domingo, 13 de agosto de 2017

A Sociedade dos Garotos - parte 7: duas ilustrações

PT-BR: Atrás de um filho bem educado, existe uma mãe com boa pontaria! EN: Behind a well-behaved son, there is a mother with a good aim! FR: Derrière un fils bien élevé, il ya une mère avec un bon viser! IT: Dietro un figlio ben educato, c'è una madre con una buona mira! ES: ¡Detrás de un hijo de buen comportamiento, hay una madre con una buena puntería!

PT-BR: Atrás de um filho bem educado, existe uma mãe com boa pontaria! EN: Behind a well-behaved son, there is a mother with a good aim! FR: Derrière un fils bien élevé, il ya une mère avec un bon viser! IT: Dietro un figlio ben educato, c'è una madre con una buona mira! ES: ¡Detrás de un hijo de buen comportamiento, hay una madre con una buena puntería! (https://plus.google.com/photos/photo/113442505284560685210/6345932900835648290)

EN: Mothers! Even when they're wrong... they're right! PT-BR: Mães! Mesmo quando elas estão erradas... elas estão certas! FR: Mères! Même quand elles ont tort... elles ont raison! IT: Madri! Anche quando si sbagliano... hanno ragione! ES: ¡Madres! Incluso cuando ellas están equivocadas... ¡ellas tienen razón!

EN: Mothers! Even when they're wrong... they're right! PT-BR: Mães! Mesmo quando elas estão erradas... elas estão certas! FR: Mères! Même quand elles ont tort... elles ont raison! IT: Madri! Anche quando si sbagliano... hanno ragione! ES: ¡Madres! Incluso cuando ellas están equivocadas... ¡ellas tienen razón! (http://s719.photobucket.com/user/petruchio78207/media/funny-ads-mothers-1.jpg.html)

E se alguém publicasse uma frase como, digamos, "por trás de uma mulher bem comportada, existe um pai com um bom cinto"? Melhor: e se fosse uma piada de homem que bate em mulher, quantos ririam e quantos não achariam graça nenhuma?

E por que a violência de pais contra os filhos é, de certa forma, glorificada? Não é só porque há muito mais pais da mediocridade para baixo do que pessoas preparadas para criar filhos. É especialmente porque os pais néscios criaram uma sociedade inteira que abomina a sabedoria, o equilíbrio e a virtude. Não é por acaso que, nessa sociedade, o pouco que pode ser chamado de bom caráter ou urbanidade quase sempre vem de pessoas muito mal sucedidas e com autoestima baixa demais para se darem o luxo de terem uma imagem pública negativa.

Você já deve ter ouvido pessoas honradas contando que nunca foram espancadas na infância, ou pais dizendo que criaram bem os filhos sem bater neles e eles foram pessoas honradas. Isso é mais uma prova de que existe uma diferença entre educação de e violência física contra criança. Mas o pior não é que não se faça a distinção entre a criação de um futuro adulto bem estruturado, coisa que só pais sábios e amorosos sabem fazer, e a destruição pessoal de crianças e adolescentes via agressão física e psicológica, coisa que qualquer casal de semianalfabetos frustrados faz. A porcaria é que essa última é exaltada.

Uma criança abusada fisicamente, moralmente e psicologicamente que acredita que a mãe está certa mesmo errada pensará o mesmo, quando adulta, de um rei, de um patrão ou de um professor. E vamos observar que o poder materno é uma posição de poder que qualquer mulher pode ter, para muitas mulheres é a única que elas terão na vida.

Abigail Pereira Aranha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página no Facebook