/2015/07/la-urbanidad-en-los-informes-de.html
This text in English without licentiousness videos at Men of Worth Newspaper / Concrete Paradise: Politeness in rape reports, http://avezdoshomens2.blog.com/2015/07/02/politeness-in-rape-reports
This text in English with licentiousness videos at Periódico de Los Hombres de Valía / Paraíso Tangible: Politeness in rape reports, http://avezdoshomens2.blogspot.com/2015/07/politeness-in-rape-reports.html
Texto original em português sem vídeos de putaria no A Vez das Mulheres de Verdade: Boas maneiras em queixas de estupro, http://avezdasmulheres.blog.com/2015/07/02/boas-maneiras-em-queixas-de-estupro
Texto original em português com vídeos de putaria no A Vez dos Homens que Prestam: Boas maneiras em queixas de estupro, http://avezdoshomens.blogspot.com/2015/07/boas-maneiras-em-queixas-de-estupro.html
Seção de sexo, safadeza, putaria, mulher pelada, pornografia
Sezione de sesso, libertinaggio, lussuria, donna nuda, pornografia
Section of sex, lust, licentiousness, naked woman, pornography
Sección de sexo, perrez, putaría, mujer desnuda, pornografía

Valentina Nappi gets DPed

Valentina Nappi leva uma dupla penetração

Valentina Nappi lleva una doble penetración

Valentina Nappi prende una doppia penetrazione



Violenza sulle donne (Valentina Nappi)

"Va detta una cosa importantissima sulla violenza sulle donne: su 100 morti sul lavoro 97 sono maschi e solo 3 sono femmine. Da femmina sono incazzata per questo, se pensate che questo non abbia a che fare sulla violenza sulle donne vi sbagliate. È un problema di ruoli. Finche ci saranno i ruoli e le differenze ci sarà violenza di genere. La violanza di genere nasce dall'idea che la donna sia preziosa. Alle bambine si insegna che sono preziose e da li discende la logica delle fighe di legno. A tutte queste femministe fighe di legno che si riempiono la bocca di violenza sulle donne e sciocchezze del genere, dico: DATELA"

(Grazie a Violacentrica per la trascrizione - http://www.violacentrica.com/valentina-nappi-pornostar-illuminata-contro-le-femministe-datela)


Violence against women (Valentina Nappi)

"Let it be said a very important thing on violence against women: for each 100 workplace fatalities, 97 are males and only 3 are females. As a woman I am angry at this, if you think this has nothing to do with violence against women, you are wrong. It is a problem of roles. As long as there be the roles and the differences, there will be gender-based violence. The gender violence comes from the idea that the woman is precious. The girls are taught that they are precious and from there stems the logic of the pussies of wood. To all these pussies of wood feminists that fill their mouth with violence against women and gender stupidity, I say: you, show it"

(Thanks to Violacentrica for the transcription - http://www.violacentrica.com/valentina-nappi-pornostar-illuminata-contro-le-femministe-datela)



Violência contra a mulher (Valentina Nappi)

"Que seja dita uma coisa muito importante sobre a violência contra a mulher: para cada 100 mortes no local de trabalho, 97 são de homens e apenas 3 são de mulheres. Como mulher eu estou indignada com isso, se você acha que isso não tem nada a ver com a violência contra mulheres, você está errado. É um problema de papéis. Enquanto houver os papéis e as diferenças, haverá violência baseada no gênero. A violência de gênero vem da idéia de que a mulher é preciosa. As meninas são ensinadas que elas são preciosas e daí decorre a lógica das bucetas de madeira. Para todas essas feministas bucetas de madeira que enchem a boca com a violência contra as mulheres e estupidez de gênero, eu digo: mostrem-na"

(Obrigada a Violacentrica pela transcrição - http://www.violacentrica.com/valentina-nappi-pornostar-illuminata-contro-le-femministe-datela)


La violencia contra las mujeres (Valentina Nappi)

"Que se diga una cosa muy importante sobre la violencia contra las mujeres: para cada 100 accidentes laborales, 97 son hombres y sólo 3 son mujeres. Como mujer estoy enojada con esto, si usted piensa que esto no tiene nada que ver con la violencia contra las mujeres, te equivocas. Es un problema de papeles. Siempre y cuando haya los papeles y las diferencias, habrá violencia de género. La violencia de género nace de la idea de que la mujer es preciosa. Las niñas se les enseña que son preciosas y de ahí se deriva la lógica de los coños de madera. Para todos estas feministas coños de madera que llenan la boca con la violencia contra las mujeres y la estupidez de género, les digo: demuestrenla"

(Gracias a Violacentrica para la transcripción - http://www.violacentrica.com/valentina-nappi-pornostar-illuminata-contro-le-femministe-datela)

Violenza sulle donne from ValentinaNappi on Vimeo.


Fiery Vixen Netu Gets Both Holes Rammed

Raposa de fogo Netu tem ambos buracos abalroados

Zorra de fuego Netu tiene ambos orificios apisonados

Volpe ardente Netu ha entrambi i fori speronati

Nenhum comentário:

Postar um comentário