quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Dos perfis dos amigos da Abigail 01

Meninas Pff... Demonstre quando estiverem afim de um CARA, temos duas BOLAS e nenhuma é de Cristal !!!!

(Thiago Da Real)

Geralmente as pessoas antes de me conhecer me acham chato, rabugento, metido e etc.. Não me preocupo com o que pensam sobre mim quando ainda não me conhecem. Eu deveria ficar preocupado se as pessoas depois de me conhecer continuassem pensando o mesmo que pensavam antes.

(Paulo Gunnar) Meu comentário: Ou se quem pensava bem passou a... me conhecer.

Nos filmes as pessoas conhecem as outras na rua, no parque, na fila de uma cafeteria. Na vida real ninguém quer contato com desconhecidos.

(Robson Ujoarah)

Dê um peixe a um homem e você o alimentará por um dia. Ensine-o a pescar e ele contará mentiras pelo resto da vida.

(Robson Ujoarah)

Se há luta de classes no país é entre a classe dos cidadãos que vivem do próprio trabalho e a dos cretinos que vivem do trabalho dos outros.

(Robson Ujoarah)

Sou do tempo que ARTISTA tinha uma OBRA, músicas, peças, livros, etc. Agora todo mundo é "artista".

(Robson Ujoarah)

Durante o debate de ontem [19/10], em vários momentos os candidatos apresentaram dados estatísticos bem diferentes, o que fez Aécio Neves tocar no caso da diretora do IBGE, Marcia Quintslr, que pediu demissão do cargo, em decorrência da insistência do governo petista em tentar manipular o órgão. Um conhecido meu, JORNALISTA, publicou em sua página do Facebook uma defesa ao discurso da candidata petista. Como comentário, deixei links para cinco reportagens de fontes diversas, todos abordando a manipulação que o PT exerce sobre os órgãos de pesquisa, sobretudo o próprio IBGE, o que gera "dados oficiais" completamente irreais. Ao que ele (o Jornalista) respondeu: "Tá bom! Você manda texto de Rodrigo Constantino" (???). Sem entender porque o autor do texto era mais importante do que o conteúdo, eu respondi: "Indiquei a leitura de cinco artigos, apenas um deles está hospedado no blog do autor que você não gosta. Assim, você ainda pode desconsiderar este texto em específico e ler os outros quatro. Esclareço ainda que, apesar do texto estar de fato hospedado no blog de Constantino, trata-se de uma reportagem publicada por O Globo, o economista apenas a reproduziu adicionando um curto comentário". Percebi agora que tal jornalista me excluiu do Facebook dele. Saudei a novidade com alegria. Tenho dificuldade de excluir petistas, pois tal atitude me faria sentir intolerante, incapaz de lidar com a divergência de pensamento, mas ao mesmo tempo estou completamente convencido de que a essa altura do campeonato, com tanta informação circulando, uma pessoa sadia, de plena posse de suas faculdades mentais, não possui mais nenhuma desculpa para se deixar enganar. Quando vejo gente usando o emblema de "Dilma muda mais" no avatar do Facebook, pergunto-me se se trata de um caso de gigantesco desvio moral ou mera burrice mesmo (a quase totalidade é ocorrência da primeira opção) e não há porque ter interesse em manter relação com quem quer que padeça de um desses dois males. Assim, como não me sinto confortável em exercer uma atitude que me parece totalitária (ao mesmo tempo que sou inteligente o suficiente para entender que não devemos ser tolerantes com quem prega abertamente a intolerância), comemoro cada vez que um petista me poupa de ser obrigado a vivenciar essa dicotomia.

O fato é que há um surto de SENSIBILIDADE HISTÉRICA no Brasil. Esta epidemia está corroendo o tecido social. Rezo para que, no próximo domingo, o povo brasileiro consiga se libertar dos agentes que, entre tantas outras desgraças, veem causando também esta.

(Pérsio Menezes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook