domingo, 5 de agosto de 2012

Polícia britânica pede desculpas por cartaz sobre estupro: já temos a Máfia Feminazista?

Polícia britânica pede desculpas por cartaz sobre estupro

Segundo ONG, campanha dava a entender que, ao frequentar festas e beber, vítimas teriam responsabilidade nos abusos.

03/08/2012 05h57 - Atualizado em 03/08/2012 07h13

Polícia britânica pede desculpas por cartaz sobre estupro (Foto: BBC)

A polícia inglesa pediu desculpas por uma campanha anti-estupro que ativistas classificaram como 'inapropriada'.

Segundo a ONG Centro de Apoio às Vítimas de Estupro e Abuso Sexual de Worcestershire, a campanha 'Uma Noite Segura', da polícia da região de West Mercia, culpava vítimas que haviam bebido por casos de agressão sexual.

'Não é o álcool que causa estupro, embora ele seja um fator de vulnerabilidade. Os estupradores são os responsáveis pelo estupro', disse Jocelyn Anderson, representante da ONG.

O cartaz da campanha foi distribuído por bares da região em julho. Ele mostra uma mulher divertindo-se em uma festa e logo em seguida caída no chão, em aparente sofrimento. 'Não deixe uma noite cheia de promessas terminar em uma noite cheia de arrependimento', diz.

'Se a campanha causou angústia, esse não era o nosso objetivo, então peço desculpas por isso. Seu objetivo não era culpar as vítimas, mas difundir informações que possam ajudar', disse o representante da polícia de West Mercia Ivan Powell.

'Entendo algumas preocupações sobre a natureza do cartaz, mas gostaria de sublinhar que estávamos tentando dar informação para as potenciais vítimas sobre como elas podem evitar tornar-se vulneráveis.'

Segundo Anderson, o problema é que o cartaz sugere que se não beberem as mulheres podem evitar o estupro. 'Eu acho ótimo que a polícia tenha percebido que estava passando uma mensagem errada e admitiu que estava errada.'

No ano passado, um movimento de protesto ganhou as ruas de vários países após um policial de Toronto, no Canadá, ter sugerido que as estudantes do sexo feminino deveriam evitar se vestir como 'vagabundas' para não serem vítimas de assédio sexual.

G1, http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/08/policia-britanica-pede-desculpas-por-cartaz-sobre-estupro.html, grifos nossos.

Comentários de A Vez das Mulheres de Verdade / A Vez dos Homens que Prestam

Primeiro comentário, muito bom, de uma MULHER e as respostas infelizes de um capacho e uma lesbonazista:

Wanessa Perez

Eu não achei nada de tão absurdo assim na campanha, pois existem "deixas" de garotas para que isso aconteça, a vulgaridade no vestir e no agir,a bebida alcoolica também é um grande fator, mas claro que isso não é a unica razão por atos tão mostruosos como o estupro.

Leonidas Rimm

É tão triste ver mulher machista... então quer dizer se eu sair c meu carro importado, em vez de sair c um fusquinha, a culpa vai ser minha de ser assaltado, é isso Wanessa? É uma analogia simples, fácil de entender... Não, o ÚNICO fator é ter uma assaltante, assim como o único fator num estupro é ter um estuprador... Se a "vulgaridade" e bebida alcoolica são "fatores" então pq será q o maior indice de estupro no mundo é em paises muçulmanos, onde é proibido bebida e as mulhers usam burqua? pois é, de novo: triste ver mulher machista

Frederica Lop

Se for seguir essa logica, no sul do brasil ou lugares MUITOS frios nao haveriam estupros. Aprenda uma coisa: 70% dos abusos acontecem dentro de casa pro conhecidos, então a vulgaridade nao é explicacao pra isso ja que a pessoa q fez CONHECE a vitima. NADA justifica a violencia sexual

Falando em carro importado, e se você deixa o seu carro importado num lugar perigoso com a chave na ignição e o carro é roubado? Ou falando de noitada mesmo, e se um homem enche a cara e é roubado? Algum problema da polícia conscientizar o povo pra tomar cuidado?

Mas basta tentar colocar juízo na cabeça de uma mulher e um bando de lésbicas vem protestar!

E nem precisa dizer: criticar a postura de uma mulher ou uma reação como esta das lesbofeministas é o mesmo que defender o estupro.

Conclusão: o feminismo como está hoje é o encontro do lesbonarcisismo, da falta de caráter e da imaturidade.

Abigail Pereira Aranha

Seção de sexo, safadeza, putaria, mulher pelada, pornografia

Sex, lust, bitchness, naked woman, pornography seccion

Sección de sexo, perrez, putaría, mujer desnuda, pornografía

BOOBSVILLE Police Department

(BOOBSVILLE Departamento de Polícia / BOOBSVILLE Departamento de Policía)

Com Evan Stone, uma loura de peitos enormes, como policial. O bandido que ela foi prender começa com uma bela chupada na buceta. Com espanhola (titfucking).

Con Evan Stone, una rubia con senos enormes, como una policía. El ladrón que ella iba llevar a la cárcel comienza con una bella lamida en el coño. Con titfucking.

With Evan Stone, a blonde with huge breasts, as a cop. The robber who she was going to jail starts with a nice pussylicking. With titfucking.

Cherokee cream pied by police

(Cherokee recheada por policial / Cherokee rellenada por policía)

Cherokee, que pra quem não conhece é uma mulata com uma bunda grande (e peito pequeno), é flagrada por um policial com "erva" e dá pra ele. Com anal. O cara goza dentro.

Cherokee, que para aquellos que no conocen es una mulata con un gran culo (y pechos pequeños), es atrapada por un policía con el cáñamo y folla con él. Con anal. El chico se corre dentro.

Cherokee, which for those unfamiliar is a mulatto girl with a big ass (and small breasts), is caught by a policeman with hemp and fucks with him. With anal. The guy cums inside.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página no Facebook