terça-feira, 13 de julho de 2010

O caso Eliza Samudio / Fernanda Faria e as mulheres que tentam abafar o passado

Abigail Pereira Aranha

A Vez dos Homens que Prestam - Sistema Paraíso Concreto

Estão a imprensa e a sociedade caindo de pau em cima do goleiro Bruno, que mandou matar a amante Eliza Samudio. Não vou falar do assassinato porque do jeito que a coisa foi não tem mesmo muito o que comentar. Mas a minha reflexão vai passar pelo fato de ela ter feito filmes pornôs. A Eliza já atuou em diversos filmes, com os pseudônimos Fernanda Faria, Victoria Sanders e Raycca Oliveira (pros curiosos, tem o "Até que Enfim Anal" na Banca de Revista e alguns vídeos no X Videos, pesquisa por Fernanda Faria, Victoria Sanders, Raycca Oliveira e Eliza Samudio). Nada contra filmes pornôs. Por a gente falar dos filmes pornôs da moça, podem dizer que estamos desviando o foco, que somos machistas e que estamos falando de quem não pode se defender, como disseram o pai dela e a pesquisadora do Núcleo de Estudos da Mulher da PUC-SP Andrea Boreli. Mas nós não vamos falar propriamente do assassinato. Nós vamos falar mal de mulher mesmo.

Como eu já disse, não tenho nada contra atrizes pornôs. Uma vez eu até falei pro meu pai (ele e a minha mãe são separados e eu moro com a minha mãe) sobre essa possibilidade de fazer filme pornô. Sabe aquela cara de "papai sempre vai te amar mas tem vergonha de você ser uma puta assumida"? Mas se eu fizer mesmo, eu vou chegar aos 40, aos 60 anos sem esconder nada, vou guardar tudo, vou mostrar pra quem quiser ver, a minha família vai ficar sabendo e se eu tiver filhos e netos eu vou contar pra eles.

Mas vamos falar da moça sim. A Eliza já tinha dado em cima de outros jogadores de futebol até ser amante do Bruno. Eles se conheceram numa festinha, que numa entrevista à Veja ele chamou de orgia, transou com ela e a camisinha estourou. Ele era casado, tinha outra amante, quis que a Eliza fizesse o aborto e ela não quis. Ela tinha 25 anos.

Tem uma coisa muito comum no caso dela. Algumas mulheres conseguem de verdade se sufocar até os 20 ou 25 anos até levar o único pinto que vão conhecer na vida, e ainda batem no peito falando disso. Algumas são ou se tornam mulheres de verdade a vida inteira. Mas algumas não conseguem ser o modelo de moça de família. Algumas delas fizeram coisas que não são erradas, mas a sociedade não aceita, como fazer um filme pornô, se prostituir, transar sem compromisso. As outras têm mesmo uma juventude cheia de podres, tipo andar e transar com um marginal atrás do outro, arrumar encrenca atrás de encrenca, sacanear meio mundo, etc. Nesses dois casos, a mulher chega lá pelos 25 ou 30 anos, vê que não tem mais aquela beleza, os otários pegadores de maria-gasolina e os cafajestes em geral não estão mais muito interessados nela, e aí ela entra numa fase "madura": conhece um homem (geralmente um honesto, trabalhador e o melhor financeiramente que puder achar), eles se casam, têm um filho (ou têm o filho primeiro e depois eles se casam), se mudam pra uma cidade bem longe e freqüentam uma igreja. Aí ela vira uma moralista dos infernos, é muito participante da igreja e vai escondendo o passado.

Já faz alguns anos que eu e alguns blogueiros já denunciamos o sexo feminino em geral (eu sou mulher, mas eu tenho que falar a verdade). Como elas adoram explorar o próprio corpo pra brincarem com a sexualidade dos homens, como elas são hipócritas, como elas são interesseiras, como elas gostam de canalhas. E como elas procuram os homens bem de vida ou, em último caso, os homens que prestam pra dar os restos, da vida e dos corpos, quando a flor da idade passa. E já estou dizendo há alguns anos como as ditas feministas estão dominando o mundo, mostrando a mulher sempre como vítima e levando o mundo pro nazismo lésbico, com o aplauso de quase todos. Veja, por exemplo, o texto "Patriarcado da violência", do blog da Mayara Melo.

Está certo que o Bruno já tinha mandado seqüestrar a moça pra obrigá-la a tomar um abortivo. Mas está parecendo que acima de tudo tem gente querendo fazer o Bruno pagar caro por ser o homem errado pra piranha que se faz de santa esconder o passado e ainda conseguir uma boa bolada.

Caso Bruno: Eliza Samudio era atriz pornô das Brasileirinhas


Eliza Samudio que está desaparecida trabalhava como atriz em produções pornôs com os nomes artísticos "Fernanda Faria" ou "Victória Sanders".

O advogado Jader Marques, que representa a família Samudio em processos na área criminal, confirmou, ontem, que Eliza fez pontas em filmes pornográficos, entre 2005 e 2009. Em uma das gravações, há cenas de sexo explícito

Quando grávida do goleiro, Eliza Samudio teria sidoi agredida e ameaçada de morte por ele, que não aceitava o nascimento da criança, forçando-a ao abordo. Mesmo sob ameaças Eliza teve o filho, para poucos meses depois desaparecer. A polícia de Minas recebeu denúncias anônimas de que Eliza teria sido espancada até a morte no sítio por Bruno e mais dois homens.

Produzido pela empresa de filmes adultos "Brasileirinhas", o filme "Até que enfim anal", estrelado por Márcia Imperator, tem a ex-amante de Bruno no elenco, sob o nome fictício de Fernanda Faria.

http://kiminda.wordpress.com/2010/07/05/caso-brunoeliza-samudio-era-atriz-porno-das-brasileirinhas/

Eliza Samudio, desaparecida no caso do goleiro Bruno do Flamengo, era atriz pornô

Eliza Samudio, desaparecida e supostamente assassinada pelo goleiro Bruno do Flamengo, trabalhava como atriz em produções pornôs com os nomes artísticos “Fernanda Faria” ou “Victória Sanders”.

Quando grávida do goleiro, foi agredida e ameaçada de morte por ele, que não aceitava o nascimento da criança, forçando-a ao aborto. Mesmo sob ameaças Eliza teve o filho, para poucos meses depois desaparecer.

A polícia de Minas recebeu denúncias anônimas de que Eliza teria sido espancada até a morte no sítio por Bruno e mais dois homens. Acompanhe a cronologia do caso.

As duas tatuagens que Eliza Samudio exibia no corpo são idênticas às da atríz no filme. Clique na imagem para ver todas as fotos.

http://www.sedentario.org/tosco-bizarro/eliza-samudio-desaparecida-no-caso-do-goleiro-bruno-do-flamengo-era-atriz-porno-28732

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página no Facebook