segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Socialismo, Capitalismo e Cristianismo juntos, por que não? - parte 2

Abigail Pereira Aranha

O Brasil nunca teve mais de 15% de não-cristãos. Mas "nós" demos ao socialista Lula a terceira maior votação da história da humanidade para o seu segundo mandato no ano seguinte à divulgação, nos maiores jornais do país, da descoberta do "Mensalão", esquema de compra de votos de congressistas que deviam ser a oposição para aprovar ações do seu governo. Os membros, aliados e admiradores do PT (Partido dos Trabalhadores) atacavam os opositores em nome dos programas sociais herdados do antecessor, como o Bolsa Família e o Programa Universidade para Todos (ProUni), que o governo PT apresentava como se fossem dele e como se estivessem ameaçados se o PT fosse derrubado do poder.

E chamo a atenção para o sistema de cotas nas universidades no governo PT: ele introduz estudantes medíocres na universidade apenas por serem negros ou vindos de escola pública. O sistema de cotas não é só para negros desonestos e estudantes medíocres de escola pública, também é um prazer e uma esperança para os brancos burgueses que defendem o sistema, porque ele é uma elevação social não apenas APESAR da falta de méritos e de caráter, também POR CAUSA dela.

Não é coincidência que a aprovação do governo PT tenha sido mais de 60% quando havia Mensalão, mas havia crescimento do programa Bolsa Família, dos programas de financiamento que davam assistência aos cotistas, do funcionalismo público, das delegacias exclusivas para mulheres inventarem o que querem contra ex-maridos e outros homens; mas foi a rejeição que passou de 60% quando vieram cortes de orçamentos em programas sociais, demissões de funcionários públicos e empresas privadas encolhendo ou fechando pela retração da economia. Também não é coincidência que quando tudo estava "bem", não só as universidades estavam cada vez mais parecidas com os provincianos intratáveis, intelectualmente desqualificados e sexualmente infelizes das pequenas cidades quase totalmente católicas dos anos 60, eles mesmos também estavam cada vez mais próximos (através dos filhos e netos) dessas mesmas universidades.

Qualquer antissocialista (e o Socialismo inclui o Lesbofeminismo) que tenha um blogue trabalha nele no seu próprio PC, ou em cibercafés, ou (como eu) em computadores de amigos. Mesmo o antiesquerdista sem escritos próprios precisa esconder da família ou dos colegas de trabalho o seu perfil no Facebook (felizmente, não é o meu caso). Estes podem comprovar: aquela parcela citada no Manifesto Comunista de quase 90% da população que não tinha propriedade privada não poderia fazer aquela revolução, a não ser que alguém com poder o usasse em favor deles. O próprio Manifesto Comunista entrega: o Socialismo não é possível sem um grande apoio financeiro dos capitalistas e um grande entusiasmo popular.

A Igreja Católica foi para o Cristianismo o que a União Soviética foi para o Marxismo. Países católicos da Idade Média-Moderna e até cidades pequenas de maioria católica até pouco tempo atrás eram infernais para pessoas inteligentes não-católicas, que sofriam desde uma atmosfera irritante de glorificação do analfabetismo até riscos físicos individuais. Quando um esquerdista responde a uma crítica ao Socialismo com uma comparação com a Igreja Católica, ele não está apenas fazendo uma tentativa de autoprojeção. Ele também sabe do que está falando.

Uma coisa em que Karl Marx acertou: o capital tem individualidade e autonomia e o proletário não. Aliás, ele próprio era filho de capitalistas, ele se entregou aqui. Outro acerto dele: quando os anticomunistas defendem a liberdade, só pensam (quase sempre) em liberdade para os capitalistas. Hoje, os ultraliberais amaldiçoam as leis trabalhistas como intromissão do Estado na empresa, mas se omitem quando uma funcionária é demitida porque uma foto sensual dela FORA do trabalho circula nas redes sociais. Eles amaldiçoam o salário mínimo, mas não acham agressão à liberdade a proibição da prostituição ou, em alguns países, o bloqueio contra pornografia na internet. Os direitistas cristãos oferecem como alternativa a um controle opressivo do Estado sobre a população um controle opressivo dos patrões sobre os empregados, que são quase toda a população.

Temos de nos lembrar de um traço que as lésbicas feministas têm em comum com as mulheres conservadoras que se dizem antifeministas: elas consideram que a dignidade de uma mulher diminui à medida em que ela faz sexo com homens típicos, com o número de homens e com a qualidade do sexo que ela oferece; ou à medida do quanto ela é agradável aos homens, em especial visualmente, mas também na simpatia. Se a mulher casta usa uma roupa discreta, não é porque ela se valoriza, é porque ela despreza a (heteros)sexualidade dos homens e mostra isso NEGANDO a eles uma visão pequena do seu corpo de mulher. Se a mulher de tendência feminista usa uma roupa provocante, não é porque ela é menos frígida que a mulher casta, é porque ela despreza a (heteros)sexualidade dos homens e mostra isso MOSTRANDO a eles uma visão pequena do seu corpo de mulher. Mesmo entre ex-atrizes pornôs, ex-prostitutas e mulheres que foram símbolos sexuais, a regra quase universal é esconder o passado ou contá-lo como se satisfazer a heterossexualidade dos homens decentes pobres fosse a coisa mais degradante que uma mulher pode ter de fazer na vida. Nós só temos uma indústria pornográfica e alguma sensualidade nas artes e publicidades convencionais exatamente porque alguns homens perceberam, décadas atrás, que poderiam ganhar muito dinheiro com isso, e eles também porque eles podiam pagar muito bem a mulheres que aceitassem trabalhar nelas. E a fonte dessa expectativa de lucro vem da heterossexualidade masculina desprezada pelo universo feminino. Aliás, muitas cenas da pornografia e mesmo cenas de anúncios onde homens e mulheres interagem bem envolvem situações cotidianas, como trabalho ou abordagens na rua, inclusive cenas pornográficas em lugares abertos (que, aliás, estão entre as minhas preferidas na teoria e na prática). Eu mesma critico, desde a minha adolescência, as mulheres conservadoras pelo puritanismo e as feministas pelo homossexualismo. E mesmo alguns leitores do meu perfil no Facebook ainda pensam que, pelo que eu compartilho sobre relações homem-mulher e sobre as minhas aventuras com os amigos, eu deveria, para ser mulher, ser uma vadia mal disfarçada, uma exibicionista pedante ou uma bissexual vulgar.

Décadas atrás, as mulheres cristãs conservadoras atacavam um Feminismo espantalho que promovia a liberação heterossexual feminina, exatamente enquanto o Feminismo real tinha propostas como classificar o sexo (hétero) como estupro e genocídio em massa de homens. Ao mesmo tempo, os dois grupos se uniram para reprimir a prostituição e a pornografia, para isso, OS DOIS GRUPOS usam as mesmas difamações quase com as mesmas palavras. Quando os homens começaram a evitar amabilidades para mulheres para não serem acusados de "assédio sexual" e começaram a trocar a possibilidade de um casamento convencional, com falta de sexo, mulher que também trabalha e futura pensão alimentícia, por comunidades masculinistas, pornografia ou jogos, apareceram as conservadoras Mulheres Contra o Feminismo. Aliás, a Mulheres Contra o Feminismo, a Women Against Feminism e a Donne Contro Il Femminismo são posteriores ao MEU trabalho antifeminista NO MESMO IDIOMA, e também ao livro "The Flipside of Feminism".

A Revolução Francesa e o Manifesto Comunista são provas de que o Cristianismo não tinha durado dezoito séculos até então com camponeses lutando contra inimigos dedicados vindo de todos os lados. Quase todos os argumentos liberais contra o Socialismo, alguns usados até hoje, são comidos como pão novo pelos esquerdistas pelo menos desde o Manifesto Comunista, meados do século XIX. A direita cristã só não pereceu na invisibilidade porque 1) cidadãos comuns com este pensamento puderam se encontrar na internet ainda livre antes de governos formalmente de esquerda; 2) o próprio sucesso progressivo da ideologia socialista dá aos esquerdistas a liberdade e o poder de manifestar publicamente sua própria estultice, e a impossibilidade de extinguir a sanidade mental por decreto faz cada pessoa lúcida e de bom caráter ser antiesquerdista; 3) pelo ponto que eu estou abordando aqui.

Enquanto eu escrevia este texto, vi dois flagrantes que podem ser ilustrações de tudo que eu disse aqui e na parte 1.

1) Deputado Jean Wyllys, Partido Socialismo e Liberdade, cujo sucesso político veio da sua participação no programa Big Brother Brasil e de ser um gay militante LGBT, em discussão com o deputado João Rodrigues na Câmara dos Deputados[1]:

Homens decentes não assistem a vídeo pornô em plena sessão plenária. (...)

Qualquer programa de televisão é mais decente que deputado em vez de honrar o voto e o dinheiro público fica usando a sessão plenária para assistir filme pornô.

(...) Eu sou homossexual assumido, sim, e se acostumem com isso.

2) Um caso compartilhado na página Família Católica[2]:

Família Católica, sempre se posicionando ao lado da vítima independente da sua raça, credo ou posição social.

Leia o relato da Nayara e perceberão como é que a vítima passa a ser culpada conforme o interesse.

Assédio não!

Tá vendo essa blusa? Foi assim que eu fui vestida para o trabalho hoje. E escutei que por estar assim com a "blusa aberta" o homem poderia sentar ao meu lado, colocar seu pênis para fora e se tocar...

Pois é, parece absurdo, mas foi o que aconteceu.

A roupa é um traje formal, que dá uma visão mínima, abaixo do pescoço mas acima dos seios minúsculos da mulher. O que me chamou a atenção é que o relato é muito parecido com as ficções de lésbicas repulsivas de assédio sexual ou estupro no transporte público.

Quem pensar clichês como "esquerdismo produz promiscuidade" ou "Catolicismo é defesa contra o Feminismo" está INCAPACITADO de entender o que acabou de ver.

O Socialismo não é um modo de produção, nem uma religião, é um sistema social, político e cultural que ataca as LIBERDADES INDIVIDUAIS combinando vaidades de políticos e funcionários públicos ególatras desqualificados com frustração de cidadãos fracassados e medíocres. Se os maiores capitalistas do mundo e de alguns países patrocinam movimentos esquerdistas, consentem que o governo os patrocine com o dinheiro dos contribuintes (e o deles) ou apenas baixam suas cabeças para qualquer grupo de lésbicas desequilibradas, o Capitalismo não precisa acabar com o Socialismo nem vice-versa. Se o movimento gay-lésbico só existe por iniciativa esquerdista e nós podemos ter igrejas com nome de cristãs permitindo homossexuais como membros, clérigos ou mesmo fundadores, como a pastora lésbica Lanna Holder, o Cristianismo não pode acabar com o Socialismo e o Socialismo não precisa acabar com tudo que tenha nome de Cristianismo.

NOTAS:

[1] "Jean Wyllys está prestes a ser expulso da política", Brasil Infra, 12/11/15, http://brasil-infra.com/2015/11/12/jean-wyllys-esta-prestes-a-ser-expulso-da-politica

[2]

Família Católica, sempre se posicionando ao lado da vítima independente da sua raça, credo ou posição social.

Leia o relato da Nayara e perceberão como é que a vítima passa a ser culpada conforme o interesse.

Assédio não!

Tá vendo essa blusa? Foi assim que eu fui vestida para o trabalho hoje. E escutei que por estar assim com a "blusa aberta" o homem poderia sentar ao meu lado, colocar seu pênis para fora e se tocar...

Pois é, parece absurdo, mas foi o que aconteceu. Hoje ao pegar ônibus que sempre pego para ir trabalhar (47 vital Brazil X centro Niterói), um homem entrou, sentou ao meu lado, e começou a se mexer de forma estranha, do jeito que ele se mexia colocando a mão na calça e posicionando a mochila de modo que ficasse na frente do seu corpo para que ninguém pudesse ver o que ele estava fazendo, minha reação primeiramente foi pensar "vou ser assaltada" logo em seguida, pedi perdão a Deus, pois achei que pudesse ser preconceito meu (deixo claro que o preconceito foi da forma que ele agiu e não dá cor da pele).. porém ele fez questão de continuar se mexendo para chamar a minha atenção, então percebi que o mesmo estava com o pênis para fora da calça e se tocando. Minha reação foi levantar gritando, em uma forma de pedir socorro, não falei essa palavra, mas quis chamar a atenção das pessoas para o que estava acontecendo... me levantei e fui para outro assento, e esse indivíduo endagou o porque eu estava gritando, afinal ele não tinha encostado em mim, só estava com o zíper aberto e fazendo o que ele deveria fazer, já que a minha blusa estava aberta e ele não tinha me mandado fechar.. xinguei, gritei, discuti com ele. Tentei tirar uma foto, mas o nervoso não permitiu que eu mexesse da maneira certa no celular. Quando ameacei de denuncia-lo ele simplesmente saltou do ônibus..

Eu pedi ajuda ao motorista, pedi para que fossemos a delegacia, antes do tal homem descer.. porém o motorista alegou que não escutou, estava prestando atenção no trânsito!

As pessoas do ônibus me olhavam como se eu fosse uma maluca, até que eu gritei "engraçado que todo mundo olha, mas ninguém faz nada" e a mulher que estava na minha frente simplesmente respondeu "VOCÊ QUERIA QUE FOSSE FEITO O QUE? ... VOCÊ SÓ GRITOU PORQUE O CARA ERA 'PRETO'.."

Perai, eu gritei porque não sou obrigada a presenciar uma coisa dessa. Gritei porque queria ajuda, pq ele é um tarado! Gritei pq independente de cor da pele ele não podia fazer isso!

Pensei muito antes de compartilhar isso aqui, muita gente me dizendo que não adianta fazer nada, nem denunciar, porque vai ser difícil pegar quem foi.

Mas não, não vou e nem devo ficar calada! Vou denunciar SIM! Vou na delegacia sim, farei o que tiver ao meu alcance.

Hoje foi comigo, amanhã pode ser com minha sobrinha...

Não desejo isso pra ninguém, cheguei a me sentir culpada! Mas eu não sou, ele é um doente e precisa pagar de alguma forma por isso!

Desculpem-me o desabafo, mas não podia deixar de compartilhar!


(Família Católica, 08 de novembro de 2015, https://www.facebook.com/FamiliaCatolicaa/posts/999831336746044, compartilhando a publicação de Nayara Sena em https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1036519043059100&set=a.395523637158647.91041.100001030412127&type=3)

Questo testo in italiano senza film di dissolutezza in Men of Worth Newspaper: "Socialismo, Capitalismo e Cristianesimo insieme, perché no? - parte 2", http://avezdoshomens2.over-blog.com/2015/11/socialismo-capitalismo-e-cristianesimo-insieme-perche-no-parte-2.html
Questo testo in italiano con film di dissolutezza in Periódico de Los Hombres de Valía: "Socialismo, Capitalismo e Cristianesimo insieme, perché no? - parte 2", http://avezdoshomens2.blogspot.com/2015/11/socialismo-capitalismo-e-cristianesimo_16.html
Ce texte en français sans vidéos de libertinage au Men of Worth Newspaper: "Socialisme, Capitalisme et Christianisme ensemble, pourquoi pas? - partie 2", http://avezdoshomens2.over-blog.com/2015/11/socialisme-capitalisme-et-christianisme-ensemble-pourquoi-pas-partie-2.html
Ce texte en français avec vidéos de libertinage au Periódico de Los Hombres de Valía: "Socialisme, Capitalisme et Christianisme ensemble, pourquoi pas? - partie 2", http://avezdoshomens2.blogspot.com/2015/11/socialisme-capitalisme-et-christianisme_16.html
Eso texto en español sin videos de putaría en Men of Worth Newspaper: "Socialismo, Capitalismo y Cristianismo juntos, ¿por qué no? - parte 2", http://avezdoshomens2.over-blog.com/2015/11/socialismo-capitalismo-y-cristianismo-juntos-por-que-no-parte-2.html
Eso texto en español con videos de putaría en Periódico de Los Hombres de Valía: "Socialismo, Capitalismo y Cristianismo juntos, ¿por qué no? - parte 2", http://avezdoshomens2.blogspot.com/2015/11/socialismo-capitalismo-y-cristianismo_16.html
This text in English without licentiousness videos at Men of Worth Newspaper: "Socialism, Capitalism and Christianity together, why not? - part 2", http://avezdoshomens2.over-blog.com/2015/11/socialism-capitalism-and-christianity-together-why-not-part-2.html
This text in English with licentiousness videos at Periódico de Los Hombres de Valía: "Socialism, Capitalism and Christianity together, why not? - part 2", http://avezdoshomens2.blogspot.com/2015/11/socialism-capitalism-and-christianity_16.html
Texto original em português sem vídeos de putaria no A Vez das Mulheres de Verdade: "Socialismo, Capitalismo e Cristianismo juntos, por que não? - parte 2", http://avezdasmulheres.over-blog.com/2015/11/socialismo-capitalismo-e-cristianismo-juntos-por-que-nao-parte-2.html
Texto original em português com vídeos de putaria no A Vez dos Homens que Prestam: "Socialismo, Capitalismo e Cristianismo juntos, por que não? - parte 2", http://avezdoshomens.blogspot.com/2015/11/socialismo-capitalismo-e-cristianismo_16.html
Seção de sexo, safadeza, putaria, mulher pelada, pornografia
Section of sex, lust, licentiousness, naked woman, pornography
Section de sexe, luxure, débauche, femmes nues, pornographie
Sezione de sesso, libertinaggio, lussuria, donna nuda, pornografia
Sección de sexo, perrez, putaría, mujer desnuda, pornografía

PervCity Diamond and Juelz Get Analized

With the Cuban girl Diamond Kitty and the Brazilian girl Juelz Ventura

PervCity Diamond e Juelz são "analizadas"

Com a cubana Diamond Kitty e a brasileira Juelz Ventura

PervCity Diamond et Juelz sont "analysés"

Avec la cubaine Diamond Kitty et la brésilienne Juelz Ventura

PervCity Diamond y Juelz son "analizadas"

Con la cubana Diamond Kitty y la brasileña Juelz Ventura

PervCity Diamond e Juelz sono "analizzate"

Con la cubana Diamond Kitty e la brasiliana Juelz Ventura


Tiffany Hopkins anal with fat Big Black Cock best quality hot

With Shane Diesel

Tiffany Hopkins anal com grande pau negro largo, melhor qualidade, quente

Com Shane Diesel

Tiffany Hopkins anale avec gros grand coq noir, meilleure qualité, formidable

Avec Shane Diesel

Anal Tiffany Hopkins con polla grande negra grasa, mejor calidad, caliente

Con Shane Diesel

Tiffany Hopkins anale con grande gallo nero grasso, migliore qualità, ardente

Con Shane Diesel


Very Hot Skinny Anal Compilation - Who is your favorite?

With (in order of appearance) Angel Del Rey, Angela Winter, Angelina Crow, Avril Sun, Chloe Foster, Cora Carina, Daniella Derek, Erica Fontes, Jayda Diamonde, Lilith, Marie Luv, Mya Mason, Petra Short, Barbie, Sandy Milz, Victoria Tiffani, Tanya Teen (with another actress), Taylor Rain, Faith Hanna, Veronica Jett

Compilação muito quente de anal com magrinhas - Quem é a sua favorita?

Com (em ordem de aparição) Angel Del Rey, Angela Winter, Angelina Crow, Avril Sun, Chloe Foster, Cora Carina, Daniella Derek, Erica Fontes, Jayda Diamonde, Lilith, Marie Luv, Mya Mason, Petra Short, Barbie, Sandy Milz, Victoria Tiffani, Tanya Teen (com uma outra atriz), Taylor Rain, Faith Hanna, Veronica Jett

Compilation très formidable de anal avec maigres - Qui est votre préférée?

Avec (par ordre d'apparition) Angel Del Rey, Angela Winter, Angelina Crow, Avril Sun, Chloe Foster, Cora Carina, Daniella Derek, Erica Fontes, Jayda Diamonde, Lilith, Marie Luv, Mya Mason, Petra Short, Barbie, Sandy Milz, Victoria Tiffani, Tanya Teen (avec une autre actrice), Taylor Rain, Faith Hanna, Veronica Jett

Compilación muy caliente de anal con flacas - ¿Quién es tu favorita?

Con (en orden de aparición) Angel Del Rey, Angela Winter, Angelina Crow, Avril Sun, Chloe Foster, Cora Carina, Daniella Derek, Erica Fontes, Jayda Diamonde, Lilith, Marie Luv, Mya Mason, Petra Short, Barbie, Sandy Milz, Victoria Tiffani, Tanya Teen (con una otra actriz), Taylor Rain, Faith Hanna, Veronica Jett

Compilazione molto ardente di anale con magre - Chi è la tua preferita?

Con (in ordine di apparizione) Angel Del Rey, Angela Winter, Angelina Crow, Avril Sun, Chloe Foster, Cora Carina, Daniella Derek, Erica Fontes, Jayda Diamonde, Lilith, Marie Luv, Mya Mason, Petra Short, Barbie, Sandy Milz, Victoria Tiffani, Tanya Teen (con un'altra attrice), Taylor Rain, Faith Hanna, Veronica Jett


Raven housewife gang banged by the pool

Raven housewife gang banged and facialized by four horny builders outdoors

Sponsored Video From: Real Wife Stories

Dona de casa Raven levou um gangbang à beira da piscina

Dona de casa Raven levou um gangbang e um facial por quatro construtores excitados ao ar livre

Vídeo patrocinado de Real Wife Stories

Ménagère Raven a pris un gang bang de la piscine

Ménagère Raven a pris un gang bang et une éjaculation faciale par quatre constructeurs excités extérieur

Vidéo parrainé de Real Wife Stories

Ama de casa Raven tomó un gangbang en la piscina

Ama de casa Raven tomó un gangbang y una corrida facial por cuatro constructores cachondos al aire libre

Vídeo patrocinado por Real Wife Stories

Casalinga Raven ha preso una gangbang a bordo piscina

Casalinga Raven ha preso un gangbang e un facial da quattro costruttori eccitati all'aperto

Video sponsorizzato da Real Wife Stories

Raven housewife gang banged by the pool from BZVIDS on TnaFlix.

Public sex in the city bus

A girl and a guy are having sex in a bus in front of all the outraged shocked passengers

Sponsored Video From: PublicBanging.com

Sexo em público no ônibus urbano

Uma menina e um cara está tendo relações sexuais em um ônibus na frente de todos os passageiros chocados, indignados

Vídeo patrocinado de PublicBanging.com

Sexe en en public dans le bus urbain

Une fille et un gars ont des relations sexuelles dans un bus en face de tous les passagers choqués, indignés

Vidéo parrainé à partir de PublicBanging.com

Sexo en publico en el autobús urbano

Una chica y un chico están teniendo sexo en un autobús delante de todos los pasajeros conmocionados, indignados

Vídeo patrocinado por PublicBanging.com

Sesso in pubblico in autobus urbano

Una ragazza e un ragazzo fanno sesso in un autobus di fronte a tutti i passeggeri scioccati, indignati

Video sponsorizzato da PublicBanging.com

Public sex in the city bus from Angel2257 on TnaFlix.

Sofi Goldfinger got fucked by 4 massive cocks & DP'ed RS071
Sofi Goldfinger foi fodida por 4 pixas enormes e levou dupla penetração RS071
Sofi Goldfinger ont baisé de 4 coqs massives et le double pénétré RS071
Sofi Goldfinger fue jodida por 4 pollas masivas y tuvo doble penetración RS071
Sofi Goldfinger è stata scopata da 4 cazzi enormi e ha preso doppia penetrazione - RS071

PT-BR: Feministas também querem foder! Clique aqui

Feministas também querem foder! Clique aqui

Fotomontagem com a professora universitária e blogueira ativista lesbofeminista (escolhe uma, Abigail) Lola Aronovich. Não fui eu que fiz, mas ficou boa pra caralho!

PT-BR: Feministas também querem foder! Clique aqui / EN: Feminists want to fuck too! Click here

Feminists want to fuck too! Click here

Photomontage with the university professor and lesbo-feminist activist blogger (choose one, Abigail) Lola Aronovich. Was not me who did it, but it got good as fuck!

PT-BR: Feministas também querem foder! Clique aqui / FR: Les féministes veulent baiser aussi! Cliquez ici

Les féministes veulent baiser aussi! Cliquez ici

Photomontage avec le professeure d'université et blogueur activiste lesbo-féministe (choisis une, Abigail) Lola Aronovich. Étais pas moi qui l'a fait, mais ce travail avait l'air bien comme de la baise!

PT-BR: Feministas também querem foder! Clique aqui / ES: ¡Las feministas quieren follar también! Haga clic aquí

¡Las feministas quieren follar también! Haga clic aquí

Fotomontaje con la profesora universitaria y blogger activista lesbo-feminista (elija una, Abigail) Lola Aronovich. No fui yo quien lo hizo, pero ¡este trabajo logró a ser jodidamente bueno!

PT-BR: Feministas também querem foder! Clique aqui / IT: Le femministe vogliono scopare troppo! Clicca qui

Le femministe vogliono scopare troppo! Clicca qui

Fotomontaggio con la professora e blogger attivista lesbo-femminista (scegli una, Abigail) Lola Aronovich. Non ero io chi l'ha fatto, ma questo lavoro è sembrato buono come cazzo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook