sexta-feira, 26 de agosto de 2011

O feminazismo chegou à Justiça - parte 2: CONAR retira propagandas "impróprias" a mando de mocréias feministas, mas permite outra que ofende os homens

(revisão do texto "A justiça misândrica: goleiro Bruno, Fábio William e campanha da Bombril", 26/08/11)


O feminismo está deixando cada vez mais claro pra quem tem sanidade e inteligência que não é um movimento para defender mulheres oprimidas pelos homens, é um movimento por um totalitarismo anti-pica. Mulheres sempre são vítimas, homens sempre são maus ou inferiores. Homens feministas (manginas1), peguem as suas bolas de volta no lixo antes que se arrependam.

Para homenagear as mulheres no seu dia, a Bombril fez a campanha abominável "Mulheres Evoluídas". Veja em http://www.mulheresevoluidas.com.br/campanhatv. Transcrevemos aqui:

"Vizinho", com Marisa Orth. Minha amiga, você já reparou como homem é tudo bobo, só porque mata uma baratinha, abre um vidro de palmito fica logo se achando? Meninos, a Bombril faz muito mais que vocês. Mata barata, limpa chão, lava roupa, louças. Gente, deixa o banheiro limpo e cheiroso, ao contrário de certas pessoas. Homem tem o quê? 5 utilidades? A Bombril tem 1001. E ó, mané, se liga, hein, que eu peço pro vizinho abrir o vidro de palmito. Ele é tão forte. Bombril, os produtos que evoluíram com as mulheres.

"Adestramento", com Marisa Orth. Pensa comigo. Homem solta pelo, faz xixi no chão e eventualmente até baba. Praticamente um cachorro! Por isso, minha amiga, você que é um ser humano superior e evoluído tem que adestrar o seu homem pra que ele se comporte direito. Por exemplo, se ele pegar um balde com os produtos da Bombril e te ajudar a limpar a casa, o banheiro e ainda lavar as roupas, dá banhinho nele, faz carinho, deixa dormir na sua cama. Agora, pisou na bola, é jornalada na fuça, que comigo é assim. Bombril, os produtos que evoluíram com as mulheres.

"Tropa de Elite", com Dani Calabresa. A gente já tentou falar com jeitinho e nada. Agora vamos falar língua que homem entende. (batidas) Cabou a moleza, fanfarrão, chegou a Tropa da Limpeza. Pinho Bril, Pratice, Tanto, Limpol, Sapólio, Lysoform, o general Bom Bril. Chão bom (batidas) é chão limpo, e louça tem que brilhar. Cê tá com medinho da sujeira? Então pede pra sair que aqui em casa o comando é meu, e o controle da Tv também. Entendeu, ah, fofinho? Bombril, os produtos que evoluíram com as mulheres.

"Homem das Cavernas", com Dani Calabresa. Já reparou que se dependesse dos homens, a humanidade ainda estaria nas cavernas? É, essa caverna tá boa, viu? É, minha filha, porque homem é bom, mas é tosco. Por isso, pra deixar sua casa limpinha, cheirosa e brilhando, as mulheres precisam mesmo é da Bombril. Só ela tem 1001 utilidades e produtos que estão sempre evoluindo. Não é, Zé? Vamo lá, vamo evoluir também. Hoje ele não quer. Bombril, os produtos que evoluíram com as mulheres.

"Inveja", com Mônica Iozzi. Os homens já perceberam que nós somos a parte mais evoluída da humanidade e deram pra imitar a gente. Meninos, vamos parar com a palhaçada do brinquinho, depilação, baby look. Que que é uma baby look? (Se bem que tem gente que gosta da baby look) Enfim, vamo lá gato, vem lavar uma roupinha, esfregar um chãozinho, vai limpar a churrasqueira, porque com os produtos da Bombril até vocês conseguem. Então vamo lá, rapaz, segura este Pratice que nem homem. Bombril, os produtos que evoluíram com as mulheres.

"Dona Marisa", com Mônica Iozzi. O Movimento das Mulheres Evoluídas Bombril já recebeu centenas de cartas, como essa da dona Marisa, de São Bernardo, reclamando que depois que o marido largou o emprego fica o dia inteiro enchendo o saco dela. Dona Marisa, faz o seguinte, pede pra Sua Excelência pegar os produtos da Bombril e ir limpar a casa, as janelas, o banheiro, a louça. Porque ele até podia ser o cara lá no serviço, mas em casa pode botar a barbinha de molho, que quem manda é a mulher moderna. Bombril, os produtos que evoluíram com as mulheres.

Teve reação, porque nem todo homem é corno. Por exemplo, a do Ricardo Marins:

Pensa comigo. Mulher que coloca homem como cachorro é porque quer ser tratada como fêmea. Geralmente não tem nem tamanho, late a todo tempo, vivem no cio, lambem de tudo, isso além de viverem metendo o nariz onde não são chamadas. Por isso, meu amigo, a liberdade é recíproca. Como diz o velho ditado, é melhor dar dinheiro do que confiança. Mas se sua fêmea é adestrada e se comporta direitinho, ah, então, paga pra fazer a poda, paga pra fazer as unhas, dá pra ela uma coleirinha de ouro, com a letra inicial do seu nome. Ela vai adorar. Agora, pisou na bola, põe pra dormir na casinha dela. Pra puta que pariu com a Bombril! Aqui em casa, nunca mais!

"RESPOSTA PARA BOMBRIL.wmv", http://www.youtube.com/watch?v=9syVQz_r-s4

Como sempre, as feministas juram que não odeiam os homens, mas não se mostram quando eles são agredidos, desprezados, pisados, humilhados. Nas Blogueiras Feministas, a única referência ao caso foi esta: "É muito triste ver que para levantar a auto-estima das mulheres precisamos acabar com a masculina, isso tem nome: sexismo!" ("Homens, modo de usar", Carol Fontes, http://blogueirasfeministas.com/2011/03/homens-modo-de-usar/) E quando feminista fala em sexismo, ela quer dizer machismo. Então, o mais provável é que a fala da Carol quer dizer que as mulheres, sendo superiores aos homens, não precisam usar esse expediente baixo para se afirmarem.

E o engraçado é que essa campanha teve um recorde de denúncias no CONAR (300, quase todos homens), mas

De acordo com o julgamento do Conar, os comerciais são bem-humorados e usam recursos próprios da publicidade, como o exagero, sem demonstrar riscos aos conusmidores.

Essa notícia saiu na Veja, está em http://veja.abril.com.br/noticia/economia/300-homens-recorrem-ao-conar-contra-bombril. Dá só uma olhada lá pra ver os comentários. Grandes protestos mesmos foram dois, um homem e uma mulher. A maioria gostou da campanha. Teve um HOMEM que disse

Um recado aos tais 300 homens: Vão caçar serviço!

Comentário nosso, dia 23, não foi publicado:

Carla,

"A marcha [das Vadias] seguiu até a rua Augusta e terminou na frente do teatro Comedians, que tem como sócios os humoristas Rafinha Bastos e Danilo Gentili. O grupo pediu boicote ao teatro por conta das piadas sexistas de ambos."

José do Porto Almeida, você vai mandar essas mulheres ir arrumar a casa?

Wilma, cadê o senso de humor aqui?

Paulo Cezar Nobre Machado, quem se incomoda com essa campanha asquerosa não é quem tem conteúdo zero, é quem odeia o lesbonazismo e acha que o homem merece respeito.

E o Rafael Bastos não foi processado por uma piada? Ah, mas o caso dele foi diferente. Claro que foi diferente, ele falou mal de mulher. Apologia a estupro? Homem pode ser chamado de inútil, bobo, assassino, estuprador, etc, mas mulher não pode ser criticada.

Áurea, concordo com você. Marcelo, parabéns pelo comentário, por ainda ter dignidade e por não ter vergonha de ser homem.

É melhor não falar mais nada aqui, podem recusar o comentário.

Beijos

Abigail Pereira Aranha

http://avezdasmulheres.wordpress.com

Prova de que o comentário foi censurado é que um comentário posterior, do dia 25, foi aprovado.

Vejam também, sobre esse caso, "Bombril não é para homens", do Reflexões Masculinistas (http://www.reflexoesmasculinas.com.br/2011/03/bombril-nao-e-para-homens.html) e o tópico "Resultado da denúncia ao CONAR- Bombril - Por Revista Veja e Exame.com ", do fórum O Perdedor Mais Foda do Mundo (http://silviokoerich.forumeiros.com/t1748-resultado-da-denuncia-ao-conar-bombril-por-revista-veja-e-examecom).

E o engraçado é que pelo menos duas propagandas de cerveja foram tiradas do ar por causa de "sensualidade". Uma propaganda foi da cerveja Skol, com uma Garota do Tempo pelada com nuvens cobrindo as partes que interessam (aos meninos, porque eu não sou lésbica). A outra foi da cerveja Devassa, com a Paris Hilton. E a moça nem estava de roupa tão curta. Parece que foi só uma dança que foi muito picante. E olha quem denunciou a propaganda: Nilcéa Freire, secretária especial de Políticas para Mulheres da Presidência da República (ou seja, a chefe do Esquadrão Lesbonazista do governo Lula - Dilma Poste). Aliás, olha a cara da cidadã.

nilcea-freire

Já reparou que toda vez que uma mulher bonita ou gostosa (segundo os homens, porque eu não sou lésbica) aparece num comercial, num programa de televisão, etc menos recalcado acontece uma batalha pra tirar o material de circulação, com a conversa tipo "mulher não é objeto sexual", comandada por uma mulher feia pra cachorro?

Qualquer feiosa moralista tem mais força que 300 homens opressores?

Bombril na minha casa nunca mais! Meninos, quem já tem vergonha de ser homem ou idolatra as mulheres pegue as bolas de volta no lixo e reaja ao nazismo lésbico antes que seja tarde.

Ah, abaixo o apedrejamento moral de Fábio Willian e do goleiro Bruno! Mas esse é assunto da parte 1.

Abigail Pereira Aranha

1 Mangina: Traduzindo do inglês é a junção das palavras man = homem e gina que vem de vagina. Ou seja: homem-vagina. O homem-vagina é o homem que sempre coloca a mulher num pedestal e a valoriza acima de tudo, geralmente visando fins sexuais. Como são desesperados por mulher, colocam em detrimento até a família e/ou amigos por causa delas.

Copiei esta nota do texto "Era Jesus um mangina?", do Canal do Búfalo. Por falar do Canal do Búfalo, vou copiar mais uma coisinha de lá, pra dar uma força pra eles:

==


Mais uma vez, gostaria de pedir a todos que estão lendo para assinar a petição feita para o Estatuto do Homem que está rolando no congresso. Ele ainda não é o suficiente para contrabalancear a sacanagem que já ocorre contra os homens na justiça atualmente, mas já é um passo e tanto. Por favor pessoal, vamo divulgando essa petição por aí, se você tem blog divulgue lá também e vamos cada um fazer nossa parte para sermos ouvidos!


Para assinar a petição, clique neste link:


http://www.abaixoassinado.org/assinaturas/assinar/8716


Para saber mais sobre o que propõe o Estatuto do Homem, leia aqui:


http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/8716


Obs: Se possível, na área de comentários da sua assinatura na petição, coloque daonde que você fo redirecionado para assinar a petição. Exemplo, se você viu a petição aqui no blog e foi lá assinar, na área de comentários coloque algo como “Vi esta petição no blog http://canaldobufalo.galacta.org/” ou só o link do blog mesmo. Porque para isto você estará mostrando para eles que estamos começando a formar um movimento organizado!


==


Para quem ainda não assinou, ASSINEM a petição que está sendo feita contra os comerciais misândricos vergonhosos feitos pela Bombril. Por favor, vão neste linkhttp://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=ABRAPAI e façam sua parte!


Não deixe de participar do fórum mais foda do mundo! Fórum do Silvio Koerich, o perdedor mais Foda do Mundo!


Participe de nossa comunidade no Orkut! Clique aqui.


Novo Formspring do Pragakham, o guerreiro da real mais louco que tem! Clique aqui que ele te mete a real.

O País do Carnaval puniu Paris Hilton por falta de decoro

O clima é excessivamente sensual, resolveram alguns telespectadores confrontados com o anúncio da cerveja Devassa estrelado por Paris Hilton. Mulher não é objeto sexual, escandalizou-se Nilcéa Freire, secretária especial de Políticas para Mulheres da Presidência da República. O comercial deve ser censurado, decidiram os integrantes do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária, o Conar.

Nenhum dos combatentes reunidos na frente moralizadora viu algo de errado nas comparações escatológicas de Lula, no top-top-top de Marco Aurélio Garcia, no relaxa e goza de Marta Suplicy, na dança do mensalão de Ângela Guadagnin ou no samba da vassoura de Dilma Rousseff. Nada disso é indecoroso - nem o bigode asa-da-graúna de José Sarney. Obscena é a performance de Paris Hilton:


O comercial da Devassa não foi o primeiro a valer-se da nudez feminina, sugerida ou explícita, para popularizar uma marca de cerveja. Tampouco é o mais ousado da última safra. Mas foi o primeiro a ferir a alma delicada de Nilcéa, e a induzir os conselheiros do Conar a tirarem da sala as crianças que nela podem permanecer quando entra no ar, por exemplo, esta peça publicitária da Skol:

A secretária Nilcéa certamente viu todos os comerciais de cerveja. Só ao topar com uma americana na telinha descobriu que, além de estimular o preconceito contra as louras, esse tipo de anúncio "tenta vender a mulher como se fosse um produto". Pelo meio-sorriso na foto, a censora federal sabe que não corre o menor risco de ser submetida a tal constrangimento.

nilcea-freire

Augusto Nunes, http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/direto-ao-ponto/o-pais-do-carnaval-puniu-paris-hilton-por-falta-de-decoro/

Conar tira do ar anúncio da Devassa

Campanha foi alvo de denúncias

02 de março de 2010 | 0h 00

FOCO - Campanha com Paris Hilton: "excesso de sensualidade"

O comercial com a socialite americana Paris Hilton está realmente dando o que falar. Parte da campanha criada pela agência Mood para a cerveja Devassa Bem Loura, lançada durante o carnaval pelo Grupo Schincariol, foi suspensa por determinação do Conselho de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

A liminar que tira o anúncio do ar, além de algumas peças de publicidade de circulação, atende ao pedido do relator do processo, que não teve seu nome divulgado. O processo foi aberto com a queixa feita por um consumidor, que se sentiu atingido pela "sensualidade da propaganda". Fora essa denúncia, há mais outros três pedidos contra a campanha da Devassa, sendo que o último deles foi encaminhado ao Conar na última sexta-feira pela Cervejaria Petrópolis.

O recurso da empresa será discutido na reunião do Conselho de Ética e a atual sustação do anúncio pode ser suspensa pelos conselheiros. A discussão em torno da propaganda tem agitado as mídias sociais, como o Twitter, e também blogs, além de o filme no portal do YouTube já ter atingido mais de 420 mil acessos.

Já devidamente notificada dos três primeiros processos, a empresa enviou comunicado à imprensa em que diz: "Entendemos que o filme estrelado pela modelo Paris Hilton não ofende, em nenhum aspecto, a qualquer norma ou orientação emitida pelo Conar. Apesar disso, a Schincariol acata a decisão e já trabalha na defesa do caso." Os advogados da empresa terão até a próxima semana para elaborar a defesa.

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,conar-tira-do-ar-anuncio-da-devassa,518124,0.htm

Minha Resposta à Bombril

por Francisco Pinheiro em Ter Mar 22, 2011 3:53 pm

"Inaceitável.É revoltante como o departamento de marketing ou a agência publicitária contratada para fazer o comercial tenham pessoas tão ingênuas que não percebam o erro insultoso de, para agradarem a uma parte de seus consumidores, seja preciso comparar outra parte com animais que precisam ser adestrados. É um insulto a todos os homens que fizeram das civilizações o que elas são hoje, visto que nenhuma mulher, à excessão de Mme. Currie,estudiosa dos elementos radioativos e Prêmio Nobel, foi capaz de criar um único microchip. É igualmente acintoso inclusive aos homens que trabalham nessa empresa (a menos que a Bombril seja empresa constituida unicamente por mulheres)e que, talvez tenha sido um homem o fundador ou sócios fundadores da Bombril.

E é curioso que essa mesma empresa desconheça que existem hoje nas grandes cidades, nas repúblicas estudantis e em muitos outros lugares homens solteiros que se utilizam dessa já tão tradicional marca de esponjas de aço para, com ela, deixarem seus utensilios mais limpos…o que contradiz o comportamento de animais que precisam ser adestrados e "evoluírem", visto que a preocupação com a limpeza, seja usando Bombril ou qualquer outra marca, a preocupaçao com a limpeza é coisa de gente decente e inteligente, que cuida da saúde e do bem-estar.

Se querem obter clientes, sejam mais decentes e ajam com dignidade. Existe um Dia Internacional do Homem,19 de Novembro, e eu quero ver vocês fazerem um comercial sobre os homens , como fez a empresa O Boticário em comercial comemorativo ao Dia do Homem.

Retratem-se publicamente e não tirem a dignidade de milhares de pessoas do sexo masculino, homo e heteros que trabalham com dignidade, muitas vezes com o risco da própria vida, para levarem para seus lares os frutos do seu trabalho. O comercial também deixa implicito, de forma sublimiar e quando Marisa Orth diz que no trabalho ele pode ser O Cara, mas em casa quem manda é a mulher, deixa implícito que lugar de mulher é na cozinha, quando milhares de mulheres também dão duro no trabalho para criarem os filhos e ajudarem seus maridos a levarem comida pra casa.

E analisem melhor o comercial e a agência de propaganda que contratam."

http://silviokoerich.forumeiros.com/t1063-minha-resposta-a-bombril

300 homens recorrem ao Conar contra Bombril

Majoritariamente masculinas, reclamações pediram retirada do comercial; número é um dos recordes da história do órgão

Desde março deste ano, cerca de 300 pessoas – em que apenas 20 são mulheres – já recorreram ao Conar – Conselho de Autorregulamentação Publicitária – contra comerciais da campanha "Mulheres Evoluídas", da Bombril. O número é um dos recordes de reclamações já feitas na história do órgão.

De acordo com a assessoria do Conar, os apelos pela retirada dos comerciais começaram na noite do dia 15 de março, vindos de todo o Brasil. Todas as denúncias consideravam os anúncios sexistas e discriminatórios contra homens.

Aberto no dia 17 de março deste ano sem pedido de liminar, o processo foi julgado em 5 de maio, quando, por decisão unânime, decidiu-se pela manutenção dos filmes no ar.

Pela quantidade de reclamações recebidas pelo Conar, no entanto – e como elas continuaram após o primeiro julgamento -, o órgão voltou a examinar o caso na quinta-feira, quando a decisão do dia 5 de maio foi reafirmada.

De acordo com o julgamento do Conar, os comerciais são bem-humorados e usam recursos próprios da publicidade, como o exagero, sem demonstrar riscos aos conusmidores.

http://veja.abril.com.br/noticia/economia/300-homens-recorrem-ao-conar-contra-bombril

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página no Facebook