quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

A Peituda, isca de ladrões, morreu em confronto com a polícia (Ou: Castidade é ódio aos homens - parte 3)

Mulher se fazia de isca para roubar e foi abatida: Maracaibo

PT-BR: Mulher que se fazia de isca de bandidos morreu abatida em um confronto com a polícia em Maracaibo, Venezuela. Mayerline del Carmen Barboza Esquivel / Maryelin del Carmen Barboza Esquivel, La Tetona (A Peituda). EN: Woman who had made herself as bait for thugs died shot down in a confrontation with the police in Maracaibo, Venezuela. Mayerline del Carmen Barboza Esquivel / Maryelin del Carmen Barboza Esquivel, La Tetona (The Big-Breasted). ES: Mujer que se prestaba como carnada de hampones murió abatida en un enfrentamiento con la policía en Maracaibo, Venezuela. Mayerline del Carmen Barboza Esquivel / Maryelin del Carmen Barboza Esquivel, La Tetona. IT: Donna che si era fatta come esca di teppisti è morta abbattuta in uno scontro con la polizia a Maracaibo, Venezuela. Mayerline del Carmen Barboza Esquivel / Maryelin del Carmen Barboza Esquivel, La Tetona (La Prosperosa). FR: Femme que s'était faite comme appât de voyous est morte abattue dans une confrontation avec la police en Maracaibo, Venezuela. Mayerline del Carmen Barboza Esquivel / Maryelin del Carmen Barboza Esquivel, La Tetona (La Femme À Grosse Poitrine).

Uma figura voluptuosa era a arma perfeita de Maryelin del Carmen Barboza Esquivel para fazer cair as suas vítimas do sexo masculino, a fim de, em seguida, subjugá-los junto com outros dois bandidos e tirar-lhes tudo o que tinham, dinheiro, roupas, telefones celulares e até mesmo veículos.

Mas na noite de quarta-feira, a história dessa mulher chegou ao fim quando ela caiu morta em um confronto com o Cpbez no setor Zapara II, após o que, junto com Gerardo José Orozco Hernández, 31 anos, e Carlos David González Valbuena, 48, subjugaram um grupo de pessoas em um chimbanguele ["bateria de seis tambores típica do folclore da Venezuela, usado render tributo a São Benito" - La Historia con Mapas] que se realizou no setor de Santa Rita de Maracaibo.

O secretário de Segurança do Estado de Zulia, comissário Biagio Parisi, disse que "a equipe policial avistou um carro com as mesmas características dadas pela central, um veículo Chevrolet Esteem, procedendo a dar voz de detenção, que ignoraram, iniciando uma perseguição que culminou na rua 58 com a avenida 4 no setor de Zapara, perto da Praça El Ángel, onde Barboza, Orozco e González desceram do Esteem e tentaram entrar em um terreno vago, de onde eles decidiram atirar contra os policiais com um revólver niquelado, marca Cobra, um revólver calibre 38 milímetros e uma espingarda niquelada de 12 milímetros".

Maryelin era a isca, ela "pescava" para seus parceiros no crime as vítimas que acreditavam que eles tinham conquistado uma mulher exuberante que roubou os olhares de dezenas de homens. Mas ontem, uma fonte ligada às investigações do caso revelou ao PANORAMA que Gerardo José Orozco Hernández, de 31 anos, que também foi abatido neste confronto com o Cpbez, foi solicitado pelo Cicpc por seu suposto envolvimento no ataque a tiros a dois chefes da polícia científica em julho de 2014, segundo informou naquela ocasião o comissário Carlos Sifontes, que atuou como chefe da Delegação Zulia do Cicpc.

De acordo com a reconstrução dos fatos, fornecida por Sifontes, os criminosos perseguiram ao longo da estrada Centro Ocidental Lara-Zulia (eles estavam vindo de Ojeda para Maracaibo) o veículo Mazda 626 azul, em que iam Danilo Alberto Colmenares Aguilar, supervisor de investigação na subdelegação Ciudad Ojeda; Juan Carlos Burgos, chefe de investigações, e os detetives Andry Alvarado e Dayana Mendoza. Quando esses passavam pelo setor de San Benito (entrada para Cabimas), começaram o ataque.

Um mês depois, o comissário Sifontes relatou que uma gangue bem conhecida em Zulia estava por trás do ataque contra os oficiais do Cicpc; ele anunciou a prisão de dois envolvidos e identificou outros 12 da gangue.

Foram identificados como Yeferson José Navas Giménez (26), Alejandro José Montezuma Caridad (24), Gerardo José Orozco Hernández (30), Jairo Manuel Cepeda Godoy (28), Alfonso José Barroso Urdaneta (25), Tirso Antonio Meleán Castellano, Bernardino Meleán (30), Kris Kristofferson Turizo (20), Diego Armando López Urribarrí, Albis Saúl Cepeda Casanova, David Alejandro Nava Silva e Alexander Antonio Meleán (25) os envolvidos no incidente.

Uma fonte da polícia científica disse ontem que as impressões digitais estão sendo coletadas para confirmar a identidade dos mortos e para verificar todas as implicações criminais destes três sujeitos que caíram perto da Praça El Ángel em Maracaibo. É possível que outras prisões de prováveis cúmplices dos três delinqüentes sejam geradas.

Panorama

"Mujer se prestaba como carnada para robar y fue abatida: Maracaibo", Noticias Al Día y a La Hora, Venezuela, 30 de dezembro de 2016, http://www.noticiasaldiayalahora.co/mujer-se-prestaba-como-carnada-para-robar-y-fue-abatida-maracaibo

Meus comentários

Duas notas de curiosidade: 1) Em outras notícias, o nome dela é "Mayerline del Carmen Barboza Esquivel", não "Maryelin". 2) A moça era conhecida da polícia como "La Tetona", ou "A Peituda" ("Alias 'La tetona' murió abatida en un enfrentamiento con la policía", El Interprete Digital, 03 de janeiro de 2017, https://www.elinterpretedigital.com/alias-la-tetona-murio-abatida-enfrentamiento-la-policia-2).

Talvez você leitor tenha pensado em quantas mulheres bonitas ou "com curvas" são namoradas de criminosos ou se oferecem sexualmente para eles, em geral ganhando um bom dinheiro com isso. Talvez você leitor tenha pensado que quando uma mulher... vistosa como ela aparece do nada galanteando um homem mediano, ele deve correr porque alguma coisa está errada.

Eu já passei por isso. Uma vez, eu tinha 15 para 16 anos na época, um amigo do meu pai foi lá em casa para falar com ele, eu estava lá sozinha, eu estava usando um vestido, mas eu já tinha as curvas um pouco desenvolvidas e dava pra ver os volumes que interessavam. Eu chamei o cavalheiro para entrar, servi a ele um suco de maracujá com biscoitos e vi que ele estava constrangido, olhando para os meus seios e a minha bunda, gostando, mas com vergonha de gostar. Aí, eu disse: "Poxa! Eu posso tirar o meu vestido para você ver que pode ficar à vontade comigo?". Eu tentei brincar para deixá-lo mais descontraído e o efeito foi o contrário: ele, que é preto, foi branco esperar meu pai na frente da casa. Mas quando eu tinha 18 anos, eu consegui que ele me comesse.

Voltando ao caso, nós temos aqui um outro problema e eu vou introduzir com uma pergunta: o que teria sido uma vida honrada para "La Tetona"? Ser uma garota simpática rodeada de amigos homens héteros de bom caráter, putaria opcional? Ser uma prostituta admirável como profissional e como ser humano? Ser uma atriz pornô também admirável como profissional e como ser humano? Se nós perguntássemos para o pai, a mãe ou os irmãos dela se eles preferiam que ela fosse uma dessas opções ou que ela fosse bandida, é arriscado eles acharem melhor ela ser bandida. Não são só os cristãos devotos que pensam que a postura honrada para uma mulher é só fazer sexo com o marido e depois do casamento, além de não usar roupas que "valorizam" seios e bunda quando têm um tamanho considerável. Mas vamos supor que ser ou parecer libertina seja mesmo algo mau para uma mulher. Por que um mal é menos horrível que o outro? Mas o pior não é o que as outras pessoas pensam erradamente que uma mulher honrada deve ser e fazer. O pior é quando esse pensamento errado é mesmo o máximo da honradez feminina.

A diferença entre a mulher honrada e a mulher reprovável não é apenas de opção moral: a vadia é a imagem do universo feminino oferecendo o seu melhor aos piores homens, a mulher honrada é a imagem do universo feminino oferecendo a sobra aos homens que merecem o melhor. Em outras palavras, é quase inexistente a mulher que ofereça ao homem honrado, por amor à moral, em termos absolutos o que outras mulheres já oferecem aos piores homens por prazer ou aos melhores por interesses mesquinhos. Assim, uma mulher reprovável usa as próprias formas exuberantes para ser isca de ladrões, uma mulher honrada faz cirurgia de redução de mamas para que os homens parem de olhar para ela com gosto. Uma mulher reprovável é aquela gostosa que troca tiros com a polícia junto com dois ou três bandidos, uma mulher honrada é aquela cuja maior glória é um bom trabalho de dona de casa reconhecido pelo marido. Uma mulher reprovável é aquela voluptuosa que seduz um homem para roubá-lo quando ele pensa que vai transar com ela, uma mulher honrada é a mulher com cara e corpo de lagartixa que caiu a ponto de se prostituir e oferecer sexo a esse homem para sustentar três filhos pequenos ou o vício em drogas. Uma mulher reprovável é aquela corpo violão que dá atendimento sexual VIP para traficantes em festas nas mansões deles, uma mulher honrada é aquela outra mulher que prega e pratica a castidade com os homens honestos e sexo precário com o seu marido.

Para piorar, o próprio homem justo geralmente entende o "tomar no cu" como estilo de vida moralmente e filosoficamente elevado. Assim, ele pode valorizar a castidade e a fuga de oportunidades sexuais como princípios morais e sabedoria quando isso é só submissão ao desprezo que ele recebe da sociedade em geral, em especial do universo feminino, como homem e como pessoa de bom caráter, desprezo que inclui o uso da sua própria heterossexualidade masculina para desdenhar dele.

Abigail Pereira Aranha

Questo testo in italiano senza filmati di dissolutezza in Men of Worth Newspaper: "Donna che si era fatta come esca di ladri è morta nello scontro con la polizia (O: La castità è odio contro gli uomini - parte 3)", http://avezdoshomens2.over-blog.com/2017/01/la-castita-e-odio-contro-gli-uomini-parte-3.html.
Questo testo in italiano con filmati di dissolutezza in Periódico de Los Hombres de Valía: "La Prosperosa, esca di ladri, è morta nello scontro con la polizia (O: La castità è odio contro gli uomini - parte 3)", https://avezdoshomens2.blogspot.com.br/2017/01/la-castita-e-odio-contro-gli-uomini-parte-3.html.
Ce texte en français sans films de libertinage au Men of Worth Newspaper: "Femme que s'était faite comme l'appât de voleurs est morte en confrontation avec la police (Ou: Chasteté est haine contre les hommes - partie 3)", http://avezdoshomens2.over-blog.com/2017/01/chastete-est-haine-contre-les-hommes-partie-3.html.
Ce texte en français avec films de libertinage au Periódico de Los Hombres de Valía: "La Femme À Grosse Poitrine, l'appât de voleurs, est morte en confrontation avec la police (Ou: Chasteté est haine contre les hommes - partie 3)", https://avezdoshomens2.blogspot.com/2017/01/chastete-est-haine-contre-les-hommes-partie-3.html.
Eso texto en español sin películas de putaría en Men of Worth Newspaper: "Mujer que se prestaba como cebo de ladrones murió en la confrontación con la policía (O: La castidad es odio contra los hombres - parte 3)", http://avezdoshomens2.over-blog.com/2017/01/la-castidad-es-odio-contra-los-hombres-parte-3.html.
Eso texto en español con películas de putaría en Periódico de Los Hombres de Valía: "La Tetona, cebo de ladrones, murió en la confrontación con la policía (O: La castidad es odio contra los hombres - parte 3)", https://avezdoshomens2.blogspot.com/2017/01/la-castidad-es-odio-contra-los-hombres-parte-3.html.
This text in English without licentiousness movies at Men of Worth Newspaper: "Woman who had made herself as gang of thieves' bait died in confrontation with the police (Or: Chastity is hatred against men - part 3)", http://avezdoshomens2.over-blog.com/2017/01/chastity-is-hatred-against-men-part-3.html.
This text in English with licentiousness movies at Periódico de Los Hombres de Valía: "The Big-Breasted, gang of thieves' bait, died in confrontation with the police (Or: Chastity is hatred against men - part 3)", https://avezdoshomens2.blogspot.com/2017/01/chastity-is-hatred-against-men-part-3.html.
Texto original em português sem filmes de putaria no A Vez das Mulheres de Verdade: "Mulher que se fazia de isca de ladrões morreu em confronto com a polícia (Ou: Castidade é ódio aos homens - parte 3)", http://avezdasmulheres.over-blog.com/2017/01/castidade-e-odio-aos-homens-parte-3.html.
Texto original em português com filmes de putaria no A Vez dos Homens que Prestam: "A Peituda, isca de ladrões, morreu em confronto com a polícia (Ou: Castidade é ódio aos homens - parte 3)", https://avezdoshomens.blogspot.com.br/2017/01/castidade-e-odio-aos-homens-parte-3.html.
Seção de sexo, safadeza, putaria, mulher pelada, pornografia
Section of sex, lust, licentiousness, naked woman, pornography
Section de sexe, luxure, débauche, femmes nues, pornographie
Sezione de sesso, libertinaggio, lussuria, donna nuda, pornografia
Sección de sexo, perrez, putaría, mujer desnuda, pornografía
Letha Weapons Full House 2

Nenhum comentário:

Postar um comentário