sexta-feira, 28 de maio de 2010

Por que eu tenho orgulho de ser branca

Abigail Pereira Aranha
Se o título desse texto fosse "Por que eu tenho orgulho de ser negra", muita gente ia achar lindo. Já que orgulho negro é bonito, vou falar de orgulho branco. Se eles podem, nós também podemos, e vou mostrar por quê.
Quando eu falo que eu tenho orgulho de ser branca, eu não estou desfazendo de ninguém por ser negro, amarelo ou descendente de índios. E quando eu falo de orgulho, eu não tenho orgulho das maldades dos brancos. Eles fizeram coisas erradas? Fizeram, e muitas. Mas a gente assume, talvez até por sermos obrigados a assumir. Mas qual negro fala dos escravos que Zumbi e Xica da Silva tiveram? Quando eu falo de orgulho branco, eu quero dizer que a raça que mais tem do que se orgulhar é a branca.
Você já ouviu falar de um grande cientista africano ou asiático, daqueles que ficaram pra História? Não estou dizendo que eles não existiram, mas de quantos você ouviu falar?
O Brasil e outros países de brancos ou colonizados pelos brancos têm preconceito contra os ateus? Têm, até hoje. Têm preconceito contra mulheres sexualmente livres? Têm, até hoje. Mas eu ainda consigo escrever meus blogs pregando o ateísmo e a safadeza, com umas fotos de safadeza. Na Arábia, no Egito, na China eu já estaria presa ou morta.
A Índia é mais velha que o Império Romano. É conhcecida pelo quê? Ioga, Taj Mahal e o que mais? A China também é mais velha que o Império Romano. É conhecida pelo quê? Acupuntura? Só do Brasil colonizado pelos brancos portugueses já saíram o avião, o relógio de pulso e o soro antiofídico.
A Noruega, a Suécia, a Finlândia e a Islândia estão numa região fria pra caramba e estão entre os melhores países do mundo. O que os africanos fizeram nas terras deles? Ah, os países africanos foram colônias européias? Foram. Mas e depois da independência? Qual foi o país da África em que o povo arregaçou as mangas pro país virar algo que preste, como aconteceu no Japão? Com tanta desgraça pra se preocupar ainda tem quem ache tempo pra matar quem é de outra etnia ou religião. Alguns são até hoje lugares de gente supersticiosa governados por algum bando de comedores de carniça. Infelizmente, com toda a babaquice que os brancos fizeram no apartheid, o melhor país da África é a África do Sul. Nem o Egito que já foi império é grande coisa hoje.
Os europeus que colonizaram a América, a África e a Oceania fizeram horrores? Fizeram. Mas o que seria de onde são Estados Unidos, Brasil e Austrália se não fosse a colonização européia? Estariam até hoje com as mesmas civilizações que acreditavam em Astrologia, ouviam velhos patéticos como se fossem poços de sabedoria e tinham um monte de superstições. E se no lugar dos europeus tivessem sido os árabes? Se ficando só no Oriente Médio e no Norte da África eles apedrejam mulheres por suspeita de adultério e prendem por ofensa ao Islã no século XXI, imagine se eles tivessem tomado o mundo desde o século XV.
E ainda querem ensinar História da África nas escolas. Vão falar do quê? Vão se lembrar dos negros que escravizavam outros negros? Vão falar dos governantes africanos que negociavam escravos com os reis europeus?
Pra terminar, o meu orgulho de ser branca é ter história pra contar. Ah, os brancos impuseram a sua versão da História pro mundo? Tá bom. A primeira revolução negra que deu certo foi a Revolução Haitiana, que fez o país mais pobre da América. Uma revolução árabe que deu certo foi a Revolução Islâmica no Irã, uma revolução pra andar pra trás jogando fora tudo que receberam do Ocidente. Que etnia tem uma Revolução Francesa, uma Revolução Americana, uma Revolução Russa pra contar? Que etnia tem um Bakunin, um Voltaire, um Galileu, um Pasteur pra apresentar? Quando negros, amarelos e indígenas falam em História, quase sempre é pra se agarrarem ao passado ou se fazerem de vítimas. Os brancos têm do que se envergonhar sim, mas também têm muita coisa pra ter a cabeça erguida.
E se alguém aí estava muito cego pra perceber, eu não estou pregando o racismo. Só estou falando a verdade. Mas é o tal negócio, racismo só não é bonito quando é de branco. Qualquer coisa que alguém quiser questionar, ou se algum dado que eu passei estiver errado, podem fazer um comentário ou um outro texto. Mas por favor, algo do nível desse texto aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página no Facebook