terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Porque as mulheres se acham tanto? Epidemia de narcisismo e egocentrismo feminino

Sou um Búfalo Reprodutor e vou escancarar algo que virou um absurdo. Uma das coisas que deixam os homens atuais chocados e está destruindo o mundo é o egocentrismo e narcisismo feminino. Estas duas coisas atingiram uma proporção nunca antes vista no planeta, nem mesmo entre animais e mesmo os homens. As mulheres atuais se acham muito mais do que verdadeiramente são. Se acham melhores que homens que ganham mais, são mais inteligentes, mais bonitos, mais poderosos e mais viajados que elas jamais serão.

Um homem feio e pobretão sabe que é feio e pobretão. Ele sabe que é um merda e nao pode exigir muito. Ele busca melhorar para poder ter uma mulher melhor do lado. Até sonha com uma guria legal mas sabe que seu nível não é pra uma Kelly Key, Scarlett Johansson, Dançarinas do Faustão loiras gostosas.

As mulheres não. Ela pode ser um dragonóide, uma porra de burra, estúpida, grossa, eskrota, feia, celulitosa, gorda, magricela, estrienta, com pernas que são varetas ridículas, cara de cu, cabelo ruim, emprego de merda, personalidade porca mas ela QUER POR QUE QUER e se acha NO NÍVEL de caras com contas bancárias de Bill Gates e corpos e beleza de atores de Hollywood e novelas da globo. E pior, quando um homem mediano de bem, com personalidade ajustada, sociável na medida, um emprego legal ou estudioso, em forma e beleza normal, ELA ESNOBA O CARA COMO SE ELE FOSSE UM LIXO e nao ESTIVESSE A ALTURA DELA. Como se ele fosse pouco pra ela, que ele não é ator da Malhação poderoso.

Neste texto que traduzi esta EPIDEMIA DE EGOCENTRISMO E NARCISSISMO FEMININO é desmascarada e EXPOSTA com pesquisas sérias e exemplos claros que TODO homem enfrenta no dia a dia. Mais um castelinho de cartas feminino é exposto.

O objetivo? Eu te digo no FINAL MERDINHA:

______________________________________________________________________

Nós mulheres somos mais egocêntricas e narcisistas do que jamais fomos de acordo com a pesquisa feita por 2 renomados psicólogos.

Mais de nós temos enormes expectativas sobre nós, nossas vidas e todas as pessoas nela. Nós pensamos que o universo revolve ao nosso redor, com um senso de que somos fabulosas, acreditamos ser muito mais espera, talentosas e atraentes do que realmente somos. Nós temos problemas em aceitar críticas e ter empatia porque nós estamos tão preocupadas com nós mesmas.

Pesquisadores falam que há uma evidência crescente de que há uma epidemia de egocentrismo por toda a parte. Antes uma sindrome tradicionalmente masculina, o narcisismo começa em casa, nas escolas, onde as criaças são elogiadas excessivamente, frequentemente mimadas e recebendo a mensagem constamentemente de que são especiais.

A esfera que mais tem sinais de obsessão narcisista feminina e são talvez mais óbvias, e as conseqüências mais imediatas são sentidas na esfera dos namoros e relacionamentos. Num recente artigo de revista, quatro mulheres no final dos seus 20 e 30 anos compartilharam seus pensamentos sobre porque elas ainda estavam solteiras. Uma mulher de 39 anos, diretora de beleza disse que era muito independente para um relacionamento

Uma agente de música de 38 anos atribui seu status de solteira ao fato que ela era uma “Fêmea-alfa”, independente, intimidadora, argumentativa e determinada.

Ela falou que era dona de um belo apartamento com coisas lindas dentro, tinha um carrão, era membra de uma academia chique e vestia roupas feitas por estilistas. "Eu faço o que eu gosto, quando eu quero", ela disse

Disseram a ela, e parece que ela acredita, que ela é muito bem sucedida e bem graduada para a maioria dos homens

A terceira mulher, de 30 anos, escritora de artes antigas tem se divertido demais para se comprometer com alguém.

Uma outra de 29 anos, disse que era muito exigente, escolhe demais. Ela queria um cara que fosse alto (suficiente). E bonito o suficiente (mas nem tão bonito assim que ela fosse ficar como coadjuvante)

“Ele precisa ser bem sucedido e impetuoso. Ele precisa ter ótimas piadas genuínas. Ele precisa saber dos bons restaurantes, não ter restrições alimentares e sempre ser perspicaz sem ser meticuloso demais. Ele precisa ser esperto mas sem nunca fazê-la se sentir estúpida. Ele precisa "sacar" mas não "entender" de moda.. e a lista vai longe.”

Ela conclui dizendo que preferiria comer VESPAS do que compartilhar seu domingo com qualquer um que falhe em alcançar seu ideal de "homem perfeito".

Claro que não há nada de errado em ter altas expectativas. Mas ser uma pessoa iludida e ser irrealista são coisas totalmente diferentes. E isso vai de mãos dados com egocentrismo agudo. Como Margot Medhurt sabe muito bem.

Ela é fundadora do site "your sincerely", um site de namoro (estilo ParPerfeito no Brasil) e agência de casamento. Ela tem quase 30 anos de experiência na indústria e percebeu um aumento significativo deste fenômeno nos anos recentes.

Era comum que quando as mulheres entrassem na agência de namoros elas tinham noção exata da onde estavam no mercado de relacionamentos e o que podiam esperar", ela disse. "Mas nos anos recentes eu percebi um aumento significativa daquelas que não sabem.

"Elas tendem a estar nos seus 30 anos, e há uma discrepância enorme entre como elas se veêm e como os outros a enxergam. Ela são frequentemente bastante normais, mas se enxergam como absolutamente fabulosos, pessoas excepcionais. Elas REJEITAM invariavelmente todo perfil de homens que eu mando. Mas se um homem rejeita seu perfil, pronto, vira um inferno. Há descrença, não acreditam. Elas estão realmente dizendo "Eu sou tão fabulosa. Como ele OUSA me rejeitar?. Nos anos recentes, eu percebi um senso de que elas acham que tem direito a tudo entre este pequeno grupo de mulheres. A idéia de que um homem não possa achá-las maravilhosas como elas acham que são não entra na cabeça delas. Elas frequentemente ficam indignadas e furiosas contra mim, exigindo saber porque um homem ousou rejeitá-la. A maioria das pessoas simplesmente aceita os fatos do jogo do namoro: Algumas pessoas irão te achar atraentes e outras não, da mesma ocorre contigo. Estas mulheres, porém, não são capazes de entender que o mundo não compartilha da visão distorcida e infladas delas mesmas".

Ela disse que teve um momento "eureka" quando leu um artigo recente sobre o aumento de narcisismo entre mulheres.

De acordo com a pesquisa americana, houve um aumento de 67% nas últimas 2 décadas, na maioria entre mulheres

Os sintomas incluem: Um senso de gradiosa importância; a crença que ela ou ele é especial ou única ou mellhor - seja intelectual ou fisicamente - que os outros; necessidade de admiração excessiva; sendo de que tem direito a tudo, seja por fama, fortuna, sucesso, felicidade ou simplesmente tratamento especial; inveja ou senso de que é invejada (vide os inúmeros poemas e textos que as mulheres põem no orkut e fotos); falta de empatia, não admissão de erros, arrogância na atitude e comportamento.

Eu li sobre esta tendência mas não estava certa sobre isso", disse Margaret Medhurt. “Entretanto, quando eu li o artigo e pensei sobre as expectativas irrealista e senso de que tem direito a tudo das mulheres, tudo bateu”

Um desses casos foi de uma executiva de 38 anos. Eu sabia que teria problemas de imediato. Assim que ela entrou na agência, nós agimos bem rápido - mas não era rápido o suficiente pra esta mulher.

"Ela queria um encontro imediatamente. O primeiro homem que eu enviei o perfil dela negou uma introdução. Ela não aceitou isso e não conseguia nem ser educada sobre isso. Em três semanas, 3 homens a rejeitaram. Eu expliquei que leva tempo para encontrar alguém mas ela foi ficando cada vez mais furiosa. Ela exigia saber porque estes homens fizeram isso. Eu acho que ela tinha uma visão distorcida dela mesma. E ela não podia aguentar que este fato estava sendo desafiado. É como se ela não podia lidar como fato que alguns caras não a achavam maravilhosa - e ela desistiu."

O SOFRIMENTO MASCULINO COM NARCISISMO FEMININO

Homens, tradicionalmente vistos como os mais egocêntricos e trapaceiros da espécie no jogo do namoro, acabam coçando as cabeças ponderando a famosa questão de Freud: "O que as mulheres querem?"

David Baxter é um consultor de 40 anos. Previamente casado há 9 anos, ele entrou na agência no verão. Ele disse que não era perfeito, mas é um cara elegível e agradável com muito a oferecer.

"Eu tive três encontros sucessivos recentemente com mulheres no final dos seus 30 anos e inicio dos 40 que me deixaram pasmos. Eu nunca cruzei com egos tão enormes, tanta arrogância e falta de cortesia básica. É como se aqueles encontros fossem um fórum particular pra falar o quanto expecional elas eram. Uma me disse repetidamente o quanto de homens jovens na academia a chamaram pra sair, outra foi muito artificial. Você sente que elas se veneram totalmente, ainda que nenhuma fosse linda de morrer ou tivessem personalidades incrivéis, trabalho ou qualquer outra coisa que as separassem dos outros e as elevassem a uma posição superior. Eu também pensei como era claro que nenhuma delas nunca foi casada, noiva ou teve recentemente - ou talvez nunca - um relacionamento longo. Eu tive o sentimento que estas mulheres estavam vivendo num mundo da fantasia inspirado no seriado Sex and the city. Ninguém era bom o suficiente pra elas. Elas parecem procurar por algo que nao existe: O homem perfeito, ou talvez algo fora do comum, um super homem bonito, caráter inantigível.”

Apesar da má experiência David se mantêm positivo.

“Eu ainda estou positivo sobre isso tudo, mas eu tenho amigos que não estão tão otimistas e é evidente que encontros com este tipo de mulher erodem seriamente sua confiança e isso é uma vergonha. Há vários homens genuinos, decentes que estão levando porradas.”

Neil Hay, é um ex-golfista profissional de 32 anos que se tornou financista e vive na fronteira de Edinburgh. Depois de esperar um tempo seguido da morte de sua mãe ele entrou na agência de namoro quase um ano atrás.

"Me deixou terrivelmente cínico, não só o jeito que as mulheres são, mas também o que diabos elas querem em um cara," ele disse. Claro, todos nós temos preferências. Nada de errado nisso. Mas a maioria de nós somos realistas. Sabemos que a Juliana Paes está fora de nossa alçada. Eu também esperei encontrar alguém que fosse bonita, boa personalidade, alguém para ir jantar e ir ao cinema e ter uma conversa decente. Mas eu vi que não é isso que as mulheres procuram. É como se elas quisessem paixão a primeira vista, varridas no primeiro encontro, como se esperassem um Brad Pitt ou George Clooney. Elas não estão interessadas em caras normais, decentes. Não é o suficiente pra elas. Eu gastei 3 horas num encontro com uma mullher. Eu achei que nos demos brilhantemente, mas ela disse que não queria me encontrar de novo. Isso aconteceu algumas vezes. Me faz pensar que se voce não alcança sua fantasia perfeita, então acabou. É jogo acabado antes meso que se tenham chance de conhecerem-se. Detona sua confiança. Eu fiquei pensando se há algo de errado comigo ou que nunca vou ser que droga essas mulheres estão procurando.”

“Eu sei que há mulheres que dizem que são muito independentes, argumentativas, confiantes, bem sucedidas para os homens. Ou falam que homens são intimidados por mulheres fortes, inteligentes e independentes.”

“Mas simplesmente este não é o caso. Eu penso que elas só falam isso pra elas mesmo. É uma forma de racionalizar as coisas. É como se fosse mais fácil pra elas acreditar nos seus próprios mitos do que encarar a realidade - que elas são simplesmente comunzinhas.”

____________________

Fonte: http://www.dailymail.co.uk/femail/article-1213212/The-ego-epidemic-more-inflated-sense-fabulousness.html

Tradução, resumo e adaptação: Silvio Stodieck Koerich

Comentário Silviopaunocu: É isso isso mesmo. As cretinas atuais não passam de bactérias que se acham deusas. Elas estão vivendo num mundo sex and the city, numa novela da Globo. De tanto o FEMINISMO e a MÍDIA FEMINISTA e os homens atuais endeusarem as mulheres como superiores, poderosas que tem direito a TUDO que o mundo oferece nós temos essa epidemia de mulheres que se acham melhores que os outros, arrogantes ao extremo, andando de narizinho empinado e tratando os homens como lixo e merecedoras de tudo o que vida pode oferecer sem se esforçar (principalmente querem atores de hollywood mesmo sendo imbecis sem nada a oferecer).

Pois então chorãozinho, pois então cocozinho que se uma mulher fala contigo fica todo felizinho se achando garanhão, qual é o objetivo do texto?

É SIMPLES: Para lidar com as mulheres atuais é preciso armas pesadas, tu não podes entrar no jogo com viadices de romantismo e bondade e sim deve aprender comigo e meu blog a lidar com elas de forma dura, eskrota, entrar no ringue dos relacionamentos pra quebrar os jogos delas e não ser rebaixado por seres que veêm os homens como objetos emocionais, carteiras ambulantes e seres desprezíveis inúteis (e é assim que AS MULHERES ENXERGAM OS HOMENS).

Com narcisistas absurdas assim, se tu queres transar com elas é preciso ser eskroto, pau no cu, usar extrema masculinidade. E se tu achas que namoros valem a pena com este tipo de mulher, pois bem, só usando táticas de defesa emocional viris para sobreviver.

Aqui apenas uma amostra dos textos te mostrando o que tu aprendes no meu blog e como homens viris se defendem e agem com as fêmeas canalhas atuais. Não deixe de ler todas as seções e acompanhar pra sair da matrix e do mitor do amor românticú.

Como não se comportar com sua namorada: Avaliando através de fotos o comportamentos de homens com suas namoradas

Aprenda a dialogar como macho dominante com suas esposa/namorada

Os 6 passos de como usar suas amigas pra contra-atacar sua namorada/esposa

______________

- Segue via twitter – http://twitter.com/silviokoerich

- Segue por email – Clicando aki

- Email do Búfalo Reprodutorrapaz22indo@hotmail.com

======

Do Sílvio Koerich, O Perdedor mais Foda do Mundo, http://silviokoerich.blogspot.com/2010/07/porque-as-mulheres-se-acham-tanto.html. Agradecimentos ao Marcos Ludwig

Dedicado a Gisela Campos, pelo seu textinho lésbico cretino "Onde estão os homens?" e a Lolita, pelo seu brilhante comentário "por essas e por outras que eu bato palmas para as vacas ridículas e metidas a besta da periferia".

Beijos.

Abigail Pereira Aranha

Um comentário:

  1. Estou a muito tempo sem comentar, mas não é por deixar de ler não, continuo acompanhando tudo. Só que nos últimos tempos não tem sido necessário acrescentar nada nos posts. Tá tudo ótimo! Beijo!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook