quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Essa é pra cambada de idiotas moralistas verem pra que serve filtro de internet

Você já usou um computador que se o endereço da página tem "sexta", a página fecha em nome da moral e dos bons costumes? Você já foi a uma lan house que proíbe acesso a páginas de safadeza? Uma droga, né?


Já seria muito se isso fosse coisa de mulheres de personalidades medíocres que seguraram sexo pra levar o marido pro altar, de vadias hipócritas que engravidaram pra viver de pensão mas pagam de religiosas e de homens que cresceram educados por essas criaturas. Mas não para por aí. Enquanto algumas mulherzinhas histéricas e desgraçadas fazem uma luta contra o sexo para que as jovenzinhas cabeça vazia possam levar o namorado desesperado por sexo pro altar, e alguns homens que são mandados pela mulher querem compensar a falta de moral tentando determinar o que alguém pode ou não ver na internet, eles estão ajudando a criar uma censura. Dá uma olhada nessas matérias.

Contra pornografia, Pequim fecha site de direitos humanos

Pequim (China) - As autoridades chinesas tiraram do ar o site de direitos humanos China Voz do Povo (www.chinavoice.org) como parte de sua mais recente campanha "anti pornográfica", denunciou nesta terça a ONG Chinese Human Rights Defenders (CHRD), em comunicado.

A página foi suspensa em 22 de dezembro, depois do Ministério de Indústria e Tecnologias da Informação considerar que o portal abrigava conteúdos pornográficos.

Segundo CHRD, não é a única página favorável aos direitos humanos que foi cancelada nas campanhas do Governo sob pretexto de abrigar conteúdos pornográficos, mas esta anomalia é frequente.


O gerente do site protestou contra o fechamento e ressaltou que o China Voz do Povo é um lugar registrado legalmente e que com seu fechamento, que pode durar uma semana, o Governo está infringindo direitos garantidos na Constituição como a liberdade de expressão.

Na China estão censuradas as páginas de direitos humanos, as de ativistas tibetanos e uigures, o portal de vídeos YouTube e redes sociais como Facebook e Twitter, porque os canais levam informações com rapidez aos usuários, tornando incontroláveis a distribuição de dados que contradizem à propaganda oficial do regime comunista.

A comunidade de internautas chineses, a maior do mundo com 380 milhões de usuários, não para de crescer, apesar de a China ser um dos países que mais censura no mundo, segundo denunciam anualmente organizações de defesa da liberdade de imprensa como Repórteres Sem Fronteiras (RSF).

Apesar da censura, cada vez são mais os usuários que sabem como driblar e acessar páginas proibidas. Por isso, a rede se transformou no melhor meio de informação do país asiático.

As informações são da EFE

http://odia.terra.com.br/portal/mundo/html/2009/12/contra_pornografia_pequim_fecha_site_de_direitos_humanos_55601.html

http://br-linux.org/2009/contra-pornografia-governo-chines-fecha-site-de-direitos-humanos/

Surpresa! Filtro de pornografia da China tem opiniões políticas


O estranhamente ingênuo projeto de filtro da web Green Dam-Youth Escort – que deverá obrigatoriamente ser incluído em todos os PCs vendidos na China a partir de 1º de julho (e provavelmente foi criado porque um oficial do governo pegou o filho vendo pornografia realmente estranha ou coisa do tipo) – não funciona apenas com seios nus. Como alguns previam, ele será usado também para censurar material politicamente delicado. Nada muito diferente do que o país já faz há anos em server-side. [WSJ]

18:36 - 12 de Junho de 2009

Por John Herrman

http://www.gizmodo.com.br/conteudo/surpresa-filtro-de-pornografia-da-china-tem-opinioes-politicas

Viva a putaria, safadeza, sem-vergonhice com responsabilidade e respeito! Viva a pornografia! Viva o sexo sem casamento! Se é pra censurar a internet, censurar a imprensa, apedrejar adúlteras, prender gente por orgia em nome da moral, vamos ficar com a AIDS que faz menos estragos e mata menos.

Abigail Pereira Aranha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook