sábado, 5 de agosto de 2017

O Puritano-Feminismo episódio 34 (ou: Seu corpo, minhas leis episódio 4): contra a pornografia, anarquista fala em intervenção estatal

Anarquista pensando na caixinha do Estado?

Anarquia: Pense fora da caixinha

01 de julho de 2016

Página "Anarquia: Pense fora da caixinha". Pornografia. Sem sindicatos. Insensibilização. Depressão. DSTs. Dismorfofobia. Violência física e verbal. Pedofilia. Suicídio. Expec. de 36,2 anos de vida. Overdose. Estupro. Homicídio.

Digamos que há uma indústria por aí.

Digamos que o lucro dessa indústria, só nos EUA, é de mais ou menos $13.3bi. Colocando numa perspectiva, é mais que a NFL, NBA e MLB juntas. É um valor mais alto que a NBC, CBS e ABC. Juntas.

Digamos que há uma indústria com uma movimentação de dinheiro maior que a Google, a Microsoft, a Amazon, o eBay, o Yahoo, a Apple e o Netflix juntos (e isso deveria te deixar muito, muito assustado).

O poder mundial de mercado dessa indústria é de $97 bi, assim, apenas caso 13.3 bilhões não fosse assustador o bastante.

Colocando em perspectiva? Os Emirados Árabes (onde óleo é literalmente mais barato que água) tem um PIB de $71.2 bi.

Se essa indústria fosse um país, ela seria capaz de COMPRAR o Egito. Ou a Venezuela. Se essa indústria fosse um país, seria o 36° no ranking mundial.

Agora digamos que essa indústria seja praticamente inteira sem regulamentação. Sem sindicatos, sem comitês, sem nenhum tipo de cuidado. O governo não fiscaliza e não se importa.

Digamos que eles tem seus dedos em todas as tortas possíveis, e que esperam que esse lucro apenas cresça com o passar dos anos.

Agora digamos que essa indústria sem regulamentação e de livre mercado tem a estatística seguinte:

Agora digamos que dentro dessa indústria, 66% de seus trabalhadores tem doenças contagiosas que podem diminuir sua qualidade de vida substancialmente, e que 1 em 10 tem uma doença que, hoje em dia, é uma sentença de morte (HIV).

- A expectativa de vida de uma estrela pornô é de 36,2 anos.

- Houve 52 suicídios entre estrelas pornôs desde 2000.

- O principal meio de suicídio entre as estrelas pornôs é o enforcamento.

- 228 estrelas pornôs morreram de AIDS, drogas, suicídio, homicídio; mortes acidentais e prematuras desde 2003.

- 38 casos de mortes por drogas entre estrelas pornôs desde 2003.

- A obtenção de clamídia e gonorreia é 10 vezes maior entre os profissionais do ramo do que entre pessoas do município de Los Angeles, entre seus 20-24 anos.

- 2.396 casos de clamídia e 1.389 casos de gonorreia reportados entre os atuantes, desde 2004.

- 31 casos de HIV reportados entre estrelas pornô desde 2003.

- 514 estrelas pornôs morreram de AIDS, drogas, homicídio, suicídio e outras mortes prematuras no total.

- Uma recente análise dos 50 filmes adultos mais vendidos revela que, entre todas as cenas: 48% de 304 cenas contêm agressões verbais, enquanto mais de 88% contêm agressões físicas. (OITENTA E OITO POR CENTO!!!!!)

- Uma recente análise dos 50 filmes adultos mais vendidos revela que, entre todas as cenas, 94% dos atos de agressões são cometidos contra as mulheres.

- 70% das doenças sexualmente transmissíveis na indústria pornô ocorrem nas mulheres, segundo os dados de saúde pública do município de Los Angeles.

- De todos os domínios online de abuso infantil, 58% estão hospedados nos Estados Unidos.

- A pornografia infantil é um dos negócios mais crescentes pela internet, sendo que o conteúdo está ficando cada vez pior. Em 2008, a Internet Watch Foundation encontrou mais de 1.536 domínios individuais de abuso infantil. Aproximadamente 20% de todo o conteúdo pornográfico na internet trata-se de abuso sexual infantil.

https://www.facebook.com/nucleofeministaunifespdiadema/posts/827231560714741

https://nosotraslasbrujas.wordpress.com/2014/09/16/a-industria-que-silenciosamente-lucra-bilhoes-com-a-exploracao-de-mulheres-e-criancas-e-que-deveriamos-lutar-contra/

#HarleyQuinn

(https://www.facebook.com/AnarquiaPenseForaDaCaixinha/photos/a.475968535798016.112654.475945722466964/1128312133896983)

Meu comentário no original

Diz que a expectativa de vida de uma atriz pornô é 36 anos. Usa a foto de uma que saiu do ramo aos 42 (Lisa Ann, segunda de cima para baixo na coluna do meio). Bom, vocês são melhores que os conservadores porque pelo menos parecem conhecer alguma atriz pornô.

Outros comentários

Esta é a foto de perfil da página:

Abaixo o capitalismo. Viva o anarquismo. Página Anarquia: Pense fora da caixinha

Eu não sou tão especialista no Anarquismo, mas ainda não achei no Facebook uma página ou pessoa que se diz anarquista que não seja de extrema-esquerda. São duas coisas diferentes: a Anarquia é um objetivo em si, a extrema-esquerda é, na prática, a ala violenta do totalitarismo socialista.

Ah, os negritos lá em cima são como estão na postagem do blogue "Nosotras, Las Brujas" que foi citada ("A indústria que, silenciosamente, lucra bilhões com a exploração de mulheres e crianças e que deveríamos lutar contra"). Vou trazer mais um trecho (negritos no original):

Agora digamos que essa indústria sem regulamentação e de livre mercado tem a estatística seguinte:

* A expectativa de vida entre os trabalhadores dessa indústria é de 36.2 anos (isso é menos da metade da expectativa de vida nos EUA, que é de 78.6 anos).

Agora digamos que dentro dessa indústria, 66% de seus trabalhadores tem doenças contagiosas que podem diminuir sua qualidade de vida substancialmente, e que 1 em 10 tem uma doença que, hoje em dia, é uma sentença de morte (HIV).

Agora digamos que não existem exames obrigatórios ou balanços feitos pelo governo que assegurem que essas doenças não se espalhem por todos os trabalhadores dessa indústria; apenas um ou outro – que são pagos pelo próprio trabalhador. Nós também sabemos que 70% dessas infecções ocorrem em mulheres (principalmente mulheres com idades entre 18-26 anos), uma taxa 10x maior que na população geral.

Agora digamos que essa é uma indústria que basicamente reescreve seu cérebro. Ela muda como você vê os outros e a si mesmo.

Agora vamos chamar essa indústria do que ela realmente é:

PORNOGRAFIA.

Olha, eu não sou nenhuma beata. Eu não me baseio em fontes religiosas – eu critico a pornografia com bases humanistas e realistas. Eu não posso, eticamente, dar suporte à uma indústria que literalmente intercepta como seu cérebro processa excitação sexual para seu próprio benefício.

(...) Adicionalmente, outra pesquisa mostra que 9 em 10 homens consomem pornografia. O maior grupo de homens consumidores de pornografia online (o segmento desse mercado que mais cresce) é da faixa etária de 12-17 anos, o que significa que garotos que sequer podem dirigir carros estão reescrevendo a topografia de seus cérebros e se expondo à mídia na qual é totalmente aceitável cuspir, bater e ejacular em uma mulher.

(...) Texto Original escrito por Lesbolution.

http://lesbolution.com/post/77424008474/tw-discussion-of-child-pornography-bestiality-rape

A página do atalho que ela deu não existe mais. Mas se alguém que faz uma página chamada "Lesbolução" tem de dizer que não usou fontes conservadoras para um texto sobre pornografia, isso é comprometedor... para os conservadores. Quando uma esquerdista tem medo de parecer conservadora, ou a esquerdista é da esquerda sensata, ou ela é da extrema-esquerda que se parece com o conservadorismo burro. Ou ela vai dizer uma verdade "fora da caixa" do grupo, ou ela vai dizer as mesmas mentiras da direita cristã estúpida. No caso, são as segundas opções.

Janeiro de 2016, quatro meses antes desta postagem da "Anarquia: Pense fora da caixinha", eu já comentava em "Direita cristã, acabou! - parte 14": quatro meses antes, a página cristã Life Site News ridicularizava uma pesquisa de professores de uma universidade do Canadá que mostrava que "usuários de pornografia detêm mais atitudes de igualdade de gênero que os não usuários em uma amostra estadunidense representantiva"; então, quatro meses depois da postagem da Life Site News, quase uma semana antes da minha, foi aberta uma campanha contra a violência doméstica... pelo Pornhub, em solidariedade à Christy Mack, que tinha sido agredida pelo namorado. E a Christy Mack... é a segunda de cima pra baixo na coluna da direita daquele meme.

Ah, e até prova em contrário, aquela expectativa de vida de 36 anos para uma atriz pornô é a média de idade de prostitutas vítimas de homicídio. Esses e outros mitos desmascarados, você pode ver (em inglês) na seção "Mentiras Ditas Com Frequência" do blogue The Honest Courtesan (https://maggiemcneill.wordpress.com/resources/frequently-told-lies). E, claro, se "9 em 10 homens" acham "totalmente aceitável cuspir, bater e ejacular em uma mulher", estender o conceito de estupro para chegar a menos de 100.000 casos no Brasil é decepcionante.

Antes de terminar, obrigada ao amigo Artur Boécio por ter me marcado naquela postagem do Facebook. Faço aqui também um agradecimento a todos os meus leitores e amigos das redes sociais. E um agradecimento a todos os meus amigos do mundo físico que me dão bons momentos que incluem fazer comigo tudo que eles veem nos filmes pornográficos (bom, quase tudo).

Já estou avisando pelo menos desde setembro de 2015: a esquerda louca e o liberal-conservadorismo burro vão levar um ao outro à lata de lixo da História.

Abigail Pereira Aranha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook