sábado, 29 de agosto de 2015

Garota de 14 anos é apreendida com 23 pedras de crack: obrigada, querida

Abigail Pereira Aranha

Adolescente é apreendida com 23 pedras de crack em Carmo do Cajuru

Por: Direto da Redação

Repórter de plantão

Uma adolescente de 14 anos foi apreendida com drogas na residência onde mora com o amásio, no bairro Bomfim em Carmo do Cajuru. O material foi encontrado durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa de Valdomiro de Assis Ferreira, de 27 anos. Foram encontradas nove pedras de crack com a companheira do rapaz, de 14 anos.

Em um dos quartos da casa foram apreendidas mais 14 pedras de crack, R$107 em dinheiro e uma porção de ácido bórico. Valdomiro fugiu ao ver a presença de policiais próximo a residência do casal. A adolescente foi apreendida e levada para a Delegacia de Polícia Civil.

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Sistema MPA de Comunicação, 21 de agosto de 2015, http://www.sistemampa.com.br/noticias/adolescente-e-apreendida-com-23-pedras-de-crack-em-carmo-do-cajuru

Comentários de A Vez das Mulheres de Verdade / A Vez dos Homens que Prestam

Um amigo meu que acompanhou o caso comentou comigo: o delegado procurou os pais da garota para que eles a levassem da delegacia, porque ela não poderia ficar lá, e eles não quiseram.

História de malandro pego com drogas e dinheiro suspeito é sensacionalismo para subempregadas alienadas, nós vemos no jornal todo dia. Quem me chamou a atenção neste caso, e que eu peço a atenção de vocês, é a menor (lembro que, como os amigos sabem, eu sou hétero). Uma moça de 14 anos, mal começou a menstruar e já estava rompida com pai e mãe para ter relacionamento estável com vagabundo. O rapaz tinha 27 anos, vários amigos e conhecidos meus, homens trabalhadores e de bom caráter, tiveram a primeira namorada mais ou menos com essa idade, vários deles ainda eram virgens. Então, eu pensei em agradecer a essa mocinha, que nós não vamos saber o nome, por algumas coisas.

Obrigada por me lembrar que eu saí rindo da lan house de onde eu fui expulsa porque eu acessei pornografia, com 16 anos, para ilustrar o meu texto "A criminalização do sexo" (http://avezdoshomens.blogspot.com.br/2007/04/a-criminalizacao-do-sexo.html).

Obrigada por me lembrar uma vez em que eu tinha 15 anos e eu estava estudando com três amigos na casa de um deles, então meu pai chegou e eu fui recebê-lo na varanda da casa alegremente e mostrando o trabalho que nós estávamos fazendo. E eu demorei um tempo para perceber que o olhar de espanto do meu pai e as risadas discretas dos meus amigos eram porque eu estava sem roupa, nós fizemos um "recreio" e os meus amigos já tinham se vestido.

Obrigada por me lembrar uma outra vez em que eu tinha 15 anos e eu fui visitar dois irmãos amigos meus (eu era ateia, mas a família deles era evangélica, hehehehe) e nós assistimos um DVD pornô que eu levei, e eles tinham 15 e 17 anos. E pouco depois de que eu saí da casa, eu me lembrei de que eu esqueci o DVD, a mãe dos rapazes tinha acabado de chegar na casa e de achar a putaria ao lado da televisão e eu cheguei pra dizer que o material era meu.

Obrigada por me lembrar que dos mais de 40 rapazes que me comeram até eu completar 18 anos, nenhum era bandido ou babaca.

Obrigada por me lembrar que aos 14 anos eu tinha vida de putaria, estudava e dava alegria para a minha família (que ainda não sabia da parte da putaria, mas foi saber depois).

Obrigada, menina de Carmo do Cajuru, por não deixar que eu me ensoberbeça, porque você mostra que o meu trabalho para divertir, edificar e compartilhar pornografia com os homens que prestam pode ser muito perto do que as mulheres oferecem, mas perto do que os homens de caráter merecem é uma ninharia.

Obrigada, menina de Carmo do Cajuru, por ter sido a estrela de um caso como esse em uma cidade com 20.000 habitantes, a mesma população ou maior que as de muitas cidades do Brasil onde as mulheres que se dizem honestas têm vergonha de CONVERSAR com um homem que presta na rua.

Obrigada, menina de Carmo do Cajuru, por mostrar que o universo feminino costuma fazer coisas boas de má vontade para os homens bons e loucuras de boa vontade para os homens maus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook