quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A Sílvia Falsificada vai ser investigada pela Polícia Federal e pelo FBI e isso não é o pior: a Iriny Lopes da Secretaria Feminazista também vai entrar na história

Abigail Pereira Aranha

Eu já disse várias vezes que tenho várias discordâncias com o Sílvio Koerich, mas o trabalho dele de desmascarar o feminismo e as cretinices femininas foi muito bom. É com um tanto de tristeza pra mim que sou mulher dizer que o homem que odeia o feminismo tem excelentes argumentos ou pode achá-los.

Enquanto o blog verdadeiro estava no ar (que se você é novo aqui e não sabe, era http://silviokoerich.blogspot.com) e ele estava metendo reais demolidoras em lésbicas derrubadas do pedestal, muitos blogs sobre futebol ou maquiagem eram mais acessados que o dele. Assim, muitos manés e vadias deixaram de saber da existência dele quando o único O Perdedor Mais Foda do Mundo era ele. Depois que (sem medo de errar) uma ou mais de uma feminista e um hacker inventaram o silviokoerich.com e o silviokoerich.org, a Sílvia falsificada projetou o Sílvio aos noticiários. Já citei uma vez que a única matéria que fala algo sobre masculinistas na Folha de São Paulo é uma sobre uma sobre a comunidade "Morte ao Jean Wyllys", onde os dois "blogs da real" são o silviafalsificada.com e o Contrafeminismo com o endereço escrito errado.

Agora, mais uma novidade, além de que o nome dele está sendo comentado até na Agência de Notícias de Direitos Animais ("Blog incita crueldade e violência contra animais"). Fazendo uma busca por "Sílvio Koerich", o portal Terra nos dá duas notícias sobre a Sílvia Pirata:

"Com discurso contra gays, site prega morte de Jean Wyllys e Dilma Rousseff"

"Site que fez ameaças a Dilma é investigado por PF e FBI"

Agora, qualquer garoto cahorrinho de vadia de sertanejo universitário pode conhecer Sílvio Koerich e chegar ao glorioso futuro de casamento de deserto sexual e humilhações femininas terminando com metade do patrimônio perdido e pensão alimentícia, o que ele (o verdadeiro, claro) passou cinco anos alertando.

Mas tem mais. A Iriny Lopes, a secretária de Políticas Feminazistas, o mesmo canhão que tentou censurar o comercial de lingerie com a Gisele Bündchen em nome da proteção da dignidade da mulher, vai entrar na história. Nota da página da Secretaria de Políticas para as Mulheres:

16/01 – Polícia Federal investiga blog por incitação à violência contra negros e mulheres

Data: 16/01/2012

A pedido da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), a Polícia Federal está realizando investigação do blog http://silviokoerich.com ou http:/silviokoerich.blogsopt.com, através de de cooperação policial com a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio do Federal Bureau of Investigations (FBI). O resultado desse trabalho, de acordo com a PF, será anunciado em momento oportuno.

O esclarecimento foi dado, através de nota assinada pelo diretor-geral da Polícia Federal, delegado Leandro Daiello Coimbra, em resposta a encaminhamento de denúncias de diversos órgãos e entidades ligadas a direitos sobre o conteúdo discriminatório - apologia ao crime e incitação à violência contra negros e mulheres - publicado no do blog, para a SPM.

INTERPOL - Como o blog está hospedado em domínio de propriedade de empresa localizada nos Estados Unidos, a Ouvidoria da secretaria já havia entrado em contato com a Adidância da Polícia Feceral em Washington, que acionou a Interpol.

No entanto, a polícia internacional salientou que precisava do envio de uma Carta Rogatória do Brasil, via Itamaraty, com pedido de assistência para o caso.

Em seguida, a Ouvidoria reenviou a solicitação para a Ouvidoria do Ministério das Relações Exteriores.

A ministra Iriny Lopes deixa claro, ao documentar as denúncias, que são necessárias uma rigorosa apuração e também punição dos responsáveis por essa forma de discriminação e violência contra a mulher.

Comunicação Social

http://www.sepm.gov.br/noticias/ultimas_noticias/2012/01/16-01-2013-policia-federal-investiga-blog-por-incitacao-a-violencia-contra-negros-e-mulheres

Voltando pro primeiro parágrafo: VÃO INVESTIGAR O BLOG FAJUTO E O VERDADEIRO QUE FOI FECHADO A PEDIDO DA SS-PM. E se o blog faz defesa de violência contra a mulher, está dentro da pasta da senhora Iriny, até aí nada de errado (deve ter coisa pra pasta dela e metade da Presidência da República). Agora imagine uma tribufu daquelas pegando material do blog verdadeiro, odiado por todas as feministas, horror de todas as mulherzinhas que odeiam a verdade, sabendo que se o Sílvio tivesse durado até lá teria socado uma real nela por aquela do comercial de lingerie.

Se até a semana passada ainda dava pra ter esperança que gente que sabe o que está fazendo e do que está falando ia deixar o Sílvio em paz pra tentar achar a Sílvia de Araque, agora dá pra ter medo. Se até eu aqui do A Vez das Mulheres de Verdade tive gente perguntando se eu defendo o estupro, imagine o que vai sair deste caso. É bem possível sermos informados de que o Sílvio verdadeiro foi levado pra delegacia para dar explicações sobre o que nunca fez e nunca disse pra um bando de cornos, pagadores de pensão e fazedores de gracinha pra estagiária vadia que não sabiam da existência dele enquanto ele destruía a imagem de santinhas das lésbicas hipócritas e reprimidas que fazem a geração de hoje, depois foi aleijado ou morto na cadeia. E isso pode acontecer até enquanto os palhaços de funkeira estão acompanhando o Big Brother Brasil (ou o fuzuê da moça que pode ter sido estuprada). Depois, todos os tapetes de salto agulha telespectadores do BBB 12 vão ver nas notícias que foi preso um tal de Sílvio Koerich que defendia a pedofilia, a violência contra a mulher e sabe-se lá mais o quê.

Um comentário:

  1. Não só o silvio, mas tambem o blog do the Truth foram fechados por causa de perseguição.
    Sobre o blog do silvio, eu sempre achei ele meio exagerado, porem nunca mentiu em nada.

    O que houve com a Imaculada? nunca mais vi textos dela..

    ResponderExcluir

Página no Facebook