sábado, 17 de setembro de 2016

Castidade é ódio contra os homens - parte 1: casos Tiziana Cantone e Feiticeira

FOTOS: Tiziana Cantone comete suicídio depois que seu ex-namorado vaza sua fita de sexo com cara novo

tiziana-cantone-1

A italiana Tiziana Cantone que se filmou fazendo sexo com seu novo namorado e enviou para seu ex-namorado para ameaçá-lo cometeu suicídio depois que ele compartilhou o vídeo on-line e ela foi bombardeada com um grande número de abusos online.

Tiziana Cantone, de Nápoles, na Itália, foi filmada realizando um ato sexual com um homem e o vídeo foi enviado para a internet antes de ser amplamente compartilhado.

Seu ex-namorado compartilhou a fita de sexo altamente explícita da mulher de 31 anos de idade e até revelou sua completa identidade on-line como sua própria forma de vingança.

De acordo com amigos e parentes próximos, a mulher de 31 anos estava profundamente deprimida e à beira do suicídio por meses antes de sua morte.

tiziana-cantone-2

O vídeo foi compartilhado e baixado centenas de milhares de vezes e ela não podia lidar com a atenção negativa vinda da mídia social.

Tiziana largou seu emprego e se mudou de Nápoles para Toscana depois de supostamente ser reconhecida e ridicularizada e maltratada on-line e na vida real.

A srta. Cantone poderia supostamente ser ouvida na fita de sexo dizendo: "Você está fazendo um vídeo? Bravo."

tiziana-cantone-3

A fita de sexo tornou-se tão amplamente conhecida que ela também foi forçada a mudar seu nome.

Ela estava no processo de mudar legalmente seu nome quando ela foi encontrada morta, segundo a imprensa local.

A srta. Cantone passou por um processo legal na corte de Nápoles do Norte, onde lhe foi concedido um novo nome legal para evitar ser reconhecida.

tiziana-cantone-7

Os promotores abriram um inquérito em sua cidade natal de Nápoles que poderia trazer acusações criminais.

A advogada dela, Roberta Manzillo, se diz ter tomado medidas legais contra uma série de motores de busca na internet, bem como as pessoas responsáveis ​​por compartilhar a fita de sexo em redes sociais.

"Por que essas imagens ainda estão lá?

Por que as pessoas ainda podem zombar e rir desta jovem que terminou seus dias devido a esta humilhação que ela sofreu?", ela escreveu no jornal de Nápoles Il Mattino na quinta-feira.

tiziana-cantone-4

Teresa Petrosino, sua amiga, disse ao jornal italiano Corriere della Sera que a srta. Catone foi destruída pelo abuso.

"Ela tinha falado de seu desejo de deixar tudo para trás, e fechar com o passado", disse ela.

"Eu me pergunto como alguém pode ser tão feroz, como lançar raiva contra uma garota que não fez nada de errado.

tiziana-cantone-5

Eu acho que eles deveriam ter vergonha de todos aqueles que tenham enchido a internet de insultos e, enquanto isso, observavam secretamente as imagens."

"PHOTOS: Tiziana Cantone Commits Suicide After Her Ex-Boyfriend Leaks Her Sextape w/ New Guy", Campus Heat, 15/09/2016, http://campusheathq.com/photos-tiziana-cantone-commits-suicide-after-her-ex-boyfriend-leaks-her-sex-tape-w-new-guy

Meus comentários

Vou pular o artigo de James Reynolds, BBC News, em que é citado que o Primeiro-Ministro Matteo Renzi disse que isso é "violência contra a mulher". Temos dois homens aqui. Em vez disso, vou citar um outro artigo sobre este incidente. Mas, antes disso, vou citar um artigo sobre uma celebridade brasileira, depois vou explicar por que.

A empresária Joana Prado está longe dos holofotes há alguns anos, mas ela ainda tem dificuldades em falar de seu passado na TV. Em entrevista ao "Programa do Gugu" de quarta-feira, ela relembrou sua personagem Feiticeira e disse que não gostava de interpretá-la: "Nos primeiros programas, quando o Luciano [Huck] me chamava, eu entrava perdida. Eu era uma menina também. Quando voltava, ia pro camarim e chorava de soluçar! Eu ouvia o que eu queria e o que não queria. Aprendi a administrar, mas me fazia mal".

(...) "Me vi interpretando uma personagem que não fazia parte dos meus sonhos. Tem mulher que sonha em ser símbolo sexual, em ser famosa, mas eu nunca quis isso", contou.

"'Chorava de soluçar', revela Joana Prado sobre época da Feiticeira", O Dia, Rio de Janeiro, 11/02/2016, http://odia.ig.com.br/diversao/televisao/2016-02-11/chorava-de-solucar-revela-joana-prado-sobre-epoca-da-feiticeira.html

Agora, de volta para Tiziana:

Tiziana Caltone

Tiziana Cantone, 31 anos, foi encontrada morta terça-feira por se enforcar depois de uma fita de sexo de 2015 em que ela foi destaque tornar-se viral.

O escritor Roberto Saviano disse que a Itália tem uma relação "mórbida" com o sexo e a rejeição que ela sentiu do público depois que a fita se tornou viral resultou desses sentimentos. "Eu lamento por Tiziana, que se matou porque ela era uma mulher em um país onde o sexo desinibido e brincalhão ainda é o pior dos pecados", disse Saviano no Twitter. Clique na galeria para ver mais imagens de Cantone. (Instagram/tizianacantonereal)

"Tiziana Cantone Photos: A Tribute to the Italian Beauty", Heavy.com, 16/09/2016, http://heavy.com/news/2016/09/tiziana-cantone-photos-gallery-instagram-rip-facebook-italy-pictures-sex-tape

Vamos ligar este caso e o caso da Feiticeira. Os pensamentos são semelhantes. O que Tiziana achou brincalhão foi compartilhar este vídeo com algumas amigas (de acordo com outras fontes) e seu ex-namorado. Ela não era tão desinibida para ser vista pelos homens heterossexuais. Por quê? Bem, você vai ver neste blogue ou nos meus perfis de redes sociais que eu não estou mostrando meu rosto ou meu corpo. É para minha segurança por causa deste trabalho na internet. Mas se você ver os meus blogues, você pode ver alguma "diversão" e alguns escritos sobre minhas "travessuras" na vida cotidiana. Mas Tiziana era uma garota normal. Ela provavelmente teve relações sexuais com menos homens em sua vida do que eu nesta semana. Aquele homem, Roberto Saviano, não acredita que "o sexo desinibido e brincalhão ainda é o pior dos pecados" para uma mulher. Mas esta mulher acreditava. E ela se suicidou por causa disso. É por isso que os registros sexuais DELA foram surpreendentes, mas os meu não são. Se houvesse um vídeo de sexo meu na internet e Tiziana visse, ela poderia me chamar de prostituta. Se eu visse o vídeo dela, eu poderia achá-lo medíocre. Porque eu acredito que o sexo é bom, não é para o casamento tradicional e um homem não deveria ter que ter um para obter sexo. Acima de tudo, não só eu acredito que um homem tem o direito ao prazer que eu tenho, eu não acredito que o prazer de um homem implica necessariamente em uma perda para mim.

Antes que alguma lésbica feminista diga que eu estou fazendo "slut shaming" e "culpando a vítima"... porra! Eu disse que ela era uma puta, eu disse que era uma vergonha se ela tinha vergonha de realizar um vídeo sexual heterossexual, eu culpei a vítima! Mas vamos pegar um trecho naquele primeiro artigo:

Eu me pergunto como alguém pode ser tão feroz, como lançar raiva contra uma garota que não fez nada de errado.

Eu acho que eles deveriam ter vergonha de todos aqueles que tenham enchido a internet de insultos e, enquanto isso, observavam secretamente as imagens.

Sim, ela não fez nada de errado, mas os homens que viram o vídeo fizeram o errado de assistir ao vídeo. A questão não é os insultos, a zombaria ou a chantagem. Os pontos são a heterossexualidade masculina e, no caso do seu ex-namorado, a recusa de ser ridicularizado por uma vadia enrustida. Aqui, estar certo e estar errado é uma questão de gênero. Você se lembra da demonização da prostituição e da pornografia? Melhor: você se lembra do Modelo Nórdico?

Bem, você pode mencionar que a moral conservadora está presente aqui. Você está certo, e este é o problema: o Conservadorismo e progressismo juntos em suas piores partes. A castidade é misandria.

Abigail Pereira Aranha

Nenhum comentário:

Postar um comentário