sábado, 8 de novembro de 2014

Violência contra o homem 24: isto é Feminismo Sem Demagogia Original

Abigail Pereira Aranha

Pérola 1: página Feminismo Sem Demagogia prega agressão física aos homens (sob pretexto de meia dúzia de folgados, claro)

Via: ARTivismo.

Amassar as bolas de ome folgado no transporte público pode sim!

Omis reclamando de misandria em 3,2,1.

(Feminismo Sem Demagogia - Original, https://www.facebook.com/564161453675848/photos/a.565554563536537.1073741834.564161453675848/710384782386847)

Obrigada ao amigo Jorginho Hudorovich pela resposta (https://www.facebook.com/photo.php?fbid=336198256542022&set=p.336198256542022):

Pérola 2: o homem culpado como classe

O que significa dizer que "todo homem é machista"?

1º) Não é uma ofensa, misandria ou acusação. É uma constatação de que todos os homens cis foram moldados pela superestrutura patriarcal que domina nessa sociedade e que foram influenciados por ela de forma consciente e inconsciente. Isso cria uma relação de poder do homem sobre a mulher, relação que se mostra de formas bem sutis, como, por exemplo, quando um homem se dirige de forma muito incisiva à uma mulher. Nesse caso ele está usando sua postura dominante para expressar-se, e não podemos analisar essa situação sem analisar a conjuntura social que favorece atitudes dominantes do homem sobre a mulher.

Então, sim, todo homem cis é um machista (opressor) justamente porque ele não pode fugir da estrutura social, ele não pode abdicar de seus privilégios, ele não pode fazer com que suas ações perante uma mulher não sejam – mesmo que de forma ínfima – pautadas sobre as relações de poder. E por conta disso também podemos dizer que é impossível dissociar privilegiado de opressor (direto ou indireto).

2º) Não podemos individualizar a opressão. Quando eu falo "todo homem cis é machista" (isso vale também para brancxs, pessoas cis num geral, etc), eu não estou apontando dedo para cada homem do mundo individualmente. Eu estou falando da CLASSE dos homens. A CLASSE dos homens é, sim, machista e dominante. Assim como a misandria não pode ser vista como ódio individual aos homens e sim ódio ao poder que a classe exerce, a frase "todo homem cis é machista" não deve ser ~fulanizada~. Devemos analisar que a classe dos homens é a dominante. Agora, como cada homem exerce esse poder eu não tenho como dizer, já que não conheço todos eles. O que posso dizer é que a sociedade é patriarcal, que todos os homens são moldados por essa sociedade e que todos vão utilizar seus privilégios e sua posição dominante na sociedade de diferentes formas.

3º) A opressão nem sempre é palpável ou visível a olho nu (olho nu = olhos privilegiados). Existem diversos nuances e sutilezas numa opressão, e é por isso que todos os homens cis são, sim, machistas (e aí entramos na forma que cada homem vai exercer seu poder perante a mulher), já que essa opressão pode vir de forma sutil, quase imperceptível de tão enraizada que está. Por conta disso, não há forma de negar que todo homem cis é machista. A opressão não é simplesmente violência física ou psicológica. A opressão está na linguagem, nas atitudes, na forma como você, homem cis, enxerga uma mulher num cargo de liderança e, acima de tudo, na forma como a mulher te enxerga. Por mais que você seja um cara legal, super pró-feminista, se você passar por uma mulher no meio da rua às 2h da manhã, ela vai ficar aterrorizada. Você, sua condição de homem, o fato de você fazer parte da classe que nos estupra e oprime, irá aterrorizá-la e deixá-la acoada, temendo por seu corpo e por sua vida; isso é opressão. Ela existe e você a exerce, mesmo que não tenha escolhido isso. Responsabilize-se. Aceite. Para lutar contra o patriarcado, é necessário que você lide com sua condição e que questione seus privilégios. Isso lhe fará um machista em eterna desconstrução, até que acabemos com a superestrutura patriarcal.

Nathália Lausch

(Feminismo Dialético, 25/01/14, http://feminismodialetico.wordpress.com/2014/01/25/o-que-significa-dizer-que-todo-homem-e-machista)

Só zoando mesmo: Se cada homem estupra e oprime como classe, cada negro rouba e mata como classe?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página no Facebook