domingo, 7 de dezembro de 2014

Se os homens são estupradores em potencial, as mulheres são o que em potencial?

Abigail Pereira Aranha

TW: ESTUPRO (página "Tá, mas e ozomi?")

Não é todo homem que estupra, mas homens tem o potencial de estuprar. Num país onde a cada 12 segundos uma mulher é estuprada, onde 88,5% das vítimas de estupro são mulheres e mais de 90% dos agressores são homens, todo homem é visto como um estuprador em potencial. Somos criadas a temer todo e qualquer homem, somos criadas pra termos medo. Se o estupro vem de onde nós menos esperamos, como não ter medo do estranho também? A maioria dos estupradores é um parente, amigo, alguém confiável. Como acreditar que aquele "cara legal" não irá te estuprar em algum momento? Recentemente, tivemos uma condenação por estupro dentro do casamento. Quando aquela mulher desconfiaria de que aquele que um dia ela amou e partilhou uma vida, a estupraria? A maioria dos casos de estupro são assim, vem de alguém que amamos e confiamos. Não devemos esquecer que estupradores tem família também, caras que estupram são filhos de alguém, talvez são irmãos, namorados, maridos. Nós temos a tendência de defender quem amamos, de olhar para aqueles que amamos e "colocar nossa mão no fogo" por eles, mas a verdade, é que aquela pessoa que você ama na sua família, o seu amigo, o seu namorado/marido, pode já ter estuprado alguém. O cara que embebeda pra você ficar mais "maleável" e transar, é um estuprador sim. O cara que você pede pra ele parar no meio de um sexo consensual e ele continua, é um estuprador sim. O cara que coage a mulher a transar, é um estuprador sim. E no coagir, não está só a questão física, mas também a psicológica, que pressiona, que faz chantagem emocional, que agride emocionalmente.

Ainda hoje, temos um problema gigantesco com a questão de o que é um estupro. Vivemos numa sociedade que tem uma dificuldade gigante de compreender que embebedar uma garota pra transar é estupro, uma sociedade que não entende que estupro não é apenas segurar, bater e obrigar uma mulher ao ato e que estupro não é apenas penetração (No código penal cita "ato libidinoso").

Eu conheci mulheres que foram estupradas e que demoraram pra entender isso porque achavam que o fato de estar bêbada justificava isso, elas se culpavam porque a sociedade as ensina a aceitar isso como normal, mas não é. É estupro. Ora, se eu tenho medo até de conhecidos, como não terei medo de quem não conheço? Como saberei que aquele cara super pró-feminista nunca estuprou ou nunca estuprará uma mulher? Eles são estupradores em potencial, potencial significa algo que há possibilidade, não estamos afirmando que todos os homens já estupraram, nem que todos os homens estuprarão algum dia, mas não negamos que há a possibilidade de eles terem feito, ou de que vão fazê-lo algum dia.

Acrescentando: Se você estiver andando na rua durante a noite e passar perto de uma desconhecida, provavelmente ela terá medo, ela olhará como um possível estuprador, mesmo que você seja gay. Naquele momento, você é só um estranho cruzando o caminho dela no meio da noite e que pode sim, feri-la.

-Luiza

(Tá, mas e ozomi?, 23 de setembro, https://www.facebook.com/eozomi/photos/a.782167215172964.1073741829.777479588975060/795379853851700/?type=1)

DESTRUINDO LINHAS DE PENSAMENTO MISÂNDRICOS. (Chacon Alexandre)

A expressão "em potencial" significa "com poder para..." ou dotado(a) de capacidade para..."; assim um indivíduo mais forte, seja em sua constituição física, intelectual, social ou econômica, tem o potencial de ser agressor de outro, mais fraco ou limitado. Seguindo o raciocínio de feministas misândricas, mulheres podem ser consideradas:

1- Parasitas em potencial, afinal existe um aparato legal e cultural que enxerga a mulher como esperta quando esta consegue fisgar um homem socialmente destacado, enquanto o homem é visto apenas como gigolô se fizer o mesmo.

2- Agressoras em potencial porque existem pensamentos enraizados em nossa cultura que tenta repreender qualquer manifestação de agressividade masculina em relação à mulher, já o mesmo não acontece com homens. Meninos são ensinados desde pequenos que em mulher não se bate bem com a pétala de uma flor, mas nunca vi ensinarem às meninas que em homem não se bate nem com folha de samambaia.

Que fique cada um com seus "potenciais".

por https://www.facebook.com/tais.oliveiradematos

Contribuindo com mais alguns itens:

3-potencial usurpadora do dinheiro do homens porque toda mulher que escolhe ser dona de casa, segundo elas, tem trabalho redobrado e mais cansativo que qualquer trabalho masculino e todo homem tem obrigação portanto de sustentá-la com o quanto dinheiro ela achar que lhe é devido.

4-potencial prostituta porque toda mulher faz do sexo uma barganha e o mesmo comportamento não é visto no homem como este homem ser castigado por dormir no sofá e sem sexo se não fizer os caprichos da sua mulher

(https://www.facebook.com/chcnlxd/posts/756039011151151?comment_id=756120414476344)

Contribuição da Abigail

Custei a achar o que acrescentar na sua lista:

5) Caluniadoras em potencial, já que falsas denúncias de crimes sexuais de homens contra mulheres são aceitas como fatos sem necessidade de provas e casos conhecidos de falsas denúncias são abafados em nome de ajudar as denúncias de crimes verdadeiros.

6) Agressoras ou assassinas dos próprios filhos em potencial, já que as feministas defendem o aborto.

7) Desequilibradas mentais em potencial, já que podem matar sob efeito da TPM.

Ah, e a lésbica idiota diz que é um estupro a cada 12 SEGUNDOS. Isso dá mais de 7.000 casos POR DIA. Nem blogues feministas têm este dado. A não ser que incluam os namoros e casamentos heterossexuais como estupros. Feminismo é lesbianismo, e lesbianismo é doença mental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário