quarta-feira, 26 de julho de 2006

Os benefícios da castidade e da fidelidade

Pra você que se acha na obrigação de ser uma mulher casta, direita, só ter olhos pro marido. Pra você que acha que, se pular a cerca, vai pegar AIDS. Parece que o juízo de Deus não vem só sobre as piranhas.

  1. Entre 1980 e 1990, 40,5% das mulheres brasileiras aidéticas tinham entre 20 e 29 anos, mas 45% tinham entre 30 e 50 anos
    . (AIDS em mulheres adultas no município do Rio de Janeiro, Scielo)

  2. O número de mulheres aidéticas no Brasil com mais de 50 anos é
    o dobro
    (9,1%) do de mulheres entre 15 e 19 (4,6%). (AIDS em mulheres adultas no município do Rio de Janeiro, Scielo)

  3. Das mulheres aidéticas da cidade do Rio de Janeiro, 7% são prostitutas, 34% são donas de casa e 14% são trabalhadoras domésticas. (AIDS em mulheres adultas no município do Rio de Janeiro, Scielo)

  4. Das grávidas soropositivas da região andina, 90% só tiveram um ou dois parceiros sexuais ao longo da vida. (América Latina tem mais de 1,7 milhão de portadores de HIV, Agência EFE)

  5. Houveram 500 mil casos de AIDS na Ásia por doação ou transfusão de sangue com agulhas contaminadas. (Ferramentas de análise molecular e os agentes das grandes endemias, Scielo)

  6. Milhares de hemofílicos foram contaminadas com o HIV tomando remédio. (Laboratórios dos EUA infectaram milhares em vários países com HIV, Jornal Hora do Povo).

  7. 23% das mulheres brasileiras são vítimas de violência doméstica. (Bem Querer Mulher)

  8. 70% das mulheres assassinadas foram mortas por seus maridos. A violência doméstica é a principal causa de mortes e deficiências de mulheres entre 16 e 44 anos. (Bem Querer Mulher)

  9. 70% dos casos de violência contra a mulher tem como agressor o marido ou companheiro da vítima. (Bem Querer Mulher)

  10. "Não surpreende que muitas mulheres concordem em ter relações sexuais mesmo quando não estão interessadas. Por exemplo, na região das Visayas Ocidentais das Filipinas, 43% das mulheres casadas em idade reprodutiva, entrevistadas por um estudo, declararam ter medo de recusar os avanços sexuais dos maridos, sobretudo porque se recusassem poderiam ser espancadas" (citado em Boa Saúde)

  11. "Uma ampla pesquisa de homens casados em Uttar Pradesh, na Índia, demonstra diretamente que o sexo forçado pode levar à gravidez involuntária. Os homens que admitiram terem forçado suas esposas ao ato sexual tinham
    2,6 vezes maior probabilidade que outros homens de terem causado uma gravidez não planejada" (citado em Boa Saúde)

  12. A sublimação (desvio da sexualidade para outras atividades, como por exemplo o trabalho) causa irritabilidade, falta de desejo sexual, insônia, entre outros problemas (Sexologia.net)

  13. "Os currículos de 'só-a-abstinência' tipicamente visam encorajar a abstinência sexual até o casamento. Para assegurar a meta, eles usam argumentos 'científicos' ou experiências humanas. A lei federal dos EUA que rege a proposta inclui a declaração: 'Atividade sexual fora do contexto de casamento pode provocar efeitos danosos psicológica e fisicamente.' Esta conclusão não só é infundada como é assustadora, uma vez que um estudo mostrou que 93% dos homens norte-americanos e 80% das mulheres entre idades de 18 a 59 anos não eram virgens em sua noite nupcial" (citado em NEPAIDS). O texto citado ainda diz: "O novo programa federal dos EUA que investe 250 milhões de dólares em projetos 'só-a-abstinência' é um projeto político e religioso, e não de saúde pública".

  14. "Em 2002, "The Journal of Sexual Research" publicou um estudo de Elizabeth Burgess, professora auxiliar de Sociologia na University Research of Georgia, EUA, do qual participaram
    82 homens e mulheres com mais de 30 anos que ou ainda eram virgens, ou estavam há mais de um ano sem sexo. O objetivo era saber se essas pessoas se consideravam felizes ou se sofriam de algum problema. As conclusões foram desoladoras: 100% dos pacientes apresentaram sintomas de
    depressão e níveis de auto-estima muito baixos que se repercutiam noutras áreas, como o trabalho. Mais: todos se sentiam infelizes." (citado em Vida Brasil)

  15. Educação, em vez de propaganda da abstinência, ao contrário do que dizem os moralistas, não incentiva a promiscuidade. "Os programas educacionais, por sua vez, demonstraram dois efeitos: não aumentam a atividade sexual precoce entre os jovens, e reduzem de dois terços à metade a incidência de gravidez indesejada, aborto ilegal e DSTs." (citado pelo dr. Renato M. E. Sabbatini, professor da Unicamp, em texto publicado em Mulher de Classe)

  16. 90% das mulheres com Aids na cidade de Catanduva, interior de São Paulo, são casadas e mantém relações monogâmicas. (Aumenta o número de mulheres casadas com AIDS, página do PCO)
Compare agora os fatos com o terrorismo da Igreja:
"Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará
." (Hebreus 13: 4)
"Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo." (1 Coríntios 6: 18)
==========================================
~ * ~ * ~ * ~ * ~ * ~

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook