quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

O Puritano-Feminismo episódio 9: algumas mulheres conservadoras e evangélicas se unindo a feministas para censurar a p*rnografia (e o que mais?)

Deputada conservadora, feminista radical e cristã evangélica se reúnem para bloquear pornografia online no Canadá

Rachel Browne, National Post Staff | 09/12/13 | Última atualização : 09/12/13 08:26 ET

From left to right: Conservative MP Joy Smith, feminist Gail Dines, and evangelical Julia Beazley in Ottawa at Mrs. Smith's event on the harmful impact of pornography on society and youth." November 20th, 2013.

Da esquerda para a direita: deputada conservadora Joy Smith, feminista Gail Dines, e evangélica Julia Beazley em Ottawa no evento da Sra. Smith sobre o impacto nocivo da pornografia sobre a sociedade e a juventude. 20 de novembro de 2013.

Como a Grã-Bretanha aprova leis obrigando as empresas de internet a bloquear o acesso à pornografia, a menos que os clientes optem pelo contrário, um incipiente movimento está em curso para trazer leis semelhantes para o Canadá.

"Se podemos ter um homem na lua, certamente nós podemos descobrir uma maneira de proteger as crianças de pornografia indesejada", disse a deputada conservadora de Winnipeg Joy Smith, que está formulando um projeto de lei privado que iria bloquear automaticamente o acesso à pornografia online. Qualquer pessoa que queira acessar pornografia teria de contactar os seus prestadores de serviços de Internet.

A sra. Smith organizou uma reunião recente para parlamentares e outras partes interessadas em Ottawa, com palestrantes incluindo Gail Dines, um auto-descrita radical feminista e professora de sociologia na Faculdade Wheelock de Boston que fundou o grupo Stop Porn Culture (Pare a Cultura Pornô) e Julia Beazley, analista de política na Associação Evangélica do Canadá.

Elas alertaram sobre a natureza cada vez mais violenta da pornografia moderna e seus efeitos sobre os usuários jovens, que a sra. Dines descreveu em uma entrevista como uma "situação de emergência de saúde pública", o que ela diz que é provada por pesquisas empíricas e estudos acadêmicos.

A regulamentação da pornografia "vai acontecer em todo o mundo", disse ela. (Dois dos projetos de lei privado da Sra. Smith relacionados com tráfico de seres humanos têm sido adotadas desde que foi eleita, em 2004.)

"Ontem, eu recebi uma carta de um rapaz de 10 anos me dizendo que ele era viciado em pornografia", disse ela . "Isto logo me levou às lágrimas".

O modelo de opt-in baseado em ISP procurado pela sra. Smith é baseado em um plano controverso do Reino Unido em que empresas de internet serão obrigadas a bloquear o acesso à pornografia, a menos que os clientes optem em entrar. O plano do Reino Unido estará em vigor até o início de 2014.

O ativista anticensura na internet Bennett Haselton, fundador da peacefire.org, um site que cria portais para se navegar em sites bloqueados, disse que o ônus da prova deve ser dos ativistas anti-pornografia "para mostrar que o que eles estão bloqueando é prejudicial de alguma forma".

"Nos Estados Unidos e no Canadá e na maioria dos outros países desenvolvidos, uma geração inteira agora tem crescido que, a maior parte, realmente fez acesso à internet sem restrições, e eles não estão mentalmente deformados por isso. Não há nenhuma evidência de que eles foram prejudicados por isso", disse o sr. Haselton.

A sra. Dines disse que a proposta de opt-in do Reino Unido é o melhor modelo de regulação pornô que existe no momento, porque "as crianças não podem contorná-la".

O sr. Haselton, entretanto, disse que filtros pode não representar questões de acessibilidade para as pessoas com conhecimento de internet. "Nenhum filtro bloqueia novos sites de proxy depois de serem libertados, por isso, se as pessoas podem obter acesso a sites de proxy, então, sim, eles podem contornar os filtros", disse ele.

A sra. Beazley disse que a Associação Evangélica do Canadá é "favorável à ideia... vamos certamente ser solidários com quaisquer iniciativas que venham para a frente, sejam do próprio governo ou da sra. Smith".

"Você não pode ter a grande imagem da conversa de acabar com a exploração sexual sem falar sobre o papel que a pornografia desempenha nela", disse a sra. Beazley.

"Somos certamente muito favoráveis à ideia de exigir que provedores de serviços de internet bloqueiem conteúdo pornográfico... Não se trata de censura", disse ela.

National Post

http://news.nationalpost.com/2013/12/09/conservative-mp-radical-feminist-and-evangelical-christian-come-together-to-block-online-porn-in-canada

Comentários de A Vez das Mulheres de Verdade / A Vez dos Homens que Prestam

Comecei esta série cerca de oito meses atrás percebendo uma mistura do pior do Tradicionalismo com o pior do Lesbo-Socialismo. E nesta terça-feira, um amigo me compartilhou a notícia aqui. Uau! Realmente existe um Puritano-Feminismo!

Abaixo, um artigo relacionado na postagem original: "A censura começa com pornografia", de John Moore, escrito cinco meses antes, em resposta a um outro artigo em que uma mulher devota elogiou ideia semelhante na Inglaterra. Eu não seria tão boazinha quanto John Moore, mas nos grandes meios de comunicação do Brasil mesmo isto seria ousado. Destaco a frase "a idéia de ela decidir o que eu posso e o que eu não posso consumir na internet é tão atraente para mim como a noção de um Imam filtrando conteúdo seria para ela". Se os feministas não fossem psicopatas ou imbecis, e se não houvesse feministas islâmicas no mundo desenvolvido, eles se sentiriam humilhados.

Ah, muito poucas pessoas que acessam pornografia são ou se tornam dependentes, e é impensável para qualquer pessoa que acessa pornografia ligar pornografia normal e estupro ou pedofilia ou zoofilia (não há uma estatística séria que não prove exatamente o contrário). Mas essas lésbicas frígidas não sabem e não estão interessadas na diferença. Mas um relato de um MENINO DE DEZ ANOS DE IDADE viciado em PORNOGRAFIA? Se um menino de 10 anos dissesse que ele tem uma namorada, você iria reagir como se fosse normal? Se este rapaz fosse acusado de estupro, quem não acharia estranho? E aquele menino de 6 anos de idade na Argentina que "mudou de gênero", tudo bem? Essas mulheres vão descartar aquela história de estrelas pornô mantidas em cativeiro pela máfia?

Sobre "a natureza cada vez mais violenta da pornografia moderna", se você, leitor, acessou um site pornô recentemente, você provavelmente já viu uma nova seção:

Amigável para Mulheres. Então, por 7 anos os filmes e imagens de sexo que tenho visto e apreciado com meus amigos homens eram do sexo feminino não amigáveis para mulheres? Coincidentemente, eu notei isso um pouco depois que a mesma Gail Dines foi entrevistada no site de uma revista aqui no Brasil (Época, julho de 2010), dizendo que esta mesma insanidade.

Mas é incrível que os conservadores e os cristãos não só se unem com lesbonazistas mas fazem isso contra a liberdade e a sanidade. Malditas lésbicas odeia-pinto! Mas os homens e mulheres cristãos que lutam pela liberdade, por causas sociais nobres ou simplesmente para manter a pureza de sua fé são altamente desconhecidos, ignorados ou hostilizados por seus próprios irmãos.

Assim, mulheres que odeiam o sexo e não têm tempo com os filhos que querem que o Estado impeça seus filhos de ter qualquer contato com o que elas não gostam, em vez de assumirem o seu papel da educação, incluindo a Educação Sexual, é global.

E enquanto eu estava escrevendo esse texto, um outro amigo compartilha uma notícia de que a China tem 2 milhões de funcionários públicos e privados trabalhando na censura da internet. Isso dá um censor para cada 650 ou 700 habitantes. E já há alguns anos eu li uma notícia de que o governo chinês dava recompensa em dinheiro para quem denunciasse uma página pornô. E também há alguns anos, li uma notícia de que um software chinês para bloquear conteúdo adulto também rastreava conteúdo politicamente indesejado. E não é só a China: o países que reprimem a prostituição e a pornografia são basicamente os mesmos com os piores níveis de censura e repressão política. Então, o "filtro" contra pornografia se tornar uma censura política não é um risco: já aconteceu.

Ademais, em breve "Os inocentes e idiotas ex-úteis 2: falta de s..., mentiras e Comunismo".

Abigail Pereira Aranha

Apêndice

John Moore: A censura começa com pornô

John Moore | 25/07/13 | Última atualização: 24/07/13 14:50 ET

Once we start opening the door to internet censorship, who knows where the campaign will end?

Uma vez que começamos a abrir a porta para a censura na internet, quem sabe onde a campanha vai acabar? Adam Berry/Getty Images

Censura sempre soa como uma noção prática à primeira vista. Há coisas censuráveis e perigosas no mundo, e todos nós estaríamos melhor se elas fossem suprimidas, ou no mínimo de acesso mais difícil.

Assim, a proposta do primeiro-ministro britânico David Cameron de que os provedores de internet filtrem a pornografia e limitem o acesso a quem pedir especificamente conteúdo adulto parece bastante inofensiva. Afinal, as crianças serão protegidas de acidentalmente achar fantasias de estupro transexuais durante a pesquisa pelo acessório mais recente para a sua boneca American Girl. Nestas páginas, a colunista do National Post Barbara Kay aplaudiu recentemente a iniciativa como "muito atrasada".

O problema com a censura é que seus defensores sempre presumem que quem se torna guardião do portão será tão sensível e mundano como eles são. Eu gosto de ler colunas da sra. Kay, mas a idéia de ela decidir o que eu posso e o que eu não posso consumir na internet é tão atraente para mim como a noção de um Imam filtrando conteúdo seria para ela.

Ou... talvez eu estou em alguma coisa, aqui. Por que não deixar os fiéis religiosos indicar os sites que estariam disponíveis apenas por "pedido especial"? Obviamente, eles começam com a pornografia - e todos nós sabemos que o mundo seria um lugar melhor sem pornografia. Se a comissão de censura incluiu cristãos evangélicos e mórmons, suponho eu, também teríamos que começar a filtragem para qualquer sugestão de sexo antes do casamento, infidelidade ou homossexualidade. E realmente, se vamos ser imparcial sobre as coisas, os Amish precisam ter uma palavra a dizer. Então, sem botões.

Como os sites que fornecem instruções sobre como transformar uma panela de pressão em uma bomba não servem para nada além de promover ataques terroristas, poderíamos bloqueá-los também. Enquanto estamos no assunto, poderíamos bloquear os sites que fomentam o tipo de dissidência política que leva ao terror, em primeiro lugar. E, se nós vamos filtrar por sedição, nós poderíamos muito bem censurar qualquer coisa que milita contra a sabedoria estabelecida do governo do dia. No Canadá, isso seria David Suzuki, Maude Barlow e o NDP.

Aqui está uma idéia radical: Vamos subcontratar governança de internet com o Taleban. Quando eles não estiverem ocupados filmando meninas de escolas do Paquistão para vociferar a respeito, eles podem filtrar sites para outras representações de teimosia e depravação feminina. Afinal, não há maior autoridade em virtude feminina do que os islamistas.

Logo a internet seria reduzida a vídeos de gatos dando descarga em toiletes... embora, porque a representação de toiletes é censurável em alguns círculos, suponho que teríamos que censurá-las também.

A Internet é questão de livre acesso a, e de divulgação de, informações. Ditaduras em todo o mundo pensam que estão fazendo ao seu próprio povo um serviço cortando-lhe Twitter, Facebook e Google. Faz todo o sentido para os comunistas chineses evitar que os cidadãos vejam conteúdo que possa prejudicar a ordem pública.

Assim, permitam-me a ser o cara que luta pela pornografia. Se você não quer que seus filhos a vejam, crie o seu próprio filtro. Então, veja quanto tempo leva para que eles o contornem de alguma forma.

National Post

http://fullcomment.nationalpost.com/2013/07/25/john-moore-censorship-starts-with-porn/

(O texto de Barbara Kay ao qual o autor se refere é "Britain’s noble stand against porn" - posição nobre da Grã-Bretanha contra a pornografia -, publicado em 22 de julho, disponível em http://fullcomment.nationalpost.com/2013/07/22/barbara-kay-britains-noble-stand-against-porn/)

Questo testo in italiano senza fotos e filmati di sesso, in Concrete Paradise: Il Puritano-Femminismo episodio 9: alcune donne conservatrici ed evangelici uniscono con le femministe per censurare la pornografia (e che altro?), http://avezdoshomens2.blog.com/2013/12/16/il-puritano-femminismo-episodio-9
Questo testo in italiano con fotos e filmati di sesso, in Paraíso Tangible: Il Puritano-Femminismo episodio 9: alcune donne conservatrici ed evangelici uniscono con le femministe per censurare la pornografia (e che altro?), http://avezdoshomens2.blogspot.com/2013/12/il-puritano-femminismo-episodio-9.html
Eso texto en español sin fotos e peliculas de putaría, en lo Concrete Paradise: El Puritano-Feminismo episodio 9: algunas mujeres conservadoras y evangélicas unindose con las feministas para censurar la pornografía (¿y qué más?), http://avezdoshomens2.blog.com/2013/12/16/el-puritano-feminismo-episodio-9
Eso texto en español con fotos e peliculas de putaría, en lo Paraíso Tangible: El Puritano-Feminismo episodio 9: algunas mujeres conservadoras y evangélicas unindose con las feministas para censurar la pornografía (¿y qué más?), http://avezdoshomens2.blogspot.com/2013/12/el-puritano-feminismo-episodio-9.html
This text in English without sex pics and movies, at Concrete Paradise: The Puritan-Feminism episode 9: some conservative and evangelical women uniting with feminists to censor pornography (and what else?), http://avezdoshomens2.blog.com/2013/12/12/the-puritan-feminism-episode-9
This text in English with sex pics and movies, at Paraíso Tangible: The Puritan-Feminism episode 9: some conservative and evangelical women uniting with feminists to censor pornography (and what else?), http://avezdoshomens2.blogspot.com/2013/12/the-puritan-feminism-episode-9-some.html
Texto original em português sem fotos e vídeos de putaria, no A Vez das Mulheres de Verdade: O Puritano-Feminismo episódio 9: algumas mulheres conservadoras e evangélicas se unindo a feministas para censurar a pornografia (e o que mais?), http://avezdasmulheres.blog.com/2013/12/12/o-puritano-feminismo-episodio-9 e http://avezdasmulheres.livejournal.com/12850.html
Texto original em português com fotos e vídeos de putaria, no A Vez dos Homens que Prestam: O Puritano-Feminismo episódio 9: algumas mulheres conservadoras e evangélicas se unindo a feministas para censurar a pornografia (e o que mais?), http://avezdoshomens.blogspot.com/2013/12/o-puritano-feminismo-episodio-9-algumas.html

Seção de sexo, safadeza, putaria, mulher pelada, pornografia

Sex, lust, debauchery, naked woman, pornography section

Sección de sexo, perrez, putaría, mujer desnuda, pornografía

Sezione de sesso, libertinaggio, lussuria, donna nuda, pornografia

Pornhub - Seção Amigável para Mulheres / Pornhub - Sezione amichevole per le donne / Pornhub - Section Female Friendly / Pornhub - Sección Amigable para las Mujeres: http://www.pornhub.com/video?c=73

Massage Rooms Natural big tits masseuse offers special time

(Sala de massagem - Massagista de tetas grandes naturais oferece tempo especial / Camere di massaggi - Massaggiatrice di grandi tette naturale offre tempo speciale / Sala de masaje - Masajista de tetas grandes naturales ofrece tiempo especial)

O rapaz é lindo. E que bunda linda!

Il ragazzo è grazioso. E come grazioso culo!

The boy is pretty. And how pretty butt!

El muchacho es bonito. Y qué bonito culo!


Massage Rooms Natural big tits masseuse offers special time brought to you by PornHub

Romantic DP

(Dupla penetração romântica / doppia penetrazione romantica / doble penetración romántica)

Dois rapazes bonitos e um belo quarto. Boa lua de mel para um casamento aberto.

Due ragazzi simpatici e una bella camera da letto. Nizza luna di miele in un matrimonio aperto.

Two cute boys and a beautiful bedroom. Nice honeymoon to an open marriage.

Dos niños lindos y un hermoso dormitorio. Niza luna de miel para un matrimonio abierto.


Romantic DP brought to you by PornHub

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página no Facebook