quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Direita cristã, acabou! - parte 7: verdades inconvenientes que eu estou dizendo há meses


Só aqui comparando...

Apresentador [Enrique Tovar] toca seio de mulher [Tania Reza] em programa de TV [no México]: demitidos

Mulher casada [a atriz pornô Mary Luthay, também participante da Casa das Brasileirinhas] segura pênis de ator [pornô, Kid Bengala]: "foi só uma brincadeirinha"

Verdades Inconvenientes, 18/11/2015, https://www.facebook.com/573076302799326/photos/a.577201109053512.1073741827.573076302799326/881866498586970

Meus comentários no original

Eu já estou discutindo isso nos meus blogues, especificamente, há pelo menos um mês:

1) a direita cristã acabou como filosofia intelectualmente apresentável;

2) quem vai fazer frente à esquerda radical em um futuro próximo não é o Conservadorismo, é a esquerda moderada;

3) o suposto antifeminismo de direita tem o papel de combater não o Feminismo, mas o que resta de heterossexualidade feminina e de contatos entre homens e mulheres não casados, e vai durar até a esquerda radical ficar ainda mais forte ou a esquerda moderada acabar com ela;

4) alguns na esquerda, talvez no próprio Feminismo, defenderão as mulheres heterossexuais (e a mulher que tem horror à ideia de pegar em um pênis não é hétero), mas não é porque o Feminismo defenda a heterossexualidade, é porque o Feminismo condena qualquer crítica a uma mulher que não venha do próprio Feminismo;

5) já existem mulheres feministas discutindo direitos dos homens, assim como a esquerda já está se apropriando de bandeiras da direita cristã;

6) a direita cristã só não foi enterrada em silêncio porque ainda existe internet razoavelmente livre em países desenvolvidos ou em desenvolvimento, e a militância esquerdista fez mais porcaria do que podia esconder, mas os antifeministas vão ser enterrados pela direita fajuta e pela esquerda moderada se não pararem de reciclar sermões para analfabetos do século XIX.

Abigail Pereira Aranha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página no Facebook